A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A ECONOMÍA DE ESCALA NO TRANSPORTE MARÍTIMO, ESTÁ CHEGANDO NA NOSSA REGIÃO E CAUSARÁ MUDANZAS NO SISTEMA PORTUÁRIO. CHARLA TERMINAL ZARATE 24 JUNHO 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A ECONOMÍA DE ESCALA NO TRANSPORTE MARÍTIMO, ESTÁ CHEGANDO NA NOSSA REGIÃO E CAUSARÁ MUDANZAS NO SISTEMA PORTUÁRIO. CHARLA TERMINAL ZARATE 24 JUNHO 2011."— Transcrição da apresentação:

1 A ECONOMÍA DE ESCALA NO TRANSPORTE MARÍTIMO, ESTÁ CHEGANDO NA NOSSA REGIÃO E CAUSARÁ MUDANZAS NO SISTEMA PORTUÁRIO. CHARLA TERMINAL ZARATE 24 JUNHO

2 A ECONOMÍA DE ESCALA já começou nos Transportes de graneís nos anos 60, mas para a carga geral apenas foi possível a partir dos anos 80, quando o uso de conteineres avanzou no mundo enteiro. A ECONOMÍA DE ESCALA já começou nos Transportes de graneís nos anos 60, mas para a carga geral apenas foi possível a partir dos anos 80, quando o uso de conteineres avanzou no mundo enteiro. É bom lembrar que o novo sistema não foi recebida da mesma forma nos diferentes continentes. É bom lembrar que o novo sistema não foi recebida da mesma forma nos diferentes continentes. América do Sul, Africa e India resisteram muito, temendo que os trabalhadores portuários íam a perder seus postos de trabalho. América do Sul, Africa e India resisteram muito, temendo que os trabalhadores portuários íam a perder seus postos de trabalho. Também consideravam altos demais os custos da nova infra-estrutura. Também consideravam altos demais os custos da nova infra-estrutura. 2

3 A aceitação foi bem diferente numa outra parte da Ásia, onde especialmente Japão participou desde o início da Conteinerização (Containerization). A aceitação foi bem diferente numa outra parte da Ásia, onde especialmente Japão participou desde o início da Conteinerização (Containerization). O primeiro navio célular, especíalmente construido para conteineres, foi japonés. O primeiro navio célular, especíalmente construido para conteineres, foi japonés. Além disso, Cingapura, Hong Kong, Keelung e Pusan rápidamente tornaram-se nos grandes portos de trasbordo, Além disso, Cingapura, Hong Kong, Keelung e Pusan rápidamente tornaram-se nos grandes portos de trasbordo, que fizeram possível que toda a região do Sudeste da Asia, entrou em pouco tempo "no sistema do uso massivo de conteineres. que fizeram possível que toda a região do Sudeste da Asia, entrou em pouco tempo "no sistema do uso massivo de conteineres. 3

4 Cingapura e Hong Kong logo se tornaram nos maiores e mais eficientes portos do mundo. Cingapura e Hong Kong logo se tornaram nos maiores e mais eficientes portos do mundo. Pronto começou a crescer o Comércio entre Ásia - Europa e Asia - Estados Unidos. Pronto começou a crescer o Comércio entre Ásia - Europa e Asia - Estados Unidos. Sem dúvida este enorme crescimento do Comercio foi possivel, porque a Região aceitou o uso de conteineres. Sem dúvida este enorme crescimento do Comercio foi possivel, porque a Região aceitou o uso de conteineres. Começaram-se a usar cada vez maiores navios entre Ásia-Europa e Ásia-EUA. Começaram-se a usar cada vez maiores navios entre Ásia-Europa e Ásia-EUA. Agora, a economía de escala no transporte de contêineres está avançando rapidamente na Costa Leste da Sudmerica. Agora, a economía de escala no transporte de contêineres está avançando rapidamente na Costa Leste da Sudmerica. 4

5 COSTO POR TEU DE CAPACIDAD (CON MISMA VELOCIDAD) Cont 20 pesCont 40 pes = 2 TEU 1 Teu =

6 +

7 7 7 Estima-se que estes são os maiores navios que podem operar em Buenos Aires (e no futuro em La Plata). Porem Hamburg Süd ja ordenou mais 6 NAVIOS de 9600 TEU 332 m de comprimento e 43 m de largura, com ENTREGA PARA 2013/2014 Estima-se que estos navios não poderão entrar no Porto de B.A., nem no Porto de La Plata no futuro. Os navios de maior porte que escalem no porto de Buenos Aires, são cerca de TEU Hamburg Süd Clase SANTA (dez. 2010) C.S.A.V. (março 2011). Pronto Maersk TEU SAM-MAX SANTA: comprimento 300 m, largura 43 m, calado 13,5 m

8 Com a "economia de escala" podese reduzir o custo por unidade transportada: Com a "economia de escala" podese reduzir o custo por unidade transportada: Maersk: Custos de operação dos navios de TEUs - 20% / -30% que TEUs Maersk: Custos de operação dos navios de TEUs - 20% / -30% que TEUs Desta melhoría resultou a Globalização Desta melhoría resultou a Globalização O custo do transporte baixou tanto, que a fabricação mudou para os países emergentes, O custo do transporte baixou tanto, que a fabricação mudou para os países emergentes, que ganharam um grande papel na economia global, e melhorou o padrão de vida nesses países: CHINA = O país que mais se beneficiou. Mas há muitos outros também. que ganharam um grande papel na economia global, e melhorou o padrão de vida nesses países: CHINA = O país que mais se beneficiou. Mas há muitos outros também. 8

9 A chegada da Economía de Escala na costa leste da America do Sul responde no primeiro lugar ao crescente volume de cargas do Brasil, A chegada da Economía de Escala na costa leste da America do Sul responde no primeiro lugar ao crescente volume de cargas do Brasil, Mas também às melhores condições que pronto oferecerão muitos dos seus portos ! Mas também às melhores condições que pronto oferecerão muitos dos seus portos ! Brasil está recuperando o atraso do sistema portuário e corregindo os êrros dos últimos anos, que resultaram na grande falta de capacidade e convirteram os portos brasileiros nos gargalos do Comercio Exterior. Brasil está recuperando o atraso do sistema portuário e corregindo os êrros dos últimos anos, que resultaram na grande falta de capacidade e convirteram os portos brasileiros nos gargalos do Comercio Exterior. Desde a criação da Secretaría Especial dos Portos no ano 2007/8, o Brasil avanzou muito com novos projetos. Desde a criação da Secretaría Especial dos Portos no ano 2007/8, o Brasil avanzou muito com novos projetos. 9

10 Sistema de transporte marítimo CON CONTENEDORES.. COSTA ESTE DE SUDAMÉRICA: E CÓMO SERÁ O NOVO SISTEMA PORTUÁRIO? COMO SERÁ O NOVO SISTEMA DE TRANSPORTE MARÍTIMO NA REGIÃO ? SE CONSIDERA C.E.S.A. DESDE PECEM HASTA BUENOS AIRES E FINALMENTE : CÓMO MUDARÃO AS CADEIAS LOGISTICAS (OS SUPPLY CHAINS) DA REGIÃO ?

11 INDICA QUE HAY POCO TRAFICO Desta forma chegam as PRINCIPAiS LÍNHAS MARÍTIMAS C.E.S.A. Desta forma chegam as PRINCIPAiS LÍNHAS MARÍTIMAS À C.E.S.A. 11

12 SUAPE BUENOS AIRES MONTEVIDEO SANTOS EE UU EE UU 6 bEUROPA QUASE TODOS SÃO SERVIÇOS CONJUNTOS. A MAIORIA AINDA SÃO DIRETO ATÉ BS. AIRES. EXISTEM ALGUNS SERVIÇOS, QUE TRASBORDAM CARGAS NO PORTO DE RIO GRANDE DO SUL: DAS 4 LINHAS, OS NAVÍOS DE DUAS LINHAS DESCARGAM AS CARGAS PARA BUENOS AIRES E DEPOIS AS LEVAM CON NAVIOS DAS OTRAS DUAS LINHAS A B.A. AFRICA AFRICA RIO GRANDE 12 s. RIO DE JAN ITAJAI / SF VITORIA DEPOIS DE FINALIZAR A DESCARGA EM SANTOS, FICAM GERALMENTE ENTRE 2000 / 3000 TEU A BORDO COM DESTINO MONTEVIDEO E BUENOS AIRES PECEM ISTO NÃO É UM BOM USO DE SUA CAPACIDADE. PODERIA MELHORAR A UTILIZAÇÃO DESTES BARCOS, FAZENDO EM SANTOS O QUE ALGUNS JÁ O FAZEM EM RG DO SUL: O QUE É TRASBORDAR CARGAS DE UMA PARTE DOS SEUS PRÓPRIOS NAVIOS, QUE VOLTAM AO NORTE DESDE SANTOS, PARA LEVA-LAS A BUENOS AIRES CONS OUTROS NAVIOS QUE CONTINUAM O VIAGEM AO SUL. ASIA A MAIORIA DOS NAVIOS COMEÇAM A DESCARGA NO RIO O SANTOS, ONDE BAIXAM UMA GRANDE PARTE DA SUA CARGA E LOGO CONTINUAM O SEU VIAGEM ATÉ MONTEVIDEO O B. AIRES. SIGNIFICA QUE OS NAVIOS A TEU NAVEGAM COM + / - 40% A 50% DA CAPACIDADE PARA O SUL. A MESMA COISA ACONTECE NA VIAGEM DE REGRESSO. STS-BSAS-STS-8 / 10 DIAS

13 ENTÃO VOCÊ PODE FAZER A SEGUINTE PERGUNTA: POR QUE NÃO FAZEM EM SANTOS, O QUE ALGUNS FAZEM NO RIO GRANDE, É DIZER,: TRASBORDAR ENTRE NAVIOS DAS PROPRIAS EMPRESAS E VOLTAR COM PARTE DOS NAVIOS AO NORTE DESDE SANTOS. RETORNANDO EM SANTOS ECONOMIZAM MAIS DÍAS QUE FAZENDO-LO NO RIO GRANDE. 13

14 A RESPOSTA É SIMPLES: SANTOS NÃO PREENCHE OS REQUISITOS PARA SER UM PORTO DE TRANSBORDO. A RESPOSTA É SIMPLES: SANTOS NÃO PREENCHE OS REQUISITOS PARA SER UM PORTO DE TRANSBORDO. SANTOS NÃO TEM CAPACIDADE SUFICIENTE PARA SATISFAZER AS DEMANDAS DA SUA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO. ALGUNS ARMADORES CONSIDERAM QUE É UM CAOS. SANTOS NÃO TEM CAPACIDADE SUFICIENTE PARA SATISFAZER AS DEMANDAS DA SUA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO. ALGUNS ARMADORES CONSIDERAM QUE É UM CAOS. E PARA REJEITAR OS TRASBORDOS, COBRAM TAXAS EXORBITANTES. E PARA REJEITAR OS TRASBORDOS, COBRAM TAXAS EXORBITANTES. MAS HÁ RAZÕES PARA SUPÔR QUE ISSO VAI A MUDAR EM BREVE. MAS HÁ RAZÕES PARA SUPÔR QUE ISSO VAI A MUDAR EM BREVE. BRASIL COMEÇOU COM UMA NOVA POLÍTICA PARA OS SEUS PORTOS. BRASIL COMEÇOU COM UMA NOVA POLÍTICA PARA OS SEUS PORTOS. 14

15 BRASIL TEM O VOLUME PARA ENCHER OS GRANDES NAVIOS E O BRASIL QUER MAXIMIZAR OS BENEFÍCIOS QUE OFERECE A ECONOMIA DE ESCALA. BRASIL TEM O VOLUME PARA ENCHER OS GRANDES NAVIOS E O BRASIL QUER MAXIMIZAR OS BENEFÍCIOS QUE OFERECE A ECONOMIA DE ESCALA. BRASIL COMEÇOU A PREPARAR OS PORTOS PARA RECEBER NAVIOS DE TEUS 2013 / 14. BRASIL COMEÇOU A PREPARAR OS PORTOS PARA RECEBER NAVIOS DE TEUS 2013 / 14. ESTÃO FAZENDO O DRAGAGEM DOS PORTOS ESTÃO FAZENDO O DRAGAGEM DOS PORTOS SANTOS PRONTO PODERÁ OPERAR COM NAVIOS COM 15 M DE CALADO (PARTE SUMERSA) E NO ANO 2013 TERÁ 17 M. SANTOS PRONTO PODERÁ OPERAR COM NAVIOS COM 15 M DE CALADO (PARTE SUMERSA) E NO ANO 2013 TERÁ 17 M. ISTO É ACOMPANHADO POR GRANDES PROJETOS PARA NOVOS ACESSOS RODOVIARIOS E FERROVIARIOS. (PLAN ACELARAÇÃO DE CRECIMENTO II) ISTO É ACOMPANHADO POR GRANDES PROJETOS PARA NOVOS ACESSOS RODOVIARIOS E FERROVIARIOS. (PLAN ACELARAÇÃO DE CRECIMENTO II) 15

16 BRASIL HA EMPEZADO A PAGAR MUCHA ATENCIÓN A SU COMERCIO EXT. TIENE: UN MINISTRO de DESARROLLO, INDUSTRIA Y COMERCIO EXTERIOR, UN MINISTRO DE TRANSPORTE, Y ADEMÁS UN MINISTRO ESPECIAL DE PUERTOS MUCHA ATENCIÓN :

17 A FOTO QUE VIMOS É DO PORTO DE ITAPOÁ, ( SÃO FRANCISCO DO SUL ), ONDE HAMBURG SUD É ACCIONÁRIO. A FOTO QUE VIMOS É DO PORTO DE ITAPOÁ, ( SÃO FRANCISCO DO SUL ), ONDE HAMBURG SUD É ACCIONÁRIO. O PORTO JÁ É OPERATIVO, MÁS NÃO SEI SE JÁ COMEÇOU A OPERAR O 1° NAVIO. O PORTO JÁ É OPERATIVO, MÁS NÃO SEI SE JÁ COMEÇOU A OPERAR O 1° NAVIO. TÉM UMA PROFUNDIDADE NATURAL DE 16m. (SEM DRAGAGEM) TÉM UMA PROFUNDIDADE NATURAL DE 16m. (SEM DRAGAGEM) ALEM DISSO ESTÃO FAZENDO GRANDES AMPLIAÇÕES NO PORTO DE SANTOS, E HA MUITAS OUTRAS OBRAS PARA AUMENTAR A CAPACIDADE OPERATIVA DOS PORTOS BRASILEIROS. ALEM DISSO ESTÃO FAZENDO GRANDES AMPLIAÇÕES NO PORTO DE SANTOS, E HA MUITAS OUTRAS OBRAS PARA AUMENTAR A CAPACIDADE OPERATIVA DOS PORTOS BRASILEIROS. 17

18 SANTOS VAI A DUPLICAR ENTRE 2013 e 2015 SUA CAPACIDADE OPER. de 2,7 milhões a más de 5 milhões de TEU. SANTOS VAI A DUPLICAR ENTRE 2013 e 2015 SUA CAPACIDADE OPER. de 2,7 milhões a más de 5 milhões de TEU. OS DOIS GRANDES PROJETOS NOVOS SÃO TERMINAL PORTUARIO BRASIL na entrada de Santos/Alemoa e OS DOIS GRANDES PROJETOS NOVOS SÃO TERMINAL PORTUARIO BRASIL na entrada de Santos/Alemoa e ILHA BARNABÉ-BAGRES na margem esquerda do estuario, na Guarujá.ILHA BARNABÉ-BAGRES na margem esquerda do estuario, na Guarujá. VENCERAM TODOS OS OBSTÁCULOS, VENCERAM TODOS OS OBSTÁCULOS, !! OS TERMINAIS EXISTENTES NO QUEREM TANTA CONCURRENCIA !! !! OS TERMINAIS EXISTENTES NO QUEREM TANTA CONCURRENCIA !! A DECIS ÃO FOI TOMADA NO NIVEL MAIS ALTO DO GOVERNO BRASILEIRO. O BRASIL QUER SER COMPETITIVO !! A DECIS ÃO FOI TOMADA NO NIVEL MAIS ALTO DO GOVERNO BRASILEIRO. O BRASIL QUER SER COMPETITIVO !! 18

19 UMA IMPRESÃO ARTÍSTICA DO TERMINAL PORTUARIO BRASIL (MSC-MAERSK) SANTOS / ALAMOA PARA OPERAR EM 2012 /

20 Santos Projeto Grande para 2013 / 4 EMBRAPORT– Coimex = D.P.WORLD ILHA BARNABÉ – BAGRES 20

21 JA EM JANEIRO 2010 UM GRUPO DE ARMADORES JAPONESES E COREANOS ANUNCIOU, QUE NO MOMENTO QUE SANTOS TERÁ 15 m DE PROFUNDIDADE, ELES VÃO A USAR NAVIOS DE TEU NAS LÍNHAS DA ASIA A SANTOS. JA EM JANEIRO 2010 UM GRUPO DE ARMADORES JAPONESES E COREANOS ANUNCIOU, QUE NO MOMENTO QUE SANTOS TERÁ 15 m DE PROFUNDIDADE, ELES VÃO A USAR NAVIOS DE TEU NAS LÍNHAS DA ASIA A SANTOS. ¿QÚAL SERÁ O IMPACTO NO SISTEMA PORTUARIA DA REGIÃO E NAS CADEIAS LOGÍSTICAS ? ¿QÚAL SERÁ O IMPACTO NO SISTEMA PORTUARIA DA REGIÃO E NAS CADEIAS LOGÍSTICAS ? 21

22 A EXPERIENCIA NOS TRÁFEGOS MARÍTIMOS DO MUNDO MOSTRA, QUE NAS ÉPOCAS NORMAIS DE OFERTA E DEMANDA, OS GRANDES NAVÍOS USAM POUCOS PORTOS. A EXPERIENCIA NOS TRÁFEGOS MARÍTIMOS DO MUNDO MOSTRA, QUE NAS ÉPOCAS NORMAIS DE OFERTA E DEMANDA, OS GRANDES NAVÍOS USAM POUCOS PORTOS. SELECCIONAM ALGUNS PORTOS MUITO IMPORTANTES NA REGIÃO, QUE SERÃO OS SEUS PORTOS HUB (PRIMARIOS), DESDE ONDE ENCAMINHAM AS CARGAS A OUTROS PORTOS SECUNDARIOS. ( NO TODOS SELECCIONAM OS MESMOS PORTOS PRIMARIOS PARA FAZER TRASBORDO ). SELECCIONAM ALGUNS PORTOS MUITO IMPORTANTES NA REGIÃO, QUE SERÃO OS SEUS PORTOS HUB (PRIMARIOS), DESDE ONDE ENCAMINHAM AS CARGAS A OUTROS PORTOS SECUNDARIOS. ( NO TODOS SELECCIONAM OS MESMOS PORTOS PRIMARIOS PARA FAZER TRASBORDO ). CONFORME DADOS DAS NAC. UNIDAS: CONFORME DADOS DAS NAC. UNIDAS: DE TODOS OS CONTEINERES QUE NO MUNDO SÃO TRANSPORTADOS EM NAVÍOS, DE TODOS OS CONTEINERES QUE NO MUNDO SÃO TRANSPORTADOS EM NAVÍOS, O 17% SÓ VA DIRETAMENTE ENTRE DOIS PORTOS, O 17% SÓ VA DIRETAMENTE ENTRE DOIS PORTOS, 62% TEM UM TRASBORDO 62% TEM UM TRASBORDO 21% TEM MÁIS DE UM TRASBORDO. 21% TEM MÁIS DE UM TRASBORDO. 22

23 MAS O SISTEMA ÚNICAMENTE PODE FUNCIONAR BEM, SE EXISTEM HUB-PORTS QUE SATISFAZEM UMA SERIE DE EXIGENCIAS : 23

24 HUB- PORTS DEVEM TER SUFICIENTE: PROFUNDIDADE, CONFIABILIDADE, INFRAESTRUTURA E EQUIPOS, PESSOAL CAPACITADO, SUFICIENTE: PROFUNDIDADE, CONFIABILIDADE, INFRAESTRUTURA E EQUIPOS, PESSOAL CAPACITADO,, E TER INSTALAÇÕES PARA DEVEM GARANTIR RAPIDEZ DE OPERAÇÕES, E TER INSTALAÇÕES PARA MANTER AS CADEIAS DE FRIO PARA GRANDES CANTIDADES DE CONTEINERES REFRIGERADOS, MANTER AS CADEIAS DE FRIO PARA GRANDES CANTIDADES DE CONTEINERES REFRIGERADOS, COM CUSTOS BAIXOS, ESPECIALM. TAXAS BAIXAS PARA TRASBORDOS etc. COM CUSTOS BAIXOS, ESPECIALM. TAXAS BAIXAS PARA TRASBORDOS etc. ¿ QUAIS OS PRINCIP. PORTOS CANDIDATOS? 24

25 HAMBURG SUD JÁ É PARCEIRO NO PORTO DE ITAPOÁ. HAMBURG SUD JÁ É PARCEIRO NO PORTO DE ITAPOÁ. E SANTOS TEM MUITAS QUALIDADES QUE SÃO DE INTERESSE DOS ARMADORES: E SANTOS TEM MUITAS QUALIDADES QUE SÃO DE INTERESSE DOS ARMADORES: VAMOS A VER ALGUMAS CONDIÇÕES DE SANTOS, QUE PESAM MUITO NO MOMENTO DA TOMA DA DECISÃO. VAMOS A VER ALGUMAS CONDIÇÕES DE SANTOS, QUE PESAM MUITO NO MOMENTO DA TOMA DA DECISÃO. A SUA POSIÇÃO GEOGRÁFICA, A SUA POSIÇÃO GEOGRÁFICA, JÁ FALAMOS QUE SANTOS VAI A DUPLICAR SUA CAPACIDADE OPERATIVA, JÁ FALAMOS QUE SANTOS VAI A DUPLICAR SUA CAPACIDADE OPERATIVA, VAMOS A VER O SEU VOLUME PROPRIO, VAMOS A VER O SEU VOLUME PROPRIO, JÁ FALAMOS DO DRAGAGEM. JÁ FALAMOS DO DRAGAGEM. MUITOS ELEGIRÃO SANTOS. MUITOS ELEGIRÃO SANTOS. SUAPE SERÁ O HUB DO NORTE BRASIL. SUAPE SERÁ O HUB DO NORTE BRASIL. 25

26 FUTURO SISTEMA MARÍTIMO DE LA REGION PRONTO TENDRÁ UNA GRAN CAPACIDAD OPERATIVA. +5mill VAMOS A VER AHORA LOS VOLUMENES. POSICIÓN GEOGRÁFICA CDU 26

27 FUTURO SISTEMA MARÍTIMO DE LA REGION (1) CONTANDO SOMENTE OS CONTEINERES CHEIOS E EXPORTAÇÃO, CONTANDO SOMENTE OS CONTEINERES CHEIOS DE IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO, E CONTANDO UM MOVIMENTO SÓ DE DESCARREGA PARA A IMPORTA E UM MOVIMENTO SÓ PARA A EXPORTA, ENCONTRAMOS PARA O ANO 2007 : E CONTANDO UM MOVIMENTO SÓ DE DESCARREGA PARA A IMPORTAÇÃO E UM MOVIMENTO SÓ PARA A EXPORTAÇÃO, ENCONTRAMOS PARA O ANO 2007 : TOTAL Brasil - Uruguay – Arg TEU CUD 27

28 VOLUMES DA REGIÃO, (1) Total Full ImpoExpo 2007 Brazil - Uruguay - Arg TEU (2) Deste total, a regiao Rio - Santos - Paranagua movimentou TEU +/- 45 % CUD 28

29 (1) Total Full ImpoExpo 2007 Brazil - Uruguay - Arg TEU (2) Region Rio - Santos - Paranagua TEU = 45 % (3) Argentina TEU +/- 25 % 29

30 FUTUROS CALADOS DOS PORTOS DA REGIAO: (1) Total Full ImpoExpo 2007 Brazil - Uruguay - Arg TEU (2) (3) Argentina TEU = 25 % ( DRAFT 15m/17m ) RegiAO Rio - Santos - Paranagua TEU = 45 % 30

31 (1) Total Full ImpoExpo 2007 Brazil - Uruguay - Arg TEU (2) (3) Argentina TEU = 25 % DRAFT 15/17 DRAFT 16 m 2011 HSD ITAPOÁ 16 m NATURAL Regi Rio - Santos - Paranagua TEU = 45 % Santos 49 pies 31

32 (1) Total Full ImpoExpo 2007 Brazil - Uruguay - Arg TEU (2) (3) Argentina TEU = 25 % 2010 HSD ITAPOÁ 16 m NATURAL Region Rio - Santos - Paranagua TEU = 45 % Santos 49 pies MONTEVIDEO 12 m 39 ´ Futuro 14 m 46 ´ BS. AIRES 10m 33/34 ´ Futuro PBA /L.P 12m ? 36´/39´ ?

33 ¿ COLOCANDO TUDOS ISTOS DADOS CONFIRMADOS NUMA BALANZA, O QUÉ PODEMOS ESPERAR ? ¿ COLOCANDO TUDOS ISTOS DADOS CONFIRMADOS NUMA BALANZA, O QUÉ PODEMOS ESPERAR ? 33

34 N ÃO HA DUVIDA QUE DENTRO DE POUCOS ANOS NA C.E.S.A. VAMOS VER UM SISTEMA DE PORTOS PRINCIPAIS (HUB-PORTS) N ÃO HA DUVIDA QUE DENTRO DE POUCOS ANOS NA C.E.S.A. VAMOS VER UM SISTEMA DE PORTOS PRINCIPAIS (HUB-PORTS) E PORTOS SECUNDARIOS, FEEDER- P. COMO É O SISTEMA QUE JÁ EXISTE EM MUITAS REGIÕES, FAZENDO TRASBORDOS (TAMBEM FEEDERS). E PORTOS SECUNDARIOS, FEEDER- P. COMO É O SISTEMA QUE JÁ EXISTE EM MUITAS REGIÕES, FAZENDO TRASBORDOS (TAMBEM FEEDERS). 34

35 PROVAVILMENTE NAVÍOS > 6000 TEU REGRESSARAÕ DESDE SANTOS ou ITAPOA AO NORTE. TRASBORDARÁÕ ENTRE LÍNHAS e A TRASBORDARÁÕ ENTRE LÍNHAS e A NAVÍOS FEEDER COMO SE FAZ NO MUNDO ENTEIRO. SISTEMA HUBS E FEEDER-PORTS LÍNHAS DIRETAS RIO DE LA PLATA : COM NAVÍOS DE / TEU. ALGUNS CONTINUAR FAZENDO TRASBORDOS EM ALGUNS CONTINUARÃO FAZENDO TRASBORDOS EM MONTEVIDEO, R.G do SUL, ITAJAÍ e SEPETIBA.

36 OS NAVÍOS DE TEU, CONTINUARÃO O VIAGEM ATÉ BUENOS AIRES, CÓMO FAZEM AGORA OU IRÃO NO FUTURO AO NOVO PORTO DE LA PLATA? O VOLTARÃO DE SANTOS AO NORTE ? OS NAVÍOS DE TEU, CONTINUARÃO O VIAGEM ATÉ BUENOS AIRES, CÓMO FAZEM AGORA OU IRÃO NO FUTURO AO NOVO PORTO DE LA PLATA? O VOLTARÃO DE SANTOS AO NORTE ? DEPENDERÁ PRINCIPALMENTE DE: DEPENDERÁ PRINCIPALMENTE DE: a ) VOLUME QUE OFERECERÁ ARGENTINA, a ) VOLUME QUE OFERECERÁ ARGENTINA, b ) TAXAS DE TRASBORDO NO BRASIL. b ) TAXAS DE TRASBORDO NO BRASIL. c ) CUSTOS DIARIOS DOS NAVIOS GRANDES, (QUE FAZEM O TRAJETO LUNGO) c ) CUSTOS DIARIOS DOS NAVIOS GRANDES, (QUE FAZEM O TRAJETO LUNGO) d) FRETES QUE COBRARÃO OS NAVIOS-FEEDER. d) FRETES QUE COBRARÃO OS NAVIOS-FEEDER. e) CUSTOS PORTUARIOS /GRANDES / FEEDERS. e) CUSTOS PORTUARIOS /GRANDES / FEEDERS. f) POLÍTICAS DE CONCORRENCIA DE ARMADORES. f) POLÍTICAS DE CONCORRENCIA DE ARMADORES. MAS É QUASE CERTO QUE OS NAVIOS MAIORES DE 6000 TEU VOLTARÃO EM SANTOS ou ITAPOÁ, USANDO TRASBORDOS. MAS É QUASE CERTO QUE OS NAVIOS MAIORES DE 6000 TEU VOLTARÃO EM SANTOS ou ITAPOÁ, USANDO TRASBORDOS. 36

37 QUÉ É QUE TODO ISTO SIGNIFICA PARA ARGENTINA E CÓMO SERÁ O RESULTADO PARA ELA ? QUÉ É QUE TODO ISTO SIGNIFICA PARA ARGENTINA E CÓMO SERÁ O RESULTADO PARA ELA ? SE A ARGENTINA NÃO QUER SER PERDEDOR NESTE NOVO SISTEMA E SOFRER CONSEQUENCIAS NEGATIVAS DAS MUDANZAS, SE A ARGENTINA NÃO QUER SER PERDEDOR NESTE NOVO SISTEMA E SOFRER CONSEQUENCIAS NEGATIVAS DAS MUDANZAS, PAGANDO ALTAS TAXAS DE TRASBORDO NO BRASIL, PAGANDO ALTAS TAXAS DE TRASBORDO NO BRASIL, DEVE ADOTAR NOVAS POLÍTICAS DE TRANSPORTE E ADECUAR O SEU SISTEMA PORTUÁRIO AO NOVO SISTEMA REGIONAL. DEVE ADOTAR NOVAS POLÍTICAS DE TRANSPORTE E ADECUAR O SEU SISTEMA PORTUÁRIO AO NOVO SISTEMA REGIONAL. 37

38 DEVEMOS ESTUDAR OS EXEMPLOS QUE NOS DA NORTE-EUROPA. DEVEMOS ESTUDAR OS EXEMPLOS QUE NOS DA NORTE-EUROPA. HISTÓRICAMENTE DESENVOLVIÚ O SEU SISTEMA DE TRASPORTE COM PORTOS FLUVIO- MARÍTIMOS. HISTÓRICAMENTE DESENVOLVIÚ O SEU SISTEMA DE TRASPORTE COM PORTOS FLUVIO- MARÍTIMOS. ROTERDÃ, O GRANDE HUB PERTO DO MAR, MAS EUROPA TEM IMPORTANTES PORTOS LONGE DO MAR: ANTUERPIA E HAMBURGO TÊM POSIÇÕES ESTRATÉGICAS E SÃO GRANDES HUBS. ROTERDÃ, O GRANDE HUB PERTO DO MAR, MAS EUROPA TEM IMPORTANTES PORTOS LONGE DO MAR: ANTUERPIA E HAMBURGO TÊM POSIÇÕES ESTRATÉGICAS E SÃO GRANDES HUBS. AMBOS RECEBEM ENORMES NAVÍOS DE QUASE TEU, TERRA-ADENTRO, AMBOS RECEBEM ENORMES NAVÍOS DE QUASE TEU, TERRA-ADENTRO, FAZ POUCOS ANOS PARECÍA IMPOSÍVEL, TODOS PENSARAM QUE ESOS NAVÍOS SÓ CHEGARÍÃO AO PORTO DE ROTERDÃ. FAZ POUCOS ANOS PARECÍA IMPOSÍVEL, TODOS PENSARAM QUE ESOS NAVÍOS SÓ CHEGARÍÃO AO PORTO DE ROTERDÃ. 2T 2T 38

39 ARGENTINA DEVE ESTUDAR AS POLÍTICAS DA SHORT-SEA-SHIPPING, QUE COMEÇOU NA UNIÃO EUROPEA. ARGENTINA DEVE ESTUDAR AS POLÍTICAS DA SHORT-SEA-SHIPPING, QUE COMEÇOU NA UNIÃO EUROPEA. EUROPA QUER TIRAR CAMINHÕES DAS ESTRADAS, DESCONGESTIONA-LAS, ECONOMIZAR COMBUSTIVEL E PROTEGER AO MEDIO-AMBIENTE. EUROPA QUER TIRAR CAMINHÕES DAS ESTRADAS, DESCONGESTIONA-LAS, ECONOMIZAR COMBUSTIVEL E PROTEGER AO MEDIO-AMBIENTE. ESTA POLÍTICA ESTÁ-SE APLICANDO NO MUNDO ENTEIRO E COMEÇOU A RECEBER O APOIO DOS GRANDES CARREGADORES. ESTA POLÍTICA ESTÁ-SE APLICANDO NO MUNDO ENTEIRO E COMEÇOU A RECEBER O APOIO DOS GRANDES CARREGADORES. COMEÇA A TER CADA VEZ MÁS ADHERENTES TAMBÉM NA NOSSA REGIÃO. COMEÇA A TER CADA VEZ MÁS ADHERENTES TAMBÉM NA NOSSA REGIÃO. ARGENTINA DEVE APLICAR O TRANSPORTE INTERMODAL / MULTIMODAL E USAR TAMBÉM INTELIGENTEMENTE AOS RÍOS. ARGENTINA DEVE APLICAR O TRANSPORTE INTERMODAL / MULTIMODAL E USAR TAMBÉM INTELIGENTEMENTE AOS RÍOS. 39

40 EXEMPLO DUISBURG, Calado normal 3m só. Até 2009 Maior porto interior do mundo (China). 15 Milhões de tons/ano TEU LÍNHAS FLUVIO- MARITIMOS chegam a TODA EUROPA, DESDE o EXTREMO NORTE, O MAR BÁLTICO, REINO UNIDO / IRLANDA, FRANÇA, ESPANHA, PORTUGAL E MEDITERRÁNEO. 40

41 41 NAVIO FLUVIO – MARITIMO NAVEGANDO NO RÍO RIN. (DUISBURG / ALEMANHA)

42 ARGENTINA DEVE FAZER ESTUDOS PARA PODER FORMAR NO FUTURO NOVAS CADEIAS LOGÍSTICAS, MAIS EFICIENTES, ARGENTINA DEVE FAZER ESTUDOS PARA PODER FORMAR NO FUTURO NOVAS CADEIAS LOGÍSTICAS, MAIS EFICIENTES, DEVE FAZER UM COMPLETO ANÁLISIS DA FORMA COMO CHEGOU ANTUERPIA Á SUA POSIÇÃO DE SEGUNDO PORTO DA EUROPA. Cont- DEVE FAZER UM COMPLETO ANÁLISIS DA FORMA COMO CHEGOU ANTUERPIA Á SUA POSIÇÃO DE SEGUNDO PORTO DA EUROPA. Cont- DEVEMOS LER OS ESTUDOS QUE FIZERAM OUTRAS REGIÕES, QUANDO VISLUMBRAVAM OS MESMOS CAMBIOS QUE NOS VAMOS A TER AGORA : 1999 ASIA PACIFICO: DEVEMOS LER OS ESTUDOS QUE FIZERAM OUTRAS REGIÕES, QUANDO VISLUMBRAVAM OS MESMOS CAMBIOS QUE NOS VAMOS A TER AGORA : 1999 ASIA PACIFICO: APEC REGIONAL PORT-STRATEGY APEC REGIONAL PORT-STRATEGY GOOGLE ESTUDOS FEITOS NA NOVA ZELANDA GOOGLE ESTUDOS FEITOS NA NOVA ZELANDA

43 LA PLATA ESTE MAPA É FUNDAMENTAL : O SISTEMA FLUVIAL AÍNDA É POUCO UTILIZADO PARA O TRANSPORTE DE CONTEINERES. MAS TEMOS PORTOS QUE JÁ ESTÃO DEMOSTRANDO QUE OFERECEM MELHORES CADEIAS LOGISTICAS que o PORTO DE BS.AS.. TZ. ROSARIO RIO URUGUAY. IBICUY DEL GUAZÚ SAN PEDRO 43 DEVEMOS ESTUDAR OS EXEMPLOS DA EUROPA, ANTUERPIA, E O SISTEMA DE TRANSPORTE INTERMODAL DEVEMOS USAR COM INTELIGENCIA OS DIFERENTES BRAZOS DO RÍO PARANA. BS AS Y DS FUTURO S FE Devemos trabalhar juntos com o Uruguay nos Canais Martin Garcia e o Canal Emilio Mitre. APROVEITAR A MAIOR PROFUNDIDADE DO PORTO DE MONTEVIDEO, QUE BENEFICIA AO NOSSO COMERCIO EXTERIOR CDU COM O NOVO SISTEMA MARÍTIMO OS PORTOS DO RÍO PARANÁ E RIO URUGUAY DEVESER PROMOVIDOS PARA PODER SER NO FUTURO EFICIENTES PARTES DO SISTEMA. COM O NOVO SISTEMA MARÍTIMO OS PORTOS DO RÍO PARANÁ E RIO URUGUAY DEVERÃO SER PROMOVIDOS PARA PODER SER NO FUTURO EFICIENTES PARTES DO SISTEMA. EL FUTURO

44 CHEGARÃO É MUITO PROVAVEL QUE NAVIOS FLUVIO-MARÍTIMOS CHEGARÃO NO FUTURO ATÉ BARRANQUERAS. PARA TRASBORDAR EM T.Z., B.A., L.P. OU MONTEVIDEO, ( teu) BARRANQUERAS MAS TAMBÉM EM ITAPOÁ OU SANTOS NUM NAVÍO MAIOR ( TEU EUROPA / EEUU ) ( TEU O + PARA ASIA) ÃO ÇÕES: RÃO OS CARREGADORES DO NORTE TERÃO NOVAS OPÇÕES: PODERÃO EMBARCAR EM BARRANQUERAS NUM NAVÍO FEEDER OU BARCAÇA ÃO ÇÃO PARA IR POR TERRA EXPORTADORES DA MESOPOTÁMIA TAMBÉM TERÃO A OPÇÃO PARA IR POR TERRA A RIO GRANDE, ITAJAÍ ou ITAPOA, PARANAGUA, ou até SANTOS

45 OBRIGADO PELA ATEN ÇÃO E DISCULPE OS ÉRROS. E DISCULPE OS ÉRROS. WWW. ANTONIOZ.COM.AR. WWW. ANTONIOZ.COM.AR.WWW. ANTONIOZ.COM.ARWWW. ANTONIOZ.COM.AR 45


Carregar ppt "A ECONOMÍA DE ESCALA NO TRANSPORTE MARÍTIMO, ESTÁ CHEGANDO NA NOSSA REGIÃO E CAUSARÁ MUDANZAS NO SISTEMA PORTUÁRIO. CHARLA TERMINAL ZARATE 24 JUNHO 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google