A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O FUTSAL. RESUMO HISTÓRICO A prática de futebol de salão, data da década de 30 onde as peladas começaram a ser adaptadas as quadras de basquete e pequenos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O FUTSAL. RESUMO HISTÓRICO A prática de futebol de salão, data da década de 30 onde as peladas começaram a ser adaptadas as quadras de basquete e pequenos."— Transcrição da apresentação:

1 O FUTSAL

2 RESUMO HISTÓRICO A prática de futebol de salão, data da década de 30 onde as peladas começaram a ser adaptadas as quadras de basquete e pequenos salões. As primeiras regras surgidas foram fundamentadas no futebol, basquete, handebol e pólo aquático pelo professor Juan Carlos Ceriani da ACM de Montevideo. Na década de 90, surge então o termo futsal, adotado hoje internacionalmente.

3 REGRAS DO JOGO

4 QUADRA DE JOGO A quadra de jogo é um retângulo tendo um comprimento mínimo de 25 metros e máximo de 42 metros e a largura mínima de 15 metros e máxima de 25 metros. As linhas de maior comprimento, denominam-se linhas laterais e as de menor comprimento linhas de meta. Na metade da quadra, localiza-se a linha central (divisória), de uma extremidade a outra das linhas laterais.

5

6 A BOLA A circunferência e o peso da bola varia de acordo com a categoria, feminina ou masculina, adulto ou infantil.

7 NÚMERO DE JOGADORES Uma equipe é formada de 05 jogadores, sendo um o goleiro; O número máximo de jogadores reservas para substituições é de 07 jogadores; É permitido um número indeterminado de substituições, podendo ser realizado com a bola em jogo ou fora de jogo. O jogador que sai e o que entra deverá fazer a substituição pela linha lateral, sendo que o que entra deverá esperar o jogador substituído transpor completamente a linha lateral da quadra.

8 EQUIPAMENTOS Os jogadores deverão estar devidamente uniformizados, sendo que o goleiro deverá usar camisa diferente dos demais jogadores. Não é permitido jogar de brinco, pulseira, cordões, colares, anel. As camisas deverão ter suas numerações de 01 a 99.

9 DURAÇÃO DA PARTIDA O Tempo de duração de uma partida é de 40 minutos, cronometrados, divididos em dois períodos de 20 minutos cada, com tempo máximo de 10 minutos para descanso entre ambos. É permitido as duas equipes solicitar 01 tempo técnico, em cada período da partida, com 01 minuto de duração cada.

10 BOLA DE SAÍDA No início ou reinício do jogo ou após a marcação de um gol, o jogo deverá ser iniciado pela equipe no centro da quadra, com cada equipe no seu próprio lado e sendo a bola rolada para frente para dar seqüência ao jogo. Será válido o gol se uma equipe chutar direto para o gol em saída de bola.

11 TIRO LATERAL Todo arremesso lateral o atleta deverá colocar a bola em cima da linha e os pés fora da quadra, se a bola sair da linha ou o atleta pisar com todo o pé dentro da quadra será uma reversão e a bola passará para equipe adversária.

12 ARREMESSO DE META O arremesso de meta, acontece sempre que a bola atravessar inteiramente a linha de meta pelo alto ou pelo solo, após ser lançada por um jogador da equipe adversária (atacante), e será executado, sempre pelo goleiro com as mãos.

13 TIRO DE CANTO O tiro de canto, acontece sempre que a bola atravessar inteiramente a linha de meta pelo alto ou pelo solo, após ser lançada ou tocada por um jogador da equipe defensiva, e será executado, do canto mais próximo de onde saiu a bola, por um jogador da equipe adversária, com o uso dos pés.

14 FALTAS E INCORREÇÕES As faltas serão penalizadas de duas formas: Tiro livre direto e tiro livre indireto. Será concedido um tiro livre direto se o jogador cometer uma das seguintes infrações: Dar ou tentar dar pontapé em adversário, bater, empurrar, segurar, ou trancar o adversário entre outras. A cobrança do tiro livre direto será executado pela equipe adversária no local onde ocorreu a infração.

15 Será concedido um tiro livre indireto se o jogador cometer uma das seguintes infrações: Usar expressão verbal ou vocal para enganar o adversário, prender a bola, segurar a bola para ganhar tempo, imobilizar a bola por mais de 4 segundos entre outros. Todo tiro livre indireto deverá tocar em uma segunda pessoa para ser validado o gol. Caso isso não aconteça a bola será iniciada pelas mãos do goleiro.

16 FALTAS ACUMULATIVAS Toda a falta de tiro livre direto é contada como falta acumulativa, sendo que após a 5º falta, todas as infrações serão cobradas sem formação de barreira na distância de 10 metros. Toda a falta de tiro livre direto é contada como falta acumulativa, sendo que após a 5º falta, todas as infrações serão cobradas sem formação de barreira na distância de 10 metros. As faltas de tiro livre indireto, não são acumulativas para a equipe e serão punidas com tiros livres indiretos durante toda a partida.

17 PENALIDADE MÁXIMA Toda a falta que ocorrer dentro da área de meta será concedido uma penalidade, que será cobrada sobre a linha central da área de meta a 6 metros do goleiro, sendo que o goleiro no momento da cobrança não poderá andar à frente, somente sobre a linha do gol.


Carregar ppt "O FUTSAL. RESUMO HISTÓRICO A prática de futebol de salão, data da década de 30 onde as peladas começaram a ser adaptadas as quadras de basquete e pequenos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google