A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 CONFERÊNCIA NACIONAL RVA – Artigos: 32 e 33 Subsídio PPT - 029 Encontro - 29.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 CONFERÊNCIA NACIONAL RVA – Artigos: 32 e 33 Subsídio PPT - 029 Encontro - 29."— Transcrição da apresentação:

1 1 CONFERÊNCIA NACIONAL RVA – Artigos: 32 e 33 Subsídio PPT Encontro - 29

2 2 Artigo 32 Oração Simples e Vital

3 3 § 1 – As exigências do chamado evangélico e a experiência pessoal ensinam ao Cooperador que nada pode sem a união com Jesus Cristo. DEle recebe o Espírito que o ilumina e que lhe dá força dia após dia.

4 4 § 2 – caracterizada pelo espírito salesiano, sua oração é simples e confiante, alegre e criativa, impregnada de intenso ardor apostólico: sobretudo encarna-se na vida e nela se prolonga.

5 5 § 3 – Transforma sua vida numa liturgia de louvor: trabalho, descanso, iniciativas apostólicas, alegrias e sofrimentos são, dessa maneira, vividos no senhor e tornam- se um dom que Lhe agrada e um hino à sua glória ( LG 34 )

6 6 Artigo 33 Palavra e Sacramentos

7 7 § 1 – Para alimentar a vida de oração, o Salesiano Cooperador recorre às fontes espirituais oferecidas pela Igreja e pela Associação. Participa ativamente da liturgia e valoriza as formas de piedade popular que podem enriquecer a sua vida espiritual.

8 8 § 2 – Cada dia abre espaço para o diálogo pessoal com o Senhor. Mediante a leitura e a meditação possivelmente cotidiana da Palavra de Deus, aprende a ver e a julgar tudo à Luz Divina.

9 9 Art.33 - § 3 – Segundo o ensinamento de Dom Bosco, o (a) Salesiano (a) Cooperador (a) aproxima-se dos Sacramentos com fé e freqüência.

10 10 Na Eucaristia haure na caridade pastoral.

11 11 Na reconciliação encontra a misericórdia do Pai e imprime à sua vida uma dinâmica de contínua conversão, que o faz crescer no amor.

12 12 Partilhando questões:

13 13 Questão 01 O que as exigências do chamado evangélico e a experiência pessoal ensinam ao (a) Salesiano (a) Cooperador (a)?

14 14 Questão 02 Como faz o (a) Salesiano (a) Cooperador (a) para alimentar sua vida de oração?

15 15 Questão 03 Segundo o ensinamento de Dom Bosco, como deve ser a vida sacramental do Salesiano Cooperador?

16 16 Partilhando respostas

17 17 Resposta 01 Art § 1 – As exigências do chamado evangélico e a experiência pessoal ensinam ao Cooperador que nada pode sem a união com Jesus Cristo. DEle recebe o Espírito que o ilumina e que lhe dá força dia após dia.

18 18 Resposta 02 Art § 1 – Para alimentar a vida de oração, o Salesiano Cooperador recorre às fontes espirituais oferecidas pela Igreja e pela Associação. Participa ativamente da liturgia e valoriza as formas de piedade popular que podem enriquecer a sua vida espiritual.

19 19 Art § 2 – Cada dia abre espaço para o diálogo pessoal com o Senhor. Mediante a leitura e a meditação possivelmente cotidiana da Palavra de Deus, aprende a ver e a julgar tudo à Luz Divina.

20 20 Resposta 03 Art 33 - § 3 – Segundo o ensinamento de Dom Bosco, o (a) Salesiano (a) Cooperador (a) aproxima-se dos Sacramentos com fé e freqüência.

21 21 Na Eucaristia haure na caridade pastoral.

22 22 Na reconciliação encontra a misericórdia do Pai e imprime à sua vida uma dinâmica de contínua conversão, que o faz crescer no amor.

23 23 Providências pós Encontro 1 – Recomendar o estudo do RVA, artigos 32 e 33, paginas: 55 a – Comunicar próximo Encontro: Você e seu Filho, Subsídio PPT – 030 e texto 030 – T

24 24 Como bons pastores vejamos nos jovens as ovelhas pelas quais devemos dar a vida. Sc Antonio Rodrigues da Silva Pasta da Formação


Carregar ppt "1 CONFERÊNCIA NACIONAL RVA – Artigos: 32 e 33 Subsídio PPT - 029 Encontro - 29."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google