A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A situação política subsequente à Janeirinha: - opções governativas e resultados obtidos; - as Conferências do Casino Lisbonense; O Período dos Pequenos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A situação política subsequente à Janeirinha: - opções governativas e resultados obtidos; - as Conferências do Casino Lisbonense; O Período dos Pequenos."— Transcrição da apresentação:

1 A situação política subsequente à Janeirinha: - opções governativas e resultados obtidos; - as Conferências do Casino Lisbonense; O Período dos Pequenos Agrupamentos Políticos / 04 / 17

2 1868 – uma nova situação política, fruto de nova conjuntura económico-financeira (revisão) 2013 / 04 / 17 2 Terminada a primeira fase da Regeneração Interrompida a experiência política do Rotativismo Chamados ao poder pequenos grupos políticos que as dificuldades do Governo de Fusão tinham ajudado a criar 1868

3 1868 – a conjuntura económico-financeira interna (revisão) 2013 / 04 / 17 3 Dificuldades financeiras do Estado Dificuldades económicas Problemas sociais Endividamento externo e interno; Pressão dos credores internacionais. Interrupção no ritmo de desenvolvimento dos anos cinquenta e primeira parte dos anos sessenta. Agravamento das condições de vida dos cidadãos; Descontentamento e agitação.

4 2013 / 04 / 17 4 Governos e políticas pós Janeirinha – 1º Governo (revisão) Conde de Ávila Avilistas Conde de Ávila Avilistas Presidente do Conselho / Grupo político no poder Nomeação – Janeiro de 1868 Eleições – Março de 1868 Demissão – Julho de 1868 Nomeação – Janeiro de 1868 Eleições – Março de 1868 Demissão – Julho de 1868 Limites Cronológicos Revogação das alterações administrativas e fiscais do anterior governo. Redução das despesas do Estado. Revogação das alterações administrativas e fiscais do anterior governo. Redução das despesas do Estado. Estratégias adoptadas

5 2013 / 04 / 17 5 Governos e políticas pós Janeirinha – 2º Governo (revisão) Sá da Bandeira Reformistas e Partido Histórico Sá da Bandeira Reformistas e Partido Histórico Presidente do Conselho / Grupo político no poder Nomeação – Julho de 1868 Eleições – Abril de 1869 Demissão – Agosto de 1869 Nomeação – Julho de 1868 Eleições – Abril de 1869 Demissão – Agosto de 1869 Limites cronológicos Redução das despesas administrativas Extinção de vários órgãos do Estado Congelamento de vencimentos Redução das despesas administrativas Extinção de vários órgãos do Estado Congelamento de vencimentos Estratégias adoptadas Durante este período esteve em debate a questão da União Ibérica

6 Eleições para a Câmara dos Deputados, nos termos da Carta Constitucional 2013 / 04 / 17 6 Texto de 1826 Sufrágio Indirecto Eleitores de Paróquia elegem os Eleitores de Província e estes elegem os Deputados) Sufrágio Indirecto Eleitores de Paróquia elegem os Eleitores de Província e estes elegem os Deputados) Sufrágio Censitário (Eleitores de Paróquia - 100$000 de rendimento anual; Eleitores de Província – 200$000 de rendimento anual); Deputados – 400$000 de rendimento anual Sufrágio Censitário (Eleitores de Paróquia - 100$000 de rendimento anual; Eleitores de Província – 200$000 de rendimento anual); Deputados – 400$000 de rendimento anual Acto adicional de 1852 Sufrágio Directo (Cidadãos Eleitores elegem os Deputados) Sufrágio Directo (Cidadãos Eleitores elegem os Deputados) Sufrágio Censitário (Cidadãos Eleitores – 100$000 de rendimento anual); Deputados- 400$000 de rendimento anual Sufrágio Censitário (Cidadãos Eleitores – 100$000 de rendimento anual); Deputados- 400$000 de rendimento anual Direito de sufrágio exclusivo do sexo masculino, maiores de 26 anos. Algumas excepções quanto à idade

7 2013 / 04 / 17 7 Governos e políticas pós Janeirinha – 3º Governo Duque de Loulé Partido Histórico Duque de Loulé Partido Histórico Presidente do Conselho / Grupo político no poder Nomeação – Agosto de 1869 Eleições – Março de 1870 Queda– Maio de 1870 Nomeação – Agosto de 1869 Eleições – Março de 1870 Queda– Maio de 1870 Limites cronológicos Redução das despesas do Estado Estratégias adoptadas

8 2013 / 04 / 17 8 Governos e políticas pós Janeirinha – 4º Governo – ditadura de Saldanha Saldanhada - Golpe militar– Maio de 1870 Dissolução das Cortes - ditadura Demissão – Agosto de 1870 Saldanhada - Golpe militar– Maio de 1870 Dissolução das Cortes - ditadura Demissão – Agosto de 1870 Limites cronológicos Duque de Saldanha Saldanhistas e algum apoio de regeneradores Duque de Saldanha Saldanhistas e algum apoio de regeneradores Presidente do Conselho / Grupo político no poder Redução das despesas do Estado Criado o Ministério da Instrução Pública Proclamação da neutralidade de Portugal na Guerra Franco-Prussiana Redução das despesas do Estado Criado o Ministério da Instrução Pública Proclamação da neutralidade de Portugal na Guerra Franco-Prussiana Estratégias adoptadas

9 2013 / 04 / 17 9 Governos e políticas pós Janeirinha – 5º Governo Sá da Bandeira Avilistas, Partido Reformista e Partido Histórico Sá da Bandeira Avilistas, Partido Reformista e Partido Histórico Presidente do Conselho / Grupo político no poder Nomeação – Agosto de 1870 Eleições – Setembro de 1870 Demissão – Outubro de 1870 Nomeação – Agosto de 1870 Eleições – Setembro de 1870 Demissão – Outubro de 1870 Limites cronológicos Redução das despesas do Estado Estratégias adoptadas

10 2013 / 04 / Governos e políticas pós Janeirinha – 6º Governo Marquês de Ávila Avilistas e Partido Histórico. O Partido Reformista e os Constitucionalistas apoiaram- no mas só temporariamente Marquês de Ávila Avilistas e Partido Histórico. O Partido Reformista e os Constitucionalistas apoiaram- no mas só temporariamente Presidente do Conselho / Grupo político no poder Nomeação – Outubro de 1870 Eleições – Julho de 1871 Demissão – Setembro de 1871 Nomeação – Outubro de 1870 Eleições – Julho de 1871 Demissão – Setembro de 1871 Limites cronológicos Redução das despesas do Estado Estratégias adoptadas

11 Síntese sobre alguns aspectos dos governos do período 1868 / / 04 / º Governo 2º Governo 3º Governo 4º Governo 5º Governo 6º Governo Duração Mais de 1 ano Sim Menos de 1 ano Sim Eleições Quem fez? Sim Finança Despesa redução Sim Receita aumento Não

12 UM OUTRO MODO DE PENSAR A POLÍTICA NACIONAL As Conferências Democráticas do Casino 2013 / 04 / 17 12

13 18 de Maio de 1871 – Manifesto publicado em A Revolução de Setembro … 2013 / 04 / … Anuncia um conjunto de conferências a decorrer no Casino Lisbonense, a partir do dia 22 desse mês, organizadas por um grupo que se autointitulava Grupo do Cenáculo. Assinavam (entre outros) Antero de Quental, Eça de Queirós, Batalha Reis, Oliveira Martins.

14 Casino Lisbonense – Largo da Abegoaria (actual Largo Rafael Bordalo Pinheiro) nº / 04 / Edifício do Casino

15 Objectivos das conferências, segundo o Manifesto 2013 / 04 / As conferências: pretendiam estimular as condições de transformação política, económica e religiosa da sociedade portuguesa. Ligar Portugal com o movimento moderno, fazendo-o assim nutrir-se dos elementos vitais de que vive a humanidade civilizada. Não pode viver e desenvolver-se um povo isolado das grandes preocupações intelectuais do seu tempo. A ciência deve ser a única base da crença e a democracia o único fundamento do poder.

16 Carta de Antero de Quental a Teófilo Braga 2013 / 04 / Temos resolvido, eu e alguns rapazes, novos e independentes (…) abrir em Lisboa uma sala de conferências livres, livres em todo o sentido da palavra (…) aberta a toda a gente, e de todas as condições, onde se trate das grandes questões contemporâneas, religiosas, políticas, literárias e científicas, num espírito de franqueza, coragem, positivismo, numa palavra, com radicalismo. (…) Temos um programa, mas não uma doutrina. (…) Liga-nos um comum espirito de racionalismo, de humanização positiva das questões (…) mas de nenhum modo impomos uns aos outros opiniões. (…)

17 / 04 / Antero de Quental Augusto Soromenho Eça de Queirós Adolfo Coelho Salomão Saragga Batalha Reis OS CONFERENCISTAS DO CASINO LISBONENSE A GERAÇÃO DE 70

18 O ciclo das conferências 2013 / 04 / Antero de Quental Sessão inaugural, a 22 de Maio – Objectivos das Conferências Conferência de 27 de Maio – Causas da Decadência dos Povos Peninsulares Antero de Quental Sessão inaugural, a 22 de Maio – Objectivos das Conferências Conferência de 27 de Maio – Causas da Decadência dos Povos Peninsulares Augusto Soromenho Conferência de 5 de Junho – A Literatura Portuguesa Augusto Soromenho Conferência de 5 de Junho – A Literatura Portuguesa Eça de Queirós Conferência de 12 de Junho – A Nova Literatura ou o Realismo como Expressão da Arte Eça de Queirós Conferência de 12 de Junho – A Nova Literatura ou o Realismo como Expressão da Arte

19 Conteúdo do discurso de Antero na sessão de abertura, justificando o ciclo de conferências 2013 / 04 / Portugal não acompanhou o desenvolvimento europeu - material e intelectual - e está desfasado em relação ao mundo industrializado. Grande percentagem dos portugueses são ignorantes e, por isso mesmo, indiferentes às grandes problemáticas da época e às grandes propostas de progresso. A sociedade portuguesa necessita, antes de mais, de: Fazer uma renovação intelectual; Envolver nela todas as almas de boa vontade As Conferências são um primeiro passo neste sentido. A sociedade portuguesa necessita, antes de mais, de: Fazer uma renovação intelectual; Envolver nela todas as almas de boa vontade As Conferências são um primeiro passo neste sentido.

20 Onde deveria conduzir essa renovação intelectual 2013 / 04 / Deseja-se essencialmente: Deseja-se essencialmente: Divulgar em Portugal novas tendências e teorias do pensamento europeu, com particular destaque para … Desenvolver a educação nacional no sentido de garantir a compreensão das novas ideias e abrir caminho à modernização. O Positivismo de Comte O Naturalismo francês O Socialismo de Proudhon O Socialismo de Proudhon O Cientismo alemão

21 Conteúdo da Conferência de Antero Causas da Decadência dos Povos Peninsulares 2013 / 04 / É preciso opor-lhe uma abertura à Filosofia e à Ciência, caminho para o progresso. É preciso desenvolver as liberdades municipais, descentralizar e chegar mesmo ao federalismo. É preciso estimular o desenvolvimento destes grupos sociais As causas da decadência dos dois países ibéricos residem, na óptica de Antero … … no Catolicismo pós tridentino, que impõe o obscurantismo ao pensamento. … no centralismo político das monarquias absolutas, que se mantiveram até tarde e aniquilaram as liberdades locais e individuais. … no expansionismo ultramarino, que impediu o desenvolvimento da classe média e da pequena burguesia.

22 O ciclo das conferências 2013 / 04 / Adolfo Coelho Conferência de 19 de Junho – A Questão do Ensino – propõe completa separação entre o Estado e a Igreja. Conferências Seguintes Os Historiadores Críticos de Jesus – por Salomão Saragga A República – por Antero de Quental Conferências Seguintes O Socialismo – por Batalha Reis A Instrução Primária – por Adolfo Coelho N ã o s e r e a l i z a r a m d e v i d o a p r o i b i ç ã o d o G o v e r n o

23 Setembro de epílogo da situação 2013 / 04 / Atacado por atentar contra liberdades fundamentais, tal como as liberdades de reunião e de expressão… Minado pela incapacidade de encontrar soluções para as dificuldades financeiras e económicas do País… Fragilizado por dissensões internas… … o governo do Marquês de Ávila cai. O rei chama para formar governo o P. Regenerador, presidido por Fontes


Carregar ppt "A situação política subsequente à Janeirinha: - opções governativas e resultados obtidos; - as Conferências do Casino Lisbonense; O Período dos Pequenos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google