A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Curso de Administração Contabilidade Prof. Nelson Bravo 22/09/2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Curso de Administração Contabilidade Prof. Nelson Bravo 22/09/2009."— Transcrição da apresentação:

1 1 Curso de Administração Contabilidade Prof. Nelson Bravo 22/09/2009

2 2 Módulo 5.1 Aula 5

3 3 Elementos Patrimoniais

4 4 Bens e Direitos Elementos Patrimoniais Positivos Casa, Terreno, Prédio, Valores a Receber, Aplicações, Dinheiro em Caixa, Dinheiro Depositado, etc.

5 5 Obrigações Elementos Patrimoniais Negativos Fornecedores, Impostos a Recolher, Salários a Pagar, etc.

6 6 Patrimônio da Entidade Conjunto dos Elementos Patrimoniais: BENS + DIREITOS + OBRIGAÇÕES Casa, Terreno, Prédio, Valores a Receber, Fornecedores, Impostos a Recolher, Salários a Pagar, etc.

7 7 A expressão balanço decorre do equilíbrio: Ativo = Passivo + PL, ou da igualdade: Aplicações = Origens. Parte-se da ideia de uma balança de dois pratos em que sempre se encontra a igualdade. Só que, em vez de denominar-se balança, denomina-se, no masculino, balanço. Explicação da Expressão Balanço Patrimonial

8 8 Elementos Patrimoniais Como são reconhecidos pela Contabilidade? A Contabilidade registra esses elementos patrimoniais de que forma?

9 9 Esses elementos são registrados através de uma C O N T A

10 10 Conta É um recurso contábil utilizado para reunir sob um único item todos os eventos e valores patrimoniais (bens, direitos ou obrigações) de mesma natureza.

11 11 Exemplo Fato: Compra à vista de cadeiras e mesas para a nova secretária do escritório, conforme Nota Fiscal nº de 0109X9 de Móveis Facilitados Ltda, no valor de R$ 625,00. Quais os elementos patrimoniais envolvidos nesse fato? Mesa e Cadeira (pela compra/aquisição) e dinheiro (pagamento à vista).

12 12 Quais as Contas que Representam esses Elementos? Pela Compra/Aquisição Móveis e Utensílios Mesa, Cadeira, Armários, etc. Conta Elementos Patrimoniais

13 13 Quais as Contas que Representam os Elementos? Pagamento à Vista CaixaDinheiro Conta Elemento Patrimonial

14 14 Tipos de Contas Contas Patrimoniais Contas de Resultado São contas que apresentam o resultado de uma Entidade. São contas do Patrimônio

15 15 Exemplos de Contas Patrimoniais Bancos Conta Movimento. Móveis e Utensílios. Impostos a Recolher. Capital. Salários a Pagar. Caixa.

16 16 Exemplos de Contas de Resultado Despesas de Salários. Despesas com Impostos. Água, Luz e Telefone. Receita de Vendas. Receita com Prestação de Serviços. Receita com Aluguéis.

17 17 Exercício Interatividade Classificar as Contas – Patrimoniais e de Resultado: Elaborado pelo Autor.

18 18 Exercício de Interatividade Classificar as Contas – Ativo e Passivo Elaborado pelo Autor.

19 19 No levantamento do patrimônio de uma empresa, foram apurados os seguintes valores: Bens Direitos Obrigações Exigíveis Portanto, responda as questões abaixo, qual o valor...: Ativo:________________________ Passivo Exigível:_______________ Patrimônio Líquido:_____________ Aplicação de Recursos:__________ Capital de Terceiros:____________ Capital Próprio:________________ Exercício Interatividade Elaborado pelo Autor.

20 20 Demonstração do Resultado do Exercício - DRE APURAÇÃO DO RESULTADO Características: Apuração realizada a cada exercício social; Resumo ordenado das Receitas e Despesas do período. Confronto entre Receitas e Despesas Receitas > Despesas Lucro Receitas < Despesas Prejuízo

21 21 Receitas (-) Despesas Lucro ou Prejuízo Sentido Vertical (dedutivo) Demonstração do Resultado do Exercício - DRE

22 22 Apuração do Resultado do Exercício A cada Exercício social a empresa deve apurar o Resultado dos seus negócios. A Contabilidade CONFRONTARÁ as Receitas com as Despesas para obter o RESULTADO DO EXERCÍCIO, apurando o Lucro ou o Prejuízo.

23 23 DESPESAS Despesas: Todo sacrifício, esforço para obter Receita Matéria Prima; Mão de Obra; Consumo de bens (Depreciação); Serviços. Podem ocorrer à vista ou a prazo À vista saída de dinheiro do Caixa. A prazo aumento das Obrigações. Demonstração do Resultado do Exercício - DRE

24 24 Despesas Caracterizam-se pelo consumo de Bens ou utilização de Serviços com o objetivo de se obter Receita. Exemplo de consumo de Bens = materiais de escritório. Exemplo de utilização de Serviços = contratar o serviço eletricista terceirizado.

25 25 Receitas Caracterizam-se pela Venda ou Prestação de Serviços.

26 26 RECEITAS Receitas: Vendas de Produtos, Mercadorias ou Serviços. À vista entrada de dinheiro em Caixa. A prazo entrada de direitos a receber. Aumentam o Ativo. Nem todo aumento de Ativo significa Receita. Empréstimos; Financiamentos; Compras a prazo;.... Demonstração do Resultado do Exercício - DRE

27 27 Confrontar Receita com Despesa Apuração do Resultado do Exercício (ARE) DespesaReceita Se o total da Despesa for superior ao da Receita, teremos: Se o total da Receita for superior ao da Despesa, termos: PREJUÍZO LUCRO

28 28 RECEITAS E DESPESAS OPERAÇÕESÀ VISTAA PRAZO Despesa (-) Caixa (desembolso) Ativo + Contas a Pagar Passivo D.R.E.BALANÇO PATRIMONIAL Receita + Caixa (Encaixe) Ativo + Dupl. A Receber Ativo Demonstração do Resultado do Exercício - DRE

29 29 * identifica o resultado da empresa obtido no exercício de suas atividades num determinado período. * demonstra a situação econômica da empresa e a capacidade de gerar riqueza. ARE Apuração do Resultado do Exercício * todas as contas de resultado são encerradas no fim de cada exercício, pela transferência de seu saldo para a conta de apuração do resultado do exercício. RECEITAS DESPESAS > RECEITASDESPESAS < Demonstração do Resultado do Exercício - DRE

30 30 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) DRE DRE Receita Bruta de Vendas ( - ) Deduções/Impostos s/ Vendas Receita Líquida de Vendas ( - ) CMV Lucro Bruto ( - ) Receitas / Despesas Operacionais Vendas Administrativas Rec/Desp. Financeiras Outras Rec/Desp Operacionais Lucro/Prejuízo Operacional ( +- ) Rec/Desp Não Operacionais Lucro Antes IR e Participações ( - ) Provisão p/ Imposto Renda e CSSL ( - ) Participações Lucro/Prejuízo Líquido * resultado da empresa obtido no exercício de suas atividades num determinado período. lucro ou prejuízo ( receitas menos despesas ). * demonstra a situação econômica da empresa, capacidade de gerar riqueza.

31 31 Exercício Resolvido 1) De acordo com o Balanço Patrimonial da Empresa Fácil,finalizado em Janeiro/x9, apurando-se o resultado e elabore a DRE e o BP,sabe- se que no período seguinte ocorreram os seguintes fatos BALANÇO PATRIMONIAL EMPRESA FÁCIL ATIVO Caixa (Dinheiro) 174,00 Imóvel 50,00 Veiculo 20,00 Instalações 10,00 Mat.Escritório 5,00 TOTAL 259,00 PASSIVO Contas a Pagar 45,00 Dupl.a Pagar 14,00 Capital Social 200,00 TOTAL 259,00

32 32 EXERCICIO RESOLVIDO 2) Em 07/02/x9, pagou despesas com telefone no valor R$ 14,98. BALANÇO PATRIMONIAL EMPRESA FÁCIL ATIVO Caixa (Dinheiro) 159,02 Desp.Telefone 14,98 Imóvel 50,00 Veiculo 20,00 Instalações 10,00 Mat.Escritório 5,00 TOTAL 259,00 PASSIVO Contas a Pagar 45,00 Dupl.a Pagar 14,00 Capital Social 200,00 TOTAL 259,00

33 33 EXERCICIO RESOLVIDO 3) Em 13/02/x9, pagou despesas com Aluguel no valor R$ 89,50; BALANÇO PATRIMONIAL EMPRESA FÁCIL ATIVO Caixa (Dinheiro) 69,52 Desp.c/Aluguel 89,50 Desp.Telefone 14,98 Imóvel 50,00 Veiculo 20,00 Instalações 10,00 Mat.Escritório 5,00 TOTAL 259,00 PASSIVO Contas a Pagar 45,00 Dupl.a Pagar 14,00 Capital Social 200,00 TOTAL 259,00

34 34 EXERCICIO RESOLVIDO 4) Em 18/02/x9, quitou a obrigação com terceiros – Dupl.a pagar no valor de R$ 14,00; BALANÇO PATRIMONIAL EMPRESA FÁCIL ATIVO Caixa (Dinheiro) 55,52 Desp.c/Aluguel 89,50 Desp.Telefone 14,98 Imóvel 50,00 Veiculo 20,00 Instalações 10,00 Mat.Escritório 5,00 TOTAL 245,00 PASSIVO Contas a Pagar 45,00 Dupl.a Pagar 0,00 Capital Social 200,00 TOTAL 245,00

35 35 EXERCICIO RESOLVIDO 5) Em 28/02/x9, Recebeu pela prestação de serviços o valor de R$ 154,80, sendo 30% a vista e o restante a prazo; BALANÇO PATRIMONIAL EMPRESA FÁCIL ATIVO Caixa (Dinheiro) 101,96 Dupl.a Receber 108,36 Desp.c/Aluguel 89,50 Desp.Telefone 14,98 Imóvel 50,00 Veiculo 20,00 Instalações 10,00 Mat.Escritório 5,00 TOTAL 399,80 PASSIVO Receita s/serviços 154,80 Contas a Pagar 45,00 Dupl.a Pagar 0,00 Capital Social 200,00 TOTAL 399,80

36 36 APURAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCICIO: Transfere-se Para a conta ARE, todas as despesas e receitas e apura-se o Resultado, se apresentou LUCRO ou PREJUÍZO. ARE, Desp.c/Aluguel 89,50 14,98 Desp.c/Telefone 14,98 EXERCICIO RESOLVIDO APURAÇÃO DO RESULTADO ___Receita c/Serviços___ 89,50 14,98 154,80 14,98 154,80 50, ,80 ___Lucro___ 50,32

37 37 EXERCICIO RESOLVIDO NOVO BALANÇO PATRIMONIAL EMPRESA FÁCIL ATIVO Caixa (Dinheiro) 101,96 Dupl.a Receber 108,36 Desp.c/Aluguel 0,00 Desp.Telefone 0,00 Imóvel 50,00 Veiculo 20,00 Instalações 10,00 Mat.Escritório 5,00 TOTAL 295,32 PASSIVO Receita s/serviços 0,00 Contas a Pagar 45,00 Dupl.a Pagar 0,00 Capital Social 200,00 Lucro 50,32 TOTAL 295,32

38 38 Exercício Resolvido DRE – DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCICIO

39 39 Regimes Contábeis É o regime contábil que definirá que as despesas e as receitas deverão ser consideradas na apuração do resultado do respectivo exercício. São dois regimes que disciplinam a apuração do Resultado do Exercício:

40 Despesa Folha de Pagto. (PROVISÃO) Pagamento Folha de Pagamento 5º dia útil de Fevereiro. (LIQUIDAÇÃO) Regime de Competência 01/2006 – Provisão D – Despesa de Salários. C – Salários a pagar. 02/2006 – Liquidação D – Salários a pagar. C – Caixa – Bancos.

41 41 Demonstração do Resultado do Exercício - DRE REGIMES DE APURAÇÃO DO RESULTADO COMPETÊNCIA Regime universalmente adotado. Critério aceito e recomendado pelo Imposto de Renda. Receitas Contabilizada no período em foi gerada (à vista ou a prazo). Despesas Contabilizada no período em que foi consumida, independente do pagamento ter sido, ou não, realizado.

42 42 D.R.E Lucro apurado observando-se as incorrências do período Regime de competência: Toda a receita ganha em 20X3 Toda a despesa incorrida em 20X3 Apuração do resultado em 20X3 Demonstração do Resultado do Exercício - DRE REGIMES DE APURAÇÃO DO RESULTADO COMPETÊNCIA

43 43 CAIXA Aplicação restrita (entidades sem fins lucrativos). Receitas Contabilizada no momento do recebimento do dinheiro; Despesas Contabilizada no momento do pagamento; D.R.E Lucro apurado = Receitas Recebidas X Despesas Pagas. Demonstração do Resultado do Exercício - DRE REGIMES DE APURAÇÃO DO RESULTADO

44 Pagamento Folha de Pagamento 5º dia útil de Fevereiro Regime de Caixa 02/2006 D – Despesas de Salários C – Caixa – Bancos

45 45 Demonstração do Resultado do Exercício - DRE EXEMPLO COMPARATIVO A Cia. Goiana vendeu em X1 $ e só recebeu $ (o restante receberá no futuro); teve como despesa incorrida $ e pagou até o último dia do ano $ D.R.E.CAIXACOMPETÊNCIA Despesas(13.000)(16.000) Resultado Receitas (1.000)4.000

46 46 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO - DRE 46

47 47 Demonstração do Resultado do Exercício - DRE EFEITO DO LUCRO NO BALANÇO Lucro apurado Prejuízo Pertence ao proprietário Deve assumi-lo Parte do Lucro pode ser reinvestido (lucros retidos/acumulados). Entra no Balanço via PL (origem) sendo aplicada no Ativo. A parte do lucro distribuída aos proprietários é denominada dividendos.

48 48 Demonstração do Resultado do Exercício - DRE EFEITO DO LUCRO NO BALANÇO Exemplo Uma Empresa tem $ 900 de capital aplicado no caixa. Durante o ano tem uma receita de $ 800 à vista, por prestação de serviços e uma despesa de $ 500. Apure-se o lucro e observe os efeitos no balanço, sabendo-se que não houve distribuição de dividendos. Balanço Patrimonial (após a apuração do Lucro) ATIVO PASSIVO E PL Circulante Início Final P. Líquido Início Final Caixa Capital - Lucros Ac. - Total DRE (Apuração do Lucro) Receita a vista $ (-) Despesas $ Lucro $

49 49 Bibliografia Recomendada BRUNI, Adriano Leal. FAMÁ, Rubens. A contabilidade empresarial. São Paulo: Atlas, (Série desvendando finanças). MARION, José Carlos. Contabilidade básica. 8 ed. São Paulo: Atlas, MARION, José Carlos. Contabilidade empresarial. 11 ed. São Paulo: Atlas, MARION, José Carlos. Contabilidade empresarial: livro de exercícios. 7 ed. São Paulo: Atlas, IUDÍCIBUS, Sergio de. MARION, José Carlos. Curso de contabilidade para não contadores: para as áreas de administração, economia, direito e engenharia. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2000.

50 50 Visite o site e avalie a aula. Utilize seu código e senha de aluno.


Carregar ppt "1 Curso de Administração Contabilidade Prof. Nelson Bravo 22/09/2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google