A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Copyright Leandro Becker Expansão dos Casos de Uso Prof. Dr. Daniel D. Abdala baseado nas notas de aula do Prof. Leandro Buss Becker.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Copyright Leandro Becker Expansão dos Casos de Uso Prof. Dr. Daniel D. Abdala baseado nas notas de aula do Prof. Leandro Buss Becker."— Transcrição da apresentação:

1 Copyright Leandro Becker Expansão dos Casos de Uso Prof. Dr. Daniel D. Abdala baseado nas notas de aula do Prof. Leandro Buss Becker

2 Casos de Uso (Use Cases) Casos de Uso expressam funcionalidades requeridas Casos de Uso expressam funcionalidades requeridas Focam no valor individual adicionado a cada usuário ou sistema externo Focam no valor individual adicionado a cada usuário ou sistema externo Podem conter requisitos não-funcionais Podem conter requisitos não-funcionais Tem o papel de guiar o resto do processo de desenvolvimento Tem o papel de guiar o resto do processo de desenvolvimento

3 Organizando Requisitos em Casos de Uso

4 Diagrama de Casos de Uso UML

5 Atividades de Expansão dos CdU Descrever o fluxo principal Descrever o fluxo principal Descrever fluxos alternativos Descrever fluxos alternativos

6 Tipos de caso de uso Essencial: descreve somente a essência das operações – descreve o que fazer, e não como fazer (usados na fase de análise); Essencial: descreve somente a essência das operações – descreve o que fazer, e não como fazer (usados na fase de análise); Real: versões que mostram efetivamente a tecnologia usada (usados na fase de projeto). Real: versões que mostram efetivamente a tecnologia usada (usados na fase de projeto).

7 Sistema Atual Sistema Futuro Descrição Essencial Atual: o funcionário procura a ficha do cliente no fichário Atual: o funcionário procura a ficha do cliente no fichário Futuro: o funcionário clica no botão procurar digitando o código do cliente no campo X3 Futuro: o funcionário clica no botão procurar digitando o código do cliente no campo X3 Essencial: o funcionário localiza as informações sobre o cliente. Essencial: o funcionário localiza as informações sobre o cliente.

8 Casos de Uso na Análise e Projeto Na análise o objetivo é estudar o sistema para descobrir as necessidades do cliente Casos de Uso Essenciais. Na análise o objetivo é estudar o sistema para descobrir as necessidades do cliente Casos de Uso Essenciais. No projeto o objetivo é produzir uma solução implementada de um sistema informatizado para uso pelo cliente Casos de Uso Reais. No projeto o objetivo é produzir uma solução implementada de um sistema informatizado para uso pelo cliente Casos de Uso Reais.

9 Níveis de Detalhamento Alto Nível Alto Nível Expandido Expandido

10 Exemplo de Caso de Uso de Alto Nível

11 Exemplo de Caso de Uso Expandido

12 Passos em um Fluxo Obrigatórios Obrigatórios Complementares Complementares Não Recomendados Não Recomendados

13 Passos Obrigatórios Indicam as entradas e saídas de informação do sistema necessárias para realizar o caso de uso. Indicam as entradas e saídas de informação do sistema necessárias para realizar o caso de uso. Na falta de qualquer um desses passos o caso de uso pode ficar sem sentido. Na falta de qualquer um desses passos o caso de uso pode ficar sem sentido.

14 Tipos de passos obrigatórios Eventos de sistema – entradas. Eventos de sistema – entradas. Respostas de sistema – saídas. Respostas de sistema – saídas. Obs. Não são respostas de sistema retornos do tipo ok. Deve ser enviada ao mundo externo algum tipo de informação que o sistema armazena. Obs. Não são respostas de sistema retornos do tipo ok. Deve ser enviada ao mundo externo algum tipo de informação que o sistema armazena.

15 Identificação de passos obrigatórios em um Caso de Uso

16 Passos Complementares Não possuem uma entrada ou saída do sistema, mas ajudam a compreender o contexto. Não possuem uma entrada ou saída do sistema, mas ajudam a compreender o contexto. Estes passos têm pouca ou nenhuma influência na complexidade do software a ser desenvolvido. Estes passos têm pouca ou nenhuma influência na complexidade do software a ser desenvolvido.

17 Exemplos de passos complementares o cliente chega ao balcão com as fitas que deseja locar o cliente chega ao balcão com as fitas que deseja locar o cliente vai embora com as fitas o cliente vai embora com as fitas o funcionário pergunta o nome do cliente o funcionário pergunta o nome do cliente o sistema informa que a reserva foi concluída com sucesso o sistema informa que a reserva foi concluída com sucesso

18 Passos Não Recomendados São os processos internos ao sistema. São os processos internos ao sistema. O caso de uso deve descrever a interação entre o sistema e os atores externos, não o processamento interno. O caso de uso deve descrever a interação entre o sistema e os atores externos, não o processamento interno.

19 Tratamento de Exceções no Caso de Uso Representa o que poderia dar errado em cada um dos passos descritos no fluxo principal Representa o que poderia dar errado em cada um dos passos descritos no fluxo principal Uma exceção é um evento que se não for devidamente tratado impede o prosseguimento do caso de uso Uma exceção é um evento que se não for devidamente tratado impede o prosseguimento do caso de uso A exceção em um processo não é necessariamente algo que impede que o processo seja iniciado, mas normalmente algo que impede que ele seja concluído A exceção em um processo não é necessariamente algo que impede que o processo seja iniciado, mas normalmente algo que impede que ele seja concluído

20 Partes de um tratamento de exceção Identificador – número da linha no FP e código da exceção Identificador – número da linha no FP e código da exceção Descrição da exceção – uma frase Descrição da exceção – uma frase Ações corretivas – um fluxo alternativo Ações corretivas – um fluxo alternativo Finalização – se e como retorna-se ao FP Finalização – se e como retorna-se ao FP

21 Formas de Finalizar um Fluxo Alternativo Voltar ao início do passo que causou a exceção Voltar ao início do passo que causou a exceção Ir para algum passo posterior Ir para algum passo posterior Voltar ao início do caso de uso Voltar ao início do caso de uso Abortar o caso de uso Abortar o caso de uso

22 Abortar o Caso de Uso Quando não for possível ou desejável realizar um passo, o caso de uso é abortado. Quando não for possível ou desejável realizar um passo, o caso de uso é abortado. Não é necessário indicar isso como exceção, pois idealmente pode ocorrer a qualquer momento e em qualquer passo. Não é necessário indicar isso como exceção, pois idealmente pode ocorrer a qualquer momento e em qualquer passo.

23 Variantes Não são exceções, mas sub-conjuntos de cenários distintos dentro de um caso de uso Não são exceções, mas sub-conjuntos de cenários distintos dentro de um caso de uso

24

25 Fluxos Alternativos de Outros Casos de Uso

26 Em UML:

27 Quando usar variantes? Quando uma mesma seqüência de passos é repetida em diferentes casos de uso Quando uma mesma seqüência de passos é repetida em diferentes casos de uso Quando um caso de uso é demasiadamente complexo, e a divisão dele em variantes ajuda na sua compreensão Quando um caso de uso é demasiadamente complexo, e a divisão dele em variantes ajuda na sua compreensão

28 Cenários Cada cenário é uma realização particular do caso de uso Cada cenário é uma realização particular do caso de uso

29 Consultas no caso de uso Evite: Evite: o sistema verifica se o usuário está cadastrado o sistema verifica se o usuário está cadastrado Prefira: Prefira: o funcionário informa a identificação do cliente o funcionário informa a identificação do cliente o sistema informa os dados do cadastro do cliente o sistema informa os dados do cadastro do cliente

30 Outras seções de um Caso de Uso Atores Atores Interessados Interessados Pré-Condições Pré-Condições Pós-Condições de Sucesso Pós-Condições de Sucesso Requisitos Correlacionados Requisitos Correlacionados Variações Tecnológicas Variações Tecnológicas Questões em Aberto Questões em Aberto

31

32

33 Bibliografia Raul Sidnei Wazlawick, Análise e Projeto de Sist. de Informação Orient. a Objetos, Ed. Campus (livro + transparências), cap. 3. Raul Sidnei Wazlawick, Análise e Projeto de Sist. de Informação Orient. a Objetos, Ed. Campus (livro + transparências), cap. 3.


Carregar ppt "Copyright Leandro Becker Expansão dos Casos de Uso Prof. Dr. Daniel D. Abdala baseado nas notas de aula do Prof. Leandro Buss Becker."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google