A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dispositivos sem fio: para as empresas, possui a vantagem de proporcionar arranjos de organização mais flexíveis e economiza com custo de instalar cabos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dispositivos sem fio: para as empresas, possui a vantagem de proporcionar arranjos de organização mais flexíveis e economiza com custo de instalar cabos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Dispositivos sem fio: para as empresas, possui a vantagem de proporcionar arranjos de organização mais flexíveis e economiza com custo de instalar cabos. Ex.: celulares, PDAs, BlackBerry Handheld e smart phones.

3 Gerações e padrões de rede celular: o serviço de celular digital utiliza muitos padrões concorrentes e incompatíveis. Na Europa e em grande parte do mundo, exceto dos EUA, o padrão é o Global System for Mobile Communication (GSM). Seu grande trunfo é sua capacidade de roaming internacional. Os usuários tem o telefone funcionando bem e com o mesmo número em mais de 170 países.

4 Nos EUA o padrão dominante é o Code Division Multiple Access (CDMA). Os sistemas são o T-Mobile, o VoiceStream, o Cingular e o AT&T. É mais barato de implantar e oferece uma transmissão de voz e dados de qualidade superior à do GSM. No Brasil é o padrão norte-americano.

5 Gerações de celulares: a velocidade de transmissão dos celulares ainda é baixa para um acesso satisfatório à Internet, mas útil para o envio e recebimento de mensagens de texto curtas. O Serviço de Mensagens Curtas (Short Message Service – SMS) serve para enviar e receber mensagens com menos de 160 caracteres de comprimento.

6 Redes celulares mais poderosas, denominadas redes de terceira geração (3G), têm capacidade de transmissão suficiente para vídeos, recursos gráficos e outras mídias sofisticadas, além de voz, o que as torna adequadas para o acesso à Internet de banda larga sem fio. As operadoras sem fio já investem nessa tecnologia, mas mal começaram a lançar serviços desse tipo. Uma solução provisória são as redes 2.5G.

7 Padrões móveis sem fio para acesso à Web: o Protocolo de aplicação sem fio (Wireless application protocol – WAP) é um sistema que permite que telefones celulares e outros dispositivos sem fio com visores minúsculos, conexões de baixa largura de banda e capacidade mínima de memória acessem informações e serviços baseados na Web.

8 A WAP utiliza a linguagem de markup sem fio (Wireless markup language – WML), que é baseada em XML. Um telefone com tecnologia WAP utiliza o micronavegador embutido para fazer uma requisição em WML.

9 Micronavegador (microbrowser) é um navegador de Internet com um arquivo de pequeno tamanho, que pode trabalhar com as limitações da baixa capacidade de memória dos dispositivos sem fio e com as baixas larguras de banda das redes sem fio.

10 I-mode é um serviço sem fio oferecido pela NTT DoCoMo, uma rede japonesa de telefones portáteis, que, em vez de WAP, usa HTML compacta para exibir o conteúdo, tornando mais fácil para as empresas converter seus sites HTML para o serviço móvel. Ele pode administrar vídeos e elementos gráficos em cores, recurso indisponível nos aparelhos de mão WAP.

11 Bluetooth: é utilizado para criar pequenas redes pessoais (personal-area network – PANs). Conecta até 8 dispositivos em um raio de 10 metros usando comunicação baseada em rádio de baixa potência.

12 Telefones sem fio, pagers, computadores, impressoras e dispositivos de computação que usam o Bluetooth se comunicam uns com os outros e até mesmo operam uns aos outros sem a intervenção direta do usuário.

13 Wi-Fi (Wireless Fidelity – Fidelidade sem fio): é o conjunto de padrões para LANs sem fio, que chega a cobrir uma área de 90 metros. Pode operar de 2 modos: infra-estrutura ou ad hoc.

14 -Infra-estrutura: os dispositivos sem fio se comunicam com uma LAN cabeada por meio de pontos de acesso, que é uma caixa composta por um transmissor/receptor de rádio e por antenas conectadas a uma rede cabeada, um roteador ou hub.

15 - Ad hoc: também conhecido como peer-to- peer (ponto-a-ponto), os dispositivos sem fio se comunicam entre si diretamente e não usam pontos de acesso. A maior parte da comunicação Wi-Fi usa o modo infra-estrutura. O modo ad hoc é usado para LANs muito pequenas, em escritórios residenciais ou pequenas empresas.

16 Wi-Fi e acesso à Internet sem fio: a Wi-Fi também oferece acesso sem fio à Internet por meio de uma conexão de banda larga. Nesse caso, um ponto de acesso se liga à uma conexão Internet, que pode vir d euma linha de TV a cabo ou de um serviço telefônico. Os computadores dentro do alcance de um ponto de acesso poderiam utilizá-lo para conexão sem fio à Internet.

17 Hotspots: consistem em um ou mais pontos de acesso posicionados no teto, no muro ou em outro ponto estratégico de um lugar público par proporcionar a máxima cobertura sem fio em uma área específica.

18 Desvantagens do Wi-Fi: atributos de segurança precários e a suscetibilidade à interferência de sistemas próximos que operem no mesmo espectro, como telefones sem fio, fornos de microondas e outras LANs sem fio.

19 WiMax (Worldwide Interperability for Microwave Access) ou Interoperabilidade Mundial para Acesso por Microondas: é a Interface aérea para sistemas fixos de acesso sem fio de banda larga. Sua cobertura chega a quase 50km, e uma taxa de transferência de dados de até 75 megabits por seg. Também tem sólidos atributos de segurança e qualidade de serviço para transmissão de voz e vídeo.

20 Banda larga celular sem fio: suponha que sua força de vendas precise acessar a web ou usar e- mail, mas nem sempre consiga achar um hotspot conveniente. As principais operadoras de telefonia celular configuraram suas redes 3G para proporcionar acesso de banda larga de qualquer lugar, a qualquer momento, a partir de PCs e outros dispositivos de mão.

21 A Cingular oferece um serviço denominado EDGE. O serviço da Verizon chama-se BroadBand Access e baseia-se em uma tecnologia denominada EV-DO, abreviatura de Evolution, Data Optimized. O EV-DO tem uma cobertura mais ampla que o Wi-Fi, mas ele não funciona em pontos cegos nos quais os sistemas de celular normais têm sinal fraco, incluindo o interior de edifícios.

22 Para usar esse serviço, os assinantes da Verizon instalam um software específico e inserem um cartão de rede em seus laptops. O cartão possui uma miniantena que conecta os laptops à rede sem fio da Verizon e estabelece uma conexão Internet. A Sprint oferece um serviço de banda larga similar, baseado no EV-DO.

23 Com o decorrer do tempo, celulares, PDAs sem fio e laptops serão capazes de mudar de um tipo de rede para outro, passando de Wi-Fi e WiMax a redes celulares. Os fabricantes de celulares Nokia, LG Electronics e Samsung já oferecem aparelhos com recursos Wi-Fi e Bluetooth.

24 Os RFID (radio frequency identification) representam uma poderosa tecnologia para rastrear a movimentação de mercadorias ao longo da cadeia de suprimentos. Usam minúsculas etiquetas com microchips embutidos que contêm dados sobre um item e sua localização.

25 A Wireless sensor networks – WSNs são redes de dispositivos sem fio interconectados e introduzidos no ambiente físico para fornecer medições de vários pontos em grandes espaços. Elas se baseiam em dispositivos com sensores e antenas de radiofreqüência, armazenamento e processamento embutidos.

26


Carregar ppt "Dispositivos sem fio: para as empresas, possui a vantagem de proporcionar arranjos de organização mais flexíveis e economiza com custo de instalar cabos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google