A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EMEF ARMANDO DE ARRUDA PEREIRA Trabalho de Pesquisa Tema: Clarice Lispector Alunos da 8ª série A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EMEF ARMANDO DE ARRUDA PEREIRA Trabalho de Pesquisa Tema: Clarice Lispector Alunos da 8ª série A."— Transcrição da apresentação:

1 EMEF ARMANDO DE ARRUDA PEREIRA Trabalho de Pesquisa Tema: Clarice Lispector Alunos da 8ª série A

2 Biografia Quando seus pais viajavam para o Brasil, como imigrantes vindos da Ucrânia, Clarice Lispector nasceu, num navio. Chegou a Maceió com dois meses de idade, com seus pais e duas irmãs. Em 1924 a família mudou- se para o Recife, e Clarice passou a freqüentar o grupo escolar João Barbalho. Aos oito anos, perdeu a mãe. Três anos depois, transferiu-se com seu pai e suas irmãs para o Rio de Janeiro.

3 Em 1939 Clarice Lispector ingressou na faculdade de direito, formando-se em Trabalhou como redatora para a Agência Nacional e como jornalista no jornal "A Noite". Casou-se em 1943 com o diplomata Maury Gurgel Valente, com quem viveria muitos anos fora do Brasil. O casal teve dois filhos, Pedro e Paulo, este último afilhado do escritor Érico Veríssimo. Seu primeiro romance foi publicado em 1944, "Perto do Coração Selvagem". No ano seguinte a escritora ganhou o Prêmio Graça Aranha, da Academia Brasileira de Letras. Dois anos depois publicou "O Lustre".

4 Em 1954 saiu a primeira edição francesa de "Perto do Coração Selvagem", com capa ilustrada por Henri Matisse. Em 1956, Clarice Lispector escreveu o romance "A Maçã no Escuro" e começou a colaborar com a Revista Senhor, publicando contos. Separada de seu marido, radicou-se no Rio de Janeiro. Em 1960 publicou seu primeiro livro de contos, "Laços de Família", seguido de "A Legião Estrangeira" e de "A Paixão Segundo G. H.", considerado um marco na literatura brasileira.

5 Em 1967 Clarice Lispector feriu-se gravemente num incêndio em sua casa, provocado por um cigarro. Sua carreira literária prosseguiu com os contos infantis de "A Mulher que matou os Peixes", "Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres" e "Felicidade Clandestina". Nos anos 1970 Clarice Lispector ainda publicou "Água Viva", "A Imitação da Rosa", "Via Crucis do Corpo" e "Onde Estivestes de Noite?". Reconhecida pelo público e pela crítica, em 1976 recebeu o prêmio da Fundação Cultural do Distrito Federal, pelo conjunto de sua obra.

6 No ano seguinte publicou "A Hora da Estrela", seu ultimo romance, que foi adaptado para o cinema, em Clarice Lispector morreu de câncer, na véspera de seu aniversário de 57 anos. Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento

7 Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la. Sonhe com aquilo que você quiser. Vá para onde você queira ir. Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida e nela só temos uma chance de fazer aquilo que queremos. Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E esperança suficiente para fazê-la feliz. As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos. A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas. O futuro mais brilhante é baseado num passado intensamente vivido. Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado. A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar, duram um a eternidade. A vida não é de se brincar porque em pleno dia se morre. Obra – Vida

8 Conclusão Clarice representa bem a antítese Humana, consegue expressar solidão e amor com tamanha imensidão de ser, o que ás vezes parece impossível, ela consegue traduzir. Reflete singelas e expressões maduras, nesta obra, ela diz que devemos aproveitar cada segundo de nossas vidas, que enfrentaremos dificuldades, lidaremos com a derrota, mas devemos sempre seguir em frente, pois só assim teremos sucesso e uma vida feliz.

9 Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome Ensinar Gramática é ensinar história da formação de nossa língua através dos tempos, é ensinar cultura e analisar a vida humana através da língua que a identifica. Ensinar Literatura é ensinar a ler o mundo através de outros tempos e olhos, com arte, com sensibilidade, com visão política e como nos foram transmitidos os conhecimentos. Ensinar Leitura e Produção de Textos é inserir o indivíduo na sociedade. Assim, podemos analisar a vida humana através da comunicação. Aliás, este tripé está intimamente ligados, pois o texto, entrelaçamento de sentidos, é o ponto de partida para refletir sobre a linguagem e suas relações com o mundo do qual fazemos parte. Cada texto é um universo em interrelação com o mundo e conosco. Os textos estabelecem vínculos com a realidade e nos fazem refletir criticamente e é um instrumento para a construção da identidade e para a cidadania. Maria Angela Perone Marques Rossetti RA


Carregar ppt "EMEF ARMANDO DE ARRUDA PEREIRA Trabalho de Pesquisa Tema: Clarice Lispector Alunos da 8ª série A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google