A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Poluição Sonora Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal de Campina Grande.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Poluição Sonora Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal de Campina Grande."— Transcrição da apresentação:

1 Poluição Sonora Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal de Campina Grande Centro de Tecnologia e Recursos Naturais Área de Engenharia de Recursos Hídricos Pós-Graduação em Engenharia Civil e Ambiental

2 Som Resultado audível da vibração mecânica, que se propaga de forma ondulátória na matéria, dos corpos. Aumentos e reduções periódicas da densidade do ar, ou seja, compressão e rarefação. Toda e qualquer vibração ou onda mecânica em um meio elástico dentro da faixa de audio- freqüência.

3 Propagação do Som

4

5 Características do Som Propaga-se a – 345m/s no ar – 1430m/s na água (CNTP) Intensidade ou Amplitude – Idéia de volume ou pressão sonora. Altura – Distinção de sons agudos e graves – Relaciona-se com a freqüência do som Quanto maior for a freqüência da onda deste som, maior será a altura dele. – Maior freqüência, menor período. Maior altura, sons agudos Menor altura, sons graves – Freqüência: velocidade de vibração

6 Decibel Unidade logarítmica para formar uma escala de níveis de sinal, aplicada a níveis de potência ou grandezas cujo quadrado seja proporcional a potência. Necessidade de um valor de referência. Tensão, corrente elétrica, pressão sonora....

7 Pressão Sonora NPS = 10 log P 2 / P 0 2 = 20 log P/P 0 NPS = nível de pressão sonora, em dB P = pressão sonora medida por instrumento; P 0 = pressão de referência (menor pressão audível) - 2 x N/m 2 (Pa) Limiar da dor aproximadamente 200Pa

8 Intensidade e Potência Sonora Intensidade – Io= W/m² Potência – Wo= w Limiar da dor: 1 W

9

10

11 Exemplo Duas fontes sonoras, de 100 e outra de 85 db. Qual a intensidade sonora final? – 10log I 1 = 100 log I 1 = 10 I 1 = 1 x 10 10, por outro lado I 2 = 1 x 10 8,5 Daí, I f =10log (I 1 + I 2 ) I f =10log(1 x x 10 8,5 ) I f =100,135 dB

12 Avaliação do Som

13 Altura do Som

14 São considerados sons graves aqueles situados na faixa que vai de 20 Hz a 200 Hz. A faixa dos sons médios situa-se entre 200 Hz e 2 kHz. Acima de 2 kHz até 20 kHz, situam-se os sons agudos O homem é capaz de ouvir o som na faixa entre 20Hz a 20000Hz Infra som < 20 Hz Ultra som > 20000Hz

15 Altura do Som e Distinção de Ruído

16 Características

17 Som Refletido Eco – som refletido retorna à fonte num intervalo de tempo a 1/10 de segundo; – obstáculo deverá estar situado a uma distância > que 17 m Reverberação: – som refletido retorna à fonte num intervalo de tempo < que 1/10 de segundo; – obstáculo deverá estar situado a uma distância < que 17 m Fenômeno característico de recintos fechados, cujo controle é de suma importância em auditórios, teatros e estúdios.

18 Características

19 Poluição Sonora Uma fonte sonora ou um conjunta delas que proporcionem conseqüências negativas a uma comunidade. Qualquer alteração das propriedades físicas do meio ambiente, causada por som puro ou conjugação de sons, admissíveis ou não, que direta ou indiretamente seja nociva à saúde, segurança e ao bem.

20 Poluição Sonora Poluição do Ar Poluição sonora – não é resultado de resíduos – acontece em todos os locais – requer proximidade com a fonte – permanece como algo ainda não passível de protestos

21 Ruído / Barulho Qualquer sensação sonora indesejável. Som Indesejável: – Características – Momento – Sensibilidade

22 Fontes Trânsito (automóveis) Aparelhos de Som Pessoas (vizinhança) Aviões Movimentos

23 Classificação Contínuo: mantém-se no tempo Intermitente: ocorrência de intervalos com dissipação de pressão Impulsivo: provenientes de explosões Impacto: proveniente de choques mecânicos

24 Níveis de Ruído

25 Índices de Ruído Vários índices desenvolvido para a medição do ruído em decibéis: – L 10 : Define o nível de ruído ultrapassado por 10% das medidas isoladas. Corresponde a 10% do tempo de medições. – L 90 : É o nível abaixo do qual se situa apenas 10% das medições. Nível que é ultrapassado 90% do tempo. – L 50 : É o nível mediano, ou seja, a média das medidas isoladas.

26 Conseqüências Zumbido; Deterioração do reconhecimento da fala (efeito de máscara); Perda de atenção, concentração e memória; Nervosismo, ansiedade e agressividade; Dores de cabeça, tonturas, constrição dos vasos sanguíneos periféricos, Conseqüências do Ruído perturbações circulatórias, taquicardia; Dilatação da pupila; Gastrite, úlcera, alterações do apetite e do sono; Surdez; Liberação de noradrenalida, adrenalina (hormônios do medo, da raiva e da ansiedade. É por causa dessa liberação de hormônios que muitas pessoas acham que ouvir música em intensidade moderada não dá emoção ou não tem graça).

27 Medidas de Controle Na fonte: substituição de tecnologias ruidosas; boa lubrificação, ajuste e regulagem nos equipamentos; uso de materiais amortecedores. Na trajetória: através da segregação, confinamento, barreiras e tratamento acústico das superfícies. No pessoal: exames médicos; limitação do tempo de exposição ao ruído; uso de equipamentos de proteção individual (EPI).

28 Medidas de Controle

29 Poluição sonora como contravenção penal Art. 42. Perturbar alguém o trabalho ou o sossego alheios: I – com gritaria ou algazarra; II – exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais; III – abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos; IV – provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem guarda. Pena – prisão simples, de 15 dias a 3 meses, ou multa. Há muito tempo se preocupa com a poluição sonora, prova disso é o disposto no artigo 42, do Decreto-lei 3.688/41, que institui a Lei das Contravenções Penais

30 Resoluções / Conama Resolução CONAMA N.º 001 de 08 de março de 1990 Estabelece que a emissão de ruídos em decorrência de quaisquer atividades industriais, comerciais, sociais ou recreativas, inclusive as de propaganda política, não devem ser superiores aos considerados aceitáveis pela Norma NBR – Avaliação do Ruído em Áreas Habitadas Visando o Conforto da Comunidade, da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

31 R ESOLUÇÕES / C ONAMA Resolução CONAMA - N.º 002 de 08 de março de 1990 Instituiu em caráter nacional o programa nacional Educação e Controle da Poluição Sonora – Silêncio. Entre seus objetivos, está o de divulgar junto à população, através dos meios de comunicação disponíveis, matéria educativa e conscientizadora dos efeitos prejudiciais causados pelo excesso de ruído; e introduzir o tema "poluição sonora" nos cursos secundários da rede oficial e privada de ensino, através de um Programa de Educação Nacional.

32 R ESOLUÇÕES / C ONAMA Resolução CONAMA - N.º 02/1993 Estabelece limites máximos de ruído com veículos em aceleração e na condição parado, para motocicletas, motonetas, triciclos, ciclomotores, bicicletas com motor auxiliar e veículos assemelhados, nacionais ou importados. Alterada pela Resolução CONAMA N.º 268/00 que altera a Resolução nº 02, de 11/02/1993, que estabelece limites máximos de ruído com o veículo em aceleração e na condição parado, para motocicletas, motonetas, triciclos, ciclomotores, bicicletas com motor auxiliar e veículos assemelhados, nacionais e importados.

33 R ESOLUÇÕES / C ONAMA Resolução CONAMA – N.º 20/1994 Instituiu a obrigatoriedade do uso do Selo Ruído em eletrodomésticos produzidos e importados e que gerem ruído no seu funcionamento.

34 R ESOLUÇÕES / C ONAMA O SELO RUÍDO objetiva dar ao consumidor informações sobre o ruído emitido por eletrodomésticos, possibilitando ao mesmo fazer a escolha do produto mais silencioso, bem como incentivar a fabricação de produtos com menor nível de ruído.

35 Vídeos e Links Ótima Didática – Nuclear Assault –Critical Mass – Pear Jam – Do The Evolution –

36 Exercício Havendo uma fonte sonora cujo nível decibel é de 75, qual sua intensidade sonora?


Carregar ppt "Poluição Sonora Disciplina: Ciências do Ambiente Estagiário Docente: José Guimarães Professora Doutora Márcia Maria Universidade Federal de Campina Grande."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google