A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Minas Gerais Tipologia de empreendimentos Aquícolas Aluno:Guilherme A. Queiroz Graduando em Aquacultura Professor:Ricardo Motta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Minas Gerais Tipologia de empreendimentos Aquícolas Aluno:Guilherme A. Queiroz Graduando em Aquacultura Professor:Ricardo Motta."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Minas Gerais Tipologia de empreendimentos Aquícolas Aluno:Guilherme A. Queiroz Graduando em Aquacultura Professor:Ricardo Motta Pinto Coelho 10 de abril 2012

2 Introdução Piscicultura: - Enfoque Empresarial; - Controle das etapas de produção; - Conhecimento das características da espécie escolhida; - Conhecimento do mercado; Escolha de um Sistema de Produção Sucesso Econômico

3 Empreendimento Aquícola Escolha do Local -Topografia; - Disponibilidade de água X Sistema de produção; ( Quantidade e Qualidade) -Vias de acesso(escoamento da produção,insumos,manutenções); - Captação de água; -Segurança(Proteção) - Temperatura X espécie a ser trabalhada - Impedimentos legais

4 Empreendimento Aquícola A água -Outorga: Agência Nacional das Águas(ANA) Instituto de Gestão das Águas(IGAM)* -Lei no (1997) cobrança pelo uso da água Captação e Efluente -Comprometimento de certos Sistemas de Produção *Cada estado possui autoridades outorgantes.Ex: Minas Gerais- IGAM.

5 Sistemas de produção Fluxo contínuo litros por kg de peixe Viveiros litros por kg de peixe Recirculação litros por kg de peixe (Hopkins e Manci, 1992)

6 Sistema de produção Viveiros ou Tanques escavados - Primeiros indícios na China - Grande maioria na produção familiar - Terras não agricultáveis - Solos argilosos - Custo manutenção - T °C propícias para a espécie - nenhum controle extensivo - 0,3 a 0,5 kg por m³ de água semi-intensivo - 1,5 a 2,0 kg por m³ de água Grau de tecnificação Renovação de água e aeração

7 1-Viveiros-Mato Grosso,Brasil. 2-Viveiros e Área para Plantação 4- Despesca 3- Viveiros com Hapas

8 Viveiros ou Tanques escavados - Variação dos níveis de oxigênio - Elevados teores de amônia - Tratamento de doenças caro e difícil - Dificuldade de escalonar a produção - Controle difícil da qualidade da água - Reposição de água(evaporação e infiltração) Alimentação Economia de ração X espécie Produção de plâncton(ração de 60 a 70 % do custo de produção) Fertilização orgânica X inorgânica Controle limnológico complexo Aspectos construtivos X manutenção

9 Recirculação de Água - Controle total da qualidade da água -Poucos Investidores -Locais com restrição de água ou centros urbanos -Reposição de água (< 5%) -Dependente de tecnologias de ponta -Controle da T °C -Alto custo de implantação - eficiência produtiva -Alto gasto de energia Sistema intensivo altas densidades de estocagem enguias Kg / m³ surubim - 35 Kg / m³

10 Monitoramento Constante - Recirculação total ou parcial - Sistemas fechados Tratamento compacto - biofiltros - Sistema Verde (Deckel) Maiores áreas - lagoas de tratamento aeróbio Águas verdes - alimento natural Escolha da espécie Tilápias até 20 kg/m³ Peru: 185 ton / mês ; 80kg/m³; 40 ha Deckel

11

12 Alta Densidade de estocagem Sistema de Recirculação em Israel Sistema de águas Verdes-Deckel

13 Tanques Rede - Exploração de grandes reservatórios -8 a 10% da produção mundial de peixes -custo de implantação custo de manutenção - Atualmente, grande numero dos investimentos Riscos - Nenhum controle da qualidade da água - Roubo - 100% dependente de ração

14 -Brasil 2,5 milhões de Km² de mar territorial - 5 milhões de hectares de águas interiores -SEAP 1 % da área dos reservatórios

15 Fluxo contínuo ou Raceway - Abastecimento contínuo de água 4 a 6 trocas / hora - Vários níveis reincorporação de oxigênio -Desníveis do terreno > 6% facilita captação, drenagem e instalação do sistema - Brasil, utilizado nas truticulturas - Alimentação exclusivamente ração - Grande impacto ambiental, alto consumo de água - Sistema intensivo - Altas densidades de estocagem Monitoramento constante

16 1-Tanques circulares de truticultura. 2- Sistema de Fluxo Contínuo - Projeto pacu, MT. 3-Tanques Retangulares (possui cantos mortos)

17

18 Conclusão A criação racional de peixes, como qualquer atividade agropecuária, pressupõe o conhecimento prévio da adequação de um determinado local para a sua realização, bem como o estabelecimento das espécies mais indicadas, do sistema de produção, etc. A quantidade de insumos e tecnologia a serem introduzidos, com menor ou maior produção resultante, determinam o sistema de criação que pode ser empregado.

19 Referências CREPALDI, Daniel V.et. al. Sistemas de produção na piscicultura.Net. Belo Horizonte,v.30,n 3/4, p ,jul./dez.2006.Revista Brasil Reprodução Animal. Disponível em Acesso: 15 de março 2012.www.cbra.org.br HOPKINS A,MANCI WE. Aquaculture: oportunity now. Aquacult Magaz, v.18, p.44, 1992.

20 OBRIGADO !!


Carregar ppt "Universidade Federal de Minas Gerais Tipologia de empreendimentos Aquícolas Aluno:Guilherme A. Queiroz Graduando em Aquacultura Professor:Ricardo Motta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google