A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Geração de 1945. Clarice Lispector A literatura introspectiva/intimista busca fixar-se na crise do próprio indivíduo, em sua consciência e inconsciência.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Geração de 1945. Clarice Lispector A literatura introspectiva/intimista busca fixar-se na crise do próprio indivíduo, em sua consciência e inconsciência."— Transcrição da apresentação:

1 Geração de 1945

2 Clarice Lispector A literatura introspectiva/intimista busca fixar-se na crise do próprio indivíduo, em sua consciência e inconsciência.

3 Introdução Este trabalho tem como tema a Geração de No decorrer da apresentação será explicado através de tópicos o contexto histórico, a representação da cidade, campo e sertão, as características literárias da época e aprofundaremos a explicação de dois escritos que foram de extrema importância para os anos 1945.

4 Contexto da Época Fatos influentes: O fim da Segunda Guerra Mundial e da Era Vargas e o início da Guerra Fria influenciaram na mudança da literatura. Surgimento: A partir de trabalhos poéticos, defendidos pela revista Orfeu em Poesia – novo estilo: oposta às inovações modernistas de 1922, sendo equilibrada e séria e baseando-se no Simbolismo e no Parnasianismo. Referência: João Cabral de Melo Neto. Prosa: Predomínio da introspecção, questionamento do eu (muito presente nas obras de Clarice Lispector) e do regionalismo, recriação dos costumes e da fala sertaneja (introduzido por Guimarães Rosa, na época). Autores instrumentalistas: Clarice Lispector e Guimarães Rosa receberam essa denominação porque utilizavam a palavra como instrumento de trabalho, não apenas como um meio de extrair ideias.

5 Representação da cidade, campo e sertão Regionalismo: interpretado por Guimarães Rosa de maneira diferente da Geração de 30, que era mais memorialista, como em Menino de Engenho, Zé Lins coloca fatos de sua vida na obra. Guimarães Rosa colocou a fala sertaneja, os costumes e a cultura como no livro Grande Sertão: Veredas, interpreta muito bem o regionalismo da Geração de 45. O Urbanismo foi interpretado por Clarice Lispector e também por Guimarães Rosa. Ele era dito como um escritor universal já que conseguia interpretar o homem urbano, o homem do campo, do norte e do sul do país.

6 Características Literárias Criaram uma poesia inversa ao Modernismo de A poesia dessa geração oscila entre o subjetivismo e a poética experimentalista. A palavra é valorizada do modo como ela é escrita com o objetivo de restabelecer o formal. Essa geração utilizou como tema poético as formas de expressão política, as contradições internas do homem e os problemas de uma sociedade. Isso fez com que a poesia se voltasse mais para uma sondagem psicológica. O regionalismo teve destaque nessa época, pois, o mesmo tentava resgatar os costumes do povo brasileiro de uma certa região, através da linguagem e da representação do campo e da cidade.

7 Principais Escritores

8 João Cabral de Melo Neto Nascido em Recife (PE), no dia 09 de Janeiro de 1920, é o mais importante poeta da geração de 45. Passou sua infância em engenhos de açúcar em São Lourenço Mata e Moreno, e sempre demonstrou interesse pela Literatura em Cordel Nordestina, demonstrando desde cedo o desejo em ser crítico literário. Em 1946, formou-se em Diplomacia, e serviu em várias partes do mundo, como Londres, Barcelona, Madri, Rio de Janeiro, etc. Aposentou-se em Sua obra apresenta duas linhas-mestras: a Participante e a Metapoética,. A Metapoetica abrange os poemas que questionam o próprio fazer poético, e a Participante tem como tema o Nordeste, com todos os seus problemas voltados para a questão social, tais como a fome e a miséria. Uma de suas obras que retrata isso muito bem é Morte e Vida Severina, que conta a história de um jovem migrante nordestino que sai do interior em busca de melhores condições de vida no litoral. João Cabral de Melo Neto morreu em 9 de Outubro de 1999.

9 Clarice Lispector Clarice Lispector nasceu na Ucrânia, de pais russos, no ano de 1925 e emigrou com a família para o Brasil no ano seguinte, nunca mais voltaria à pequena aldeia de Tchetchenillk em que nascera. Fixaram-se no Recife, onde a escritora passou a infância. Depois da morte de sua mãe, quanto tinha 12 anos, ela mudou-se com a família para o Rio de Janeiro, já tendo esboçado seus primeiros contos. Ingressou no curso de direito, formou-se e começou a colaborar em jornais cariocas. Em 1943 casou-se com um colega de faculdade e publicou, no ano seguinte ao de seu casamento, publicava seu primeiro livro, Perto do coração selvagem e, com apenas 19 anos de idade, pode assistir a enorme repercussão com o público e com a crítica de seu estilo, diferente de tudo o que se fizera até então. Sendo seu marido diplomata de carreira, Clarice viveu fora do Brasil por cerca de quinze anos, onde pôde dedicar-se exclusivamente a escrever. Depois de separar-se do marido, já de volta ao Brasil e morando no Rio de Janeiro soube que sofria de câncer generalizado. Morreu em dezembro de 1977, na véspera de seu aniversário, como uma das mais importantes vozes da literatura brasileira.

10 Outros Escritores - Guimarães Rosa Lygia Fagundes Telles -Mário Palmério - - Rubem Braga

11 Conclusão Esse trabalho foi de extrema importância, pois vimos que os escritores da Geração de 1945 sempre tentavam resgatar a natureza do brasileiro, mostrando em todas as suas obras o regionalismo, que nada mais foi do que a exposição dos costumes de um povo.


Carregar ppt "Geração de 1945. Clarice Lispector A literatura introspectiva/intimista busca fixar-se na crise do próprio indivíduo, em sua consciência e inconsciência."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google