A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CDL Uberaba CDL Uberaba. Um velho vivia sozinho em seu rancho. Ele queria cavar seu jardim, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CDL Uberaba CDL Uberaba. Um velho vivia sozinho em seu rancho. Ele queria cavar seu jardim, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente."— Transcrição da apresentação:

1 CDL Uberaba CDL Uberaba

2 Um velho vivia sozinho em seu rancho. Ele queria cavar seu jardim, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente o ajudava, infelizmente estava na prisão. O velho então escreveu a seguinte carta ao filho, reclamando de seu problema: Pouco depois o pai recebeu o seguinte telegrama" "PELO AMOR DE DEUS papai, não escave o jardim! Foi lá que escondi os corpos" Às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes do FBI e policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar nenhum corpo. Confuso, o velho escreveu outra carta para o filho contando o que acontecera. "Querido Filho! Estou triste porque, ao que parece, não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo porque sua mãe sempre adorava a época do plantio depois do inverno. Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar com o jardim, pois está na prisão. Com amor, Seu Pai" Esta foi a resposta do filho: "Pode plantar seu jardim agora, papai. Isso é o máximo que eu posso fazer no momento“. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO É TUDO PARA UMA EMPRESA Nada como uma boa estratégia para conseguir coisas que parecem impossíveis. Assim, é importante repensar nas pequenas coisas que muitas vezes, nós mesmos colocamos como obstáculos em nossas vidas.

3 CLIENTE CENTRO DAS ATENÇÕES 1o Lugar

4 CLIENTE MARKETING DE RELACIONAMENTO FIDELIDADE

5

6 CCCC OOOO MMMM PPPP OOOO RRRR TTTT AAAA MMMM EEEE NNNN TTTT OOOO D D D D OOOO CCCC OOOO NNNN SSSS UUUU MMMM IIII DDDD OOOO RRRR PPPP eeee rrrr ffff iiii llll d d d d oooo C C C C oooo nnnn ssss uuuu mmmm iiii dddd oooo rrrr DDDD eeee ssss eeee jjjj oooo ssss e e e e N N N N eeee cccc eeee ssss ssss iiii dddd aaaa dddd eeee ssss HHHH áááá bbbb iiii tttt oooo ssss d d d d eeee u u u u ssss oooo e e e e a a a a tttt iiii tttt uuuu dddd eeee ssss PPPP aaaa pppp éééé iiii ssss d d d d eeee C C C C oooo mmmm pppp rrrr aaaa

7 Perfil do Consumidor Perfil do Consumidor - Q- Q- Q- Q uuuu aaaa llll é é é é o o o o p p p p eeee rrrr ffff iiii llll c c c c uuuu llll tttt uuuu rrrr aaaa llll - Q- Q- Q- Q uuuu aaaa llll é é é é o o o o p p p p eeee rrrr ffff iiii llll s s s s oooo cccc iiii aaaa llll - Q- Q- Q- Q uuuu aaaa llll é é é é o o o o p p p p eeee rrrr ffff iiii llll p p p p eeee ssss ssss oooo aaaa llll ---- Q Q Q Q uuuu aaaa llll é é é é o o o o p p p p eeee rrrr ffff iiii llll p p p p ssss iiii cccc oooo llll óóóó gggg iiii cccc ooooESTUDO - CONSUMIDOR

8 Desejos e Necessidades Desejos e Necessidades - E- E- E- E ssss tttt áááá s s s s aaaa tttt iiii ssss ffff eeee iiii tttt oooo c c c c oooo mmmm o o o o s s s s eeee rrrr vvvv iiii çççç oooo ???? - D- D- D- D oooo q q q q uuuu eeee o o o o c c c c oooo nnnn ssss uuuu mmmm iiii dddd oooo rrrr m m m m aaaa iiii ssss g g g g oooo ssss tttt aaaa n n n n oooo s s s s eeee rrrr vvvv iiii çççç oooo ???? ---- D D D D oooo q q q q uuuu eeee o o o o c c c c oooo nnnn ssss uuuu mmmm iiii dddd oooo rrrr m m m m eeee nnnn oooo ssss g g g g oooo ssss tttt aaaa ???? ---- D D D D oooo q q q q uuuu eeee o o o o c c c c oooo nnnn ssss uuuu mmmm iiii dddd oooo rrrr g g g g oooo ssss tttt aaaa rrrr iiii aaaa q q q q uuuu eeee f f f f oooo ssss ssss eeee mmmm oooo dddd iiii ffff iiii cccc aaaa dddd oooo n n n n oooo s s s s eeee rrrr vvvv iiii çççç oooo ???? ---- P P P P oooo rrrr q q q q uuuu eeee o o o o c c c c oooo nnnn ssss uuuu mmmm iiii dddd oooo rrrr c c c c oooo nnnn ssss oooo mmmm eeee o o o o s s s s eeee rrrr vvvv iiii çççç oooo ????ESTUDO - CONSUMIDOR

9 Hábitos de uso e atitudes Hábitos de uso e atitudes CCCC oooo mmmm oooo o o o o c c c c oooo nnnn ssss uuuu mmmm iiii dddd oooo rrrr c c c c oooo mmmm pppp rrrr aaaa ? ? ? ? OOOO nnnn dddd eeee p p p p rrrr eeee ffff eeee rrrr eeee c c c c oooo mmmm pppp rrrr aaaa rrrr ? ? ? ? CCCC oooo mmmm oooo d d d d eeee cccc iiii dddd eeee a a a a c c c c oooo mmmm pppp rrrr aaaa ? ? QQQQ uuuu aaaa nnnn tttt oooo e e e e llll eeee c c c c oooo mmmm pppp rrrr aaaa ( ( ( ( gggg rrrr aaaa nnnn dddd eeee,,,, m m m m éééé dddd iiii oooo o o o o uuuu pppp eeee qqqq uuuu eeee nnnn oooo v v v v oooo llll uuuu mmmm eeee )))) ? ? ? ?ESTUDO - CONSUMIDOR

10 Papéis de Compra Papéis de Compra - Q Quem é o iniciador da compra? (quem lança a idéia). - Q Quem é o influenciador? (quem influencia o tomador de decisão). - Q Quem decide a compra? (que é quem toma a decisão final). - Q Quem é o comprador? (quem efetiva a compra). - Quem é o usuário do serviço? (quem usa o serviço).ESTUDO - CONSUMIDOR

11 PRODUTOS SERVIÇOS

12

13

14

15 ANÁLISE MERCADOLÓGICA ANÁLISE DE PORTFÓLIO MATRIZ BCG BOSTON CONSULTING GROUP QUAL É A POSIÇÃO ATUAL DO PORTFÓLIO DE PRODUTOS EM RELAÇÃO AO CRESCIMENTO DO MERCADO EM QUE ATUA E SUA PARTICIPAÇÃO DO MESMO QUAL É A POSIÇÃO ATUAL DO PORTFÓLIO DE PRODUTOS EM RELAÇÃO AO CRESCIMENTO DO MERCADO EM QUE ATUA E SUA PARTICIPAÇÃO DO MESMO UTILIZAR A MATRIZ COMO RECURSO GRÁFICO, DE VISUALIZAÇÃO E, DENTRO DO CONCEITO DE IMPACTO NO CAIXA DA EMPRESA UTILIZAR A MATRIZ COMO RECURSO GRÁFICO, DE VISUALIZAÇÃO E, DENTRO DO CONCEITO DE IMPACTO NO CAIXA DA EMPRESA

16 ANÁLISE MERCADOLÓGICA ESTRELA ALTO Índice de Crescimento da Indústria Índice de Crescimento da Indústria BAIXO VACA LEITEIRA CRIANÇA PROBLEMA ABACAXI Participação de Mercado Relativa Participação de Mercado Relativa ALTO BAIXO

17 ANÁLISE AMBIENTAL FOFA x SWOT INTERNO FORÇAS FRAQUEZAS EXTERNA OPORTUNIDADES AMEAÇAS

18 CRIANÇA PROBLEMA ESTRELA VACA LEITEIRA ABACAXI

19 Objetivos Metas Estratégias

20 ECONOMIA DIGITAL DESAFIOS E OPORTUNIDADES

21 CRIAÇÃO E MANUTENÇÃO Profissionais PROGRAMADOR WEB WEB DESIGN Foco no Projeto

22 BASES DE TRANSAÇÕES B2B B2C

23 BASES INFORMACIONAIS Business to Business Nome dado ao comércio eletrônico associado a operações de compra e venda, de informações, de produtos e de serviços através da Internet ou através da utilização de redes privadas partilhadas entre parceiros de negócios, substituindo assim os processos físicos que envolvem as transações comerciais. B2BB2B

24 BASES INFORMACIONAIS Business-to-consumer Comércio efetuado diretamente entre a empresa produtora, vendedora ou prestadora de serviços e o consumidor final, através da Internet *consumidor - não necessariamente cliente, pois o consumidor pode estar ainda a conhecer os produtos e serviços). B2CB2C

25 DESAFIOS: IMPLEMENTAÇÃO B2CB2C MUDANÇA ORGANIZACIONAL Para o êxito da transformação de um negócio tradicional para um comércio eletrônico B2C, deve haver uma mudança radical organizacional. Isto torna-se particularmente difícil, devido à forte resistência à mudança por parte dos trabalhadores.

26 DESAFIOS: IMPLEMENTAÇÃO B2CB2C REDESENHO DO NEGÓCIO Existem profundas diferenças na forma como funciona um estabelecimento comercial tradicional e a forma como uma empresa de comércio eletrônico realiza as suas funções. Re-concepção e racionalização dos processos existentes de acordo com a nova forma de negócio

27 MODELO DE NEGÓCIO COMERCIANTECOMERCIANTE

28 COMERCIANTECOMERCIANTE

29 COMERCIANTECOMERCIANTE

30 REDES SOCIAIS NAS EMPRESAS Uma rede social é uma estrutura social composta por pessoas (ou organizações, territórios, etc.) - designadas como nós – que estão conectadas por um ou vários tipos de relações (de amizade, familiares, comerciais, sexuais, etc.), ou que partilham crenças, conhecimento ou prestígio.

31 REDES SOCIAIS NAS EMPRESAS FACEBOOK MYSPACE TWITTER YOUTUBE FLICKR LinkedIN ORKUT BLOG SLIDESHARE

32 REDES SOCIAIS NAS EMPRESAS Muitas empresas tem receio de utilizar redes sociais dentro das empresas alegando que haverá queda na produtividade de seus funcionários Isso prova, como sempre, que as pessoas preocupam-se mais em identificar os problemas do que em enxergar as oportunidades presentes em certas decisões

33 LINKS PATROCINADOS BUSCADORESBUSCADORES GOOGLE GOOGLE YAHOO CADÊ Yahoo BING ALTAVISTA

34 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

35 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

36 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

37 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

38 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

39 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

40 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

41 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

42 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

43 DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS DICAS PARA UM MARKETING DE RESULTADOS

44 Alex Sandro Souza de Oliveira 55 (34) / (34)


Carregar ppt "CDL Uberaba CDL Uberaba. Um velho vivia sozinho em seu rancho. Ele queria cavar seu jardim, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google