A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Governanca de Bens Comuns: Teoria e Práticas de Elinor Ostrom (P. Nobel 2009)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Governanca de Bens Comuns: Teoria e Práticas de Elinor Ostrom (P. Nobel 2009)"— Transcrição da apresentação:

1 A Governanca de Bens Comuns: Teoria e Práticas de Elinor Ostrom (P. Nobel 2009)

2

3 Hobbes (1651): men seek their own good and end up fighting one another/ os homens procuram o seu próprio bem e acabam lutando entre si Olson (1965): individuals act in their own self interest/os indivíduos agem em interesse próprio Garrett Hardin 1968: Ruin is the destination toward which all men rush, each pursuing his own best interest/ Ruína é o destino para o qual todos os homens do rush, cada um perseguindo seu próprio interesse Dawes ( ): Prisoners Dilemma

4 Os Colonos do século 17 __ Nova Inglaterrra Comuns=propriedades rurais privadas e pastos comunitários onde todos os moradores da área podiam usar com seus animais Colonos tinham um incentivo para evitar o uso excessivo de suas terras privadas Os habitantes não proprietários não são motivados para evitar o uso excessivo de suas terras comunitárias Resultado: os bens comuns exauriram-se, degeneraram-se & não podiam mais alimentar o gado

5 Congestionamento de tráfego Gases de Efeito Estufa Pescaria em Falência

6 A cooperação é chave do sucesso para qualquer sociedade. Sem cooperar, o ser humano está fadado ao fracasso. Primeira mulher a ganhar o Nobel de Economia Programa de Ciencia Cognitiva Workshop in Political Theory and Policy Analysis Indiana University Resilience Alliance Working Together: Collective Action, the Commons, & Multiple Methods in Practice,Working Together: Collective Action, the Commons, & Multiple Methods in Practice, (2010)

7 Porém, a Profa.Ostrom fez muitas pesquisas sobre a realidade das comunidades com bens comuns. Ela tem outra perspectiva a respeito da capacidade dos homens para cuidar de bens comuns: Os sistemas de recursos comuns podem ser sustentáveis nas circunstâncias onde -- o acesso aos recursos é aberto -- e pode ser replicado por um regime comum ou uma governança estabelecida por moradores locais.

8 Alanya Bodrum Estudo de caso de bem comun

9 100 pescadores com as barcas de 2-3 persoas 11 traineiras com redes mecânicas Várias barcas fretadas de pescadores uma coperativa de pescadores Os pescadores devem ter uma licença, mas não extiste um limite de numero das licenças

10 Os resultados: Uso descontrolado de area de pescaria com hostilidade e conflito violento Competição entre os pescadores sobre os melhores lugares para pescar Incremento de custos de produção Incertidumbre da colheita potencial das barcas.

11 Os sistemas de recursos comuns podem ser sustentado em circunstâncias onde acesso aberto pode ser replicado por um regime comun ou uma governança establecida por moradores locais. As regras 1.defines the physical boundary of the common resource,the people who are allowed to use it, the methods and extent of use of the common pool resource/ define os limites físicos do recurso comum, as pessoas que estão autorizados a usá-lo, os métodos ea extensão da utilização do recurso natural 2. the methods and financing of monitoring system/ os métodos e financiamento do sistema de monitoramento 3. a system for resolving conflicts/ um sistema para resolver os conflitos

12 4. set of sanctions/punishment appropriate for the transgression of this form of self-governance/ conjunto de sanções / punições adequadas para a transgressão dessa forma de governança 5. must be capable of adapting to changing circumstances, such as weather cycles or population growth/deve ser capaz de se adaptar às novas circunstâncias, tais como ciclos de tempo ou o crescimento da população In short, people who can communicate and learn from each other, a code of conduct/ Em suma, as pessoas que podem se comunicar e aprender uns com os outros, um código de conduta

13 O custo marginal de appropriação de bens deve ser lucrativo, mas precisa também: 1. Regulação de tempo (estação, o tempo de dia ou noite) 2. O lugar ideal para apropriar as bems 3. Entendimento das diferencias de tecnologias, eg. No grupo colectivo, os pescadores com o equipamento mais sofisticado vao ter uma vantagem contra os outros. O grupo colectivo conhece que tem redcir incertidumbre e conflito sobre a designação dos direitos para tomar os bens

14 O melhor instrumento por gestão sustentaveis dos recursos de bens comuns conta com o caráter dos recursos e dos usuarios. Por os bens comuns em uma escala maior, multiplas estratégias de muitas instituiçoes são necessarias para entender e cuidar da diversidade de recursos fisicos e biológicos O bem comun do recurso esta embutido dentro das macro-institutçoes politicos, culturais e economicas por isso requer o entendimento local, estadual e federal

15 As comunidades, especialmente as bacias hidrograficas, do Brasil tem uma oportunidade muito grande para criar e implementar a gestão dos seus recursos. As pessoas tem as leis e ajuda do governo para iniciar este processo de gestão. Porém, como organizar? O grupo de pesquisadores GITHIDRO na UFSC tem experiencias e o conhecimento para ajudar. Participantes deste grupo vao ofertar.

16 Muito obrigada! Dra. Anne Browning_Aiken, Udall Center for Studies in Public Policy University of Arizona


Carregar ppt "A Governanca de Bens Comuns: Teoria e Práticas de Elinor Ostrom (P. Nobel 2009)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google