A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diagnóstico da Realidade do Programa Acompanhante de Idosos na CRS CO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diagnóstico da Realidade do Programa Acompanhante de Idosos na CRS CO."— Transcrição da apresentação:

1 Diagnóstico da Realidade do Programa Acompanhante de Idosos na CRS CO

2 Subprefeituras/Supervisões 1.Butantã STS Butantã 2. Lapa STS Lapa - 3. Pinheiros Pinheiros 4. Sé STS Sé DELIMITAÇÃO DO TERRITÓRIO CRS Centro Oeste

3 * 4 Subprefeituras: Butantã, Lapa, Pinheiros, Sé * 3 de Saúde: Butantã, Lapa – Pinheiros, Sé * População Total (2011): hab * Moradores em situação de rua: aprox pessoas POPULAÇÃO 2011: IBGE e Fundação SEADE - PMSP/SMS/CEInfo tabwin acesso 16/08/2011 Fonte: PMSP/SMS/CEInfo, tabwin Prodam - acesso 16/08/2011 População CRS CO usuária exclusivamente do SUS 2011 População CRS CO 2011 População faixa etária CRS CO 2011 Características da CRS CO

4 Fonte primária: IBGE, Censos 2000 e Elaboração: CEInfo/Gisa, População Segundo Ciclo de Vida

5 Pirâmide etária – CRS Centro Oeste – Censo 2010

6 STS SéSTS Lapa/PinheirosSTS Butantâ Pirâmide etária – CRS Centro Oeste – Censo 2010

7

8 Unidades com programa acopanhante de idoso

9 STS SÉ -URSI Santa Cecília (2005) STS SÉ-UBS Nossa Sra do Brasil (2008) STS SÉ -UBS Boracea (2008) STS LAPA PINHEIROS -UBS Dr. José de Barros Magaldi (2008) STS LAPA PINHEIROS -UBS Vila Romana (2008) STS LAPA PINHEIROS -UBS Jardim Vera Cruz (2012) STS BUTANTÃ -UBS Butantã (2012) EQUIPES DO PROGRAMA

10 INTEGRAÇÃO DO PROGRAMA - REDES Condições: -Depende dos profissionais dos diferentes setores e serviços -Necessário confiança, respeito e reciprocidade -Ambiente favorável para a comunicação/interação -Conhecimento dos recursos existentes -Disposição para a cooperação mais do que competição

11 Desafios da integração: -Com a UBS onde está sediado -Entre UBS de mesma área de abrangência -Com os outros equipamentos e serviços da CRS -Com os outros equipamentos e serviços da região -Com a rede de atenção da pessoa idosa da região -Com a rede de suporte social da região INTEGRAÇÃO DO PROGRAMA - REDES

12 Estratégias de integração: -compartilhar mesmo público-alvo -discussão de casos entre equipes -reuniões entre equipes -reuniões em conjunto nas supervisões e CRS CO -fluxos de encaminhamentos -planejamento de ações conjuntas -compartilhamento de recursos materiais

13 ÊXITO integralidade da atenção ao idoso DESAFIO integrar equipes e serviços SUS

14 UBS V ROMANA

15

16 UBS Dr J B MAGALDI

17

18 UBS Jd VERA CRUZ

19 UBS BUTANTÃ

20

21 URSI STA CECÍLIA

22

23 UBS BORACEA

24

25 UBS N Sra BRASIL

26

27 OBRIGADO!


Carregar ppt "Diagnóstico da Realidade do Programa Acompanhante de Idosos na CRS CO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google