A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto SIFAPs Prof. Roberto Pacheco e Prof. Cesar Zucco

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto SIFAPs Prof. Roberto Pacheco e Prof. Cesar Zucco"— Transcrição da apresentação:

1 Projeto SIFAPs Prof. Roberto Pacheco e Prof. Cesar Zucco

2 Agenda Sobre o Projeto SIFAPs – Objetivos – Características – Desafios Sobre a 1ª Reunião – Dinâmica – Resultados Futuro do SIFAPs

3 Como e quando nasceu o projeto SIFAPs?

4 Perguntas (das FAPs, do MCT, MS, da sociedade..) Ex: por que investir em C,T&I? Como foram os fundos setoriais nos Estados? Indicadores Que indicadores respondem nossas perguntas? Como obter os Indicadores? Via Prospecção (MÉTODOS ATUAIS): Problemas Via Sistemas de Informação O que devem atender? PROCESSOS OPERACIONAIS (Fomento, controle, etc) PROCESSOS ESTRATÉGICOS (Tomada de Decisão) PROCESSOS DE TRANSPARÊNCIA DE GOVERNO Como estão sendo desenvolvidos GERAIS (Ex: FAPESP, FAPDF, FAPERGS,FAPEMIG) ESPECÍFICOS (FAPESC, FAP-BA, Fundação Araucária) Sistemas Estaduais de Gerenciamento Estratégico da Informação O que deveriam ter? Padronização Metodologia Aberta Interoperabilidade Respeito e comunicação aos sistemas federais Projeto do SIFAPs Sustentabilidade, Gestão e integração com Sistemas de informação Sistema para indicadores de C,T&I das FAPs – SIFAPs Sistemas de Informação Indicadores de CT&I

5 SIFAPs - Histórico procedimentos informatizados, gestão estratégica, desenvolvimento de indicadores de avaliação e um sistema inteligente de apoio à decisão para o conjunto das FAPs. 28 a 30 novembro Fpolis GT para formular SIFAPs 14 e 15 fevereiro Brasília Plano de trabalho para a definição de um projeto de indicadores para as FAPs CONFAP, FAPs, especialistas CAPES, CNPq, MCT 5 e 6 de março Aracaju Apresentação de resultados parciais para os presidentes e diretores FAPs – Aprovação do projeto CONFAP, FAPs, especialistas e avaliação do projeto Abril de Fpolis Projeto proposto pelo Observatório do Conhecimento do EGC/UFSC EGC/UFSC ao CONFAP

6 SIFAPs - Histórico Solicitação e entrega de revisões para encaminhament o de proposta do CONFAP ao MCT Outubro Fpolis CONFAP, EGC, MCT Dezembro Brasília Contratação do Projeto de parte do MCT junto à UFSC (Departamento de Engenharia do Conhecimento) e FEESC MCT contrato UFSC/EGC/FEESC Janeiro e Fevereiro Fpolis Início do Projeto: formação da equipe de bolsistas. Revisão de planejamento. Plano de reuniões. Contato com CGEE;ABDI (PI) Equipe EGC/UFSC Março de Brasília 1ª reunião com as equipes de profissionais das FAPs EGC/UFSC ao CONFAP

7 Por que e para que o Projeto SIFAPs?

8 Necessidades das FAPs Para que existe uma FAP? Como convencer a sociedade e os políticos da relevância de uma FAP? – Por que há deputados que pensam ser um problema federal? Como comunicar resultados de CT&I? – Por que governos estaduais devem investir em CT&I?

9 Um caminho para as respostas... Missão da FAP Resultados da FAP Impacto na sociedade Comunicação – Efetividade – Comparabilidade – Democracia eletrônica Sistemas de Informação Indicadores de CT&I

10 Objetivo Geral Estabelecer, padronizar e validar empiricamente um conjunto de indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação - CT&I, sob a ótica da sociedade do conhecimento para o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa - CONFAP IMPORTANTE: Os indicadores SIFAPs estão compromissados com as necessidades das FAPs: devem ajudá-las a responder à sociedade sobre resultados e impactos de sua atuação no sistema estadual de CT&I

11 Objetivos Específicos

12 Resultados a serem alcançados

13 Resultados esperados

14 O Sistema Nacional de Inovação receberá um conjunto de indicadores multi-dimensionais e universais para que as FAPs apresentem seus resultados para a sociedade As FAPs serão capacitadas para compreenderem os formatos tecnológicos dos arquivos que geram os indicadores (XML) e para enviarem seus dados para a base nacional de indicadores (que deve ser definida pelo MCT e pelo CONFAP)

15 Resultados Parciais (Programatização) Mais de 60 Programas Dimensões dos Indicadores 1.Fomento à Pesquisa 2.Fomento à Formação de Recursos Humanos 3.Fomento à Inovação 4.Fomento à Divulgação e à Difusão de CT&I

16 Resultados Parciais (Programatização) Mais de 60 Programas Dimensões dos Indicadores 1.Fomento à Pesquisa 2.Fomento à Formação de Recursos Humanos 3.Fomento à Inovação 4.Fomento à Divulgação e à Difusão de CT&I

17 Quais são nossos desafios?

18 Desafios Especificidades regionais – Cada FAP tem que atender as demandas de seu sistema regional de CT&I específico; – O SIFAPs deve ter somente uma concepção e terminologia. Semântica – Terminologias regionais Ex: nomes e enquadramentos de programa – Indicadores de C&T x Gestão Pública Ex: orçamento público x efetividade da FAP

19 Cronograma – Nossas reuniões

20 O Futuro do SIFAPs

21 Para o futuro Institucionalidade – Onde ficará implantado o SIFAPs – Como será gerenciado – Qual será sua finalidade e para que usuários Arquitetura tecnológica – Qual será a tecnologia do SIFAPs – Como será a arquitetura do SIFAPs – Qual será o workflow de informações

22 Metodologia: Construção Coletiva Em Brasília, o processo de construção colaborativa já permitiu verificar benefícios adicionais às FAPs: Troca de experiências organizacionais Aprendizado mútuo

23 Projeto SIFAPs Obrigado Prof. Roberto Pacheco e Prof. Cesar Zucco


Carregar ppt "Projeto SIFAPs Prof. Roberto Pacheco e Prof. Cesar Zucco"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google