A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A ASSOCIAÇÃO E A ESPIRITUALIDADE SALESIANA CONFERÊNCIA NACIONAL CONFERÊNCIA NACIONAL Encontro 06 Subsídio: PPT - 006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A ASSOCIAÇÃO E A ESPIRITUALIDADE SALESIANA CONFERÊNCIA NACIONAL CONFERÊNCIA NACIONAL Encontro 06 Subsídio: PPT - 006."— Transcrição da apresentação:

1 A ASSOCIAÇÃO E A ESPIRITUALIDADE SALESIANA CONFERÊNCIA NACIONAL CONFERÊNCIA NACIONAL Encontro 06 Subsídio: PPT - 006

2 ASSOCIAÇÃO Grupo de pessoas unidas em torno de um mesmo ideal que se organizam de modo a fazerem juntas aquilo que não conseguem fazer sozinhas. Grupo de pessoas unidas em torno de um mesmo ideal que se organizam de modo a fazerem juntas aquilo que não conseguem fazer sozinhas.

3 Nosso ideal é o ideal de Dom Bosco Promoção e salvação da juventude. Promoção e salvação da juventude. Em torno deste ideal Dom Bosco envolveu: Padres, Teólogos, Clérigos, Leigos Católicos e até de outras religiões. Em torno deste ideal Dom Bosco envolveu: Padres, Teólogos, Clérigos, Leigos Católicos e até de outras religiões.

4 Em sua obra composta de: oratório, internato, escolas e oficinas, chegou a atender mais de 600 jovens, a maioria órfãos e abandonados. Em sua obra composta de: oratório, internato, escolas e oficinas, chegou a atender mais de 600 jovens, a maioria órfãos e abandonados.

5 Dom Bosco Funda a Sociedade de São Francisco de Sales. A princípio Dom Bosco quer incluir nela todo o seu voluntariado. A princípio Dom Bosco quer incluir nela todo o seu voluntariado.

6 Organização Foi preciso organizar seu voluntariado. Foi preciso organizar seu voluntariado. Dom Bosco começa dividindo-o em 02 partes: Dom Bosco começa dividindo-o em 02 partes: Eclesiásticos e Leigos. Eclesiásticos e Leigos.

7 Eclesiásticos Padres, Teólogos, Clérigos e jovens decididos a se tornarem Padres. Padres, Teólogos, Clérigos e jovens decididos a se tornarem Padres. Passam a fazer parte da Sociedade de São Francisco de Sales; passam a se chamar, Salesianos. Passam a fazer parte da Sociedade de São Francisco de Sales; passam a se chamar, Salesianos.

8 Leigos: Os de fé católica que desejam seguir Dom Bosco, não somente no trabalho voluntário, mas também vivendo sua fé dentro deste novo estilo, passam a ser instruídos por Dom Bosco e seus Salesianos, amadurecendo sua Vocação até que, solenemente, professam o Compromisso e passam a pertencer à mesma messe salesiana. Os de fé católica que desejam seguir Dom Bosco, não somente no trabalho voluntário, mas também vivendo sua fé dentro deste novo estilo, passam a ser instruídos por Dom Bosco e seus Salesianos, amadurecendo sua Vocação até que, solenemente, professam o Compromisso e passam a pertencer à mesma messe salesiana.

9 São os Salesianos Leigos, carinhosamente chamados por Dom Bosco: São os Salesianos Leigos, carinhosamente chamados por Dom Bosco: Cooperadores. Cooperadores.

10 Primeiramente D Bosco reuniu-os em uma Pia União, logo transformada em Associação dos Salesianos Cooperadores. Primeiramente D Bosco reuniu-os em uma Pia União, logo transformada em Associação dos Salesianos Cooperadores.

11 Juntamente com os SDB e as FMA ( em 1872 ), Dom Bosco, ainda em vida, acolheu-os, formando assim, a sua nova Família, todos gozando os direitos da Sociedade de S Francisco de Sales, conforme consentimento, aprovação e benção do Papa Pio IX ( 1876 ). Juntamente com os SDB e as FMA ( em 1872 ), Dom Bosco, ainda em vida, acolheu-os, formando assim, a sua nova Família, todos gozando os direitos da Sociedade de S Francisco de Sales, conforme consentimento, aprovação e benção do Papa Pio IX ( 1876 ).

12 A esses, novos Grupos viriam se unir, aceitos pelos sucessores de D Bosco, enriquecendo nossa Família com seus dons e serviços e no mesmo carisma. A esses, novos Grupos viriam se unir, aceitos pelos sucessores de D Bosco, enriquecendo nossa Família com seus dons e serviços e no mesmo carisma.

13 Após o Concilio Vaticano II, passamos a ser chamados: Após o Concilio Vaticano II, passamos a ser chamados: Família Salesiana. Família Salesiana.

14 Externos Dom Bosco chama assim os demais Leigos, mesmo os de fé católica que não se enquadram no novo estilo. Dom Bosco chama assim os demais Leigos, mesmo os de fé católica que não se enquadram no novo estilo.

15 Por que São Francisco de Sales? São Francisco de Sales primou pela paciência, virtude essencial para se trabalhar com a Juventude. São Francisco de Sales primou pela paciência, virtude essencial para se trabalhar com a Juventude.

16 Na ótica de São Francisco de Sales os cristãos vivem sua fé em duas maneiras distintas e para cada uma delas, escreveu seu postulado. Na ótica de São Francisco de Sales os cristãos vivem sua fé em duas maneiras distintas e para cada uma delas, escreveu seu postulado.

17 Postulado, Filotéia ( Introdução à vida devota ) classifica os cristãos que vivem sua fé no dia a dia. classifica os cristãos que vivem sua fé no dia a dia.

18 Postulado Teótimo ( Tratado do Amor de Deus, ) Postulado Teótimo ( Tratado do Amor de Deus, ) classifica os cristãos que querem ir além da simples introdução à vida cristã e caminhar rumo à perfeição. classifica os cristãos que querem ir além da simples introdução à vida cristã e caminhar rumo à perfeição.

19 Ambos vivem sua fé expostos ao humanismo pagão, ao qual chamamos, secularismo, em que vive grande parte da sociedade e, correm com isso, o risco de dissociar vida e fé. Ambos vivem sua fé expostos ao humanismo pagão, ao qual chamamos, secularismo, em que vive grande parte da sociedade e, correm com isso, o risco de dissociar vida e fé.

20 Por isso perseveram, conscientes de que somente uma fé vivida na caridade, poderá mantê-los fiéis aos ensinamentos de Jesus Cristo. Por isso perseveram, conscientes de que somente uma fé vivida na caridade, poderá mantê-los fiéis aos ensinamentos de Jesus Cristo.

21 Não concordam com as estruturas autônomas do mundo, contudo vêm-se obrigados a aceitá-las, mesmo assim, não as copiam. Não concordam com as estruturas autônomas do mundo, contudo vêm-se obrigados a aceitá-las, mesmo assim, não as copiam.

22 Vivem com a luz de sua fé e com a intensidade de seu amor, por isso não se corrompem. Vivem com a luz de sua fé e com a intensidade de seu amor, por isso não se corrompem.

23 É São Francisco de Sales quem afirma: É São Francisco de Sales quem afirma: Seria ilusória uma fé distante da vida e dos valores e deveres do dia a dia. Seria ilusória uma fé distante da vida e dos valores e deveres do dia a dia.

24 Partilhando questões

25 Questão 01 Por que São Francisco de Sales? Por que São Francisco de Sales?

26 Questão 02 Qual é a definição de Associação? Qual é a definição de Associação?

27 Questão 03 A que tipo de cristão São Francisco de Sales se referiu em seu postulado Filotéia ( Introdução à vida devota )? A que tipo de cristão São Francisco de Sales se referiu em seu postulado Filotéia ( Introdução à vida devota )?

28 Questão 04 A que tipo de cristão São Francisco de Sales se referiu no postulado Teótimo ( Tratado do Amor de Deus )? A que tipo de cristão São Francisco de Sales se referiu no postulado Teótimo ( Tratado do Amor de Deus )?

29 Partilhando respostas

30 Resposta 01 São Francisco de Sales primou pela paciência, virtude essencial para se trabalhar com a Juventude. São Francisco de Sales primou pela paciência, virtude essencial para se trabalhar com a Juventude.

31 Resposta 02 Chamamos Associação a um Grupo de pessoas unidas em torno de um mesmo ideal que se organizam de modo a fazerem juntas aquilo que não conseguem fazer sozinhas.

32 Resposta 03 classifica os cristãos que vivem sua fé no dia a dia. classifica os cristãos que vivem sua fé no dia a dia.

33 Resposta 04 classifica os cristãos que querem ir além da simples introdução à vida cristã e caminhar rumo à perfeição. classifica os cristãos que querem ir além da simples introdução à vida cristã e caminhar rumo à perfeição.

34 A paciência é uma árvore de raízes amargas como fel, mas de frutos doces como mel A paciência é uma árvore de raízes amargas como fel, mas de frutos doces como mel Sc Antonio Rodrigues da Silva Sc Antonio Rodrigues da Silva Pasta da Formação Pasta da Formação

35 Providências pós Encontro 1 – Distribuir texto: T 1 – Distribuir texto: T 2 – Comunicar próximo Encontro: RVA, artigos 02 e 03, subsídio PPT – Comunicar próximo Encontro: RVA, artigos 02 e 03, subsídio PPT- 007


Carregar ppt "A ASSOCIAÇÃO E A ESPIRITUALIDADE SALESIANA CONFERÊNCIA NACIONAL CONFERÊNCIA NACIONAL Encontro 06 Subsídio: PPT - 006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google