A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A ARCA DO FIM DO MUNDO Um cofre guarda amostras de 100 milhões de sementes no Ártico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A ARCA DO FIM DO MUNDO Um cofre guarda amostras de 100 milhões de sementes no Ártico."— Transcrição da apresentação:

1

2 A ARCA DO FIM DO MUNDO Um cofre guarda amostras de 100 milhões de sementes no Ártico

3 A Svalbard International Seed Vault (SISV), também conhecida como a arca do fim do mundo", está desenhada para guardar amostras de todas as variedades de sementes conhecidas pelo homem.

4

5 O objectivo é convertê-la em uma arca de Noé, um enorme armazém que contenha amostras das plantas necessárias para que o ser humano reinicie a conquista da Terra se acontecer um desastre ecológico, seja por causas naturais ou pela acção do Homem.

6

7 A Arca de Noé das sementes foi construída em Longyearbyen, um pequeno lugarejo mineiro na ilha de Spitsbergen que pertence ao arquipélago norueguês de Svalbard, ao norte, a uns kilómetros do Polo Norte. O lugar foi escolhido pela sua estabilidade sísmica e por estar em solo permanentemente gelado do território ártico (o permafrost), facilitando a conservação.

8 Salvadora, é a ilha da Noruega, onde está o cofre para combater especialmente efeitos apocalípticos das mudanças climáticas.

9

10

11 A Arca ártica está construída dentro de uma montanha congelada.

12 No total, a Arca receberá mais de 100 milhões de sementes procedentes de todas as partes do mundo.

13 Estão armazenadas nas profundidades de uma montanha ártica, empacotadas em alumínio, rodeadas por muros de um metro de largura. A Arca conta com um túnel de 125 metros de profundidade, escavado na rocha. Inclusive, se todos os sistemas de refrigeração falharem, dizem os cientistas, a temperatura na montanha nunca superaria a temperatura de congelamento devido ao permafrost, a capa de gelo perpétua da região.

14

15 La entrada de la bóveda tiene un diseño futurista con unos espejos metálicos que reflejan el sol durante el día y brillan en la oscuridad por la noche, concebido por la artista noruega Dyveke Sanne. Junto a la puerta se encuentran los compresores cuya función es enfriar el interior del bunker.

16

17 Ao entrar na Arca, a primeira coisa que se vê é um largo corredor de 125 metros que leva até os três armazéns de abastecimento.

18

19 O interior do corredor foi reforçado com uma estrutura circular de aço desenhada para evitar o perigo de qualquer colapso devido à erosão da montanha em que se construiu a Arca.

20 No fim do corredor, encontra-se a sala de controle onde os técnicos da Arca registam nos computadores do centro cada amostra de semente que vai chegando de todos os países do mundo.

21 Os técnicos tem que classificar cada amostra, especificando A sua espécie, procedência e idade. Toda a informação vai para um banco de dados a cujo conteúdo se pode ter acesso livremente na web pela comunidade científica.

22 As mostras de sementes são introduzidas no banco em pacotes com tres capas de alumínio que são fechados de forma hermética para garantir sua conservação nas melhores condições possíveis.

23 Uma vez que tenham sido registradas e seladas herméticamente, as mostras de sementes são introduzidas em caixas de plástico e se trasladam a uma das tres câmaras da Arca.

24 As mostras, conservadas em "caixas negras", só serão postas em circulação no caso de que todas as fontes de sementes do planeta tenham sido destruídas ou esgotadas As mostras, conservadas em "caixas negras", só serão postas em circulação no caso de que todas as fontes de sementes do planeta tenham sido destruídas ou esgotadas.

25 Relativamente às medidas de segurança, a instalação está dotada de uma porta blindada e um muro divisório, e contará com a presença de autoridades norueguesas.

26 Os responsáveis citam também a localização remota da instalação, os invernos incrívelmente frios, os bancos de gelo e inclusive a agressividade dos ursos polares, como medidas de segurança adicionais.

27 Na actualidade, já existem mais de bancos de sementes por todo o mundo. No entanto, muitos deles, sobretudo nos países em vias de desenvolvimento, encontram-se permanentemente ameaçados pela escassez de água, o risco de terramotos, inundações ou outros desastres naturais, o impacto dos conflitos bélicos ou simplemente uma má gestão devido à escassez de recursos.

28

29 Para se defender de todos estes perigos, ao quais também se deve ser acrescentar a crescente ameaça da mudança climática ou de uma catástrofe global que poderia provocar uma guerra nuclear, a Noruega construiu a Arca. «O nosso objectivo é conservar aqui uma cópia de segurança das sementes de todo o planeta», explica Westengen. «Assim, face a qualquer catástrofe, de origem natural ou humana, a biodiversidade dos cultivos estará a salvo. A Arca representa uma estratégia crucial para garantir o futuro das culturas que nos alimentam a todos».

30

31 A conservação das sementes na Arca será um serviço gratuito, e os países que enviarem suas amostras continuarão sendo sempre seus proprietários. Todos eles poderão recorrer às cópias de reposição que se conservarão no cofre ártico sempre que uma das variedades desapareça de seu ambiente natural.

32

33

34


Carregar ppt "A ARCA DO FIM DO MUNDO Um cofre guarda amostras de 100 milhões de sementes no Ártico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google