A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DISCIPULANDO OS COMUNS A grandeza do cristianismo é que ele abrangeu o mundo com o testemunho de pessoas que eram, em sua maioria, analfabetas e sem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DISCIPULANDO OS COMUNS A grandeza do cristianismo é que ele abrangeu o mundo com o testemunho de pessoas que eram, em sua maioria, analfabetas e sem."— Transcrição da apresentação:

1

2 DISCIPULANDO OS COMUNS

3 A grandeza do cristianismo é que ele abrangeu o mundo com o testemunho de pessoas que eram, em sua maioria, analfabetas e sem sofisticação. Embora não haja nada errado com a educação, as pessoas que conhecem suas limitações e confiam na orientação de Deus, certamente podem realizar coisas extraordinárias para Ele!

4 Caminhando junto ao mar da Galiléia, viu os irmãos Simão e André, que lançavam a rede ao mar, porque eram pescadores. Disse-lhes Jesus: Vinde após Mim, e Eu vos farei pescadores de homens. Então, eles deixaram imediatamente as redes e O seguiram. Marcos 1:16-18

5 Aceitar que todos são importantes para Deus. Teoricamente, Seus seguidores são cegos às distinções de classe. Aceitar que todos são importantes para Deus. Teoricamente, Seus seguidores são cegos às distinções de classe. Sentir que mesmo em nossa simplicidade, Deus vê algo valioso em cada um de nós. Sentir que mesmo em nossa simplicidade, Deus vê algo valioso em cada um de nós. Viver como filhos de Deus em uma sociedade que valoriza as distinções artificiais, como etnia, nacionalidade, condição econômica e educação. Viver como filhos de Deus em uma sociedade que valoriza as distinções artificiais, como etnia, nacionalidade, condição econômica e educação.

6 A igreja de Cristo é composta de muitos membros comuns que são essenciais para o sucesso contínuo da igreja em sua comunidade. Embora sejamos comuns de acordo com a definição utilizada na lição, isso não significa que sejamos todos iguais. Na verdade, somos todos únicos, e o fato de que fomos chamados para ser discípulos de Cristo sugere que Ele vê algo em nós que pode usar para contribuir exclusivamente para o seu reino.

7 O Criador de tudo o que foi feito entrou na humanidade, não apenas como ser humano, não apenas como criança, o que já teria sido muito surpreendente, mas Ele nasceu em uma família relativamente pobre. Jesus assumiu sua humanidade no lar de pessoas comuns....Essa experiência serviu-Lhe de salvaguarda. Em sua laboriosa vida não havia momentos ociosos para convidar a tentação. Humildes começos

8 Pessoas comuns compartilham desejos físicos, emocionais e sociais. Jesus compreendia essas características e Se colocava em situações sociais que Lhe oferecesse oportunidades para alcançar pessoas por meio desses desejos universais. Muitas vezes Jesus procurava pessoas consideradas comuns porque, não sendo autossuficientes, elas estavam dispostas a confiar em Deus completamente para alcançar sucesso. Transformando os comuns

9 Pedro certamente teve muitas experiências poderosas com o Senhor. Embora fosse apenas um pescador comum, cheio de defeitos, os muitos momentos passados ao lado de Jesus fizeram com que Pedro fosse radicalmente transformado. Pela paciência e tolerância, Jesus transformou o defeituoso Pedro em alguém que ajudou a mudar a história. O chamado de um falho pescador

10 Com Cristo não existiam distinções de classe. Ninguém era comum cada um era uma exceção. Em sua ação evangelística, os modernos formadores de discípulos também devem ter muito cuidado para não dar a impressão de que tem mais consideração por alguns do que por outros. Ellen White escreveu que Cristo teria morrido por uma só pessoa, a fim de que ela pudesse viver pelos séculos eternos. Avaliação celestial

11 Talvez a característica mais atrativa do cristianismo primitivo tenha sido a ausência de distinções de classe. Em Cristo, todos somos iguais, porque todos recebem a mesma salvação. Carpinteiros, cobradores de impostos, construtores, rainhas, empregados domésticos, sacerdotes, gregos, romanos, homens, mulheres, ricos e pobres se tornavam iguais no reino da graça de Cristo. Um sociedade sem classes

12 Nessa obra finalizadora do evangelho haverá um vasto campo a ser ocupado; e mais do que nunca a obra deve arregimentar dentre o povo comum, elementos para auxiliar. Tanto jovens como os de maior idade, serão chamados dos campos, das vinhas, das oficinas, e enviados pelo Mestre a dar Sua mensagem. Educação, 269, 270 Estudo adicional

13 Jesus se sentia à vontade em qualquer situação. Ricos e pobres, jovens e idosos, todos se sentiam confortáveis na Sua presença. Diante da Cruz somos todos iguais, pecadores necessitados da graça de Deus.


Carregar ppt "DISCIPULANDO OS COMUNS A grandeza do cristianismo é que ele abrangeu o mundo com o testemunho de pessoas que eram, em sua maioria, analfabetas e sem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google