A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 PROGRAMA DE FORMAÇÃO INICIAL II FASE – SUBSÍDIO PFI 27 SÃO FRANCISCO DE SALES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 PROGRAMA DE FORMAÇÃO INICIAL II FASE – SUBSÍDIO PFI 27 SÃO FRANCISCO DE SALES."— Transcrição da apresentação:

1 1 PROGRAMA DE FORMAÇÃO INICIAL II FASE – SUBSÍDIO PFI 27 SÃO FRANCISCO DE SALES

2 2 SÍNTESE BIOGRÁFICA Patrono e Titular da Família Salesiana. * 21 – 08 – 1567 – Annecy – Savóia + 28 – 12 – 1622 – Lion – França Canonizado – 19 – 04 – 1665 Doutor da Igreja – 1877 ( Pio IX )

3 3 PROJETO DE VIDA

4 4 O projeto de vida do jovem Francisco de Sales Importância do tríplice exame de consciência: - exame de consciência de previdência; -exame de consciência particular; - exame de consciência do dia.

5 5 Com o auxílio do seu Confessor, Padre Possevino, e guiado por seu livrinho preferido, «O Combate Espiritual», esboça para si um programa de vida, ou Plano Espiritual, a fim de saber como se deve portar diariamente e em todas as ocasiões. Escreve-o e lê com freqüência. Percebe o jovem estudante que são muitas as ciladas armadas para a alma e para o corpo de quem vive em centros mundanos.

6 6 Consiste em examinar espiritualmente quais sejam os possíveis trabalhos, reuniões, conversações e ocasiões particulares que se vão apresentar nesse dia; em seguida planejar o modo de se comportar em cada um desses momentos. a-) Exame de previdência: Fazê-lo toda manhã.

7 7 b-) Exame Particular - Ao meio-dia visitar o Santíssimo Sacramento em alguma igreja e fazer o exame particular sobre o meu defeito predominante, a fim de ver se o estou combatendo e se estou tentando praticar a virtude que lhe é oposta. Há,aí, um detalhe interessante: por 19 anos fará Francisco o exame particular a respeito desse seu gênio difícil, desse seu defeito tão forte que o inclina a se encolerizar.

8 8 Quando ao bispo, que já se tornou tão gentil e bondoso, alguém lhe pergunta o que fizera para chegar a um tão alto grau de domínio de si, responde: «Por 19 anos, dia após dia, indaguei acuradamente de mim mesmo a respeito do meu propósito de não tratar ninguém com aspereza».

9 9 É um como eco do ensinamento de Thomas de Kémpis em sua «Imitação de Cristo»: «Se todos os anos extirpares um defeito, muito cedo chegarás a ser perfeito» (v. I 11,v.15). Esta do exame particular de consciência é uma prática firmemente estabelecida graças a S. Inácio de Loyola, obtendo como resultado verdadeiros sucessos espirituais.

10 10 c-) Fazer meditação todos os dias. Dedicar meia-hora a pensar nos favores que Deus me concedeu, na grandeza e bondade de Nosso Senhor, nas verdades que ensina a Sagrada Escritura ou nos exemplos e ensino dos santos. No final da meditação escolher um pensamento sobre o que refletir e remoer durante o dia; e fazer um pequeno propósito sobre como comportar-me nestas doze horas.

11 11 d-) Rezar diariamente o santo Terço em todos os dias da minha vida. Mais tarde porém dirá aos seus discípulos que nunca devem fazer tal gênero de promessas por toda a vida, porque lhes pode provocar angústia. Tomar resoluções, sim; fazer promessas, não. Esta foi uma Promessa que ele fez a Nossa Senhora num momento de grande aflição e que cumpriu fielmente por toda a sua vida.

12 12 e-) No meu comportamento com os outros ser gentil, mas comedido. Favorecer que os outros falem dos próprios interesses; eu não preciso falar dos meus porque já os conheço. Entretanto o que os outros dizem pode ajudar-me a crescer espiritualmente. Falando não aprendo nada, mas ouvindo, posso aprender muita coisa.

13 13 f-) Durante o dia pensar em Deus presente. Os teus olhos me vêem, os teus ouvidos me escutam. Se eu for para os extremos da terra, tu ali estás, ó meu Deus. «O Senhor retribuirá a cada um segundo as próprias obras. Cada qual deverá se apresentar perante o Tribunal de Deus a fim de prestar contas sobre quanto fez de bem ou de mal» (cf. S. Paulo).

14 14 Fá-lo-ei- todas as noites, antes de me deitar. lembrarei se iniciei o meu dia recomendando-me a Deus; g-) Exame do Dia:

15 15 se durante as minhas ocupações me lembrei muitas vezes de Deus a fim de oferecer-lhe as minhas ações, pensamentos, palavras e sofrimentos; se tudo o que fiz hoje foi feito por amor do bom Deus; se tratei bem as pessoas;

16 16 se não busquei, ao contrário, nos meus trabalhos e palavras, agradar ao meu amor próprio e ao meu orgulho, em vez de agradar a Deus e de fazer o bem ao próximo;

17 17 se fui capaz de fazer algum pequeno sacrifício; se me esforcei por ser espiritual nas conversações. pedirei perdão a Deus pelas ofensas cometidas neste dia;

18 18 Pedirei ao Céu que me dê forças para ser sempre fiel a Deus, e, ao rezar as minhas três Ave- Marias, entregar-me- ei pacificamente ao sono. Pádua, 1589 Francisco Sales. farei o propósito de, daqui para a frente, tornar-me melhor.

19 19 NO CORAÇÃO DE DOM BOSCO

20 20 Em 8 de dezembro de 1844, Dom Bosco inaugurava na periferia de Turim um Oratório" dedicado a São Francisco de Sales.

21 21 Dom Bosco chamou- a de Oratório, recordando o Oratório fundado em Roma no século XVI por São Felipe Néri, que era destinado à educação de jovens freqüentemente sem recursos. A obra "salesiana", então, estava apenas no início.

22 22 Além da formação religiosa, Dom Bosco não descuidava da formação humana e da instrução, e além disso, infundia uma marca festiva em todas as atividades, nas quais os jogos, o canto e as diversões tinham uma parte relevante. A formação religiosa considerada por ele como fundamental.

23 23 AS RAZÕES DA ESCOLHA

24 24 "Porque parte do nosso ministério exige grande calma e mansidão, buscamos a proteção deste santo, para que nos obtenha de Deus a graça de podê-lo imitar em sua extraordinária mansidão em favor das almas". Dom Bosco explica as razões pelas quais escolheu a proteção de São Francisco de Sales:

25 25 autor de livros famosos como a Filotéia e o Teótimo, catequista das crianças, diretor espiritual requintado;

26 26 pastor zeloso e amável, missionário heróico na Genebra protestante; fundador com Santa Joana de Chantal da ordem da Visitação. Sem dúvida era-lhe muito caro.

27 27 Procurava dominar o seu temperamento fogoso e, às vezes, violento, imitando o santo bispo e o seu modo estupendo de relacionar-se com os outros. Ainda no seminário acompanhava-o a figura luminosa do santo.

28 28 Ao término do seminário, durante os exercícios espirituais de preparação à ordenação, ele tomou este propósito: "Guiem-me em todas as coisas a caridade e a doçura de São Francisco de Sales".

29 29 Todos os anos, a festa do santo Patrono que se fazia, então, no dia 29 de janeiro, era celebrada no Oratório com grande solenidade. Dizia:"O meu espírito e o espírito deste oratório é o espírito de São Francisco de Sales". D Bosco tinha S Francisco de Sales no coração e na mente.

30 30 Quando Domingos Sávio entrou pela primeira vez no escritório de Dom Bosco, o seu olhar foi logo para um cartaz, acima do qual com grandes letras estavam escritas as seguintes palavras que São Francisco de Sales costumava repetir: Dá-mihi animas, caetera tolle, que significa: Dá-me almas e fica com o resto.

31 31 Escritório de trabalho de Dom Bosco Dá-mhi animas...

32 32 Os "Salesianos" fundados por Dom Bosco em 1859 deviam ter o espírito de caridade e de zelo que distinguia o seu Patrono.

33 33 Quando Dom Bosco decidiu iniciar o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, a data escolhida para fazer as primeiras eleições em vista da constituição do primeiro capítulo superior com Madre Mazzarello, foi justamente 29 de janeiro de 1872, "o belo dia de São Francisco de Sales", como dizia a crônica.

34 34 Por outro lado é sabido que em muitos lugares onde trabalham, as Filhas de Maria Auxiliadora são freqüentemente chamadas de Irmãs Salesianas.

35 35 DOUTOR DA IGREJA

36 36 Dom Bosco muito se alegrou quando Pio IX declarou, solenemente, em 1877 São Francisco de Sales Doutor da Igreja. Naquela ocasião, as Irmãs da Visitação de Annecy lhe pediram para participar da decoração da sua igreja em honra do "Doutor da Caridade".

37 37 A resposta foi imediata: "Voto do meu coração seria que a nossa Congregação, colocada sob a proteção do amável Doutor, tivesse neste santuário um altar como testemunho da vossa devoção".

38 38 E Dom Bosco cumpriu o prometido.

39 39 O SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

40 40 Naqueles anos, a devoção ao Coração de Jesus conhecia um notável desenvolvimento.

41 41 Em Roma, Dom Bosco foi encarregado por Leão XIII à construir a Basílica do Sagrado Coração de Jesus. Papa Leão XIII

42 42 Nada, portanto, de estranho que fosse justamente uma sua filha espiritual, Margarida Maria Alacoque, a receber as revelações do Sagrado Coração em Paray-le-Monial. É preciso recordar a respeito que foi São Francisco de Sales quem semeou os germes dessa devoção.

43 43 Durante a famosa viagem a Paris de 1883, Dom Bosco quis fazer uma peregrinação "salesiana". Sabendo da existência da famosa estátua da Senhora Negra de Paris, diante da qual o jovem Francisco gostava de rezar, foi à igreja onde ela estava e escreveu em francês no registro das Missas:

44 44 recomendo à Senhora todas as obras das quais S. Francisco é o Patrono". "Abbé Jean Bosco, superior da Pia Sociedade Salesiana.

45 45 SUPREMA AFINIDADE

46 46 Dom Bosco morreu em 31 de janeiro de Dois dias antes, justamente em 29 de janeiro, festa do Patrono, tinha recebido pela última vez a santa Comunhão. Acreditava-se que naquele dia a peregrinação de Dom Bosco tinha sido concluída,

47 47 Dom Bosco morreu em 31 de janeiro de Dois dias antes, justamente em 29 de janeiro, festa do Patrono, tinha recebido pela última vez a santa Comunhão.

48 48... embora o Senhor tenha vindo tomá-lo mais tarde, na madrugada do dia 31. Como se São Francisco tivesse vindo buscá-lo", como se dizia. "Como se São Francisco tivesse vindo buscá-lo", como se dizia.

49 49 TRABALHO PARA CASA

50 50 1 – Quem é São Francisco de Sales para a Família Salesiana? 2 – O que levou Dom Bosco a escolher São Francisco de Sales para Patrono da congregação e por extensão, para toda a Família Salesiana? 3 – O que recomendou D Bosco aos Salesianos, que os assimilasse a São Francisco de Sales, ao fundar a Congregação em 1859?

51 51 PARTILHA

52 52 R 1 – São Francisco de Sales é o Patrono e Titular da Família Salesiana?

53 53 R 2 – Dom Bosco diz: Escolhi a proteção de São Francisco de Sales porque parte do nosso ministério exige grande calma e mansidão. Logo, buscamos a proteção deste santo, para que nos obtenha de Deus a graça de podê-lo imitar em sua extraordinária mansidão em favor das almas".

54 54 R 3 – Os "Salesianos" fundados por Dom Bosco em 1859 deviam ter o espírito de caridade e de zelo que distinguia o seu Patrono.

55 55 O ser Salesiano, muitas vezes, exige de nós: a paciência, a sabedoria e a determinação de Francisco de Sales, assim foi com Dom Bosco. Peçamos pois a ambos: Rogai por nós! Sc Antonio Rodrigues da Silva Pasta da Formação


Carregar ppt "1 PROGRAMA DE FORMAÇÃO INICIAL II FASE – SUBSÍDIO PFI 27 SÃO FRANCISCO DE SALES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google