A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Janeiro 2002 Pesquisa Nacional de Opinião Pública sobre Medicamentos Genéricos Módulo 1: Consumidores de Medicamentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Janeiro 2002 Pesquisa Nacional de Opinião Pública sobre Medicamentos Genéricos Módulo 1: Consumidores de Medicamentos."— Transcrição da apresentação:

1 1 Janeiro 2002 Pesquisa Nacional de Opinião Pública sobre Medicamentos Genéricos Módulo 1: Consumidores de Medicamentos

2 2 Especificações técnicas Período de campo: 16/11 a 12/12/2.001 Tamanho da amostra: entrevistas Universo: pesquisa nacional de Opinião Pública com consumidores de medicamentos Público: compradores de medicamentos com idade entre 16 a 74 anos Metodologia: interceptação de consumidores de medicamentos em drogarias Total de municípios na amostra: 236

3 3 Principais resultados

4 4 Conclusões gerais (1) Amplo conhecimento da existência dos genéricos (95%) Desejo de mais informações, embora haja muito boa identificação do binômio: mesmo efeito (80%) - preço mais baixo (71%) Genérico tem tudo para substituir similar (preço decisivo): há mais desconfiança com relação ao similar Baixo nível declarado de tentativa de venda de similar no lugar do genérico Inclusão do genérico na receita é fundamental:

5 5 Conclusões gerais (2) A venda de genéricos não é maior por 5 razões: falta de genérico no momento da compra (44%): compra de medicamento tem um componente de urgência Falta de genéricos de vários medicamentos (43%) Mesmo com preço mais baixo, o preço ainda impede acesso (31%) Pessoas não lembram de pedir genérico (21%) Percentual de receitas com genérico ainda é baixo (16%)

6 6 Conclusões gerais (3) Oferecimento espontâneo de genéricos pelo balconista no momento da venda é baixo (embora balconistas declarem o contrário) Procura espontânea pelo consumidor ainda é baixa Médicos são pouco questionados sobre existência de genéricos pelos pacientes, seja por informações gerais ou por pedido de genérico no momento da consulta Receitas com genéricos são poucas Aquilo que o médico prescreve é intocável tanto pelo paciente quanto pelo balconista. O que o médico receita é o que vale.

7 7 Recomendações O principal é trabalhar para incluir genérico já na receita. Aumentar a confiança de pacientes e médicos no genérico Trabalhar o momento da compra: materiais de ponto de venda e spots de 5 segundos na TV (Ao comprar medicamentos peça o genérico: tem o mesmo e efeito e é mais barato) Distribuição gratuita dos genéricos prescritos de uso contínuo (ao menos para aposentados e desempregados)

8 8 Conhecimento dos genéricos

9 9 Altíssimo nível de conhecimento do termo: Genérico 95%, similar 48% e referência 12% Definição espontânea bastante precisa: mesmo efeito, mesmo princípio (80%) e mais barato (71%) G na tarja pode ser mais trabalhado, embora já conhecido

10 10 Genéricos: Conhecimento (awareness) Ouviu falar: 95% Menores índices de conhecimento: Masculino: % 60 a 74 anos: % Analfabeto até primário completo:...89% Até 2 SM renda bruta familiar: % Região Centro-Oeste: % Região Norte: % Genéricos: Nível de informação (autoclassificação) Muito bem informado: % Razoavelmente informado: % Pouco informado: % Muito pouco informado: %

11 11 Conhecimento (awareness) Referência : 12% Ouviu falar: Sabe, ouviu falar ou entende pelo nome: 73% Não sabe/não respondeu 9% Medicamentos conhecidos/já existentes no mercado/originais 2% Medicamentos de marca/com nome fantasia/já conhecidos 10% Medicamentos novos/ lançados recentemente 1% Medicamentos para uso específico de certas doenças Similar : 48% Ouviu falar: Sabe, ouviu falar ou entende pelo nome: 53% Não sabe/não respondeu 21% Medicamento parecido com o de marca/ mesma fórmula/mesma composição 7% preços menores que o de marca/referência 4% Em fase de testes/eficácia não comprovada/nõ aprovado pelo Governo 3% Não totalmente iguais ao referência/ falta alguma coisa 4% Igual aos outros mas sem bula/sem nome fantasia/sem nome do laboratório 3%Mesmo efeito do referência com outra fórmula 2% Iguais aos outros (s/e)

12 12 Genéricos: Informação (bem informado+razoavelmente bem) Base: entrevistados que ouviram falar de medicamentos genéricos Total 54%...Sudeste 57%...Sul 59%...Centro-Oeste 48%...Nordeste 44%...Norte 61%...Masculino 57%...Feminino 52%...16 a 24 anos 55%...25 a 39 anos 55%...40 a 59 anos 55%...60 a 74 anos 54%... Até primário completo 51%... Ginásio completo até colegial incompleto 40%....Colegial completo a superior 51%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 65%...acima de 2 a 5 SM 39%...acima de 5 até 10 SM 54%...acima de 10 SM 72%

13 13 Base: entrevistados que ouviram falar de medicamentos genéricos Genéricos: reconhecimento através do G da embalagem Total 55%...Sudeste 60%...Sul 50%...Centro-Oeste 57%...Nordeste 44%...Norte 58%...Masculino 53%...Feminino 55%...16 a 24 anos 55%...25 a 39 anos 57%...40 a 59 anos 53%...60 a 74 anos 53%... Até primário completo 43%... Ginásio completo até colegial incompleto 55%....Colegial completo a superior 62%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 43%...acima de 2 a 5 SM 57%...acima de 5 até 10 SM 61%...acima de 10 SM 61% Total 55% Muito informado /razoável 67% Pouco 45% Muito pouco 29%

14 14 Base: Total da amostra Genéricos: o que são medicamentos genéricos pelo que sabe, ouviu falar ou entende pelo nome (espontânea) Medicamento mais em conta /mais barato/ com preço reduzido: % Mesmo efeito/ substitui o original /mesmo princípio: % Medicamentos que levam o nome do princípio ativo /substância/sem nome fantasia/patente: % Medicamentos que podem ser fabricados por diferentes laboratórios: % Aprovados pelo Min. Da Saúde/ de qualidade/ eficazes/testes/ teste de bioequivalência: % Não sabe: %

15 15 Situação de compra Forte predomínio de compras sem receita (54%): importante trabalhar o balconista para recomendar genérico Quando havia receita: 16% com genérico (9% só com genérico) Listas consideradas adequadas mas pouco consultadas Fundamental incluir genérico na receita: 45% compraram genérico quando citava referência e genérico 84%compraram quando citava só genérico Baixo nível de participação do similar 4%

16 16 Base: Total da amostra Situação de compra 58%...acima de 10 SM 51%...acima de 5 até 10 SM 52%...acima de 2 a 5 SM 57%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 53%....Colegial completo a superior 53%... Ginásio completo até colegial incompleto 55%... Até primário completo 52%...60 a 74 anos 54%...40 a 59 anos 52%...25 a 39 anos 59%...16 a 24 anos 53%...Feminino 56%...Masculino Mais que um medicamen to, nem todos com receita Mais de um, todos com receita Um único medicamen to com receita Compra de um ou mais medicamentos, todos sem receita 67%...Norte 56%...Nordeste 79%...Centro-Oeste 43%...Sul 52%...Sudeste 54% Total Um ou mais, nenhum com receita

17 17 Base: receitas médicas Receitas Conteúdo Somente referência Somente genérico Referência + genérico ou princípio Referência + similar Somente similar Referência + genérico + similar

18 18 Listagem de medicamentos genéricos Consulta à lista Total Receita sem genérico Genérico + referência Sem receita Somente genérico Base: Total da amostra Base: 159 entrevistados que consultaram a lista Grau de dificuldade Fácil/muito fácil Muito fácil Fácil NS/NR Um pouco difícil Nem fácil, nem difícil Muito difícil Difícil/muito difícil

19 19 Razões para não comprar genérico Quando não receitado ou na compra sem receita: não existe genérico para o referência (43%) não lembra de perguntar (21%) não quer mudar, compra o que médico manda (9%) não confia,medo de falsificação (9%) falta do genérico (7%) Quando genérico foi receitado: genérico em falta (44%) pesquisando preço, muito caro, não trouxe dinheiro (31%) não pediu, comprou o que trouxeram (11%) convencido a levar similar (10%) não confia (6%)

20 20 Resultado da visita à drogaria Conteúdo da receita Total Sem genérico na receita Genérico + referência Somente genérico Sem receita CompraCompra Bases (100%) 861 (39%) 77 (3%) 89 (4%) 1193 (54%) Referência71%77%31%3%74% Similar4%3%8%1%4% Genérico12%6%48%84%10% Nenhum13%14%12%10%12% ÑS/NR11%

21 21 Razões para não ter comprado genérico (compra sem receita de genérico ou compra sem receita) Base: entrevistados que não compraram genérico Total Sem gen. Sem receita Não existe genérico para substituir o medicamento 38%36%39% Não existe genérico nesta dosagem/forma terapêutica 5%4%5% Esqueceu de procurar/nem perguntou/nem pensou 21% Falta de confiança na qualidade dos genéricos 7%6%7% Genérico estava em falta 7%6%7% Pesquisando preços 5%4%6% Prefere o medicamento que já utiliza/ já acostumou 5%3%7% Médico não receitou/ comprou o que o médico receitou 4%10%- Comprou o que estava na receita/ o que compra sempre 4%6%3% Medo de falsificações 2%3%2% Não trouxe dinheiro/ dinheiro insuficiente 2%3%1% Base:

22 22 Razões para não ter comprado genérico (compra com receita de genérico ou de genérico+referência) TotalGen. Gen. + Ref. Genérico estava em falta 44%23%51% Pesquisando preços 17%38%10% Nem perguntou/nem pensou/comprou o que trouxeram 11%15%10% Foi convencido a levar um similar 10%8%10% Não trouxe dinheiro/ dinheiro insuficiente 2%8%- Achou caro8%-10% Comprou o receitado/o que está acostumado7%-9% Não confia na qualidade6%-8% Muito caro, mesmo sendo genérico 4%15%- Não ofereceram 2%8%- Base: Base: entrevistados que não compraram genérico

23 23 Genéricos: Razões de compra Situação de compra. Receita... Total Sem genér ico Gen. + Ref. Sem receita Tem mesma qualidade e custa menos76%75%73%78% É mais barato20%18%16%22% Referência era muito caro14%16% 13% Não trouxe dinheiro suficiente para o referência 4%6%3% Foi convencido a levar um genérico3%6%-3% Similar era caro2%4%3%1% Base: Base: entrevistados que compraram genérico

24 24 Compras sem receita de genérico Compradores com receita SEM GENÉRICO (base: 861) 8% dos consumidores declaram que o balconista ou farmacêutico ofereceu espontaneamente um genérico para substituir o medicamento da receita 18% perguntou por um genérico para substituir medicamento da receita (existe procura, mas precisa estimular mais) 49% dos que tentaram obter um genérico para substituir medicamento da receita foram informados que existia o genérico (base:151 consumidores) 32% dos que procuraram um genérico correspondente ao referência na lista, acharam (base:apenas 28 consumidores) Compradores sem receita (base: 1.193) 22% tentaram comprar um medicamento genérico (existe procura, mas precisa estimular mais)

25 25 O que fazem quando não encontram genérico

26 26 Atitude quando o genérico estava em falta (1) Valores em porcentagem (%) TotSem gen. Gen+ ref. (*)Só gen. Sem receita Confia que estava em falta ou não confia Questionou pela falta ou não questionou Perguntou quando estaria disponível ou não perguntou Pediu referência de outra drogaria ou não pediu Foi encorajado a esperar ou foi desencorajado Foi encorajado a procurar outra drogaria ou foi desencorajado Foi oferecido outro medicamento não genérico ou não foi Bases (valores absolutos) (*) porcentuais calculados sobre base de apenas 3 casos

27 27 Atitude quando o genérico estava em falta (2) (*) porcentuais calculados sobre base de apenas 3 casos Valores em porcentagem (%) Situação de compra. Receita... Comprou ou teria comprado referência pois... TotalSem genérico Genérico + referência Só com genérico (*) Sem receita... não estava preocupado em comprar um genérico confia mais nos referência do que nos genéricos tinha pouca informação sobre os genéricos tinha urgência, não poderia procurar mais Bases (valores absolutos)

28 28 Situação de compra. Receita... Valores em porcentagem (%) TotalSem genérico Genérico + referência (*) Só com genérico (*) Sem receita Pretende procurar outra drogaria para comprar o genérico Não pretende Não sabe Bases (valores absolutos) (*) porcentuais calculados sobre base de apenas 3 casos Intenção de procura de genérico em outra drogaria para quem não comprou medicamentos

29 29 Atitude dos médicos e do consumidor na consulta médica:

30 30 Relação médico - paciente e o genérico Baixo nível de consulta aos médicos sobre os genéricos, sejam: informações gerais (22%) ou no momento da últimas consulta (11%) ou na consulta em que recebeu a receita (9%) Quando perguntam: são bem informados há baixa resistência dos médicos Pedido de genérico como alternativa no momento da prescrição ainda é raro Menção espontânea a genéricos pelo médico ou inclusão na receita ainda é baixa

31 31 Alguma vez, pediu de esclarecimento ao médico sobre o que são genéricos Base: total da amostra Total 22%...Sudeste 23%...Sul 22%...Centro-Oeste 21%...Nordeste 19%...Norte 15%...Masculino 20%...Feminino 23%...16 a 24 anos 15%...25 a 39 anos 20%...40 a 59 anos 25%...60 a 74 anos 26%... Até primário completo 18%... Ginásio completo até colegial incompleto 20%....Colegial completo a superior 26%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 17%...acima de 2 a 5 SM 21%...acima de 5 até 10 SM 26%...acima de 10 SM 29%

32 32 Na consulta em que recebeu a receita, pediu de esclarecimento ao médico sobre o que são genéricos Base: consumidores com receita Total 9...Sudeste 9...Sul 8...Centro-Oeste 13...Nordeste 10...Norte 8...Masculino 11...Feminino a 24 anos a 39 anos a 59 anos a 74 anos Até primário completo 6... Ginásio completo até colegial incompleto Colegial completo a superior 12...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 7...acima de 2 a 5 SM 10...acima de 5 até 10 SM 11...acima de 10 SM 10

33 33 Mais ou menos Base: 97 consumidores que pediram esclarecimentos na consulta em que receberam a receita Na consulta em que obteve a receita Bem dados Mal dados Mais ou menos Não sabe/não respondeu Qualidade dos esclarecimentos do médico sobre genéricos Bem dados Mal dados Base: 483 consumidores que pediram esclarecimentos Quando pediu esclarecimentos, em geral

34 34 Freqüência que se informa com o médico(a) se existe alternativa de genérico Nunca Sempre Maior parte das vezes Quase sempre Menor parte das vezes Raramente Base: entrevistados que ouviram falar em medicamentos genéricos

35 35 Freqüência que se informa com o médico(a) se existe alternativa de genérico Nunca/raramente / a menor parte das vezes Total 64%...Sudeste 60%...Sul 62%...Centro-Oeste 67%...Nordeste 71%...Norte 83%...Masculino 68%...Feminino 62%...16 a 24 anos 69%...25 a 39 anos 63%...40 a 59 anos 61%...60 a 74 anos 67%... Até primário completo 74%... Ginásio completo até colegial incompleto 68%....Colegial completo a superior 54%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 75%...acima de 2 a 5 SM 64%...acima de 5 até 10 SM 54%...acima de 10 SM 53%

36 36 Atitude do médico: receitar ou tratar espontaneamente dos genéricos Nunca Sempre Maior parte das vezes Quase sempre Menor parte das vezes Raramente Base: entrevistados que ouviram falar em medicamentos genéricos NS/NR Na consulta em que obteve a receita Recentemente Consumidor não tentou se informar sobre alternativa de genérico Tentou se informar Médico tratou do tema espontaneamente NS/NR Base: consumidores com receita

37 37 Atitude do consumidor na consulta médica: pediu alguma vez a prescrição de genérico ao(à) médico(a) Não Sim Pediu na última consulta prescrição de genérico Base: entrevistados que ouviram falar em medicamentos genéricos Não Sim NS/NR Base: consumidores com receita

38 38 Atitude do médico: Geral Reação ao pedido de prescrição de genérico Base: 648 consumidores que pediram prescrição de genéricos Não mostrou nenhuma resistência aos genéricos Pouca resistência Alguma resistência Muita resistência Explicou que não havia genérico para aquele medicamento na última consulta Base: 110 consumidores que pediram prescrição de genéricos na última consulta Não mostrou nenhuma resistência aos genéricos Pouca resistência Alguma resistência Muita resistência Explicou que não havia genérico para aquele medicamento

39 39 % que pediu alguma vez prescrição de genérico Base: entrevistados que ouviram falar em medicamentos genéricos Total 29%...Sudeste 29%...Sul 33%...Centro-Oeste 32%...Nordeste 26%...Norte 23%...Masculino 24%...Feminino 32%...16 a 24 anos 26%...25 a 39 anos 31%...40 a 59 anos 30%...60 a 74 anos 26%... Até primário completo 23%... Ginásio completo até colegial incompleto 24%....Colegial completo a superior 37%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 21%...acima de 2 a 5 SM 31%...acima de 5 até 10 SM 33%...acima de 10 SM 36%

40 40 Atitude do médico: ao explicar sobre a qualidade dos genéricos na última consulta Positiva Neutra Negativa NS/NR Base: 97 consumidores que pediram esclarecimentos na consulta em que receberam a receita 55% É um medicamento como os antigos/ com o mesmo efeito 40% É mais barato/econômico 25% Não tem genérico do medicamento 32%Tem o mesmo efeito/ princípio/ composição 3% que não faz o mesmo efeito 1%Tem quase o mesmo preço dos referência Esclarecimentos dados pelo(a) médico(a) Base: 110 consumidores que pediram pediram a prescrição de genérico na última consulta

41 41 Atitude do consumidor e do farmacêutico ou balconista na drogaria:

42 42 Atitude do balconista Só 8% pediram esclarecimento sobre genéricos nesta compra 89% receberam explicações bem dadas apenas 2% perceberam reação negativa do balconista Praticamente ninguém declarou ter havido tentativa de convencimento de compra de similar

43 43 Atitude do consumidor e do farmacêutico ou balconista na drogaria : Não Sim Base: entrevistados que ouviram falar em medicamentos genéricos Pediu esclarecimentos sobre genéricos nesta visita à drogaria : Bem dados Mal dados Mais ou menos Qualidade dos esclarecimentos : Base: 102 entrevistados que pediram esclarecimentos Atitude do balconista na explicação sobre a qualidade dos genéricos 90% Positiva 8% Neutra 2% Negativa

44 44 Atitude do balconista Tot Valores em porcentagem (%) 2 Consumidor insistiu em comprar similar por causa do preço 98...ou não 2218 Bases (valores absolutos) ou não 1 Consumidor só conseguiu comprar um genérico após insistir 98...ou não tentou 2 Vendedor procurou me convencer a comprar um similar em vez do referência ou genérico 98...ou não tentou 1 Vendedor tentou vender um similar dizendo que era um genérico

45 45 Consumidores: Hábitos e atitudes

46 46 Qualidade e preço dos genéricos Apenas 16% consideram genérico inferior ao referência 39% consideram similar inferior ao referência Forte percepção de preço mais baixo Relação qualidade preço muito compensadora

47 47 Qualidade dos genéricos em relação aos referência Mesma qualidade Muito mais baixa Não sabe/NR Um pouco mais baixa Qualidade dos similares em relação aos referência Mesma qualidade Muito mais baixa Não sabe/NR Um pouco mais baixa Base: total da amostra

48 48 Preço e economia Muito mais baixos do que os medicamentos que substituem Um pouco mais baixos Iguais Um pouco mais altos Muito mais altos Não sabe/NR Preço dos genéricos Economia compensa... Muito Um pouco Muito pouco Não compensa nada Não sabe/NR Base: total da amostra

49 49 Medicamentos de uso contínuo 33% declararam usar,principalmente para: pressão, coração, diabetes, antidepressivos e ansiolíticos Apenas 37% tentaram obtê-los gratuitamente 5% recebem totalmente de graça 17% recebem parte de graça 77% pagam tudo Antes dos genéricos gastavam R$ 95,60 em média e agora gastam R$ 77,90 24% já revelam fidelidade à marca do genérico

50 50 Uso de medicamentos de uso contínuo Base: total da amostra Total 33%...Sudeste 36%...Sul 33%...Centro-Oeste 29%...Nordeste 29%...Norte 19%...Masculino 28%...Feminino 36%...16 a 24 anos 13%...25 a 39 anos 16%...40 a 59 anos 43%...60 a 74 anos 76%... Até primário completo 47%... Ginásio completo até colegial incompleto 26%....Colegial completo a superior 27%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 36%...acima de 2 a 5 SM 30%...acima de 5 até 10 SM 30%...acima de 10 SM 28%

51 51 Uso de medicamentos de uso contínuo Base: 736 consumidores que usam medicamentos de uso contínuo Anti-depressivos, ansiolíticos Pressão Menopausa Oftalmologia Colesteroal Alergia Bronquite Osteoporose Diabetes Cardiologia Circulação Estômago, digestivo Tiróide Hormônios Coluna, hérnias

52 52 Tentativa de obter estes medicamentos gratuitamente Base: 736 consumidores que usam medicamentos de uso contínuo Sim Não Sim 37%...Sudeste 36%...Sul 41%...Centro-Oeste 54%...Nordeste 33%...Norte 27%...Masculino 32%...Feminino 39%...16 a 24 anos 41%...25 a 39 anos 31%...40 a 59 anos 38%...60 a 74 anos 40%... Até primário completo 48%... Ginásio completo até colegial incompleto 42%....Colegial completo a superior 20%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 53%...acima de 2 a 5 SM 41%...acima de 5 até 10 SM 21%...acima de 10 SM 18%

53 53 Situação atual de gastos com medicamentos de uso contínuo Base: 736 consumidores que usam medicamentos de uso contínuo Todos pagos Todos gratuitos Parte pago, parte gratuito Todos pagos 77%...Sudeste 78%...Sul 76%...Centro-Oeste 73%...Nordeste 79%...Norte 73%...Masculino 78%...Feminino 77%...16 a 24 anos 82%...25 a 39 anos 76%...40 a 59 anos 78%...60 a 74 anos 77%... Até primário completo 72%... Ginásio completo até colegial incompleto 72%....Colegial completo a superior 88%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 67%...acima de 2 a 5 SM 77%...acima de 5 até 10 SM 87%...acima de 10 SM 87%

54 54 Estimativa de gastos com medicamentos de uso contínuo antes e depois dos genéricos Base: 736 consumidores que usam medicamentos de uso contínuo Antes Depois Economia 19%...Sudeste 16%...Sul 19%...Centro-Oeste 16%...Nordeste 25%...Norte 48%...Masculino 16%...Feminino 19%...16 a 24 anos 22%...25 a 39 anos 23%...40 a 59 anos 20%...60 a 74 anos 12%... Até primário completo 14%... Ginásio completo até colegial incompleto 29%....Colegial completo a superior 17%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 22%...acima de 2 a 5 SM 19%...acima de 5 até 10 SM 15%...acima de 10 SM 17%

55 55 Hábito de compra: fidelidade Procura comprar genéricos de um mesmo laboratório Base: 736 consumidores que usam medicamentos de uso contínuo Não NS/NR Sim Fidelidade 24%...Sudeste 28%...Sul 21%...Centro-Oeste 12%...Nordeste 17%...Norte 27%...Masculino 22%...Feminino 24%...16 a 24 anos 29%...25 a 39 anos 25%...40 a 59 anos 25%...60 a 74 anos 20%... Até primário completo 21%... Ginásio completo até colegial incompleto 29%....Colegial completo a superior 24%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 19%...acima de 2 a 5 SM 25%...acima de 5 até 10 SM 30%...acima de 10 SM 21%

56 56 Atuação do Ministério da Saúde

57 57 Recall de campanha ou propaganda Base: total da amostra Lembra NS/NR Não Recall 82%...Sudeste 83%...Sul 82%...Centro-Oeste 82%...Nordeste 81%...Norte 77%...Masculino 82%...Feminino 83%...16 a 24 anos 83%...25 a 39 anos 86%...40 a 59 anos 82%...60 a 74 anos 74%... Até primário completo 69%... Ginásio completo até colegial incompleto 84%....Colegial completo a superior 91%...Ate 2 SM (Renda familiar bruta) 72%...acima de 2 a 5 SM 84%...acima de 5 até 10 SM 89%...acima de 10 SM 90%

58 58 Atuação do Ministério da Saúde Base: consumidores que tinham informação sobre genérico antes da apresentação dos conceitos Suficientes Insuficientes Não sabe/NR Esforços do Ministério da Saúde para que os genéricos cheguem às drogarias para serem comprados pela população Suficientes Insuficientes Esforços do Ministério da Saúde para esclarecer a população sobre os genéricos Base: total da amostra Sim Não NS/NR Conhecimento da obrigatoriedade legal de exposição das listas de genéricos Não sabe/NR Base: total da amostra

59 59 Avaliação da atuação da ANVISA Confiança na capacidade garantir qualidade precisa ser melhorada: tem que ser inquestionável Prevenção de falsificações pode ser melhorada Esforço para reduzir preços é razoável para bom, mas esforços podem ser mais divulgados

60 60 Atuação da ANVISA (1) Base: total da amostra Confiança que a ANVISA é capaz de garantir a qualidade dos genéricos Muita confiança Não sabe/NR Alguma Pouca Nenhuma confiança Notas para o controle de qualidade dos medicamentos no Brasil Notas 7 a 10 Notas 4 a 6 Notas 0 a 3 Não sabe/NR Nota média – escala de 0 a 10 6,5100

61 61 Atuação da ANVISA (2) Base: total da amostra Notas para fiscalização para prevenção de falsificações Notas 7 a 10 Notas 4 a 6 Notas 0 a 3 Não sabe/NR Nota média – escala de 0 a 10 5, Notas para os esforços para reduzir os preços dos medicamentos Notas 7 a 10 Notas 4 a 6 Notas 0 a 3 Não sabe/NR Nota média escala de 0 a 10 6,0 10 0


Carregar ppt "1 Janeiro 2002 Pesquisa Nacional de Opinião Pública sobre Medicamentos Genéricos Módulo 1: Consumidores de Medicamentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google