A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMPONENTES 8º ANO D ARTHUR Nº2 FERNANDO Nº8. APRESENTAÇÃO No nosso trabalho nós nos dedicamos muito e nos esforçamos muito para cumprir os requisitos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMPONENTES 8º ANO D ARTHUR Nº2 FERNANDO Nº8. APRESENTAÇÃO No nosso trabalho nós nos dedicamos muito e nos esforçamos muito para cumprir os requisitos,"— Transcrição da apresentação:

1 COMPONENTES 8º ANO D ARTHUR Nº2 FERNANDO Nº8

2 APRESENTAÇÃO No nosso trabalho nós nos dedicamos muito e nos esforçamos muito para cumprir os requisitos, nos divertimos muito e aprendemos muitas coisas com o nosso trabalho. Esperamos que goste, Fernando e Arthur

3 ÍNDICE Apresentação Página 2 Índice Página 3 O que seria um bloco econômico Página 4 Quais os tipos de blocos no nosso planeta?Página 5 Sobre o Mercosul Página 6 Objetivos do Mercosul Página 7 Relações econômicas com outros países Página 8 Artigo Jornalístico sobre o Mercosul Página 9 Conclusão Página 10 Bibliografia Página 11

4 O QUE SERIA UM BLOCO ECONÔMICO? Com a economia mundial globalizada, a tendência comercial é a formação de blocos econômicos. Estes são criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os países membros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e buscam soluções em comum para problemas comerciais. O comércio entre os países constituintes de um bloco econômico aumenta e gera crescimento econômico para os países. Geralmente estes blocos são formados por países vizinhos que possuam afinidades comerciais.

5 QUAIS OS TIPOS DE BLOCOS EXISTENTES NO NOSSO PLANETA? Os tipos de blocos econômicos são: Zona de Livre Comércio: em que os acordos comerciais estabelecidos objetivam exclusivamente a redução ou a eliminação de taxas alfandegárias nas trocas comerciais entre os países-membros. Exemplo: APEC – Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico. União Aduaneira: além de ser uma Zona de Livre Comércio, resulta de uma mesma regulamentação para o comércio dos países do bloco com outras nações, adotando, assim, a chamada Tarifa Externa Comum (TEC). Exemplo: Comunidade Andina de Nações. Mercado Comum: engloba a Zona de Livre Comércio e a União Aduaneira, além de permitir a livre circulação de pessoas, mercadorias, capitais e serviços entre os países- membros. Exemplo: MERCOSUL – Mercado Comum do Sul. União Política, Econômica e Monetária: estágio mais avançado de um bloco econômico. Além dos três níveis de integração acima, as nações adotam a mesma política econômica, além de uma moeda única. Exemplo: União Europeia. Ao todo, existem pouco mais de trinta blocos econômicos regionais, envolvendo países de todas as partes do globo terrestre, com distintos níveis de integração.

6 SOBRE O MERCOSUL: O Mercosul ( Mercado Comum do Sul ) foi oficialmente estabelecido em março de É formado pelos seguintes países da América do Sul : Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina. Futuramente, estuda-se a entrada de novos membros, como o Chile e a Bolívia.

7 OBJETIVOS DO MERCOSUL O Mercosul tem como principal objetivo criar um mercado comum com livre circulação de bens, serviços e fatores produtivos. Complementando esse objetivo maior busca-se a adoção de uma política externa comum, a coordenação de posições conjuntas em foros internacionais, a formulação conjunta de políticas macroeconômicas e setoriais, e, por fim, a harmonização das legislações nacionais, com vistas a uma maior integração.

8 RELAÇÕES ECONÔMICAS COM OUTROS PAÍSES A República Argentina, a República Federativa do Brasil, a República do Paraguai e a República Oriental do Uruguai assinaram em 26 de março de 1991 o Tratado de Assunção, criando o Mercado Comum do Sul, MERCOSUL, que constitui o projeto internacional mais relevante com o qual estão comprometidos esses países. Os quatro Estados Partes do MERCOSUL compartilham uma comunhão de valores que encontra expressão nas sociedades democráticas, pluralistas, defensoras das liberdades fundamentais, dos direitos humanos e dos direitos do ambiente. Com essa base fundamental de concordâncias, os sócios buscaram a ampliação das dimensões dos respectivos mercados nacionais, através da integração, a qual constitui uma condição fundamental para acelerar seus processos de desenvolvimento econômico com justiça social.

9 ARTIGO JORNALÍSTICO SOBRE O MERCOSUL As atenções do mundo estão voltadas para a economia da Venezuela. O Brasil vende de tudo um pouco para o país: de alimentos a serviços. Sem uma indústria forte, a Venezuela é um mercado consumidor em potencial. A economia da Venezuela é totalmente dependente do petróleo. Os venezuelanos importam quase todos os bens e alimentos que consomem. Um dos maiores parceiros é o Brasil. Em 14 anos no poder, Hugo Chávez comandou um país que viu a sua economia triplicar de tamanho - passou de US$ 97 bilhões para mais de US$ 300 bilhões. Essa dependência do petróleo tem um significado no ciclo político venezuelano. Quando os preços do petróleo sobem, o governo da Venezuela vai bem, do ponto de vista da sua popularidade. Hugo Chávez prometia diversificar e modernizar a economia venezuelana, mas não fez isso. Sem indústria ou agricultura fortes, a Venezuela abastece quase toda a sua economia com importações. Durante a Era Chávez, o Brasil virou um fornecedor importante de alimentos. E empresas brasileiras conseguiram entrar no mercado venezuelano fazendo obras milionárias de infraestrutura. entre-o-brasil-e-venezuela.html

10 CONCLUSÃO Nós agradecemos muita essa espetacular oportunidade que tivemos de aprofundar o nosso aprendizado sobre Geografia. Obrigado por ver o nosso trabalho Fernando e Arthur

11 BIBLIOGRAFIA relacao-comercial-entre-o-brasil-e-venezuela.html economicos.htm


Carregar ppt "COMPONENTES 8º ANO D ARTHUR Nº2 FERNANDO Nº8. APRESENTAÇÃO No nosso trabalho nós nos dedicamos muito e nos esforçamos muito para cumprir os requisitos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google