A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MOBILIDADE DA POPULAÇÃO. TIPOS DE MIGRAÇÕES Duração / Tempo Forma / Tomada de Decisão Migrações – Deslocações de população de uma área para outra. (analisar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MOBILIDADE DA POPULAÇÃO. TIPOS DE MIGRAÇÕES Duração / Tempo Forma / Tomada de Decisão Migrações – Deslocações de população de uma área para outra. (analisar."— Transcrição da apresentação:

1 MOBILIDADE DA POPULAÇÃO

2 TIPOS DE MIGRAÇÕES Duração / Tempo Forma / Tomada de Decisão Migrações – Deslocações de população de uma área para outra. (analisar outras definições) Livres/voluntárias Ver quadro2, pág.58

3 CAUSAS DAS MIGRAÇÕES Causas das Migrações Factores repulsivos na área de partida Factores atractivos na área de chegada Naturais (catástrofes naturais: vulcões, sismos, cheias…) Sócio económicos (desemprego, fome, miséria) Políticos (perseguições políticas) Religiosos (perseguições religiosas) Bélicos (guerras) Demográficos (excesso de população na região) Vontade pessoal de partir Económicos (melhores oportunidades de emprego e melhores salários) Sociais (melhores condições de vida) Liberdade (ideias e escolhas) Sócio culturais (mais divertimentos, museus, cinemas, arquitectura, universidades, centros de investigação…) Turísticos ou Recreativos (conhecer outras regiões ou países)

4 MIGRAÇÕES INTERNACIONAIS No Passado (séc.XIX e início séc.XX) Origem – Europa Destino - E.U.A, Canadá, Brasil, Sul da América, Sibéria, Austrália… Principais Fluxos Migratórios no Mundo - Actualmente Áreas de Chegada: América do Norte (E.U.A), Europa Ocidental (França, Alemanha, Reino Unido, Suécia…) Argentina, Austrália, Arábia Saudita, Líbia e África do Sul. Áreas de Partida: China, Índia, Paquistão, Indonésia, Argélia, México, Turquia, Brasil, Egipto… Ver figura 8, pág.60

5 Migrações Europeias na Actualidade Países de Chegada: Noruega, Suécia, Reino Unido, França, Itália, Alemanha, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Suíça, Rep. Checa… Países de Origem: Finlândia, Polónia, Eslováquia, Turquia, Grécia, Eslovénia, Croácia… Ver figura 9, pág.60 Emigração – Saída de pessoas do seu país de origem para outros países, por um período de tempo prolongado. Imigração – Entrada de população estrangeira num país de chegada, por um período de tempo prolongado.

6 Consequências das Migrações Internacionais Fenómeno emigratório Fenómeno imigratório

7 Indicadores Demográficos Saldo Migratório = Imigração – Emigração Crescimento Efectivo = Crescimento Natural + Saldo Migratório ou seja, ou seja, Crescimento Efectivo = (Natalidade – Mortalidade) + (Imigração – Emigração) Taxa de Crescimento Efectivo = Crescimento Natural + Saldo Migratório X 1000 População Absoluta População Absoluta ou seja, ou seja, Taxa de Crescimento Efectivo = (Natalidade – Mortalidade) + (Imigração – Emigração) X 1000 População Absoluta População Absoluta

8 Migrações Internas Movimentos de pessoas realizados no interior de um país Êxodo Rural campo - cidade Êxodo Urbano cidade - campo Movimentos Pendulares residência trabalho -Perda de mão de obra -Envelhecimento da população (pouca modernização da agricultura) -Diminuição da taxa de natalidade -Aumento da mão de obra -Aumento da taxa de natalidade -Rejuvenescimento da população - Aparecimento de bairros de lata e clandestinos Consequências do Êxodo Rural campocidade P. Desenvolvidos – início séc.XVIII e teve grande importância até meados séc.XX P.em Desenvolvimento – a partir de 1950

9 Factores Repulsivos – Espaço Rural -Pouco poder de compra -Baixos salários -Pouco apoio médico e pouca assistência social -Menos acesso a estabelecimentos de ensino -Desemprego (mecanização da agricultura) Factores atractivos – Espaço Urbano e Cidades -Melhor nível de vida -Melhor Educação -Melhores Empregos -Melhores cuidados de saúde -Acesso a divertimentos / cultura -Maior emancipação da mulher

10 Cerca de 1/3 dos emigrantes saía ilegalmente do país (Europa Ocidental) final década 60 início década 70 - Durante muitos anos a maior parte dos emigrantes provinha do meio rural, após a década de 70 passaram a emigrar também, pessoas que trabalhavam na indústria, comércio e serviços (sectores II e III) - Emigra sobretudo o sexo masculino, com idades entre os 20 e os 40 anos Portugal – um país com tradição Emigratória

11 As Vagas Imigratórias em Portugal Africanos Africanos, (PALOP sobretudo Cabo Verdianos) – meados da década de 60 e aumento significativo na década de 80. Brasileiros Brasileiros – meados da década de 80 e anos 90. Europeus de Leste Europeus de Leste (Roménia, Ucrânia, Rússia, Moldávia…) – finais da década de 90, início do séc. XXI. Chineses, Indianos e Paquistaneses Chineses, Indianos e Paquistaneses – durante a década de 90

12 Fim


Carregar ppt "MOBILIDADE DA POPULAÇÃO. TIPOS DE MIGRAÇÕES Duração / Tempo Forma / Tomada de Decisão Migrações – Deslocações de população de uma área para outra. (analisar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google