A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 CONFERÊNCIA NACIONAL O GRANDE EXEMPLO DA PIPOCA Subsídio 034 Encontro 34.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 CONFERÊNCIA NACIONAL O GRANDE EXEMPLO DA PIPOCA Subsídio 034 Encontro 34."— Transcrição da apresentação:

1 1 CONFERÊNCIA NACIONAL O GRANDE EXEMPLO DA PIPOCA Subsídio 034 Encontro 34

2 E XEMPLO DE MUDANÇA O MILHO PIPOCA

3 3 D A DUREZA À MACIEZ n É a transformação que deve ocorrer nas pessoas para que venham a ser o que devem ser. n O milho pipoca não é o que deve ser. n Deve sim, ser aquilo que acontece depois do estouro. n Ele é como nós: duros, quebra-dentes, impróprios para sermos consumidos.

4 4 T RANSFORMAÇÃO PELO FOGO n Milho pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho pipoca para sempre. n Assim acontece com a gente, n As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.

5 5 T EIMOSIA E MESMICE n Pessoas que não passam pelo fogo ficam do mesmo jeito a vida inteira. n São pessoas de uma mesmice e de uma dureza assombrosas. Só elas não percebem. n Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.

6 6 O FOGO CHEGA DE REPENTE n O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos. n É a dor!

7 7 O FOGO QUE VEM DE FORA n Perder um amor, n Perder um filho, o pai, a mãe, esposa (o), n Perder o emprego, ficar doente, ficar pobre.

8 8 O O FOGO QUE VEM DE DENTRO n Pânico, medo, ansiedade, n Depressão, remorsos, sofrimentos, n As causas quase sempre ignoramos.

9 9 HÁ O RECURSO DO REMÉDIO n O fogo é apagado. n Sem o fogo, o sofrimento diminui. n É a possibilidade da grande transformação.

10 10 D ENTRO DA PANELA n Imaginemos o pobre milho pipoca fechado dentro da panela, lá dentro cada vez fica mais quente. n O milho pipoca pensa que sua hora chegou, vai morrer. n Dentro de sua casca dura, fechado em si mesmo, ele não pode imaginar destino diferente. Só pode ser o fim!

11 11 A GRANDE TRANSFORMAÇÃO n O milho pipoca não pode sequer imaginar a transformação que está sendo preparada. n O milho pipoca não imagina aquilo de que é capaz n Ai, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: BUM! n E ele aparece como uma outra coisa, completamente diferente, que ele mesmo nunca havia sonhado.

12 12 A TEIMOSIA DO PIRUÁ n Piruá é o milho pipoca que se recusa a estourar. n São aquelas pessoas que por mais que o fogo esquente, continuam se recusando a mudar. n Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.

13 13 CASCA DURA n A sua presunção e o medo são a dura casca que não estoura. n O destino delas é triste. n Ficarão duras a vida toda. n Não se transformarão na flor branca e macia. n Não darão alegria a ninguém!

14 14 P IPOCA OU PIRUÁ? n Terminando o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás. n Piruás não servem para nada, seu destino é o lixo.

15 15 E VOCÊ, O QUE É? n Uma pipoca estourada ou um piruá?

16 Partilhando questões:

17 17 Questão 01 n A que tipo de fogo o texto se refere?

18 18 Questão 02 n Qual deve ser o papel da Associação em relação às pessoas que não aceitam mudanças?

19 19 Questão 03 n Quais são os tipos de casca duras de que trata o texto? n Comente-os.

20 Partilhando respostas:

21 21 Resposta 01 n O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos. n É a dor! É o desafio! São os obstáculos que parecem intransponíveis!

22 22 Resposta 02 n Pessoas que não aceitam mudanças, não podem pertencer à Associações. Associações são criadas para promover mudanças.

23 23 Resposta 03 n Uma das cascas duras que não estoura é a presunção. Nem um míssil rompe esta casca. n Pessoas presunçosas s ão pessoas de uma mesmice e de uma dureza assombrosas. n Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. n O destino delas é triste.

24 24 n Outro tipo de casca dura é o medo. n Medo de se expor, medo de assumir, medo de morrer. n Assumir a missão é dar a vida, é morrer, morrer para si, morrer pelo irmão. n Quem tem medo de morrer, morre de medo!

25 25 n Subsídio elaborado a partir do texto: O Exemplo da Pipoca. n Desconheço o autor. Sc Antonio Rodrigues da Silva Conselheiro Nacional para a Formação Janeiro de 2000

26 26 Providências pós encontro n 1 – Distribuir texto: T n 2 – Comunicar próximo Encontro: RVA, artigos 39 e 40, subsídio PPT- 035.


Carregar ppt "1 CONFERÊNCIA NACIONAL O GRANDE EXEMPLO DA PIPOCA Subsídio 034 Encontro 34."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google