A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dialética: discussões introdutórias Prof. Ms. Claudemir da Silva Paula www.letraviva.net.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dialética: discussões introdutórias Prof. Ms. Claudemir da Silva Paula www.letraviva.net."— Transcrição da apresentação:

1 Dialética: discussões introdutórias Prof. Ms. Claudemir da Silva Paula

2 A dialética é coisa muito árdua e difícil, na medida em que o pensar dialeticamente vai contra o vulgar senso comum, que é dogmático, ávido de certezas peremptórias. (A. Gramsci)

3 O método dialético possui várias definições, tal como a hegeliana, a marxista entre outras. Para alguns, ela consiste em um modo esquemático de explicação da realidade que se baseia em oposições e em choques entre situações diversas ou opostashegelianamarxista

4 A dialética é o pensamento crítico que se propõe a compreender a coisa em si e sistematicamente se pergunta como é possível chegar à compreensão da realidade. Por isso, é oposto da sistematização doutrinária ou da romanização das representações comuns.

5 A dialética não considera os produtos fixados, as configurações e os objetos, todo o conjunto do mundo material reificado, como algo originário e independente.

6 Para um dos filósofos mais influentes na carreira de Marx, Hegel, dialética é uma forma de pensar a realidade em constante mudança por meio de termos contrários que dão origem a um terceiro, que os concilia.Hegel A dialética compõe-se, assim, de três termos: tese; antítese e síntese.

7 Tese (A) é uma afirmação; antítese (B), é uma afirmação contrária, e síntese (C), como o nome indica, é o resultado da síntese entre as duas primeiras. A síntese supera a tese e a antítese (portanto, é algo de natureza diferente), ao mesmo tempo em que conserva elementos das duas e conduz a discussão, nesse processo, a um grau mais elevado. E, na seqüência, dá origem a uma nova tese, que inicia novamente o ciclo.

8 A dialética marxista postula que as leis do pensamento correspondem às leis da realidade. A dialética não é só pensamento: é pensamento e realidade a um só tempo.

9 Ao analisarmos um fenômeno devemos observar o que está por trás, oculto. Temos que observar o todo, a sua evolução, os fatores que levou a sua construção e o que a sua existência influencia. O fenômeno deve ser analisado como um todo, a relação do fenômeno e seu ambiente.

10 A dialética e A Bíblia João 8:3 Os escribas e fariseus trouxeram à sua presença uma mulher surpreendida em adultério e, fazendo-a ficar de pé no meio de todos, João 8:4 disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. João 8:5 E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes? João 8:6 Isto diziam eles tentando-o, para terem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia na terra com o dedo. João 8:7 Como insistissem na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra.

11 Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César? Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me tentais, hipócritas? Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto! Apresentaram-lhe um denário. Perguntou Jesus: De quem é esta imagem e esta inscrição? De César, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

12 E depois de lavar os pés, disse: "Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor; e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, o Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também." (João 13:12-15)

13 Amai os vossos inimigos; fazei o bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos perseguem e caluniam. - Porque, se somente amardes os que vos amam que recompensa tereis disso? Não fazem assim também os publicanos? - Se unicamente saudardes os vossos irmãos, que fazeis com isso mais do que outros? Não fazem o mesmo os pagãos? - Sede, pois, vós outros, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celestial. (MATEUS, cap. 44, 46 a 48.)

14 Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes... não difamem a ninguém... sejam cordatos... para com todos os homens. (Tt 3.1,2) Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade, resistem à ordenação de Deus. (Rm 13.1,2)

15 Um Fenômeno

16 Está certo o Pastor. Uma VERDADEIRA cristã não pode ser PETISTA, uma vez que o PT historicamente é MATERIALISTA E PROFESSA O CREDO ATEÍSTA DO SOCIALISMO. Está certo o Pastor porque há valores FUNDAMENTAIS EM QUALQUER RELIGIÃO que não se pode BARGANHAR, e um deles é claro- NÃO MATARÁS! E, há ainda, NÃO ROUBARÁS! É necessário acabar de vez com estes FALSOS cristãos que usam da religião para ganhar VOTOS e se elegerem políticos. É necessário que os RELIGIOSOS autênticos não se percam no caminho da CANALHICE deste país. as-malafaia-muda-voto-para-serra.html as-malafaia-muda-voto-para-serra.html

17 A descriminalização do Aborto

18 Vídeo – Silas Malafaia (disponível em: Contextualizando o Fenômeno

19 Razões para Não Votar Na candidata Marina = Razões para votar em... Tese

20 Opinião contrária Vídeo Padre – Leo Disponível em

21 Opinião de oposição Pastor Caio Júnior

22 Sem muita precisão, os especialistas acreditam que chegue a 1 milhão o número de abortos realizados anualmente no Brasil de modo clandestino. (dados, Veja, 2009) disponível em reportagem-de-capa/ A discriminação do Aborto – Inserindo num contexto

23 Um dos meios mais utilizados pelas brasileiras é a compra do misoprostol por intermédio da ONG holandesa Women on Web. Feito o pedido, a pílula é entregue em até três semanas pelo correio, por 70 euros. O site tem instruções em sete idiomas, incluindo o português. (Veja, janeiro, 2009)

24 No ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) deu início aos debates sobre a legalização da interrupção da gravidez de fetos anencéfalos e, pouco mais de um mês atrás, o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, aprovou a criação da CPI do Aborto com o objetivo de investigar as práticas ilegais de interrupção da gravidez no Brasil.

25 Nos últimos cinco anos, foram concedidos alvarás judiciários para suspensão da gravidez em casos de má-formação fetal, especialmente anencefalia. É o dobro das liberações no mesmo período no início da década de 90 e representa 80% de todas as gestações de fetos anencéfalos.

26 O casamento de Pessoas do Mesmo Sexo Vídeo da Marina Disponível em:

27 Opinião de Contradição (Em relação Silas Malafaia)

28 As contradições e Os contrários

29 Casamento Gay Masculino Feminino

30 Carta aberta da ABGLT as candidaturas de Dilma Roussef e José Serra Carta aberta da ABGLT as candidaturas de Dilma Roussef e José Serra (disponível em candidaturas-de-dilma-roussef-e-jose-serra candidaturas-de-dilma-roussef-e-jose-serra (... ) O Estado brasileiro é laico. O avanço da democracia brasileira é que tem nos permitido pautar, nos últimos anos, os direitos civis dos homossexuais e combater a homofobia. Também tem nos permitido realizar a promoção da autonomia das mulheres e combater o machismo, entre os demais avanços alcançados. O progresso não pode parar.

31 Candidato Serra: o senhor, como ministro da saúde, implantou uma política progressista de combate à epidemia do HIV/Aids e normatizou o aborto legal no SUS. Aquele governo federal que o senhor integrou também elaborou os Programas Nacionais de Direitos Humanos I e II, que já contemplavam questões dos direitos humanos das pessoas LGBT. Como prefeito e governador, o senhor criou as Coordenadorias da Diversidade Sexual, esteve na Parada LGBT de São Paulo e apoiou diversas iniciativas em favor da população LGBT.

32 Candidata Dilma: a senhora ajudou a coordenar o governo que mais fez pela população LGBT, que criou o programa Brasil sem Homofobia, e o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, com diversas ações. A senhora assinou, junto com o presidente Lula, o decreto de Convocação da I Conferência LGBT do mundo. A senhora já disse, inúmeras vezes, que o aborto é uma questão de saúde pública e não uma questão de polícia. Portanto, candidatos, não maculem suas biografias e trajetórias. Não neguem seu passado de luta contra o obscurantismo

33 SÍNTESE

34 Manifesto pela Família: o fermento farisaico Disponível em Por Claudemir da Silva Paula A função mental de crítica racional própria àqueles que aceitaram a Cristo como Salvador vem sendo fortemente combatida pelas forças do submundo da política, através de um discurso mentiroso, mas com aparência de verdade, como tudo que próprio a Satanás. Líderes religiosos das mais variadas denominações, inexplicavelmente, resolveram, de uma hora para outra, unirem-se em detrimento das suas divergências ideológicas, numa frente de suposto combate ao que denominaram de institucionalização da Iniqüidade.

35 De forma idêntica aos extremistas islâmicos, fundamentam seus discursos antí-iniquidade na ressignificação da opinião sobre temas polêmicos, que passa a figurar como princípio de conduta moral, ética e cidadã. Ao ressignificar a opinião particular em princípio de conduta, a sociedade é dividida em dois grupos polarizados e excludentes. De um lado, os que são favoráveis as causas da frente (não ao aborto, não ao casamento gay, não a liberdade religiosa de matriz africana, não ao PT) e de outro, aqueles que têm opiniões contrárias.

36 Por esta lógica discursiva construída nos porões do submundo dos políticos inescrupulosos, a opinião passa a ser condição única da definição e julgamento do outro. Assim, se alguém é corrupto, traficante, pedófilo ou católico, mas é contra o aborto, por exemplo, é automaticamente digno de confiança, honesto, homem e mulher iluminados por Deus e, por consequência, digno de merecer o voto dos evangélicos.

37 De forma análoga, os que tiverem opinião divergente, ainda que sejam evangélicos, serão classificados como homens e mulheres da iniquidade, filhos das trevas, pessoas com as quais não se deve manter contato ou receber votos. Ora, aí está o fermento farisaico. Ser favorável ou contra qualquer assunto não é uma questão de princípio, mas de opinião, marcada pelas trajetórias de vida das pessoas e como estas compreendem o fenômeno da vida em função daquilo que teve oportunidade de estabelecer como verdade.

38 Em qualquer assunto polêmico, no grupo que é contra estarão assassinos, pedófilos, homicidas, bêbados, feiticeiros, traficantes, espancadores de mulheres, corruptos e corruptores, políticos, religiosos, padres, freiras, pastores, apóstolos, médicos, advogados, homens livres e encarcerados. Do grupo dos que são favoráveis, também participam as pessoas das mais variadas: bispos, médicos, padres, pastores, estudantes, missionários, homens de bem, maridos assassinos, políticos honestos e defensores da vida, mulheres estéreis, ricos, pobres, evangélicos, católicos, etc.

39 Ou seja, ser a favor ou contra não é condição de definição da personalidade de ninguém, muito menos elemento para estabelecer juizo de valor. A lógica desse discurso que define a opinião como verdade de princípio de conduta cristã é a mesma que deu sustentabilidade para a perseguição aos Judeus iniciada no século VII e que cominou no holocausto hitleriano na segunda guerra mundial.

40 É a única que legitima as ações suicidas dos extremistas islâmicos que declaram morte aos hereges e inimigos de ALA, onde os direitos democráticos mais elementares não são respeitados e as questões laicas são tratadas como se fossem questões de Deus. Foi e é uma arma demoníaca que desvia as pessoas do Evangelho para discussões e ações que nada condizem com a mensagem de vida de Jesus Cristo.

41 Deus nos fez com inteligência suficiente para tomar nossas próprias decisões. Nenhuma pessoa, partido político ou instituição é boa por ser a favor a este ou aquele projeto e ninguém é do diabo por pensar de forma contrária à nossa maneira de ver a vida.

42 O Evangelho de Jesus Cristo não é arma de guerra, mas de paz. Não é tribunal de sentenças, mas de salvação dos perdidos. Se os que se dizem Evangélicos se apressassem em viver o amor de Cristo assim como se apresam para condenar os perdidos, o mundo seria outro bem melhor. Se a iniqüidade avança é porque estamos gastando mais tempo com boatos e fofocas do que com pregação da Palavra de Deus.

43 Imagine que você tenha sido nomeado(a) Secretario(a) de Educação do seu município e tenha recebido do prefeito total liberdade para realizar as mudanças e as adaptações necessárias para que todas as crianças estejem alfabetizadas aos 08 anos de idade, conforme prescreve a legislação. A única exigência do prefeito é que não sejam aumentados os custos da folha de pagamento. Atividade

44 Com base nos estudos desenvolvidos nesta disciplinas, sua concepção de pedagogia e aquilo que foi estudado sobre dialética desenvolva um esquema de compreensão do fenômeno da reprovação/alfabetização. Depois elabore um artigo de opinião, apresentando a síntese do seu trabalho, contemplando os problemas a serem atacados, as ações a serem tomadas, os meios para realizar cada ação e os resultados esperados, conforme modelos de apresentação e modelos de conteúdos anexos. (entregar o artigo e o esquema)


Carregar ppt "Dialética: discussões introdutórias Prof. Ms. Claudemir da Silva Paula www.letraviva.net."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google