A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Proteção Auditiva Existem coisas que nós não precisamos perder. A audição é uma delas. Proteja – se! Proteção Auditiva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Proteção Auditiva Existem coisas que nós não precisamos perder. A audição é uma delas. Proteja – se! Proteção Auditiva."— Transcrição da apresentação:

1

2 Proteção Auditiva

3 Existem coisas que nós não precisamos perder. A audição é uma delas. Proteja – se! Proteção Auditiva

4 Conhecendo o Risco O som é uma vibração que se propaga pelo ar em forma de ondas e que é percebida pelo ouvido humano. É uma sensação agradável, em nível suportável e que não irrita. Ele pode ser mais ou menos perigoso dependendo da sua freqüência e intensidade. O SOM

5 O ruído é um som prejudicial à saúde humana que causa sensação desagradável e irritante. Além disso, o grau de risco também depende de outros fatores como tempo de exposição. Conhecendo o Risco RUÍDO

6 Reconhecimento do agente físico O ruído ou barulho pode ser percebido: Quando interfere na comunicação entre as pessoas Quando se aumenta o tom de voz para se comunicar Quando interfere na atividade intelectual ou concentração Quando a intensidade do som está acima do Limite de Tolerância estabelecido por Lei (é necessário aferir o ruído com medidor de nível de som ou decibelimetro)

7 Reconhecimento do agente físico Quando o ruído se torna um risco para a saúde ? R. Quando a intensidade do som está acima do Limite permitido por Lei. Portaria 3.214/78, NR 15, Anexo 1 IntensidadeTempo Limite de Exposição* 85 dB (A)8 horas 86 dB (A)7 horas 87 dB (A)6 horas 88 dB (A)... 5 horas...

8

9 Efeitos à saúde causados pelo ruído Efeitos do ruído à audição. Trauma acústico: surdez provocada por um ruído repentino Perda auditiva temporária: a audição se recupera em 24 horas Perda auditiva permanente : a perda da audição é definitiva

10 Efeitos à saúde causados pelo ruído Efeitos do ruído no ambiente de trabalho. Problemas de comunicação: causa erro na interpretação das palavras Baixa concentração: causa falhas na realização de tarefas Provoca desconforto: causa incômodo Nervosismo: causa irritabilidade Cansaço: causa stress e indisposição Baixo rendimento: causa queda na produção Provoca acidentes: causa atos inseguros

11 Efeitos à saúde causados pelo ruído Efeitos do ruído sobre o organismo. Estreitamento dos vasos sanguíneos Aumento da pressão sanguínea Contração muscular Ansiedade e tensão Alterações menstruais na mulher Impotência sexual no homem (o ruído brocha!!!) Zumbido IMPORTANTE: A perda da audição é progressiva e gradual, ela ocorre depois de alguns anos, então a audição não se recupera. Por isso, a perda auditiva é irreversível.

12 FREQÜÊNCIA A freqüência medida em Hertz (Hz), é a quantidade de ondas de um som propagado no tempo de 1 segundo.Os sons de baixa freqüência são chamados de graves e os de alta freqüência de agudo. INTENSIDADE A intensidade, medida em decibel (dB), é a força ou pressão que o som exerce nos nossos ouvidos. É conhecido como altura, volume. Um lugar tranqüilo tem sons de baixa intensidade, enquanto que uma máquina ruidosa tem alta intensidade. Quando a intensidade alcança altos valores, o som se transforma em risco para audição dos trabalhadores. Conhecendo o Risco

13 Fatores que Influenciam 1 – Tempo de exposição,quanto maior este tempo maior o perigo 2 – Tipo de Ruído: Pode ser Continuo (sem parar), Intermitente (ocorre de vez em quando) ou de impacto ( Ocorre de repente).

14 3 – Distancia da Fonte Geradora: Quanto mais próximo Maior o perigo. 4 – Intensidade; Quanto maior a intensidade, maior O risco para o trabalhador Fatores que Influenciam

15 Agentes Químicos e Perdas na Audição Exposição a certos agentes químicos também podem resultar em perda auditiva. Em situações nas quais pode haver exposições simultâneas à ruído e n-butanol, monóxido de carbono, chumbo, manganês, estireno, tolueno ou xileno, recomenda-se a realização de audiomentrias periódicas, que devem ser cuidadosamente revisadas. Outras substâncias sob estudos acerca de efeitos ototóxicos são: arsênico, dissulfeto de carbono, mercúrio e tricloroetileno. Fatores que Influenciam

16 Medições e Avaliações O conjunto de medições deve ser representativo das condições reais de exposição do grupo, com os períodos adequadamente escolhidos, entendendo e considerando os ciclos de trabalho nos processos (ciclos repetitivos; ciclos não regulares). As medições não devem interferir nas condições de trabalho e devem ser realizadas medições isoladas de exposições não rotineiras, além de serem coletadas informações administrativas e de campo, essenciais para interpretação dos resultados e tomada de decisões. Medições e Avaliações

17 Tipos de Avaliações e Instrumentação Nas avaliações básicas do ruído, um medidor instantâneo de nível de pressão sonora (decibelímetro) pode ser utilizado para identificar as áreas de trabalho onde claramente não existe um problema de ruído e as áreas as quais existe um potencial de ambiente perigosamente ruidoso. Medições e Avaliações

18 Tipos de Avaliações e Instrumentação As avaliações básicas de ruído determinam os departamentos onde os trabalhadores podem necessitar serem incluídos no PCA devido aos resultados das exposições diárias ao ruído. (uma combinação entre os níveis de ruído e sua correspondente duração da exposição). Medições e Avaliações

19 Tipos de Avaliações e Instrumentação Nas avaliações detalhadas do ruído, um medidor instantâneo de nível de pressão sonora (decibelímetro) e um cronômetro e/ou um medidor integrador de uso pessoal (dosímetro) podem ser utilizados para estimar a dose diária de ruído de um trabalhador e a equivalente média ponderada no tempo. Medições e Avaliações

20 Tipos de Avaliações e Instrumentação Dosimetria de Ruído – Monitoramento Pessoal da Exposição A Dosimetria deve ser realizada sempre que se desejar informações de exposição da população que não assume uma posição fixa junto a um equipamento, e sim, possui uma rotina de trabalho por várias áreas ou locais da empresa. Porém, sabe-se que praticamente não existem tarefas profissionais nas quais o indivíduo é exposto a um único e perfeitamente constante nível de ruído durante a jornada. O que ocorre são exposições por tempos variados a níveis variados de ruídos. Medições e Avaliações

21 Medições e Avaliações


Carregar ppt "Proteção Auditiva Existem coisas que nós não precisamos perder. A audição é uma delas. Proteja – se! Proteção Auditiva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google