A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Um projeto de Via Negromonte 2003. BOSSA CRIOULA é um espetáculo que celebra a fusão entre duas culturas afrodescendentes, a brasileira e a caboverdiana.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Um projeto de Via Negromonte 2003. BOSSA CRIOULA é um espetáculo que celebra a fusão entre duas culturas afrodescendentes, a brasileira e a caboverdiana."— Transcrição da apresentação:

1 Um projeto de Via Negromonte 2003

2 BOSSA CRIOULA é um espetáculo que celebra a fusão entre duas culturas afrodescendentes, a brasileira e a caboverdiana. O teatro musical, utilizado como linguagem, manifesta por meio de textos e canções a teatralidade espontânea comum a esses povos. Os ritmos brasileiros (chorinho, maracatu, samba-canção) e caboverdianos ( morna, coladera, funaná) são a fonte de inspiração para as composições inéditas da cantora, compositora, atriz e bailarina Via Negromonte. As obras musicais concebidas para o espetáculo, interpretadas em português e em crioulo, dialeto de Cabo Verde, serão registradas através da gravação de um cd trilha, produto ampliado como peça promocional do espetáculo. JUSTIFICATIVA: Via realizou tournées por vários estados brasileiros e em países lusófonos, como Portugal e Cabo Verde de seus últimos trabalhos: o espetáculo Romance dos Dois Soldados de Herodes, patrocinado pelo CCBB, e o musical Pura Eu. Participou de vários festivais: Festival Mindelact em São vicente, Cabo Verde, Fitei- Festival de Expressões Ibéricas, no Porto, Portugal, Festquintal na Ilha de Santiago e Festival de Santa Maria, na Ilha do Sal, Cabo Verde, em Como produto resultante dessas diversas apresentações e viagens de pesquisa, surgiu a idéia de mesclar ritmos e raízes culturais que por si só já apresentam afinidades para além do oceano que os separam. Bossa Crioula celebra a fusão entre duas culturas afrodescen- dentes, mesclando ritmos e raízes culturais que por si só já apresentam afinidades para além do oceano que os separam.

3 PROPOSTA: Falar de uma consciência globalizada numa linguagem artística pode ultrapassar limites e ser um elemento transformador. Nossa proposta é voltarmos às nossas origens não apenas para nos inspirarmos na cultura ou nos ritmos africanos; de acordo com Via não basta sermos mestiços. É preciso saber extrair da miscigenação a riqueza cultural que ela pode nos proporcionar. O ineditismo desse trabalho é mostrar um produto cujo brilho ressalte o hibridismo de irmãos. Com este cartão de visita realizar espetáculos de divulgação desse conceito pelo mundo. CONCEPÇÃO DO ESPETÁCULO: Encenando pitadas do cotidiano em seus aspectos fortuitos mas reveladores, Via Negromonte dramatiza, canta, dança e oferece uma observação crítica e bem humorada sobre como nós do chamado Terceiro Mundo nos vemos e somos vistos pelos outros. Textos e canções serão encenadas assim como quem revela segredos da boa culinária, da boa leitura e da boa música; receitas de moquecas e catchupas, passos de frevos e funanás, relatos do amor apaixonado (em pitorescas passagens à moda antiga, como nos choros brasileiros e nas mornas caboverdianas), expondo-se assim as heranças culturais tão similares destes e de outros povos afrodescendentes. Via quer falar dos ritmos que inspiram os homens desde os primórdios e que deram origem à harmonia, que celebram nossos louvores e desabafam nossas dores, códigos de guerra e de paz; ladainhas, acalantos, manifestos, ritos de alegria e de glória. Nossa proposta é o fundir de nossas inspirações buscando um produto cujo brilho ressalte o hibridismo de irmãos pela mesma fonte.

4

5 INTEGRANTES: Via Negromonte : direção musical/ composições/voz Otávio Grangeiro: Violões / cavaquinho Eduardo Neves: Flauta/sax Roberto Alemão: Percussão / bateria Rômulo Gomes: Contrabaixo / vocal Eduardo Salino: Iluminador / desenho de luz Eloá Ribeiro: Produtora Executiva Nelson Xavier: Direção Geral REMUNERAÇÃO: U$ 9, (nove mil dolares americanos) Obs:. Caberá ao contratante as seguintes providências: 1- Hospedagem, alimentação, traslado e transporte aéreo para 07 (sete) pessoas. 2- Recursos humanos, técnicos e de material devem estar disponíveis no local e são de responsabilidade financeira do contratante. RECURSOS HUMANOS, TÉCNICOS E DE MATERIAL: - Técnicos de som; - Assistentes para montagem som/luz/cenário; - Equipamento de som e P.A. e de iluminação. (Riders técnicos em anexo)

6 EMPRESA PROPONENTE: Sarastro Comércio e Indústria Ltda. é uma empresa de produção artística, fundada em Sua primeira realização foi o espetáculo teatral O Pedido de Casamento, uma comédia musicada dirigida e produzida por Nelson Xavier e Via Negromonte, baseada livremente na peça homônima de A. Tchecov. Estreada no Teatro Dina Sfat da Universidade Gama Filho, em Piedade, Rio de Janeiro, excursionou por São João Del Rey, Capitólio, Divinópolis, Itabira e Juiz de fora no período entre fins de 96 e o decorrer de Em seguida produziu o espetáculo também teatral Romance dos 2 Soldados de Herodes, de Osman Lins, uma farsa filiada à literatura de cordel onde um casal de atores se utiliza de máscaras para representar os vários personagens. Este projeto foi patrocinado pelo Centro Cultural Banco do Brasil, sendo beneficiado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura. Estreado em março de 1997 no Teatro II do CCBB, e tendo continuado a carreira no Teatro do Centro Cultural dos Correios no Rio de Janeiro, cumpriu temporadas de extensão em: Brasília, DF – Temporadas populares, 07/1998 Festival de Inverno de Campina Grande, PB, 07/1998 Teatro São Pedro (Porto Alegre), 11/1998 Festival de Santa Maria, RS, 08/1999 Festival de Canela, RS, 08/1999 Porto Seguro, Ilhéus e Salvador no Teatro Jorge Amado, 02/2000 Mindelact, Estação da Cena Lusófona, Cabo Verde, África, 09/1999 Festival de Expressões Ibéricas, Porto, Portugal 11/1999 Teatro Aveirense, Aveiro, Portugal, 12/1999 Teatro da Câmara do Seixal, Portugal 12/1999 Palco Brasil, Campo Grande em Mato Grosso do Sul, 09/2002. Na área musical realizou a produção independente do CD Pura Eu de Via Negromonte e do espetáculo homônimo, responsabilizando- se pela produção executiva para realização do mesmo e das apresentações em diversas temporadas pelo Brasil, Portugal e Cabo Verde. O referido espetáculo teve sua pré-estréia em Rio das Ostras e na casa noturna People no Rio de Janeiro em abril de Estreando em abril do ano seguinte no Teatro Garden Hall, Rio de Janeiro, seguiu em apresentações de curta temporada no: Teatro Rival, Rio de Janeiro, 07 / 2000 Teatro do Sesc Pompéia, São Paulo, 08/2002 Tourné por Lisboa, Almada, Guimarães, Seixal e Madeira, Portugal, 05/2001 Festquintal – 1 o Festival de Jazz, Praia, lha de Santiago, Cabo Verde 04/2002 Festival de Santa Maria – Ilha do Sal, Cabo Verde 09/2002.

7 DIRETOR - NELSON XAVIER O trabalho mais conhecido de sua carreira é sem dúvida o Lampião, da minissérie da TV Globo, em 1982, Lampião e Maria Bonita. Depois vieram o Pedro Arcanjo de Tenda dos Milagres, em 1985, e muitos outros, antes e depois, na televisão, no cinema e no teatro. Em 1997 recebe o prêmio de Melhor Ator no último Festival de Gramado, com Testamento do Sr. Napumoceno, uma produção Brasil - Portugal - Cabo Verde, que também foi premiado como Melhor Filme e Melhor Roteiro. Mas sua estréia, diplomado pela Escola de Arte Dramática, colunista de teatro da revista Visão, membro da Ass. Paulista de Criticos Teatrais, foi como integrante do elenco de Eles não usam Black-Tie, de G. Guarnieri; Chapetuba F.C., de Vianinha, Revolução na América do Sul, de A. Boal, sendo que esta última lhe rendeu seu primeiro prêmio de melhor ator coadjuvante, em Em 1962/63, integrou o Movimento de Cultura Popular, no Recife, organizando o Seminário de Dramaturgia, o curso de formação de atores, pesquisas de teatro popular e experimental em comunidades urbanas e rurais de Pernambuco e montagem de texto documental sobre a resistência camponesa, Julgamento em Novo Sol, de sua autoria. Com o golpe militar de 1964, depois de um período de clandestinidade, reinicia seus trabalhos de ator em teatro e cinema, de direção de textos experimentais e cursos de interpretação. Em 1969, de novo por motivos políticos, muda de atividade: Abre um restaurante. Mas, dois anos depois, volta a escrever e montar teatro. Com a peça O Segredo de Velho Mudo, em 1970, e Trivial Simples, em 71, ganha por 2 anos consecutivos o prêmio Anchieta de Dramaturgia, textos várias vezes montados pelo Brasil. Em 1976, escreve e produz com Ruy Guerra o longa-metragem A Queda e em seguida vai para Londres com bolsa de estudos concedida pelo British Council para um curso de televisão. A Queda, entre outros prêmios, ganha o Urso de Prata em Berlim, e Melhor Ator em Brasília. Realiza dois documentários de curta metragem, Linguagem Musical (1982) e Vampra Disnelândia (1986), que inclui como prêmio o de melhor documentário em Havana. A partir de 82 intensifica sua atividade como ator protagonizando minisséries na TV Globo e na TV Bandeirantes, entre outras participações em cinema, inclusive em produções estrangeiras, como Moon Over Parador, de Paul Mazursky, Les Chevaliers Aux Yeux Verts, de Michel Byn. Paralelamente, continua escrevendo e dirigindo. Em 1988, dá curso de direção em cinema na Escuela Internacional de Cine y TV, em Cuba. Trabalhos mais destacados: Em cinema: OS FUZIS, de Rui Guerra, l964 - Coruja de Ouro – ator coadjuvante. SEARA VERMELHA, de Alberto DAversa, A FALECIDA, de Leon Hirschman, OS DEUSES E OS MORTOS, de R. Guerra, D. FLOR E SEUS DOIS MARIDOS, de B. Barreto, l975. A QUEDA, de Rui Guerra, VAI TRABALHAR, VAGABUNDO! I e II, de H. Carvana, O MÁGICO E O DELEGADO, de Fernando Coni Campos, 1982 – Melhor Ator em Brasília. LUAR SOBRE PARADOR, de Paul Mazursky, BRINCANDO NOS CAMPOS DO SENHOR, H.Babenco, l993. O TESTAMENTO DO SENHOR NAPUMOCENO, de F. Manso, Melhor Ator em Gramado. AUTO DE LEIDIANA, de Rosemberg Cariri, LUA CAMBARÁ, de Rozemberg Cariry, BENJAMIN, de Monique Gardemberg, 2002.

8 Em teatro: GRANDE SERTÃO, VEREDAS, Guimarães Rosa - Centro Cultural do Banco do Brasil – O PEDIDO DE CASAMENTO, Anton Tchekov - Centro Cultural Gama Filho – ROMANCE DOS 2 SOLDADOS DE HERODES, Osman Lins. Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro / RJ – Espaço Cultural dos Correios / RJ – Festival Mindelact de Teatro, CaboVerde / África – º Festival de Teatro de Canela / RS – Temporadas Populares / Brasília – DF – Festival de Inverno de Campina Grande / PB – FITEI – Cidade do Porto / Portugal – Teatro Aveirense, Teatro da Câmara do Seixal, Teatro de Guimarães / Portugal – Teatro Jorge Amado, Salvador, Ilhéus e Porto Seguro ( Paradise Hotel) BA – Palco Brasil – Campo Grande / MS – EXPLÊNDIDOS, Jean Genet no CCBB em 1999/2000. LEMBRAR É RESISTIR, Almada, Alvarez e Ivan Jaf - Ex-DOPS do Rio de Janeiro/RJ O CRIADOR E A CRIATURA, F. Aguiar e A. Perez - Academia Brasileira de Letras, Rio de Janeiro / RJ – Em televisão:

9 PROTAGONISTA - VIA NEGROMONTE Via traz em sua bagagem profissional no Brasil e no exterior trabalhos em teatro, música, cinema, televisão e dança. Residente em Londres e Nova Iorque por mais de uma década, aprimorou seus conhecimentos no American Ballet Theatre, Alvin Ailey (dança), David Howard, Avi Spindel, Stella Adhler (dramaturgia), Iris Hiskey (canto lírico), Betty Longnecker (música popular), entre outros. Fez sua estréia profissional na Broadway, em 1979, como Anita, em West Side Story, apresentando-se em seguida em outros musicais da Broadway ou excursionando nos Estados Unidos e Europa com Mame, Gotta Dance e Can-Can. Ainda em Nova Iorque é contratada pela CBS. Decide voltar ao Brasil em 87,dando assim continuidade a sua carreira de cantora atriz. Simultaneamente ao trabalho de atriz, lança dois lps pela CBS, alcançando uma divulgação nacional que lhe rendeu vários prêmios, entre eles o Prêmio Sharp de Música como cantora revelação, em 87, com a música Preconceito. Em maio do corrente foi premiada "Melhor Atriz" no 22 º Festival Guarnicé do São Luiz do Maranhão, por sua atuação em O Auto de Leidiana, de Rosemberg Cariri. Teatro: Romeu e Julieta - Fundação Palácio das Artes / BH - West Side Story - Broadway Minnskoff Theatre / NY e Theatre Du Chatelêt / Paris - Mame - Broadway Theatre / NY - Gotta Dance - Ballroom Theatre / NY - Batucada - Ballet Spanic of New York / NY - Can-can - Dinner Theatre Elmsford / NY - Orfeu da Conceição - Centro Cultural Banco do Brasil. - Os Físicos - de Frederick Durrenmatt - Teatro da Imprensa /BH. - Ciganos - Participação especial com o Grupo Ponto de Partida / Barbacena - MG. - O Pedido de Casamento - Centro Cultural Gama Filho / RJ - Romance dos Dois Soldados de Herodes - Centro Cultural Banco do Brasil / RJ - Lírico, Épico, Cômicos e Absurdos – Direção e texto Via Negromonte – CCYAlves, Tiradentes/MG. Cinema e TV (Telenovelas, mini-séries, vídeo clips musicais e comerciais): Auto de Leidiana, média metragem de Rosemberg Cariri, Fortaleza, Ceará l998 - Testamento do Sr Napomuceno, longa metragem de Francisco Manso - Portugal / Cabo Verde.(África) - Lontano Da Dove (Far From Where), longa metragem de Stephania Cassini, Roma / Italia - Cotton Club, longa metragem de Francis Ford Coppola - Silvercup Studios, NY / USA - Lambada, longa metragem de Giandomenico Curi, Metro Films - Brasil / Itália - Lua Cambará longa metragem de Rosemberg Cariri, Fortaleza / Ceará Kananga do Japão – telenovela, Rede Manchete / Rosa dos Rumos – minissérie, Rede Manchete / The Right Moves - Afterschool Special - ABC TV / NY / Ana Raio e Zé Trovão - Rede Manchete / Ser ou não ser - Rede Globo / Irmãos Coragem - Rede Globo / Preconceito - Via Negromonte Fantástico, TV Globo / Noites Sem Dormir - Via Negromonte, CBS Discos. / Living my life - Grace Jones / Paris / Gladys Knight and The Pips / NY / Grace Jones - One Man Show NY / Babys in the mountain, de Peter Godwins / Londres. - Lets go out Tonight, Nile Rodgers / NY - HBO Special Dance Advertising / NY - Fast Way, Martin Kahan / Londres. - Weight Watchers Ice Cream – NY - HBO Musical Channel – NY - Honda Motors, Steave Horn Prod. - NYChiquita Pops, Friends Enterprise, Toronto – Canadá - Cristal Light Soda - NY Discos: Via Negromonte - CBS Noites sem Dormir - CBS (Prêmio Sharp de Música - Cantora Revelação / 87). Pura Eu - Sarastro 1997 /99

10

11

12 DIREÇÃO GERAL: NELSON XAVIER PRODUÇÃO: VIA NEGROMONTE Sarastro Comércio e Indústria Ltda. Rua Almirante Alexandrino, 2161 – Santa Teresa, Rio de Janeiro, RJ Cep: Brasil. CNJP: / Insc. Estadual: Insc. Municipal: Telefones: – s:

13 Visite o site para melhor visualizar currículo e trajetória de Via Negromonte com o cd e shows Pura Eu.


Carregar ppt "Um projeto de Via Negromonte 2003. BOSSA CRIOULA é um espetáculo que celebra a fusão entre duas culturas afrodescendentes, a brasileira e a caboverdiana."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google