A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como falar em e para o público José Geraldo ( GERA ) Ator, Apresentador, Mestre de cerimonias, Dublador, Radialista, Jornalista, Locutor voz padrão do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como falar em e para o público José Geraldo ( GERA ) Ator, Apresentador, Mestre de cerimonias, Dublador, Radialista, Jornalista, Locutor voz padrão do."— Transcrição da apresentação:

1 Como falar em e para o público José Geraldo ( GERA ) Ator, Apresentador, Mestre de cerimonias, Dublador, Radialista, Jornalista, Locutor voz padrão do SBT. Drt / Mtb 5613 P A S C O M O R A T Ó R I A

2 José Geraldo ( GERA ) Ator, Apresentador, Mestre de cerimonias, Dublador, Radialista, Jornalista, Locutor voz padrão do SBT. Membro da Pascom Arquidiocesana A P R E S E N T A Ç Ã O COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

3 PARÓQUIAS FORANIAS CIDADES A P R E S E N T A Ç Ã O COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

4 PESSOAS BRILHANTES FALAM DE IDÉIAS PESSOAS NORMAIS FALAM DE COISAS PESSOAS MEDÍOCRES FALAM DE OUTRAS PESSOAS Sócrates COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

5 FALAR EM PÚBLICO E PARA O PÚBLICO É A FORMA DE COMUNICAÇÃO HUMANA MAIS COBIÇADA E EFICIENTE, EM RAZÃO DO FEED-BACK ( Retorno ) IMEDIATO QUE PROPORCIONA TEATRO INTER-RELAÇÕES COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

6 FEED-BACK, DEVE SER UTILIZADO COMO BALIZADOR DA FALA DIFERENÇA ENTRE FALAR EM PÚBLICO E PARA O PÚBLICO FALAR SOMENTE EM PÚBLICO – FEIRANTES, VENDEDORES DE RUA ETC... COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

7 FALAR SOMENTE PARA O PÚBLICO – RÁDIO, TV, INTERNET, ETC... FALAR EM E PARA É SABER QUE TÃO IMPORTANTE CHAMAR É PRENDER A ATENÇÃO DO ESPECTADOR VOZ - FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

8 COMUNICAR É ITEM DE SOBREVIVÊNCIA NOS COMUNICAMOS DESDE QUE NASCEMOS CHORO DE CRIANÇA É IMPOSSIVEL NÃO SE COMUNICAR EXPRESSÕES CORPORAIS - ( O CORPO FALA ) COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL - dia-a-dia SILÊNCIO - OLHARES COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

9 AS IRMÃS GÊMEAS COMUNICAÇÃO E IN-COMUNICAÇÃO IN-COMUNICAÇÃO É A FALTA DE COMUNICAÇÃO A IN-CAPACIDADE DE SE COMUNICAR COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

10 SOMOS OS ÚNICOS ANIMAIS COM CAPACIDADE DE VERBALIZAR NOSSOS SENTIMENTOS E MUITAS VEZES PERDEMOS OS BENEFÍCIOS DESSA CAPACIDADE, EM RAZÃO DO MEDO MEDO DE QUE? COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

11 ALGUMAS PESSOAS TEM VERDADEIRO PAVOR DE FALAR EM PÚBLICO PORQUE? SE FAZEMOS PARTE DA ÚNICA RAÇA CAPAZ DE VERBALIZAR SENTIMENTOS COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

12 NOSSA RACIONALIDADE: SENSOR QUE NOS COBRA PERFEIÇÃO RAZÃO DA NOSSA IN-CAPACIDADE DE NOS COMUNICAR MEDO DE SER ZOMBADO MEDO DE NOSSAS IDÉIAS NÃO SEREM ACEITAS... COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

13 O QUE FAZER PARA VENCER O MAIOR INIMIGO DA HUMANIDADE EM TODOS OS SETORES? O M E D O E NO NOSSO CASO: DE FALAR EM PÚBLICO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

14 PREPARAR O TEMA CONHECIMENTO – INTERESSE PELO ASSUNTO VAMOS COMUNICAR O QUE? PARA CADA ATIVIDADE UM COMPORTAMENTO DIFERENTE, QUE SERÁ O FIO CONDUTOR DA MENSAGEM. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

15 APRENDA E ENSINE A OUVIR - ESCUTATÓRIA Ruben Alves ESTÓRIA DA EMISSORA DE TV COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

16 BOA VOZ – FALE CLARO, COM BOM RITMO SAÚDE – SORRISO – SEJA SIMPÁTICO UTILIZE BEM O MICROFONE ( Quando necessário ) PROCURE CONHECER SOBRE ESSA MÁQUINA NÃO SE ASSUSTE, ELE SÓ VAI LHE AJUDAR A SER OUVIDO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

17 MANTENHA-SE SEMPRE A VISTA DA PLATÉIA PARA EXPRESSAR IDÉIAS PROPRIAS PÚLPITO, MESAS, SOMENTE PARA LEITURA 65% DA ATENÇÃO DO OUVINTE É DEFINIDA PELO ESTÍMULO VISUAL. NOSSOS OLHOS PROCURAM LUZ E MOVIMENTOS COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

18 A DETERMINAÇÃO DOS MOVIMENTOS CÊNICOS INDUZEM O OUVINTE A MONTAR SUAS CONCLUSÕES SOBRE O QUE ESTÁ SENDO DITO FLEXÕES VOCAIS AUXILÍAM O BOM ENTENDIMENTO, PRENDEM A ATENÇÃO E RELAXAM O OUVINTE COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

19 SINCRONISMO ENTRE TEXTO, FLEXÕES VOCAIS E MOVIMENTOS CÊNICOS TRIÂNGULAÇÃO : TÉCNICA TEATRAL COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

20 BLOQUEIO GERADO PELA FALTA DE AUTO CONFIANÇA NÃO GOSTAR DA PRÓPRIA VOZ – ( GRAVE E OUÇA ) COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

21 DESCUBRA QUAL É O SEU PROBLEMA, ADMITA TE-LO E CORRIJA-O INCERTEZA PERFECCIONISMO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

22 FALTA DE CONHECIMENTO DO CONTEÚDO FORMAÇÃO PSICOLÓGICA MEDO DE NÃO SER ACEITO PELA PLATÉIA COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

23 PREPARE-SE, ORGANIZE-SE FALTA DE CONFIANÇA NOS SEUS CONHECIMENTOS GERA MEDO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

24 ORGANIZAÇÃO REMETE AO CONTROLE E GERA UMA IMPRESSÃO AGRADÁVEL AO INTERLOCUTOR MANTENHA-SE CALMO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

25 SE A PLATÉIA SE DISPÔS A OUVI-LO, É PORQUE EXISTE UM INTERESSE PRÉVIO NO QUE VOCÊ TEM A DIZER 50% DO CAMINHO JÁ ESTÁ PERCORRIDO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

26 OLHE NOS OLHOS FALE COM DETERMINAÇÃO E CERTEZA, ISSO DÁ CREDIBILIDADE AO CONTEÚDO SEJA OBJETIVO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

27 COLOQUE-SE NO NÍVEL DO SEU INTERLOCUTOR, FACILITA A COMUNICAÇÃO NUNCA TENTE ENROLAR SEU INTERLOCUTOR TODOS NÓS TEMOS TALENTOS E DONS A SEREM DESENVOLVIDOS COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

28 DEIXE CLARO SEUS LIMITES, NÃO FALANDO, MAS EXPRESSANDO-SE VALORES: NUNCA IMAGINE QUE SEU INTERLOCUTOR OU PLATÉIA ESPERA DE VOCÊ MAIS DO QUE O QUE VOCÊ PODE OFERECER ISSO GERA DESESPERO E ABAIXA AUTO-ESTIMA COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

29 TENHA CERTEZA DO VAI DIZER É MELHOR FICAR EM SILÊNCIO E DEIXAR QUE PENSEM QUE VOCE É TOLO, DO QUE FALAR E ACABAR COM A DÚVIDA. – ABRAHAM LINCOLN MUITO CUIDADO COM PERGUNTAS À PLATÉIA: COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

30 UM INCRÍVEL EXEMPLO DE VIDA Uma senhora de 90 anos sem inimigos COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

31 INTERPRETAÇÃO DIFERENTES VALORES PARA PALAVRAS DIFERENTES ENTENDIMENTOS DO QUE FOI DITO COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

32 EXEMPLOS / FRASES A – O amigo vai hoje a cavalo, à cidade, com seu filho? - Não, mando o criado. B – O amigo vai hoje a cavalo, à cidade, com seu filho? Não, irei amanhã. C – O amigo vai hoje a cavalo, à cidade, com seu filho? - Não, irei a pé. D – O amigo vai hoje a cavalo, à cidade, com seu filho? - Não, vou ao campo. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

33 EXEMPLOS / FRASES Maria minha empregada ainda não chegou. Roberto nosso pequeno gato preto morreu. Você vai para o Rio amanhã. João o irmão de tomas esteve lá ontem depois da meia-noite. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

34 CUIDE DE SUA DICÇÃO É IMPORTANTE ARTICULAR E PRONUNCIAR BEM AS PALAVRAS PARA QUE SEU OUVINTE COMPREENDA COM CLAREZA SUA MENSAGEM. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

35 FRASES Fraga deflagra um drible, Franco flanqueia o campo, o povo se inflama e enfrenta o preclaro júri, que declara grave o problema. Deflagrar = provocar, desencadar Flaquear = defender Preclaro = Pessoa dotada de conhecimento. Notavel. Pessoa culta ou que tem a capacidade para tal. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

36 FRASES Se o arcebispo de Constantinopla quer se desarcebispoconstantinopolizar, quem desarcebispoconstantinopolizar o arcebispo de Constantinopla, um bom desarcebispoconstantinopolizador ficará. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

37 DICAS QUE PODEM SER BASTANTE ÚTEIS -01 – Fale naturalmente, controle a emissão vocálica modulando sua voz adequadamente. Não force a expressividade. -02 – Treine bastante sua fala ao microfone. Acostume a ouvir e gostar de sua própria voz. Grave textos e ouça sua voz várias vezes. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

38 DICAS QUE PODEM SER BASTANTE ÚTEIS -03 – Fale utilizando técnicas corretas de respiração, respeitando a pontuação. -04 – Use linguagem adequada à seus ouvintes. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

39 -05 – Seja objetivo, utilizando um vocabulário rico e efetivo, a fim de não desperdiçar tempo. -06 – Articule bem todos os sons. -07 – Se cometer algum erro, não chame atenção para o fato. Tenha bom humor e continue. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

40 -08 – Faça exercícios de relaxamento dos órgãos fono-articulatórios como aquecimento. -09 – Evite o fumo, bebidas geladas, forçar a voz, sereno, umidade ( cuide de sua voz). COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

41 -10 – ( evite o improviso ) Use o improviso apenas quando necessário. -11 – Ensaie o texto antes de ler, conheça o assunto sobre o qual você irá falar. Faça um esquema previamente ( roteiro ). COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

42 REGRAS SIMPLES -Há certas medidas gerais que cada um de nós poderia tomar, para ter uma boa voz e desenvolver suas qualidades positivas. -São regras simples que nos ajudam a manter nossa voz boa e forte e a protegê-la de abusos físicos. -Tente seguir estas sugestões e você terá sua voz resguardada, forte e sadia. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

43 –01 – Mantenha sempre sua cabeça ereta quando fala. Lembre-se disso especialmente quando você fica no telefone. Mães e pais deveriam ter o cuidado de falar assim com seus filhos. Advogados, Políticos, Professores, Vendedores, etc..., deveriam lembrar disso quando falam. A razão é que quando você fala, a laringe se eleva, e se você inclina a cabeça para o lado ou para baixo, pressiona a laringe. Esta posição também interfere na respiração e causa grande tensão. –Há sempre meios de manter sua cabeça ereta enquanto fala. –Quando você fala em público e precisa ler, você pode olhar para o papel e depois levantar a cabeça e falar. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

44 –02 – Sempre deixe seu abdômen se mover livremente. Um cinto ou cinta apertados poderia interferir na respiração abdominal que é necessária para melhor uso da voz. Não use um colar que aperte a laringe. –Comer muito atrapalha sua respiração, por isso coma pouco quando você tiver que falar muito em seguida. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

45 –03 – No lugar de pigarrear ou tossir, tente engolir fazendo uma pausa e respirando profundamente. Se você não puder evitar de pigarrear, faça isso o mais leve possível, sem sonoridade, particularmente se você já tem problema de voz. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

46 –04 – Tente manter sua boca fechada quando você está fora, no frio ou na neblina. Quando você precisar falar, esteja certo de abrir a boca bastante, porque o trincamento dos dentes causa tensão. –05 – Evite falar muito quando você está cansado, quando sua garganta está seca ou quando você está raivoso. Se você sabe que está sob tensão emocional, tente não conversar muito. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

47 –Você deve também evitar falar muito depois de ter tomado alguns drinks, pois sua laringe torna-se dessensibilizada e você prejudica sua voz, embora emita melhor alguns sons. Isto é uma ilusão, da mesma maneira que parecem benefícios as pastilhas, os gargarejos, os sprays. Estes podem ser usados para infecções específicas. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

48 –06 – Quando você tem que falar sob constante barulho, num subway, num carro, ou simplesmente numa rua, tente descansar sua voz freqüentemente. –Se você trabalha numa fábrica, num departamento de vendas, perto de aviões ou em lugares barulhentos, você deve descansar sua voz um mesmo período, durante o dia ou à noite, para compensar o esforço. –Por exemplo: uma precaução que um cantor deveria tomar, seria não falar durante o dia, se ele for cantar a noite. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

49 O PORTUGUÊS COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

50 –NOSSA LINGUA NOS OFERECE GRANDES SUBSÍDIOS PARA UMA BOA ORATÓRIA. –LEIA EM ABUNDÂNCIA –CUIDADO COM A PONTUAÇÃO, ELA PODE DETERMINAR O CONTEXTO DO TEXTO. –PONTUAR FRASES COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

51 MARIA TOMA BANHO PORQUE SUA MÃE TRAGA A TOALHA DISSE ELA COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

52 MARIA TOMA BANHO PORQUE SUA, MÃE TRAGA A TOALHA DISSE ELA Verbo Suar 3ª pessoa: ela sua e não sôa COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

53 Duas formas de interpretações SE A MULHER SOUBESSE O VALOR QUE TEM O HOMEM AJOELHARIA EM SEUS PÉS. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

54 Mulheres pontuam assim SE A MULHER SOUBESSE O VALOR QUE TEM, O HOMEM AJOELHARIA EM SEUS PÉS. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

55 Homens pontuam assim SE A MULHER SOUBESSE O VALOR QUE TEM O HOMEM, AJOELHARIA EM SEUS PÉS. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

56 SHOW DA LÍNGUA PORTUGUESA 'Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta. Escreveu assim: 'Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres. ' Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava a fortuna? Eram quatro concorrentes. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

57 SHOW DA LÍNGUA PORTUGUESA 1) A irmã fez a seguinte pontuação: Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

58 SHOW DA LÍNGUA PORTUGUESA 2) O sobrinho chegou em seguida. Pontuou assim o escrito: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

59 SHOW DA LÍNGUA PORTUGUESA 3) O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

60 SHOW DA LÍNGUA PORTUGUESA 4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

61 SHOW DA LÍNGUA PORTUGUESA Moral da história: 'A vida pode ser interpretada e vivida de diversas maneiras. Somos nós que fazemos sua pontuação. E isso faz toda a diferença. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

62 TESTE DE COMPETÊNCIA COMUNICATIVA... COMO ESTÁ MINHA COMUNICAÇÃO? COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO Folhas de respostas

63 01 - O QUE PENSO DA MINHA VOZ? A) Estranha, horrível, não gosto B) Gosto, mas tem muitos defeitos C) Maravilhosa, timbre, dicção e musicalidade corretos COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

64 02 - ATITUDE DO OLHAR A) Não costumo olhar nos olhos das pessoas, fico inibido B) Olho às vezes, mas logo disfarço para alguma direção C) Olho com firmeza e segurança sem constranger a outra pessoa COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

65 03 - GESTOS E COMPORTAMENTO A) Seguro minhas mãos, enfio-as no bolso, cruzo os braços, seguro algo B) Solto as mãos, faço alguns gestos e movimentos C) Faço gestos harmoniosos que reforçam as palavras e firmam a expressão COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

66 04 - MEU ESTILO A) Espontâneo, sincero, do meu jeito, diferente dos outros B) Razoável, posso cuidar melhor do corpo e da aparência C) Atualizado sem seguir modismos, elegante e causa boa impressão COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

67 05 - EVENTOS SOCIAIS A) Cometo muitas gafes em geral, não sei como me comportar B) Enfrento situações mas não me sinto preparado para algo mais formal C) Sinto-me e saio-me bem em geral nas situações formais e informais COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

68 06 - FALA EM PÚBLICO A) Tenho dificuldade, em geral perco o raciocínio B) Falo razoavelmente, mas tenho dificuldades C) Falo bem, com naturalidade e espontaneidade COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

69 07 - NUMA APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO ME ORGANIZO: A) De modo intuitivo, sem domínio nem técnica B) Tenho alguma organização e planejamento mas não sou seguro C) Planejo, preparo, administro o tempo, desenvolvo bem o tema COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

70 08 - ME ACHO TÍMIDO? A) Sim, fujo de situações que me expõe em público B) Sim, tenho consciência e esforço-me por superar minha timidez C) Não, tenho controle sobre medos e temores, preocupações e tensões COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

71 09 - RECURSOS TÉCNICOS: A) Não me preocupo com eles, acho que falar é o suficiente B) Reconheço a importância deles mas não tenho técnicas suficientes C) Conheço e utilizo adequadamente todos os recursos necessários COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

72 10 - NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS: A) Fico quieto, evito conversar, as pessoas em geral não me procuram B) Converso, tomo algumas iniciativas mas só quando necessário C) Sou espontâneo, simpático, tenho amigos, em geral me relaciono bem COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

73 11 - VELOCIDADE NA FALA E NA AÇÃO: A) Sou depressa ou devagar demais, provoco impaciência nos outros B) Normal mas não arrisco variações, falta agilidade e impacto C) Tenho controle, expresso bem as emoções, desperto a atenção das pessoas COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

74 12 - DICÇÃO: A) Ruim, falo com a boca quase fechada, tenho dificuldade de pronúncia B) Mediana, posso melhorar muito C) Ótima, falo com clareza e boa entonação COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

75 13 - NAS REUNIÕES: A) Não falo nada, só me expresso quando me perguntam B) Participo mas não me exponho, falo o básico C) Ótima, falo com clareza e boa entonação COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

76 14 - DESEMPENHO: A) Quase nulo, monótono B) Faço o que tenho que fazer rotineiramente, por obrigação C) Criativo, preparado, sei encaminhar os assuntos e obter resultados COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

77 15- ATITUDE NA COMUNICAÇÃO COM AS PESSOAS: A) Não me importo com elas, tenho o meu jeito B)Sou resistente a mudanças e questionamentos, preciso ser mais flexível C) Sou simpático COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

78 16- AUTO-ESTIMA: A) Não gosto de mim, do meu jeito, tenho muitos defeitos B) Tenho algumas qualidades, posso gostar mais de mim C) Tenho uma boa imagem de mim, sei me valorizar e conheço meus limites COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

79 17 - AMBIENTE: A) Acho que o ambiente não interfere na minha comunicação B) Reconheço que o ambiente ajuda mas não valorizo muito isso C) É fundamental para uma comunicação mais eficiente COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

80 18 - COMO AVALIO MINHA COMUNICAÇÃO: A) Tenho meu estilo, personalidade forte, estou bem assim B) Reconheço que tenho qualidades mas tenho que melhorar muito C) Acho importante me comunicar e me esforço para aprender mais COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

81 19 - NA MINHA EXPERIÊNCIA PESSOAL, COMUNICAR É: A) Falar muito B) Falar mas também ouvir C) É sobretudo atitude, postura, conduta COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

82 20 - SINTO QUE MINHA VIDA É: A) Vazia, não tem sentido B) É indiferente, sem objetivos C) É uma missão, tem um significado COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

83 AVALIAÇÃO –1 ponto para cada resposta A –2 pontos para cada resposta B –3 pontos para cada resposta C. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

84 ÍNDICE DE MEDIÇÃO Até 27 pontos = fraco De 28 a 36 pontos = regular De 37 a 45 pontos = bom De 46 a 54 = ótimo De 55 a 60 = excelente. COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

85 UM PRESENTE INESQUECÍVEL COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

86 FALAR EM E PARA O PÚBLICO É SIMPLES ASSIM OBJETIVIDADE, SIMPLICIDADE, SEM RODEIOS COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

87 AS MARCAS DEIXADAS PELA SIMPLICIDADE SÃO INESQUECÍVEIS. VENCER O MEDO - GRANDE VITÓRIA COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

88 VENCER A SÍ PRÓPRIO É A MAIOR DE TODAS AS VITÓRIAS Platão COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

89 DISPOSIÇÃO FÍSICA EXERCÍCIO AERÓBICO EM PÉ COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO

90 MUITO GRATO Equipe Arquidiocesana da Pastoral da Comunicação: Adélcio Guirão; Gilmar Gaspar, Maria de Fátima Saran, Valmir da Silva, Maíse Saviani, Carlos Alberto Nonino, Márcio Smiguel, Tadeu Donizeti e Equipes Paroquiais da PASCOM COMO FALAR EM E PARA O PÚBLICO


Carregar ppt "Como falar em e para o público José Geraldo ( GERA ) Ator, Apresentador, Mestre de cerimonias, Dublador, Radialista, Jornalista, Locutor voz padrão do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google