A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 CURSO DE RADIOCOMUNICAÇÃO Comunicação Via Rádio CVR OPERADOR DE RÁDIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 CURSO DE RADIOCOMUNICAÇÃO Comunicação Via Rádio CVR OPERADOR DE RÁDIO."— Transcrição da apresentação:

1

2 1 CURSO DE RADIOCOMUNICAÇÃO Comunicação Via Rádio CVR OPERADOR DE RÁDIO

3 2 PRINCIPIOS BÁSICOS DA RADIOPROPAGAÇÃO ONDAS ELECTROMAGNÉTICAS: EM 1861 O FÍSICO ESCOCES MAXWELL DESCREVE EM TEORIA O COMPORTAMENTO DAS ONDAS ELECTROMAGNÉTICAS EM 1881 O ALEMÃO HERTZ COMPROVA NA PRÁTICA ESTAS TEORIAS, EMITINDO E RECEBENDO AS PRIMEIRAS ONDAS DE RÁDIO COM EQUIPAMENTOS POR ELE DESENVOLVIDOS. POR ISSO SÃO CHAMADAS ATÉ HOJE DE ONDAS HERTZIANAS

4 3 QUE SÃO AS ONDAS ELECTROMAGNÉTICAS ? - ONDAS DE RÁDIO, DE TV, RAIOS X, MICROONDAS, PX,PY, SÃO ONDAS ELECTROMAGNÉTICAS AS ONDAS APRESENTAM OS SEGUINTES PARÂMETROS: AMPLITUDE : É O MAIOR VALOR NA CRISTA DA ONDA (Geralmente se expressa em Volts, Amperes)) LONGITUDE DE ONDA: É A DISTÂNCIA DE UM CICLO COMPLETO DE UMA ONDA ( Se expressa em cms, mts) FREQUÊNCIA : É A QUANTIDADE DE CICLOS POR SEGUNDO (Se expressa em Hertz, Megahertz)

5 4 COMO SE COMPORTAM AS ONDAS ELECTROMAGNÉTICAS PODEMOS COMPARÁ-LAS COM AS ONDAS NA ÁGUA:.1) TÊM UM FOCO EMISSOR QUE PROVOCA AS OSCILAÇÔES.2) UM MEIO ONDE SE PROPAGAM ( AR,VÁCUO).3) TEMOS AS ONDAS, COM CRISTAS E DEPRESSÕES.4) TEMOS UM RECEPTOR OU OBJETO QUE RECEBE ESTAS OSCILAÇÕES ( COMPARANDO NA ÁGUA : P. EX : UMA BÓIA, QUE SOBE E DESCE COM O EFEITO DAS ONDAS )

6 5 COMO OBTEMOS UMA ONDA ELECTROMAGNÉTICA ? UM OSCILADOR DE C. A., DE ELEVADA FREQUÊNCIA, GERA UM CAMPO ELÉTRICO VARIÁVEL, QUE SERÁ CONVERTIDO EM UMA ONDA ELETROM.. PELA ANTENA ESTA ONDA TEM A CAPACIDADE DE SE MOVIMENTAR ATÉ NO VÁCUO, E A SUA INTENSIDADE VAI DIMINUINDO A MAIOR DISTANCIA DO EMISSOR E TAMBÉM PELA PRESENÇA DE OBJETOS QUE SE ENCONTREM NO SEU CAMINHO TEMOS ASSIM UM MECANISMO DE TRANSPORTE DE ENERGIA ENTRE DOIS PONTOS, SEM O USO DE FIOS

7 6 CLASSIFICAÇÃO DAS ONDAS ELECTRO MAGNÉTICAS AS ONDAS SE MOVIMENTAM NO VÁCUO À VELOCIDADE DA LUZ : KMS/SEG, E,SEGUNDO A SUA LONGITUDE DE ONDA, SE COMPORTAM DE DIFERENTES MANEIRAS : ONDAS DE RÁDIO E TV: ENTRE 1cm a 1 km MICROONDAS : ENTRE 0,1 mm a 1 cm INFRAVERMELHAS LUZ VISÍVEL RAIOS ULTRAVIOLETAS RAIOS X RAIOS GAMA

8 7 ONDAS DE RÁDIO SE SUBDIVIDEM EM : ONDAS MÉDIAS : COM LONGITUDE DE ONDA GRANDE (100 a 600 mts),SÃO USADAS EM RADIODIFUSÃO, PELA SUA CAPACIDADE DE SUPERAR OBSTÁCULOS E LONGAS DISTÂNCIAS ONDAS CURTAS: (10 A 60 mts), SE REFLETEM NAS CAPAS DA IONOSFERA QUE ATUAM COMO UM ESPELHO, DEVOLVENDO-AS À TERRA EM PONTOS DISTANTES VHF : (ENTRE 1 A 10 mts) USADAS EM TV E RADIOTRANSMISSÃO. SE MOVIMENTAM QUASE EM LINHA RETA E PODEM CONTORNAR ALGUNS OBSTÁCULOS UHF: ENTRE 0,1 A 1 mts). SE MOVIMENTAM EM LINHA RETA, NÃO CONTORNAM OBSTÁCULOS, MAS TEM MAIOR PODER DE PENETRAÇÃO

9 8 SISTEMAS DE RÁDIO O TRANSMISSOR OSCILADOR MODULADOR MISTURADOR AMPLIFICADOR ANTENA MICROFONE (PTT)

10 9 DESCRIÇÃO DO SISTEMA DE RÁDIO MICROFONE: CAPTA O SOM E O CONVERTE EM SINAIS ELÉTRICOS DE BAIXA FREQUÊNCIA OSCILADOR: GERA A ONDA PORTADORA DE ALTA FREQUÊNCIA MISTURADOR: MISTURA O SINAL DO OSCILADOR (PORTADORA) COM O SINAL ELÉTRICO DO MICROFONE (MENSAGEM) AMPLIFICADOR: AMPLIFICA O SINAL RESULTANTE DO MISTURADOR ANTENA : CONVERTE O SINAL ELÉTRICO DE ALTA FREQUÊNCIA DO AMPLIFICADOR EM UMA CA. QUE RESSONARÁ NA ANTENA, GERANDO UMA ONDA ELECTROMAGNÉTICA, CAPAZ DE VIAJAR NO VÁCUO.

11 10 SISTEMAS DE RÁDIO O RECEPTOR OSCILADOR AMPLIFICADOR DE ÁUDIO MISTURADOR AMPLIFICADOR ANTENA FALANTE Comunicação Via Rádio CVR

12 11 DESCRIÇÃO DO SISTEMA DE RÁDIO ANTENA: CAPTA A ONDA ELECROMAGNÉTICA E A CONVERTE EM SINAL ELÉTRICO AMPLIFICADOR: AMPLIFICA OS SINAIS FRACOS DA ANTENA MISTURADOR: SEPARA OS SINAIS DA ALTA FREQUÊNCIA (PORTADORA), DO SINAL DE BAIXA FREQUÊNCIA (MENSAGEM) AMPLIFICADOR DE ÁUDIO: AMPLIFICA OS SINAIS ELÉTRICOS DA MENSAGEM FALANTE: CONVERTE OS SINAIS ELÉTRICOS, EM SINAIS DE ÁUDIO (SOM)

13 12 SISTEMAS DE MODULAÇÃO: AM: AMPLITUDE MODULADA. A PORTADORA ( SINAL DE ALTA FREQUÊNCIA) É MODULADA PELA SINAL PROVENIENTE DO MICROFONE, VARIANDO A SUA AMPLITUDE DE FORMA PROPORCIONAL FM: FREQUÊNCIA MODULADA. A PORTADORA ( SINAL DE ALTA FREQUÊNCIA) TEM A SUA AMPLITUDE CONSTANTE, MAS A SUA FREQUÊNCIA É MODULADA PELO SINAL PROVENIENTE DO MICROFONE, VARIANDO A MESMA DE FORMA PROPORCIONAL

14 13 ESTAÇÕES DE RÁDIO: ESTAÇÃO PORTÁTIL (HT): EQUIPAMENTO PEQUENO DE MÃO COM BATERIA RECARREGÁVEL E DE BAIXA POTÊNCIA. ALCANCE CURTO ( ATÉ 10 kms) ESTAÇÃO MÓVEL: EQUIPAMENTO DE VEÍCULO DE ALTA POTÊNCIA. ALCANCE MÉDIO (ATÉ 30 kms) ESTAÇÃO FIXA: EQUIPAMENTO DE BASE, DE ALTA POTÊNCIA. ALCANCE LONGO (ATÉ 60 kms)OBTIDO COM O USO DE ANTENAS EM PONTOS ELEVADOS. ESTAÇÃO REPETIDORA: EQUIPAMENTO SITUADO EM PONTOS PRIVILEGIADOS ( MONTANHAS, PRÉDIOS, TORRES ALTAS ) QUE RETRANSMITE SINAIS DE UM PONTO A OUTRO, AONDE NÃO SERIA POSSÍVEL COMUNICAÇÃO DE FORMA DIRETA ( CENTENA DE kms)

15 14 ANTENAS 1 EXISTEM DIVERSOS TIPO DE ANTENAS, COM FORMATOS E GANHOS DE POTÊNCIA VARIADOS: ANTENA DE ¼ DE ONDA : CHAMADA ANTENA PLANO TERRA. TEM GANHO 0 DB. É A MAIS SIMPLES O SEU CUMPRIMENTO É ¼ DO TAMANHO DA ONDA QUE ESTAREMOS USANDO. EM VHF, APROX 50cms

16 15 ANTENAS 2 ANTENA DE 5/8 DE ONDA: GANHA 3 DB COM RELAÇÃO A ANTENA DE ¼ PLANO TERRA ( DOBRO DE POTÊNCIA) ANTENA DIRECIONAL: GANHOS ALTOS EM UMA DIREÇÃO ESPECÍFICA. P. EX ANTENA YAGUI

17 16 ANTENAS 3 ANTENA COLINEAL: É UMA FORMAÇÃO DE DIPOLOS ACOPLADOS. DÁ ALTO GANHO ( ATÉ 9 DB),E CONSEGUE SUPERAR OBSTÁCULOS DADO O SEU TAMANHO ( APROX 6 mts).É A ANTENA USADA NO COBOM

18 17 RADIOENLACE SE CHAMA ASSIM O SISTEMA DE COMUNICAÇÃO QUE SE ESTABELECE ENTRE DUAS ESTAÇÕES DE RÁDIO RADIOENLACE LIVRE RAIO TERRESTE PODEMOS TER RADIOENLACES LIVRES DE OBSTÁCULOS OU RADIOENLACES OBSTRUIDOS (ÁRVORES,MONTANHAS) TAMBÉM TEMOS EM VHF, A LIMITAÇÃO PELA CURVATURA DA TERRA (RADIOHORIZONTE,APROX 12 kms)

19 18 RADIOENLACE RADIOENLACE OBSTRUÍDO RAIO TERRESTE NESTE CASO TEMOS UMA PERDA DE SINAL ADICIONAL PELA PRESENÇA DE MONTANHAS, INTERFERINDO A PASSAGEM DA ONDA DE RÁDIO

20 19 RADIOENLACE RADIOENLACE OBSTRUÍDO RAIO TERRESTE NESTE CASO O SINAL É OBSTRUIDO PELA PRÓPRIA CURVA TERRESTRE, NÃO HAVENDO POSSIBILIDADE DE COMUNICAÇÃO. HÁ NECESSIDADE DE USAR UMA REPETIDORA

21 20 RADIOENLACE VIA REPETIDORA RAIO TERRESTE NESTE CASO O SINAL É RETRANSMITIDO PELA REPETIDORA QUE TEM O CAMINHO LIVRE PARA AS DUAS ESTAÇÕES DE RÁDIO. SE GARANTE ASSIM UMA COMUNICAÇÃO DE ALTA QUALIDADE, E A MAIORES DISTÂNCIAS

22 21 CÓDIGO Q ESTE É UM CÓDIGO ADOTADO INTERNACIONALMENTE PARA PADRONIZAR AS MENSAGENS DE RÁDIO QAP: NA ESCUTA QSA: VALOR DO SINAL (de 1 a 5) QTH: LOCALIZAÇÃO QSL: COMPRENDIDO TKS: OBRIGADO QRU: NOVIDADE,OCORRÊNCIA QRA: NOME DO OPERADOR QRM:RUIDO NA COMUNICAÇÃO QTA: CANCELA A MENSAGEM QRV: A SUAS ORDENS QTC: MENSAGEM QTR: HORÁRIO

23 22 CURSO DESENVOLVIDO PELA : COMUNICAÇÃO VIA RÁDIO CVR Laboratório de Radiocomunicação


Carregar ppt "1 CURSO DE RADIOCOMUNICAÇÃO Comunicação Via Rádio CVR OPERADOR DE RÁDIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google