A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MIGRAÇÕES. Dois tipos: Externas ou internacionais - saída de indivíduos de um país- EMIGRAÇÃO; - entrada em outro país – IMIGRAÇÃO. Internas: movimentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MIGRAÇÕES. Dois tipos: Externas ou internacionais - saída de indivíduos de um país- EMIGRAÇÃO; - entrada em outro país – IMIGRAÇÃO. Internas: movimentos."— Transcrição da apresentação:

1 MIGRAÇÕES

2 Dois tipos: Externas ou internacionais - saída de indivíduos de um país- EMIGRAÇÃO; - entrada em outro país – IMIGRAÇÃO. Internas: movimentos populacionais que ocorrem dentro de um mesmo país.

3 Migrações externas: Países de origem: os não desenvolvidos da Ásia, África e América Latina; Países de destino: EUA, Canadá e Europa Ocidental;

4 Migrações externas: Principais motivos: problemas econômicos, sociais, étnicos, religiosos e culturais; Buscam: novas oportunidades de trabalho, segurança, segurança, vida melhor; Dificuldades: adaptação, hostilidade à estrangeiros; Migração de cérebros;

5 Migrações internas: Êxodo rural; Migrações pendulares; Transumância;

6 Êxodo rural Migração campo-cidade: no Brasil, principalmente na região SE;

7 Migrações pendulares Movimentos diários de trabalhadores entre o local de trabalho e de residência, típicas de grandes centros urbanos-industriais;

8 Transumância Movimentos periódicos, reversíveis e sazonais; No Brasil: região NE e Amazônia; No mundo: regiões montanhosas da Europa, Ásia e África;

9 Migrações internas brasileiras: Historicamente o território nacional foi sendo ocupado à medida que cada porção era valorizada economicamente; Faixa litorânea: cana de açúcar; Deslocamento para o interior: pecuária, mineração aurífera, café, frentes pioneiras, industrialização;

10 Migrações internas brasileiras: A partir de 1990: inter-regional para intraregional; Motivos desenvolvimento de polos de atração econômica, urbanização, crescimento de serviços;

11 A imigração estrangeira no Brasil O número de estrangeiros que vieram para o Brasil foi reduzido; A entrada destes estrangeiros ocorreu no final do século XIX e início do século XIX; Imigrantes concentraram-se regiões SE e Sul;

12 A imigração estrangeira no Brasil Fator de ocupação região sul NÃO FOI O CLIMA: Interesse governo brasileiro assegurar posse do território; Outras regiões do Brasil eram dominadas pelos latifúndios;

13 A imigração estrangeira no Brasil Italianos (2ª metade século XIX): lavouras de café, substituição escravos - SP; Tiveram grande importância frentes pioneiras de expansão do café oeste de SP e norte do PR; Suíços (1819) - Rio de Janeiro (Nova Friburgo), Alemães (1824) - Rio Grande do Sul (Novo Hamburgo, São Leopoldo) Santa Catarina( Blumenau, Joinville e Brusque);

14 A imigração estrangeira no Brasil os eslavos, originários da Ucrânia e Polônia -Paraná, os turcos e os árabes, que se concentraram na Amazônia, os japoneses*- (1908) lavouras de café em SP, PR, áreas próximas capital paulista, MT,

15 * Enfrentaram muitos problemas em território brasileiro. O Brasil entrou no conflito ao lado dos aliados, declarando guerra aos países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Durante os anos da guerra a imigração de japoneses para o Brasil foi proibida e vários atos do governo brasileiro prejudicaram os japoneses e seus descendentes. O presidente Getúlio Vargas proibiu o uso da língua japonesa e as manifestações culturais nipônicas foram consideradas atitudes criminosas.

16 Os fatores externos e internos da imigração 1808: direito ao estrangeiro à propriedade territorial; Imigrantes da Europa motivaram- se a imigrar para o Brasil;

17 As fases da imigração e os grupos étnicos: 1ª fase: até 1970: alemães no sul do Brasil e suíços no RJ (Nova Friburgo); 2ª fase: – italianos em SP e PR -( fase maior expansão da lavoura cafeeira) 3ª fase: (crise do café e lei de cotas) Japoneses, portugueses, espanhóis, italianos;

18 Diminuição da imigração: Crise de 29; Leis restritivas à imigração: - Lei de cota dos 2%; - Lei da seleção profissional; -Lei da seleção doutrinária; - Lei da seleção sanitária; Recuperação econômica européia;

19 De um país de IMIGRAÇÃO, a um país de EMIGRAÇÃO. A partir de 1980, o Brasil, a Argentina e o Uruguai inverteram o que acontecia no passado; Jovens que buscam trabalhos mais rentáveis emigram para outros países (EUA, Japão...); Japão – decasséguis;


Carregar ppt "MIGRAÇÕES. Dois tipos: Externas ou internacionais - saída de indivíduos de um país- EMIGRAÇÃO; - entrada em outro país – IMIGRAÇÃO. Internas: movimentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google