A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lafaiete da Silva Carvalho FUNEC-Caratinga - Minas Gerais - Brasil Ursula Blattmann Universidade Federal de Santa Catarina

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lafaiete da Silva Carvalho FUNEC-Caratinga - Minas Gerais - Brasil Ursula Blattmann Universidade Federal de Santa Catarina"— Transcrição da apresentação:

1

2 Lafaiete da Silva Carvalho FUNEC-Caratinga - Minas Gerais - Brasil Ursula Blattmann Universidade Federal de Santa Catarina A iniciação científica em ciências da saúde A iniciação científica em ciências da saúde: pesquisa na graduação VI Congreso Regional de Informacion en Ciencias de la Salud – CRICS VI Puebla – Mexico, maio de 2003

3 Introdução O aprender na pesquisa: uma herança histórica entre a ciência e os cientistas O saber fazer: o método O saber relatar: recriação do texto Técnicas: selecionar, recortar e colar Ética: o plágio e o direito autoral Acesso e uso da informação digital on-line Conclusões A iniciação científica em ciências da saúde A iniciação científica em ciências da saúde: sumário

4 O aprender na pesquisa: introdução Importância da pesquisa no ensino de graduação Acesso aos ambientes de estudo Fontes de pesquisa: primárias, secundárias e terciárias O processo de transformação: dados, informação, conhecimento e o saber Qualidade e quantidade de informação A iniciação científica em ciências da saúde

5 Práticas dos cientistas A transmissão, o fluxo e o acesso à informação O uso dos recursos de pesquisa: de técnicas às tecnologia em redes de relações e nas redes de computadores Vivenciar o ambiente de pesquisa: laboratórios, bibliotecas, apontamentos e a sobrecarga de informação A iniciação científica em ciências da saúde O aprender na pesquisa: uma herança histórica entre a ciência e os cientistas

6 A importância da sistematização Estrutura do conhecimento científico Os métodos científicos A construção da teoria Práticas de pesquisa Técnicas de pesquisa A crítica científica A iniciação científica em ciências da saúde O saber fazer: o método científico

7 A leitura, o leitor e textos O processo de leitura O uso de fichamentos para registrar leituras, fatos, atos e críticas A criatividade e a construção do texto Saber reconstruir passos de pesquisa Saber relatar: do relatório de pesquisa ao artigo científico A iniciação científica em ciências da saúde O saber relatar: a recriação do texto

8 O levantamento bibliográfico A busca de fontes A seleção das fontes e das leituras Utilizar técnicas de resumo, de referência e de citação O uso de recursos tecnológicos para fichamentos A iniciação científica em ciências da saúde Técnicas: selecionar, recortar e colar

9 Ética na pesquisa Ética do pesquisador O que é o plágio Direito autoral : legislação A Internet e o respeito a propriedade intelectual Divulgação e vulgarização científica A iniciação científica em ciências da saúde Ética: o plágio e o direito autoral

10 Acesso e uso da informação digital on-line Usuários e suas competências e habilidades em interagir nas redes de computadores Ambiente de acesso: equipamentos, softwares e treinamento de pesquisadores Bibliotecas: selecionar, organizar, recuperar e disseminar informação digital on-line. Políticas de acesso e uso dos recursos informacionais Questões de segurança e manutenção da infra-estrutura A iniciação científica em ciências da saúde

11 Acesso e uso da informação digital on-line Bibliotecários e pesquisadores: saber usar recursos de informação Bases de dados em ciências da saúde: Scielo, Medline Treinamento individual e coletivo Tutorial no treinamento presencial e à distância Serviços on-line aos pesquisadores: dicionários, enciclopédias, publicações periódicas, bases de dados, catálogos de bibliotecas, mecanismos de busca A iniciação científica em ciências da saúde

12 Questões: o uso e o acesso à informação onde e como o pesquisador pode acessar as diferentes fontes de informação? quais são as fontes disponíveis pelas novas mídias? quais as políticas de uso da informação na pesquisa? qual o papel do Estado e da sociedade para disponibilizar o acesso à informação pública? como divulgar pesquisas da iniciação científica? A iniciação científica em ciências da saúde

13 Conclusões É necessário desenvolver a cultura da pesquisa nas diversas etapas de ensino, sendo elemento fundamental no processo de aprendizagem inovadora e tornar-se uma constante na vida da pessoa. Compete aos professores e bibliotecários estimularem e propiciarem ambientes satisfatórios para o desenvolvimento da pesquisa na graduação. É importante ao pesquisador conhecer o processo da pesquisa, o seu trâmite e suas instâncias com o intuito de facilitar e estimular o saber-fazer-pensar. A iniciação científica em ciências da saúde

14 Agradecimentos Apoio técnico, financeiro e institucional. Aos organizadores do evento, nosso muito obrigado, por integrar e estimular relações científicas, técnicas, profissionais e pessoais. A iniciação científica em ciências da saúde Fundação Educacional de Caratinga Minas Gerais – Brasil Universidade Federal de Santa Catarina – Florianópolis – Brasil

15 Referências ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Normas sobre documentação. Rio de Janeiro, BARROS, Aidil Jesus da Silveira; LEHFELD, Neide Aparecida de Souza. Fundamentos de metodologia científica: um guia para a iniciação científica. 2. ed. ampliada. São Paulo : MAKRON, DEMO, Pedro. Pesquisa e construção do conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas. Rio de Janeiro:Tempo Brasileiro, DEMO, Pedro. Metodologia do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, ESTRELA, Carlos. Metodologia científica : ensino e pesquisa em odontologia. São Paulo : Artes Médicas, SALOMON, Délcio Vieira. Como fazer uma monografia. São Paulo: Martins Fontes, Scielo – Medline – A iniciação científica em ciências da saúde


Carregar ppt "Lafaiete da Silva Carvalho FUNEC-Caratinga - Minas Gerais - Brasil Ursula Blattmann Universidade Federal de Santa Catarina"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google