A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CITOLOGIA Objetivos Gerais: - Compreender a função e reconhecer as principais características estruturais de uma célula eucariota e o seu ciclo celular.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CITOLOGIA Objetivos Gerais: - Compreender a função e reconhecer as principais características estruturais de uma célula eucariota e o seu ciclo celular."— Transcrição da apresentação:

1

2 CITOLOGIA Objetivos Gerais: - Compreender a função e reconhecer as principais características estruturais de uma célula eucariota e o seu ciclo celular. Objetivos Específicos: - Compreender a função das organelas citoplasmáticas e identificar seus principais componentes (ME) - Compreender a função do núcleo e identificar seus principais componentes (ME) - Identificar as características celulares das fases da mitose

3 - Células: unidades funcionais e estruturais dos seres vivos - Grande variedade de animais, plantas fungos, bactérias - Dois tipos de células: bactérias

4 CITOLOGIA Constituintes das células: Citoplasma Núcleo Membrana plasmática ou plasmalema Citoesqueleto Organelas (mitocôndrias, retículo endoplasmático, complexo de golgi, lisossomos) Depósitos ou inclusões Citossol ou matriz citoplasmática

5

6 Membrana plasmática ou plasmalema - 7,5-10nm - Camada bimolecular de fosfolipídios - Moléculas protéicas: receptores, poros, canais iônicos

7 Citoesqueleto -Rede complexa de microtúbulos, filamentos de actina e intermediários -Formato celular -Movimento de organelas e vesículas citoplasmáticas -Contração e movimentação celular

8 CITOLOGIA: Organelas Mitocôndrias São esféricas ou alongadas Distribuição irregular na células, tendem a se acumular nas áreas de maior gasto energético Transformam energia química contidas nos metabólitos citoplasmáticos em energia utilizável pela célula 50% da energia armazenada nas ligações fosfato do ATP e 50% perdida como calor

9 CITOLOGIA: Organelas Mitocôndrias (ME) Duas membranas Presença de projeções na membrana interna (cristas) Cristas: - aspecto prateleira - aspecto tubular (glândulas adrenais) Espaço intermembranoso Matriz mitocondrial (aspecto finamente granuloso; rico em proteínas e com pequena quantidade de DNA e RNA)

10

11 CITOLOGIA: Organelas Retículo Endoplasmático É uma rede intercomunicante de vesículas achatadas, vesículas arredondadas e túbulos, formada por uma membrana contínua e que delimita a cisterna do retículo

12 CITOLOGIA: Organelas Retículo Endoplasmático Tipos: - RE liso (cisternas com aspecto tubular. Responsável por processos de oxidação, conjugação e metilação e síntese de fosfolipídios para membranas celulares) Funções: glicosilação de glicoproteínas,síntese de fosfolipídeos, síntese hormonal -RE rugoso (ribossomos e cisternas saculares). Ex.: células acinosas do pâncreas, fibroblastos, plasmócitos Funções: secreção de proteínas

13 polirribossomos

14 Complexo de Golgi Conjunto de vesículas achatadas e empilhadas, com as porções laterais dilatadas. Estrutura polarizada, superfície convexa (cis) recebe as vesículas que brotam do RER a côncava (trans), que origina vesículas onde o material deixa o golgi Distribuição: localizada ou esparsa (céls. nervosas) Funções: completa as modificações pós transdução, empacota e encaminha o produto da síntese para vesículas de secreção, lisossomos ou para a membrana celular. CITOLOGIA: Organelas

15 Complexo de Golgi

16 CIS (formadora) TRANS (maturação) Vesículas de secreção

17

18 Ribossomos Pequenas partículas elétron-densas (ME) e basofílicas (HE) Compostas rRNA (nucléolo) e cerca de 80 proteínas (sintetizadas no citoplasma) CITOLOGIA: Organelas Polirribossomos: grupos de ribossomos unidos por uma molécula de RNA mensageiro.

19 Lisossomos Vesículas esféricas, delimitadas por membrana Presentes em todas as células ( macrófagos, neutrófilos) Contém mais de 40 enzimas hidrolíticas Função: digestão intracitoplasmática e renovação de organelas. Tipos: - lisossomos primários: RER Golgi - lisossomos secundários: onde ocorre a digestão celular - corpo residual: restos de material não digerido - autofagossomo: lisossomo secundário relacionado com renovação de organelas. CITOLOGIA: Organelas

20

21 CITOLOGIA Constituintes das células: Citoplasma Núcleo Envoltório nuclear Cromatina Nucléolo Nucleoplasma Matriz nuclear

22

23 Núcleo Estrutura de forma variável, arredondada ou alongada Cora-se pelos corantes básicos (HE) Centro de controle das atividades celulares, Genoma: conjunto de informação genética codificada no DNA

24

25 Núcleo Constituintes do núcleo: envoltório nuclear cromatina nucléolo nucleoplasma Matriz nuclear

26 Núcleo Envoltório nuclear: Separa o núcleo do citoplasma ME: duas membranas separadas pela cisterna perinuclear MO mostra camada de cromatina que o reveste internamente Complexo do poro ( transporte seletivo para fora e dentro)

27

28 Membranas Poro cisterna perinuclear

29 Núcleo Cromatina: Tipos: -heterocromatina: é eletron-densa, aparece como grânulos grosseiros visíveis a MO.É inativa (DNA muito compactado) -eucromatina: aparece granulosa e clara. Cromatina ativa, mais visível em células produzindo proteínas) Constituída por duplos filamentos helicoidas de DNA associados a proteínas, principalmente histonas e não histonas (nucleossomos).

30 Nucléolo Heterocromatina Eucromatina

31 Núcleo Nucléolo: Formações intranucleares arredondadas, basofílicas (HE) Responsáveis pela produção ribossomos DNA organizador do nucléolo - NO Região fibrilar (RNA) -PF Região granular- PG Cromatina associada ao nucléolo

32 Núcleo Divisão celular: É estudada na mitose: célula mãe é divida em duas filhas Fases: intérfase prófase metáfase anáfase telófase

33 Ciclo celular

34 Prófase - condensação gradual das fibras cromatínicas - início da formação do fuso mitótico. - fragmentação do envoltório nuclear. - Microtúbulos começam a se ligar aos cromossomos. - Os cromossomos são visualmente individualizados e compostos por seus 2 elementos longitudinais idênticos: as cromátides (material genético duplicado na intérfase). Mitose: prófase B

35 Metáfase - cromatina atinge estado de condensação máxima (1000X a da intérfase), cromossomos se tornam realmente visíveis ao MO. - Microtúbulos estão completamente ligados aos cromossomos. - Formação da placa metafásica: alinhamento dos cromossomos na região equatorial da célula. Mitose: metáfase

36 Anáfase - separação dos centrômeros; - migração das cromátides para os pólos opostos. - os microtúbulos presos aos cromossomos encurtam-se. Mitose: anáfase - O deslocamento dos cromossomos depende dos microtúbulos. Evidência experimental: tratamento de células com colchicina ou vinblastina leva à parada do ciclo celular na metáfase.

37 Telófase - descondensação da cromatina. - reorganização dos nucléolos. - reconstituição do envoltório nuclear. - fuso mitótico se desmonta. Mitose: telófase

38 Citocinese Divisão do citoplasma, deve-se à interação dos filamentos de actina e miosina (formam um anel contrátil na zona equatorial da célula-mãe). Mitose: citocinese

39

40 Pratica

41 Epididimo

42 Rim

43 DNA

44 Raiz de cebola


Carregar ppt "CITOLOGIA Objetivos Gerais: - Compreender a função e reconhecer as principais características estruturais de uma célula eucariota e o seu ciclo celular."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google