A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vetores e Matrizes Laboratório de ICCN Marco Antonio Montebello Júnior

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vetores e Matrizes Laboratório de ICCN Marco Antonio Montebello Júnior"— Transcrição da apresentação:

1 Vetores e Matrizes Laboratório de ICCN Marco Antonio Montebello Júnior

2 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Vetores e Matrizes É uma variável que constitui-se de um conjunto de posições de memória, capaz de armazenar um certo número de valores de acordo com o número de posições de memória especificadas na declaração da mesma; Cada posição de memória é localizada na variável através de um ou mais índices.

3 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Vetores e Matrizes Uma variável indexada através de um único índice é denominada vetor; Uma variável indexada por dois índices é denominada matriz bidimensional. As demais são denominadas genericamente de matrizes multidimensionais.

4 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Vetores e Matrizes Atenção!!! C não verifica o índice (i) usado, assim deve- se assumir valores dentro dos limites válidos; Se o programador não tiver atenção com os limites de válidos para os índices, ele corre o risco de ter variáveis sobrescritas ou de ver o computador travar; A índice sempre se inicia em 0 (zero).

5 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Vetores Declaração: tipo nome_da_variável [tamanho]; Exemplo: intiNota[10];

6 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Vetores Inicialização: tiponome_matriz[tamanho] = {valor, valor,...} Exemplo: int iNota[10]={50, 20, 9, 5, 1, 0, 10, 6, 4, 5};

7 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Vetores Receber um vetor de 10 elementos inteiros e exibi-los na tela. (Sem utilização de variável auxiliar). Altere o exercício anterior, e multiplique os valores de índice ímpar por 10 e os valores de índice par por 5.

8 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Vetores Receber um vetor de 10 elementos de tipo float e exibir na tela o maior e o menor números. Receber o nome completo do usuário e armazená-lo em um vetor. Logo após mostrá-lo de forma soletrada, ou seja, cada letra deve ser exibida na tela separada por um hífen.

9 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Vetores Receber um vetor de 10 elementos, colocá-los na ordem crescente e exibir na tela. Receber um vetor A com 15 elementos. Construir um vetor B do mesmo tipo e tamanho, sendo que cada elemento de B seja o triplo do elemento correspondente de A.

10 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Vetores Supondo uma classe de 15 alunos, fazer um programa que recebe e armazena em vetores 2 notas de cada aluno. Verificar se as notas estão no intervalo de 0 a 10. Se não estiverem, insistir para que o usuário digite a nota correta. Calcular a média das notas dos 15 alunos e verificar: Se media >= 7, então imprimir APROVADO Se 4 <= media < 7, então imprimir EXAME Se media < 4, então imprimir REPROVADO

11 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Vetores Receber um vetor de 10 elementos e depois colocar-lo em ordem inversa no mesmo vetor. (Não é permitida a utilização de um vetor auxiliar) Criar um vetor de 10 elementos e inicializar os 5 primeiros elementos do mesmo. Receber os outros 5 elementos restantes, sempre na 1a. posição do vetor (índice 0).

12 Matrizes Laboratório de ICCN Marco Antonio Montebello Júnior

13 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Matrizes A declaração de uma matriz multidimensional é muito parecida com a declaração de um vetor: tipo nome_da_variável [linha][coluna]...; Quando vamos preencher ou ler uma matriz na Ling. C o índice mais à direita varia mais rapidamente que o índice à esquerda. Vale lembrar que os índices iniciam-se em 0 e vão até o número declarado menos 1. Além disso o controle desses índices é de responsabilidade do programador.

14 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Matrizes Exemplo de matriz bidimensional matriz[5][6] matriz[L][C]

15 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Matrizes Sintaxe: tipo nome_matriz[linhas][colunas]; tipo nome_matriz[profundidade][linhas][colunas]; Exemplos: float notas[50][2]; int matriz[2][2][3];

16 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Referenciando elementos de uma matriz Exemplo int matriz[3][4] = {{1, 2, 3, 4}, {5, 6, 7, 8}, {9, 10, 11, 12}}; matriz[1][1] armazena o número 6

17 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Matrizes Criar um programa que receba 15 números float em uma matriz 3 x 5 e exiba-os na tela; Alterar o programa anterior de forma que sejam exibidos o maior e o menor números; Crie um programa que armazena 10 nomes de no máximo 50 caracteres em uma matriz bidimensional;

18 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Matrizes Criar um programa em linguagem C que receba 2 notas para 50 alunos e armazene em uma matriz (utilizar matriz bidimensional para armazenar as notas). Exibir a média de cada aluno.

19 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercícios – Matrizes Criar um programa em linguagem C que multiplique duas matrizes (A e B) e armazene o resultado em uma terceira matriz (R). Considerações A matriz A deve ter 3 linhas e 2 colunas; A matriz B deve ter 2 linhas e 3 colunas; As matrizes A e B devem ser preenchidas pelo usuário.

20 Introdução a Computação e Cálculo Numérico - Lab Exercicios – Matrizes Faça um programa em Linguagem C que receba uma Matriz A 3x3 e gere uma Matriz B 3x3 onde a mesma é a transposta da Matriz A. Matriz transposta é quando os dados da linha viram coluna


Carregar ppt "Vetores e Matrizes Laboratório de ICCN Marco Antonio Montebello Júnior"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google