A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Veta Dilma...2:00

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Veta Dilma...2:00"— Transcrição da apresentação:

1 Veta Dilma...2:00

2 globo/bom-dia-brasil/v/versao-de-o-grito- e-leiloada-em-nova-york/ / Até a obra mais cara do mundo...2:18

3

4 Foi uma vergonha. A menos de dois meses da Rio+20, a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, a Câmara dos Deputados aprovou um Código Florestal que põe em risco a preservação das florestas brasileiras e passa por cima dos avanços ambientais das últimas décadas, como a obrigação de reflorestamento e as multas a quem desmatou áreas de preservação.

5 er_embedded&v=Ce7t5FyfYOI Vídeo Greenpeade...1:31

6 A campanha é legal... Mas é bom tomar cuidado com mitos...

7 Considera-se que a Filosofia tenha surgido no séc. VI a.C., da necessidade de compreender, questionar e superar as explicações míticas. Mito = histórias religiosas reveladas com autoridade supostamente indiscutível.

8 26 (Uem 2009) Leia o texto a seguir: A Sociologia não se limita ao estudo das condições de existência social dos seres humanos. Todavia, essa constitui a porção mais fascinante ou importante de seu objeto e aquela que alimentou a própria preocupação de aplicar o ponto de vista científico à observação e à explicação dos fenômenos sociais. Ora, ao se falar do homem, como objeto de indagações específicas do pensamento, é impossível fixar, com exatidão, onde tais indagações se iniciam e quais são os seus limites. Pode-se, no máximo, dizer que essas indagações começam a adquirir consistência científica no mundo moderno, graças à extensão dos princípios e do método da ciência à investigação das condições de existência social dos seres humanos. Sob outros aspectos, já se disse que o homem sempre foi o principal objeto da curiosidade humana. Atrás do mito da Religião ou da Filosofia sempre se acha um agente humano, que se preocupa, fundamental e primariamente, com questões relativas à origem, à vida e ao destino de seus semelhantes. (FERNANDES, Florestan. A herança intelectual da Sociologia. In: FORACCHI, Marialice e MARTINS, José de Souza. Sociologia e Sociedade. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1977, p.11.)

9 Pode-se concluir do texto que a Sociologia 01) nasce e se desenvolve procurando compreender a Idade Média. Os sociólogos utilizaram os recursos explicativos gerados, sobretudo, pelas doutrinas religiosas para analisar a organização do mundo. 02) empreende uma reflexão sistemática sobre as transformações sociais em curso nas sociedades em que a ciência se tornou uma poderosa ferramenta de compreensão do mundo. 04) define, ao refletir sobre os conflitos estabelecidos nas relações entre indivíduo e sociedade, que a função dos sociólogos é encontrar soluções para esses conflitos. 08) objetiva construir formas de conhecimento científico sobre a realidade, estabelecendo teorias e metodologias que gerem compreensão dos fenômenos sociais. 16) elabora um estudo organizado do comportamento humano. Logo, podem ser objetos de estudo dessa ciência, dentre outros: as formas de exclusão social, os novos arranjos familiares, os processos de construção da cidadania e o fenômeno da violência urbana.

10 b(Uel) No início a ciência quis a morte do mito, como a razão quis a supressão do irracional, visto como obstáculo a uma verdadeira compreensão do mundo, dando início assim a uma guerra interminável contra o pensamento mítico. Valéry glorificou esta luta destruidora contra as coisas vagas: Aquilo que deixa de ser, por ser pouco preciso, é um mito; basta o rigor do olhar e os golpes múltiplos e convergentes das questões e interrogações categóricas, armas do espírito ativo, para se ver os mitos morrerem. O mito por sua vez trabalha duro para se manter e, por meio de suas metamorfoses, está presente em todos os espaços. Do mesmo modo, a ciência atual busca menos sua erradicação que seu confinamento. Quando a ciência traça seus próprios limites, ela reserva ao mito – e ao sonho – o lugar que lhe é próprio. (BALANDIER, Georges. A desordem: elogio do movimento. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, p.17.) Com base no texto, é correto afirmar: a) Pelo fato de ser destituído de significado social, o mito está ausente dos espaços sociais contemporâneos. b) A delimitação da área de atuação do saber científico implica na constituição de um lugar próprio para o mito. c) A morte e o extermínio do mito no ocidente decorrem da supervalorização e consequente predomínio da razão. d) Na modernidade, o pensamento mítico é crucial para a compreensão científica do mundo. e) O pensamento mítico se disseminou porque se pauta em conceitos e categorias.

11 d(Ufu) Partindo de uma perspectiva marxista de análise da relação entre democracia e meios de comunicação de massa, aponte a alternativa correta. a) Desde a antiguidade clássica, a imprensa sempre atuou em favor de grupos minoritários, procurando moldar a opinião pública em função dos interesses de classe dos proprietários dos meios de produção e dos meios de comunicação de massa. b) A concentração da propriedade de emissoras de rádio, televisão, jornais e editoras nas mãos de grupos empresariais restritos revela como, numa sociedade democrática, as pessoas dotadas de competência e competitividade obtêm sucesso econômico. c) A concentração da propriedade dos meios de comunicação nas mãos de certos grupos empresariais tende a lhes proporcionar maior capacidade tecnológica para fazer circular, democraticamente as informações, funcionando assim, como garantia do exercício da cidadania. d) Não passa de um mito a afirmação segundo a qual os meios de comunicação de massa são porta-vozes dos interesses da coletividade, já que no fundo, eles estão subordinados à lógica do capital que domina o mundo da mercadoria.

12 Prof. Ricardo Augusto Felicio 2maio :15

13 É bom lembrar que a controvérsia é sobre Aquecimento global Sobre o consumismo e poluição não existe dúvidas.


Carregar ppt "Veta Dilma...2:00"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google