A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Slides utilizados na disciplina – Sociologia Aplicada para o Curso de Administração/UFSC Por Prof. Juliana Grigoli.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Slides utilizados na disciplina – Sociologia Aplicada para o Curso de Administração/UFSC Por Prof. Juliana Grigoli."— Transcrição da apresentação:

1 Slides utilizados na disciplina – Sociologia Aplicada para o Curso de Administração/UFSC Por Prof. Juliana Grigoli

2 SOCIALISMO CIENTÍFICO: TEM COMO EXPOENTES – MARX E ENGELS

3 COMO MARX ANALISOU AS TRANSFORMAÇÕES QUE ESTAVAM OCORRENDO EM PAÍSES DA EUROPA NO SÉCULO XIX? QUAIS FORAM OS ASPECTOS DESTACADOS PELO AUTOR? QUAIS SÃO OS EIXOS DE ANÁLISE DE MARX? QUAIS SÃO OS ASPECTOS DESTACADOS PELO AUTOR NOS CAMPOS : ECONÔMICO, POLÍTICO, HISTÓRICO E SOCIAL ? COMO DEFINE OS JOGOS DE FORÇA E AS DISPUTAS DE PODER?

4 AO LER AS PRIMEIRAS OBRAS DE MARX, PODEMOS PERCEBER QUE: É UM AUTOR IMPRESSIONADO COM AS TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS, ECONÔMICAS E POLÍTICAS RELATIVAS À ÉPOCA EM QUE VIVEU. E ESTIMULADO PELOS DEBATES POLÍTICOS TANTO NO CAMPO INTELECTUAL QUANTO JUNTO AOS MOVIMENTOS POPULARES E DOS TRABALHADORES. Buscou desenvolver uma teoria que conseguisse explicar os fenômenos e as relações sociais sob a ótica do conflito. Estimulado pelo método do materialismo histórico, o pensador alemão define os conceitos de indivíduo, sociedade e Estado

5 FENÔMENOS: EIXO DE ANÁLISE HISTÓRIA – TEMPO E ESPAÇO ESPAÇO: ESVAZIAMENTO DO CAMPO E FORMAÇÃO DAS CIDADES RELAÇÕES SOCIAIS VISTA PELA ÓTICA ECONÔMICA – PRODUÇÃO TEMPO: DITADO PELA RITMO DA PRODUÇÃO, DAS MÁQUINAS TRABALHO INDUSTRIAL

6

7 VIDA SOCIAL – DEFINIDA E ORGANIZADA DE ACORDO COM A FORMA QUE A MATERIALIDADE É PRODUZIDA, CONSUMIDA E DISTRIBUÍDA A VIDA SOCIAL É UMA CONSTRUÇÃO HISTÓRICA SURGIMENTO DE NOVAS CLASSES – BURGUESIA, PROLETARIADO E LUPEMPROLETARIADO SURGIMENTO DE UMA NOVA IDEOLOGIA, DE NOVOS SÍMBOLOS E VALORES TRABALHO LIVRE – ASSALARIADO PAPEL HISTÓRICO DA CLASSE TRABALHADORA VIDA MATERIAL COMO O EIXO QUE ORGANIZA A RELAÇÃO ENTRE:

8 HOMEM E NATUREZA x HOMEM E MÁQUINA – PRODUÇÃO COMO MARX DEFINIU O ESTADO? A partir de um debate teórico acirrado com Hegel, Marx definiu o Estado como um produto da sociedade, por considerar as condições materiais de uma sociedade como a base de sua estrutura social e da consciência humana (CARNOY, 1998, p.65). Para Marx, as sociedades industriais capitalistas estavam estruturadas de acordo com as relações de produção e, portanto, estava dividida em duas classes sociais antagônicas - a burguesia e o proletariado.

9 São os trabalhadores assalariados – aqueles que vendem sua força de trabalho para garantirem a sobrevivência. Ora, se o Estado é considerado como o responsável por determinar as ações políticas no nível social, sendo que essas ações são determinadas pelas condições materiais dadas, DEDUZIMOS QUE: O Estado tende a operar mais a favor dos grupos econômicos e políticos dominantes do que a favor dos proletários. Estado é um instrumento essencial de dominação de classes porque é a expressão política da estrutura social inerente a produção.

10 Tendo em vista esse raciocínio podemos afirmar também que Marx, mais uma vez em oposição a Hegel, entende que o Estado não se configura como uma instituição que representa o bem comum, mas sim uma instituição que defende os interesses de uma determinada classe social - a burguesia. De acordo com a máxima - não é a consciência dos homens que determina o seu ser social, mas, ao contrário, é o ser social que determina sua consciência (MARX, apud COTRIM, 2002, p.199), Podemos afirmar que o indivíduo para Marx é o ser social - sua consciência determinada pelas condições históricas, materiais e sociais dadas.

11 Tabela – Elementos de um Modo de Produção Relações de ProduçãoForças de Produção a) Relações sociais de produção – ex. salário assalariado/capital a) Meios de produção, ou seja, meios materiais, ou instrumentos, de produção b) Relações produtivas secundárias (ou indiretas) ex. organização do trabalho e o capital, os padrões de vida familiar b) Métodos técnicos c) As relações politicamente derivadas, o Estado, as instituições de ensino, um complexo de relações de instituições que servem a (a) e a (b) c) Recursos humanos e naturais empregados na produção d) Organização do trabalho, em grande medida determinada por 1 (a), (b) e (c)

12 Superestrutura Estado, Direito, Ciência, Ideologia, Cultura Estrutura sociedade civil – relações de produção Infraestrutura Economia e tudo o que possibilita oprocesso de produção

13 Ler – página 100 – David Held Portanto, O processo de transformação das estruturas de dominação de uma classe sobre a outra no sistema econômico capitalista depende da capacidade individual dos trabalhadores em associarem-se e assim, traçarem estratégias e diretrizes capazes de identificar e analisar as condições materiais e históricas que impedem a vida em liberdade e igualdade.

14


Carregar ppt "Slides utilizados na disciplina – Sociologia Aplicada para o Curso de Administração/UFSC Por Prof. Juliana Grigoli."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google