A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Empregabilidade dos Licenciados do IST do IST INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Professor Eduardo Pereira - Conselho Directivo 8 de Junho de 2003 ExpoEmprego.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Empregabilidade dos Licenciados do IST do IST INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Professor Eduardo Pereira - Conselho Directivo 8 de Junho de 2003 ExpoEmprego."— Transcrição da apresentação:

1 Empregabilidade dos Licenciados do IST do IST INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Professor Eduardo Pereira - Conselho Directivo 8 de Junho de 2003 ExpoEmprego Lisboa exposição nacional de emprego, empresas e mercado

2 Instituto Superior Técnico Conteúdos da Comunicação 1. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL DO IST 2. UNIVA - Unidade de Inserção na Vida Activa 3. APRESENTAÇÃO DAS LICENCIATURAS 4. EMPREGABILIDADE DOS LICENCIADOS 5. FORMAÇÃO PÓS-GRADUADA 8 de Junho de 2003

3 Instituto Superior Técnico 1. Apresentação Institucional PÓS-GRADUAÇÃO GRADUAÇÃO 22 LICENCIATURAS (8600 alunos) 4 PÓS-GRADUAÇÕES (130 alunos) 26 MESTRADOS (910 alunos) 21 DOUTORAMENTOS (600 alunos) 937 DOCENTES, 76% DOUTORADOS 564 NÃO DOCENTES 8 de Junho de 2003

4 Instituto Superior Técnico 2. UNIVA UNidade de Inserção na Vida Activa UNIVA EMPRESAS Apoio na elaboração de CVs e Cartas de Apresentação Divulgação de anúncios Organização do Career-Day Elaboração dos Guias de Finalistas Apresentações de empresas Acompanhamento de Licenciados Newsletter Formação ALUNOS 8 de Junho de 2003

5 Instituto Superior Técnico 3. Apresentação das Licenciaturas ENGENHARIAS TRADICIONAIS Eng. Civil Eng. Electrotécnica e de Computadores Eng. Geológica e Mineira Eng. Mecânica Eng. Química NOVAS ENGENHARIAS Eng. de Materiais Eng. e Arquitectura Naval Eng. Física Tecnológica Eng. Informática e de Computadores Eng. e Gestão Industrial Eng. do Território Eng. Aeroespacial Eng. do Ambiente CIÊNCIAS APLICADAS Matemática Aplicada e Computação Química Ciências Informáticas FUTURO Arquitectura Eng. Biológica Eng. Biomédica Eng. de Redes de Comunicação e Informação Eng. Electrónica 8 de Junho de 2003

6 Instituto Superior Técnico 4. EMPREGABILIDADE DOS LICENCIADOS 8 de Junho de 2003

7 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Capacidade de intervenção em projecto, concepção e execução de: edifícios pontes geotecnia e fundações hidráulica e recursos hídricos vias de comunicação urbanização e transportes Empresas de Planeamento, de Projecto e de Construção Administração Central, Local e Regional Licenciatura em Engenharia Civil 8 de Junho de 2003

8 16,7% 6,1% 33,3% 27,3% FUNÇÕES DE CONCEP. E PROJ. FUNÇÕES ADMINISTRATIVAS FUNÇÕES TÉCNICAS TÉCNICOS DE ADMIN. PÚBLICA OUTROS CompetênciasFunções Saídas ProfissionaisÁreas de Actividade Capacidade de intervir em produtos e serviços que utilizam a electricidade, e outras formas de energia, ao nível de: analise, especificação e projecto industrialização comercialização e utilização Empresas de Produção e Manutenção de Software Gabinetes de Estudos, Projectos e Consultadoria Operadores de Telecomunicações e Energia Sector Financeiro Fabricantes e Distribuidores de Equip. Eléctrico e Electrónico Outros Serviços Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores 8 de Junho de 2003

9 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Licenciatura em Engenharia Geológica e Mineira Prospecção, caracterização, exploração, tratamento e beneficiação dos recursos minerais Conservação e recuperação geoambiental Projecto e dimensionamento de obras geotécnicas Suporte à concepção e execução das grandes obras de engenharia (túneis, pontes, estradas, etc) Exploração Mineira Gabinetes de Projecto Administração Pública 8 de Junho de 2003

10 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Intervenção em equipamentos industriais, ao nível de: concepção fabrico controlo organização e gestão da produção automação e manutenção Licenciatura em Engenharia Mecânica Gabinetes de Projecto Serviços, Consultadoria e Actividades Técnico-Comerciais Indústrias de Fabricação de Equipamentos Mecânicos e Térmicos Empresas de Produção de Energia e Climatização Laboratórios de I&D Industriais 8 de Junho de 2003

11 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Comércio e Serviços Consultadoria Indústria Química e Petroquímica Indústria Farmacêutica Indústria Agro-Alimentar Indústria do Ambiente Indústria Têxtil I&D Licenciatura em Engenharia Química Capacidade para intervir em: projecto e implantação de instalações industriais na área das reacções químicas e processos físico-químicos I&D em novos produtos e processos funções nas áreas de optimização energética, controlo da qualidade e controlo da poluição 8 de Junho de 2003

12 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Licenciatura em Engenharia de Materiais Capacidade para integrar, desenvolver e aplicar diferentes tecnologias na: concepção desenvolvimento selecção avaliação da qualidade e desempenho dos Materiais Serviços Indústria Tradicional (metais ferrosos e não ferrosos; vidro; cerâmica; polímeros) Sectores Associados (materiais para electrónica; materiais naturais; materiais compósitos, novos materiais) 8 de Junho de 2003

13 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Concepção, projecto, construção, fiscalização, manutenção e reparação de veículos marítimos: navios de superfície submersíveis plataformas flutuantes e fixas embarcações de recreio e de desporto náutico Planeamento e gestão de operações marítimas e portuárias Indústria Naval (estaleiros navais; pescas; transportes marítimos; empresas armadoras) Empresas de Certificação Qualidade e Segurança Serviços e Consultadoria Administração Pública Central Licenciatura em Engenharia e Arquitectura Naval 8 de Junho de 2003

14 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade I&D Avançada em Física Teórica e Experimental Serviços Consultadoria Investigação Forense Análise Financeira Licenciatura em Engenharia Física Tecnológica Capacidade para acompanhar e participar nos processos de inovação tecnológica em Física e em áreas tecnológicas avançadas: instrumentação optoelectrónica e lasers processamento de materiais microelectrónica e nanotecnologias 8 de Junho de 2003

15 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Capacidade de análise, concepção, modelação, produção, operação e manutenção de: aplicações informáticas arquitecturas de computadores e redes aplicações de robótica sistemas de informação empresariais e multimédia Serviços (banca; seguros; turismo e cultura; multimédia) Indústria Administração Pública Licenciatura em Engenharia Informática e Computadores (Alameda e Taguspark) 19,8% 14,8% 13,6% 29,6% 22,2% ESPECIALISTAS INFORMÁTICA PROGRAMADORES/OPER. INFORMÁTICA CONCEPÇÃO E PROJECTO FUNÇÕES TÉCNICAS OUTROS 8 de Junho de 2003

16 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Capacidade para desenvolver actividades nas áreas de: gestão e direcção técnica da produção (gestão de tecnologias disponíveis) avaliação económica de projectos com apreciável comportamento tecnológico (avaliação do impacto de tecnologias alternativas) PMEs Industriais Holdings na Área Industrial Empresas de Consultadoria e Financeiras (bancos e sociedades de investimento) Departamentos de Estado Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial 8 de Junho de 2003

17 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Capacidades de planeamento, concepção e construção de infra-estruturas de: circulação e transporte saneamento básico tratamento de resíduos Capacidades para gestão de informação de base territorial Administração Central Empresas de Consultadoria e Gabinetes de Projecto Empresas de Desenvolvimento Urbano ou Regional Câmaras Municipais Parques e Reservas Naturais Licenciatura em Engenharia do Território 8 de Junho de 2003

18 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Intervenção em todas as fases do ciclo de vida de um veículo aeroespacial: concepção e projecto fabricação e ensaios operação e manutenção Serviços, Consultadoria e Indústria Empresas e Instituições Aeronáuticas Portuguesas e Europeias Empresas de Operação e Manutenção de Aviões Licenciatura em Engenharia Aeroespacial 8 de Junho de 2003

19 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Capacidade para análise e resolução de problemas ambientais e gestão de recursos naturais Capacidade de desempenhar funções na área de gestão ambiental: sistemas de informação ambiental planeamento e ordenamento avaliação de impacte ambiental tratamento de efluentes e resíduos Indústria Organismos Estatais e Privados relacionados com o Ambiente Empresas de Consultadoria Laboratórios e Instituições de Investigação e Monitorização Licenciatura em Engenharia do Ambiente 8 de Junho de 2003

20 CompetênciasFunções Saídas Profissionais Áreas de Actividade Licenciatura em Matemática Aplicada e Computação Capacidade de conceber, analisar e optimizar modelos com sólidos fundamentos matemáticos Motivação para a investigação após a integração profissional Capacidade de explorar aplicações de inovações científicas Competência para carreiras de ensino e investigação Serviços (banca, seguros, análise financeira) Indústria (telecomunicações, informática) Investigação (académica, industrial) Ensino (universitário, politécnico, secundário) 8 de Junho de 2003

21 Competências Saídas Profissionais Investigação, Ensino, Industria e Serviços nas áreas de : Química Fina Farmacêutica Agro-alimentar Análises Químicas e Microbiológicas Tecnologia Ambiental Engenharia Genética Licenciatura em Química Capacidades a nível teórico e experimental em todas as áreas de actuação da Química, desde a Química fundamental até áreas de fronteira como o Ambiente, as Ciências Biológicas ou a Ciência dos Materiais 8 de Junho de 2003

22 Competências Saídas Profissionais Capacidades ao nível das Ciências Informáticas independentes das alterações nos paradigmas e meios tecnológicos na área Sólida preparação nas bases científicas relevantes Ênfase em conhecimento invariante em detrimento de informação sobre tecnologia corrente Investigação Ensino Superior Carreira Informática Licenciatura em Ciências Informáticas 8 de Junho de 2003

23 Competências Saídas Profissionais Competências em diversos domínios da arquitectura numa perspectiva tecnológica, ao nível da: construção (materiais, estruturas, física das construções) inovação (novas soluções estruturais e estéticas) questões ambientais (envolvente bio-climática e impactes da construção) metodologias de projecto e produção (processos de geração e de comunicação de ideias e de formas) Gabinetes de Projecto Autarquias e Administração Central Empresas do Sector da Arquitectura, Engenharia e Construção (fabrico e construção) Empresas de Desenvolvimento de Software para o Sector da Arquitectura, Engenharia e Construção e da Multimédia Licenciatura em Arquitectura 8 de Junho de 2003

24 Competências Saídas Profissionais Capacidades em: concepção de processos, equipamentos e produtos característicos da Engenharia Biológica execução de projecto de Bio-Indústrias desenvolvimento em áreas multidisciplares das ciências e tecnologias biológicas e químicas, quer tradicionais quer ligadas às biotecnologias de base molecular Indústria (farmacêutica; cosmética; agroalimentar; área da saúde; química) Gabinetes de Projecto e Consultadoria Empresas Comerciais Organismos Estatais Ensino e Investigação Científica Licenciatura em Engenharia Biológica 8 de Junho de 2003

25 Competências Saídas Profissionais Ensino Superior Centros Médicos e Hospitalares Empresas Farmacêuticas Empresas de Instrumentação Médica Centros e Institutos de Investigação Licenciatura em Engenharia Biomédica (em colaboração com a Faculdade de Medicina de Lisboa) Integrar aspectos fundamentais e aplicações concretas da engenharia da investigação, diagnóstico e terapia das ciências médicas Numa interface entre várias engenharias e medicina, visa competências em projecto, ensaio, instalação e manutenção de equipamentos ligados à Instrumentação Biológica e Médica Actuação nas áreas de: detecção, medição e monitorização de sinais fisiológicos imagiologia médica análise de sistemas biológicos processos de terapêutica e reabilitação 8 de Junho de 2003

26 Competências Saídas Profissionais Empresas do Sector das Telecomunicações (fixas e móveis) Empresas do Sector de Informática (tecnologia da internet e computação móvel) Empresas do Sector de Serviços (banca, seguros, turismo) Empresas do Sector Industrial Administração Pública Licenciatura em Engenharia de Redes de Comunicação e de Informação Capacidade de lidar com problemas inerentes à especificação, projecto, operação e manutenção de sistemas distribuídos complexos, resultantes da interligação de plataformas computacionais e de redes de telecomunicações. 8 de Junho de 2003

27 Competências Saídas Profissionais Novas Tecnologias – Micro Electrónica, Nanotecnologias, Bio Electrónica Concepção de Sistemas Electrónicos Avançados envolvendo Hardware-software Operação e Serviços de Sistemas de Telecomunicações e Energia Manutenção Fabrico e Distribuição de Equipamento Eléctrico e Electrónico Avançado Serviços Licenciatura em Engenharia Electrónica Espectro largo de conhecimentos e capacidades, centrado nas tecnologias mais avançadas dos componentes, equipamentos e sistemas electrónicos modernos Capacidade criativa e capacidade de realização de sistemas electrónicos 8 de Junho de 2003

28 TEMPO DE ESPERA (1º emprego) MODO DE COLOCAÇÃO (1º emprego) REMUNERAÇÃO ILÍQUIDA (1º emprego) Instituto Superior Técnico 8 de Junho de 2003

29 Instituto Superior Técnico 4. FORMAÇÃO PÓS-GRADUADA 8 de Junho de 2003

30 Razões de Frequência Áreas e tipo de Formação Frequência Instituto Superior Técnico Formação Pós-Graduada Doutoramento (27,3%): Física 3,3% Química 2,5% Pós-Graduação (14,9%) : Gestão 2,5% Qualidade 2,5% Eng. Sanitária 1,7% Mestrado (42,1%): Eng. Mecânica 4,1% Eng. Estruturas 4,1% SIG`s 4,1% Especialização (9,9%): HST 5,8% Outra (1,7%) MBA (2,5%) Não 77,0% Sim (no IST) 9,9% Sim (outras inst.) 13,1% 8 de Junho de 2003

31 Instituto Superior Técnico GAEP Pós-Graduações ou Especializações Formação Contínua Formação Co-Financiada pelo FSE 8 de Junho de 2003

32 Instituto Superior Técnico ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CURSOS NÃO CONFERENTES DE GRAU 4 CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO: Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Segurança no Trabalho da Construção Tecnologia, Manutenção e Gestão Automóvel Sistemas de Informação (POSI) 8 de Junho de 2003

33 Instituto Superior Técnico CURSOS DE MESTRADO ORGANIZADOS EXCLUSIVAMENTE PELO IST Biotecnologia (Engenharia Bioquímica) Ciência e Engenharia dos Materiais Construção Engenharia da Concepção Engenharia de Estruturas Engenharia e Gestão da Tecnologia Engenharia Electrotécnica e de Computadores Engenharia Informática e de Computadores Engenharia Mecânica Física Georrecursos Hidráulica e Recursos Hídricos Inovação Tecnológica e Gestão Industrial Investigação Operacional e Engenharia de Sistemas Matemática Aplicada Sistemas de Informação Geográfica Transportes Urbanística e Gestão do Território 8 de Junho de 2003

34 Instituto Superior Técnico OUTROS CURSOS DE MESTRADO CURSOS DE MESTRADO EM PARCERIA COM OUTRAS ESCOLAS Ciência e Tecnologia dos Alimentos (exclusivamente da UTL) Planeamento Regional e Urbano (exclusivamente da UTL) Ciência e Engenharia das Superfícies Ecologia, Gestão e Modelação dos Recursos Marinhos Engenharia de Materiais Gestão Estratégica e Desenvolvimento do Turismo Geotecnia para Engenharia Civil Logística 8 de Junho de 2003

35 Escola de origem Instituto Superior Técnico Formação Pós-Graduada: Mestrados IST (58%) Outras Escolas Nacionais (41%) Outras Escolas Internacionais (1%) Licenciatura da área de Eng. 70% Licenciatura sem ser área Eng. 23% S/ resposta 7% Curso de origem 8 de Junho de 2003

36 Instituto Superior Técnico ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO - DOUTORAMENTO 21 ÁREAS DE DOUTORAMENTO Biotecnologia Ciências da Engenharia Engenharia Aeroespacial Engenharia do Ambiente Engenharia Civil Engenharia Electrotécnica e de Computadores Engenharia Física Engenharia Física Tecnológica Engenharia e Gestão Industrial Engenharia Informática e de Computadores Engenharia de Materiais Engenharia Mecânica Engenharia de Minas Engenharia Naval Engenharia Química Engenharia de Sistemas Engenharia do Território Física Matemática Planeamento Regional e Urbano Química 8 de Junho de 2003

37 Endereço Web 8 de Junho de 2003

38 Colaboradores Gabinete de Estudos e Planeamento Gabinete de Informação e Relações com o Exterior Marta Pile Luís Lourenço Rui Mendes Sílvia Santos Margarida Riscado


Carregar ppt "Empregabilidade dos Licenciados do IST do IST INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Professor Eduardo Pereira - Conselho Directivo 8 de Junho de 2003 ExpoEmprego."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google