A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROGRAMA DE ENGENHARIA URBANA MESTRADO PROFISSIONAL Escola Politécnica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROGRAMA DE ENGENHARIA URBANA MESTRADO PROFISSIONAL Escola Politécnica."— Transcrição da apresentação:

1 PROGRAMA DE ENGENHARIA URBANA MESTRADO PROFISSIONAL Escola Politécnica

2 ROTEIRO: Introdução à Engenharia Urbana: Caracterização Justificativas Referenciais Apresentação do PEU/POLI: Histórico Estrutura Disciplinas Corpo Docente Corpo Discente Informações aos alunos: Aulas Rotinas acadêmicas Pesquisas, Publicações e Teses

3 CARACTERIZAÇÃO: Traz o enfoque da Engenharia nas questões relacionadas com GESTÃO e TECNOLOGIA nas cidades. Integra as ENGENHARIAS SETORIAIS através da abordagem sistêmica e da visão holística. (habitação, transportes, drenagem, construção civil, saneamento, gas e energia, etc.) Sua produção técnica e científica visa contribuir com PLANOS DIRETORES, POLÍTICAS DE SUSTENTABILIDADE e AÇÕES INOVADORAS.

4 JUSTIFICATIVAS: 1- Crescente responsabilização dos governos locais, estaduais e federal quanto ao planejamento e gestão do desenvolvimento urbano. O Estatuto da Cidade (Lei no de 10/07/2001) reforça esta demanda por pesquisadores e profissionais mais capacitados, aptos a atuar de forma inovadora nos itens nele previstos, tais como Planos Diretores Participativos, Operações Urbanas Consorciadas e Conselhos de Política Urbana. 2- As novas técnicas e processos aplicados às cidades estariam voltados para: definir necessidades e prioridades, elaborando diagnósticos funcionais, fornecer elementos técnicos para apoio à tomada de decisão; planejar e intervir de modo sistêmico e com visão integrada, propor estratégias para gestão de infra-estrutura e serviços; coordenar e gerenciar os processos de intervenção nas cidades.

5 ENGENHARIA URBANA NO BRASIL- Áreas (CAPES) Documento de Área 2009

6 CONCEITO UFIES PROGRAMAS DE ENGENHARIA URBANA NA ENGENHARIAS 1 / Engenharia Civil PROGRAMAS RECONHECIDOS PELA CAPES ATÉ 2007: MPDAMA -44SP UFSCAR * ENGENHARIA URBANA --3PRUEMENGENHARIA URBANA --3PBUFPB / J.P.ENGENHARIA URBANA Áreas de Concentração em Engenharia Urbana em outros Programas de Engenharia : USP: UFBA: ENGENHARIA URBANA NO BRASIL - Programas (CAPES) ENGENHARIA URBANA UFRJ RJ ENGENHARIA URBANA E AMBIENTAL PUC-RIO RJ PROGRAMAS APROVADOS EM 2008: * A UFSCAR também possui curso de graduação em Engenharia Urbana

7 HISTÓRICO: CENTRO DE TECNOLOGIA – UFRJ Programas de Pós-Graduação em Engenharia: COPPE (1963) POLI (2008) Escola de Química (1965) IMA (1977) CURSOS: Mestrado e Doutorado Acadêmico Mestrado Profissional Mestrado e Doutorado Acadêmico Mestrado Profissional Mestrado e Doutorado Acadêmico ÁREAS: Civil, Produção, Elétrica, Mecânica, Oceânica, Química, Nuclear, Sistemas, Planejamento Energético, Biomédica, Metalurgia, Transportes Ambiental, Urbana, Estruturas Processos Quimicos e Bioquímicos Biocombustíveis e Petroquímica C & T de Polímeros

8 HISTÓRICO Programa de Engenharia Urbana - PEU Atividades anteriores Núcleo formado por egressos da COPPE e PROARQ Foco comum: questões relacionadas às cidades Gênese: visita do Prof. Alex Abiko – Eng. Urbana/USP Construção do programa Curso de Especialização em Engenharia Urbana – monografia, 366 horas Sinergia entre professores da POLI e IPPUR > Mestrado Profissional Formalização da parceria com o IPPUR Tramites institucionais – Apoio da Diretoria e Pró-Reitoria

9 Nível: PROGRAMA >ENGENHARIA URBANA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO > ENGENHARIA URBANA LINHA DE PESQUISA > PLANEJAMENTO E GESTÃO SISTEMAS URBANOSMÉTODOS E TÉCNICAS PROJETOS > Desenvolvimento Urbano Sustentável Redes de serviçoGeoprocessamento Gestão Habitacional e Urbana Drenagem UrbanaMonitoramento e Simulação Urbana Ocupação e uso do solo urbano Água e Esgoto Localização de Atividades Produtivas Economia UrbanaMobilidade nas Cidades Automação e Controle Sustentabilidade da Construção Civil Metodologias para projetos urbanos Resíduos Sólidos Poluição Sonora FOCO DAS DISCIPLINAS > FUNDAMENTOS E CONCEITOS >BASE TEÓRICA ENGENHARIAS SETORIAIS >ESTADO DA TÉCNICA FERRAMENTAL E METODOLOGIA >PESQUISA ESTRUTURA DO PROGRAMA - Carga horária de disciplinas e participação docente balanceada entre as linhas - Conteúdo das linhas cobre a maioria dos temas de engenharia aplicados às cidades

10 DISCIPLINAS MESTRADO PROFISSIONAL: ENGENHARIA URBANAÁREA DE CONCENTRAÇÃO ÚNICA: ENGENHARIA URBANA LINHA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO LINHA DE SISTEMAS URBANOS LINHA DE MÉTODOS E TÉCNICAS DisciplinasCODIGOH/Obrigat.H/EletivaPROFDisciplinasCODIGOH/Obrigat.H/EletivaPROFDisciplinasCODIGOH/Obrigat.H/EletivaPROF Engenharia, Cidades e Sustentabilidade 30 GABRIELLAA Cidade como Redes de Serviços 15 MAUROSistemas de Informação Georeferenciados 15 FERNANDO Planejamento e gestão das cidades 30 CLAUDIA / ADAUTO Transportes urbanos 30 GIOVANIMetodologia da pesquisa 15 ROSANE Abordagem sistêmica do uso e ocupação do solo 15 CAMILODrenagem urbana 30 M MIGUEZModelagem nunérica de terrenos 15CARL Dinamica e Uso do Solo Urbano 15 LUCIANAAgua e Esgoto 30 IENESistemas autom. aplicados á engenharia urbana 15ARMANDO Estratégias para o desenv. urbano sustentável 15CAMILOResíduos sólidos 15TINAMonitoramento e Gerenciamento em Ruido Urbano 15FERNANDO C Gestão Habitacional 15 GABRIELLAIntrodução à Poluição Sonora 15FERNANDO CFerramentas computacionais para análise de ruídos 15JULIO Tópicos especiais em Planejamento e Gestão Urbana EED792 15A DEFINIRGestão da Construção Civil 15LUIZ OTÁVIOGeoprocessamento 30XAVIER Conforto do Ambiente Construído 15ELAINETópicos em localização 15COSENZA Projetos Integrados de controle de cheias 15M MIGUEZTópicos especiais em engenharia urbana 30A DEFINIR Pesquisa Operacional em Engenharia Urbana 15GIOVANIFerramentas para simulação urbana 15ROSANE Tópicos especiais em Sistemas Urbanos EED793 15A MDEFINIRMonitoramento e controle social das políticas urb. 15ORLANDO Gestao Participativa de Programas e Projetos 15CLAUDIA Tópicos especiais em Métodos e Técnicas EED794 15A DEFINIR Foco das Disciplinas: FUNDAMENTOS E TEORIAS ENGENHARIAS SETORIAIS FERRAMENTAL E PESQUISA OBRGELETLINHA OBRGELETLINHA OBRGELETLINHA OFERTA POR CATEGORIA

11 CORPO DOCENTE (todos com doutorado): Professores Permanentes (15) : 13 professores da POLI (doutorado em engenharia) 2 Professores Eméritos (IGEO e POLI/COPPE) Professores Colaboradores (8): 1 professor da POLI 5 professores do IPPUR Pesquisadores Associados (4): 4 professores da POLI 1 pesquisador da COPPE

12 CORPO PERMANENTE: Angela Maria Gabriella Rossi, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Armando Carlos de Pina Filho, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Beatriz de Souza Leite Pires de Lima, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Camilo Michalka Jr., Dr. Ing. Escola Politécnica / UFRJ Carlos Alberto Nunes Cosenza, D.Sc. Professor Emérito / UFRJ Elaine Garrido Vasquez, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Fernando Augusto de N. Castro Pinto, Dr. Ing. Escola Politécnica / UFRJ Fernando Rodrigues Lima, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ PROFESSORES COLABORADORES: Adauto Lucio Cardoso IPPUR/UFRJ Claudia Ribeiro Pfeiffer IPPUR/UFRJ Iene Christie Figueiredo, D. Sc. Escola Politécnica / UFRJ Luciana Corrêa do Lago IPPUR/UFRJ Mauro Kleiman IPPUR/UFRJ Orlando dos Santos Junior IPPUR/UFRJ PESQUISADORES ASSOCIADOS: José Luis Menegotto, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Eva Vider Escola Politécnica / UFRJ Gisele Silva Barbosa, M.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Roberto Machado Corrêa, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Paulo Carneiro, D.Sc. COPPE/UFRJ Giovani Manso Ávila, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Jorge Xavier da Silva, Ph.D Professor Emérito / UFRJ Julio César Boscher Torres, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Luiz Otávio Cocito de Araújo, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Marcelo Gomes Miguez, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Maria Cristina Moreira Alves, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ Rosane Martins Alves, D.Sc. Escola Politécnica / UFRJ

13 CORPO DISCENTE: Processo seletivo anual: 25 vagas - Edital Público Seleção em 4 etapas: ante-projeto, prova escrita, prova de idioma e entrevista técnica Regime acadêmico: Oferta de disciplinas - Trimestral Aulas na 2a feira e 4a feira Turma 2009: 24 alunos selecionados, todos cursaram os 3 trimestres de disciplinas 22 seminários de tema de dissertação apresentados Turma 2010: 17 alunos selecionados,todos cursando regularmente as disciplinas do 2o trimestre

14 INFRAESTRUTURA: SALA DE AULA GABINETESBIBLIOTECA DO CT LABORATORIO CAD/SIG

15 PRODUÇÃO INTELECTUAL (inicio do programa em 2009): 2009 e 2010 (até o momento): 1 livro em Engenharia Urbana publicado (organização + capítulos) 6 artigos em periódicos 52 trabalhos em anais de congressos 10 produções técnicas (consultorias, organização de eventos, etc) CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: Embrião do programa (2007) Stricto Sensu – 366 hs 2 turmas concluídas e 1 em andamento

16 RELAÇÕES INTERNACIONAIS: Mobilidade docente: 2 professores em pós-doc no exterior (2009/Espanha e 2011/Alemanha), na área de Engenharia Urbana 7 professores em pesquisas e projetos (Rede Magalhães/Espanha, UNIBRAL/Alemanha, BRAFITEC/França) Convênios: UTC, EIVP, École Centrale – França UPM – Espanha TFCH e U. Stutgart- Alemanha Outros

17 AULAS: Periodização e horários Frequencia e avaliação Suporte e apoio aos alunos

18 ROTINAS ACADÊMICAS: Regulamento do Programa Estrutura organizacional Escolha e inscrição em disciplinas Orientações e Bancas Seminários e Defesas Dissertação

19 PESQUISAS, PUBLICAÇÕES E TESES: Qualis / CAPES Avaliação do Programa Bolsas Projetos e Pesquisas Doutoramento Rede de Pesquisa em Eng. Urbana

20 Ericksson Rocha e Almendra Diretor da Escola Politécnica Eduardo Gonçalves Serra Diretor Adjunto de Pós –Graduação da POLI/UFRJ Fernando Rodrigues Lima Coordenador do PEU / POLI


Carregar ppt "PROGRAMA DE ENGENHARIA URBANA MESTRADO PROFISSIONAL Escola Politécnica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google