A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Palavras que se associam a verbos, adjetivos ou outros advérbios, modificando-os. Ex.: Antônio construiu seu arraial popular ali. (modificando um verbo)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Palavras que se associam a verbos, adjetivos ou outros advérbios, modificando-os. Ex.: Antônio construiu seu arraial popular ali. (modificando um verbo)"— Transcrição da apresentação:

1

2 Palavras que se associam a verbos, adjetivos ou outros advérbios, modificando-os. Ex.: Antônio construiu seu arraial popular ali. (modificando um verbo) Estradas tão ruins. (modificando um adjetivo) Grande parte da população adulta lê muito mal. (modificando outro advérbio)

3 É um conjunto de palavras que pode exercer a função de advérbio. Algumas Locuções Adverbiais mais Utilizadas Tempo: à noite; à tarde; às vezes; de dia; de manhã; de noite; de quando em quando; de vez em quando; de tempos a tempos; em breve; por vezes; Lugar: à direita; à esquerda; à distância; ao lado; de cima; de dentro; de fora; de longe; de perto; em baixo; em cima; para dentro; por ali; por aqui; Modo: a custo; à pressa; à toa; à vontade; às avessas; às claras; às direitas; às escuras; ao acaso; a torto e a direito; ao contrário; a sós; de bom grado; de cor; de má vontade; em geral; em silêncio; em vão; Afirmação: com certeza; com efeito; de facto; na verdade; sem dúvida; Negação: de forma alguma; de maneira nenhuma.

4

5 Servem para ligar uma palavra à outra, estabelecendo relações entre elas. Exemplo: Os amigos de João estranharam o seu modo de vestir. [amigos de João / modo de vestir: elementos ligados por preposição]

6 1. Preposições essenciais: palavras que atuam exclusivamente como preposições. A, ante, perante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, por, sem, sob, sobre, trás, atrás de, dentro de, para com. 2. Preposições acidentais: palavras de outras classes gramaticais que podem atuar como preposições. Como, durante, exceto, fora, mediante, salvo, segundo, senão, visto.

7 1. Combinação: A preposição não sofre alteração. preposição a + artigos definidos o, os a + o = ao preposição a + advérbio onde a + onde = aonde 2. Contração: Quando a preposição sofre alteração. Preposição + Artigos De + o(s) = do(s) De + a(s) = da(s) De + um = dum De + uns = duns

8 São palavras que ligam orações, estabelecendo entre elas relações de coordenação ou subordinação. Termo que liga duas palavras, dois membros de uma oração ou duas orações. Exemplos: E: exprime ideia de adição (aditiva). Mas: relaciona pensamentos em contraste ou oposição. Quando: conjunção temporal. Se: conjunção que exprime condição. CLASSIFICAÇÃO - Conjunções Coordenativas - Conjunções Subordinativas

9

10

11 Coesão é a conexão, ligação, harmonia entre os elementos de um texto. Percebemos tal definição quando lemos um texto e verificamos que as palavras, as frases e os parágrafos estão entrelaçados, um dando continuidade ao outro. Os elementos de coesão determinam a transição de ideias entre as frases e os parágrafos.

12 - Coesão por referência: existem palavras que têm a função de fazer referência, são elas: - pronomes pessoais: eu, tu, ele, me, te, os... - pronomes possessivos: meu, teu, seu, nosso... - pronomes demonstrativos: este, esse, aquele... - pronomes indefinidos: algum, nenhum, todo... - pronomes relativos: que, o qual, onde... - advérbios de lugar: aqui, aí, lá... Ex: Marcela obteve uma ótima colocação no concurso. Tal resultado demonstra que ela se esforçou bastante para alcançar o objetivo que tanto almejava.

13 Fala-se de anáfora quando a interpretação de uma expressão (habitualmente designada por termo anafórico) depende da interpretação de uma outra expressão presente no contexto verbal (o termo antecedente). Mais concretamente, a expressão referencialmente não autónoma (o termo anafórico) retoma, total ou parcialmente, o valor referencial do antecedente. Há casos de anáfora em que o termo anafórico e o antecedente são co-referentes (isto é, designam a mesma entidade, como os exemplos 1 e 2 ilustram), mas há também casos de anáfora sem co-referência. 1) O João está doente. Vi-o na semana passada.

14 Numa cadeia de referência, a expressão que estabelece o referente pode ocorrer no discurso subsequente àquele em que surgem as expressões referencialmente dependentes habitualmente designadas por termos anafóricos (anáfora). Quando a cadeia de referência exibe esta ordenação linear, o termo catáfora substitui o termo anáfora. No fragmento textual "A irmã olhou-o e disse: - João, estás com um ar cansado", o pronome pessoal o é uma expressão referencialmente não autónoma, cujo valor depende da interpretação de uma expressão presente no contexto discursivo subsequente, o nome próprio João. Catáfora designa este tipo particular de anáfora, em que o termo anafórico precede o antecedente.

15 Coesão por substituição: substituição de um nome (pessoa, objeto, lugar etc.), verbos, períodos ou trechos do texto por uma palavra ou expressão que tenha sentido próximo, evitando a repetição no corpo do texto. Ex: Porto Alegre pode ser substituída por a capital gaúcha; Castro Alves pode ser substituído por O Poeta dos Escravos; João Paulo II: Sua Santidade; Vênus: A Deusa da Beleza. Ex: Castro Alves é autor de uma vastíssima obra literária. Não é por acaso que o "Poeta dos Escravos" é considerado o mais importante da geração a qual representou. Assim, a coesão confere textualidade aos enunciados agrupados em conjuntos.obra


Carregar ppt "Palavras que se associam a verbos, adjetivos ou outros advérbios, modificando-os. Ex.: Antônio construiu seu arraial popular ali. (modificando um verbo)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google