A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Albert Einstein – Teoria da Relatividade. Georges Lemaitre e George Gamow- minúsculo ponto de matéria densa - 13,7 bilhões de anos. Temperatura alta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Albert Einstein – Teoria da Relatividade. Georges Lemaitre e George Gamow- minúsculo ponto de matéria densa - 13,7 bilhões de anos. Temperatura alta."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Albert Einstein – Teoria da Relatividade. Georges Lemaitre e George Gamow- minúsculo ponto de matéria densa - 13,7 bilhões de anos. Temperatura alta – impossibilitava existência dos elementos químicos. Milhares de anos – surgimento dos átomos de H. Surgiu as primeiras estrelas – primeiras galáxias. Fusões nucleares levou a formação de um novo elemento químico He.

4

5 5 BILHÕES DE ANOS - SOL (COMPACTAÇÃO DE NEBULOSAS) NEBULOSA - COMPACTAÇÃO DE H 2 E GRÃO DE POEIRA O SOL É UMA DAS 100 BILHÕES DE ESTRELAS DA VIA- LÁCTEA

6 ORIGEM DO SOL ATRAÇÃO DE GASES E POEIRAS AUMENTO DA MASSA CENTRAL AUMENTO DA FORÇA GRAVITACIONAL MAIOR ATRAÇÃO DE GASES E POEIRAS TEMPERATURA DO SOL ( ºC) REAÇÕES DE FUSÃO NUCLEAR H em He

7 5 E 4,5 BILHÕES DE ANOS - PLANETAS, ASTERÓIDES E COMETAS (SISTEMA SOLAR) CONDENSAÇÃO DE RESTOS DA NEBULOSA QUE FORMOU O SOL

8 4,6 bilhões de anos AAM/hwTDFJHDv2E/s320/formacao_da_terra2.jpg

9 GERAÇÃO ESPONTÂNEA (ABIOGÊNESE) SURGIMENTO DE SERES VIVOS POR MECANISMOS NÃO REPRODUTIVOS

10 ARISTÓTELES (384 – 322 a.C.) RENÉ DESCARTES (1596– 1650) ISAAC NEWTON (1642 – 1727) BAPTISTE VAN HELMONT (1577 – 1644) RECEITA DE RATOS (ROUPAS SUJAS + GRÃOS DE TRIGO)

11 BIOGÊNESE SURGIMENTO DE SERES VIVOS POR MECANISMOS REPRODUTIVOS

12 FRANCESCO REDI (1626 – 1697) VERMES EM CADÁVERES ERAM ORIGINADOS DE OVOS DE MOSCA E NÃO DA TRANSFORMAÇÃO DA CARNE DECOMPOSIÇÃO DE CADÁVERES FRASCO ABERTO –PRESENÇA DE VERMES FRASCO FECHADO – AUSÊNCIA DE VERMES

13

14 ANTONIE LEEUWENHOEK (1632 – 1723) DESCOBERTA DOS MICROORGANISMOS (VOLTA DA BIOGÊNSE PARA EXPLICAR A ORIGEM DOS MICROORGANISMOS)

15 NEEDHAM x SPALLANZANI (1713 – 1781) (1729 – 1799) NEEDHAM FERVEU CALDO NUTRITIVO (PRESENÇA DE MICROORGANISMOS) GERAÇÃO ESPONTÂNEA

16 NEEDHAM x SPALLANZANI SAPPALAZANI REFEZ EXPERIÊNCIA: VEDOU 4 FRASCOS COM ROLHA (PRESENÇA DE MICROORGANISMOS) VEDOU 4 FRASCOS DERRETENDO GARGALO (AUSÊNCIA DE MICROORGANISMOS)

17 NEEDHAM x SPALLANZANI POLÊMICA DA ORIGEM DOS MICROORGANISMOS CONFEITEIRO NICHOLAS APPERT (1749 – 1841) INICIOU VENDA DE PRODUTOS ENLATADOS

18 LOUIS PASTEUR (1822 – 1895) RESOLVEU A POLÊMICA DA ORIGEM DOS MICROORGANISMOS

19 EXPERIÊNCIA AMOLECEU COM FOGO 4 GARGALOS DE VIDROS COM CALDO NUTRITIVO CURVANDO-OS NA FORMA DE PESCOÇO DE CISNE (FIM DA GERAÇÃO ESPONTÂNEA)

20 DEMONSTROU QUE UMA SOLUÇÃO NUTRITIVA PREVIAMENTE ESTERILIZADA MANTÉM-SE ESTÉRIL INDEFINIDAMENTE MESMO NA PRESENÇA DE AR (PASTEURIZAÇÃO) GIF

21 TEORIAS MODERNAS SURGIMENTO DOS SERES VIVOS NA TERRA PANSPERMIA (COSMOZOÁRIOS) ORIGEM DOS COSMOS (LORD KELVIN E ARRENHIUS)

22 TEORIA DA EVOLUÇÃO QUÍMICA OU MOLECULAR RESULTADO DA EVOLUÇÃO QUÍMICA DE SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS EM ORGÂNICAS (HUXLEY, HALDONE E OPARIN) ALEXANDER OPARIN DESENVOLVEU A TEORIA QUE A VIDA TERIA SURGIDO DE FORMA LENTA E OCASIONAL NOS OCEANOS PRIMITIVOS.

23 ESTROMATÓLITOS (BAIA DOS TUBARÕES (AUSTRÁLIA) EVIDÊNCIAS DE ATIVIDADES BIOLÓGICAS) SINAIS DE VIDA (3,5 BILHÕES DE ANOS ATRAS)

24 STANLEY MILLER RECRIOU PROVÁVEL ATMOSFERA DA TERRA PRIMITIVA (1953) (COMPROVOU A TEORIA DE OPARIN) MISTUROU CH 4, NH 3, H 2 e H 2 O SUBMETIDAS COM DESCARGAS ELÉTRICAS (SIMULANDO RAIOS) DURANTE 1 SEMANA (ENCONTROU AMINOÁCIDOS NO LÍQUIDO)

25

26

27 TERRA PRIMITIVA 80% CO 2, 10% CH 4, 5% CO E 5% DE N 2 A MATÉRIA DA VIDA PODE TER SE FORMADO POR GERAÇÃO ESPONTÂNEA

28 SISTEMAS ISOLADOS CHUVAS CONSTANTES NA TERRA PRIMITIVA PERMITIRAM O ACUMULO DE SUBST. ORG. DURANTE MILHÕES DE ANOS FORMANDO EM LAGOS VERDADEIRAS SOPAS ORGÂNICAS. (COM EVAPORAÇÃO FORMARAM-SE PROTEÍNAS E ÁC. NUCLEICOS)

29

30 COM O RETORNO DA CHUVA AS MOLÉCULAS ORG. SE AGLOMERARAM FORMANDO OS COACERVADOS. COACERVADOS AGLOMERADOS DE PROTEÍNAS.

31 MUNDO DO RNA CAPACIDADE DO RNA SE DUPLICAR E CONTROLAR REAÇÕES QUÍMICAS SUGEREM QUE O RNA PODERIA ESTAR NO INÍCIO DA VIDA.

32 PRIMEIRO SER VIVO HIPÓTESE HETEROTRÓFICA PRIMEIROS SERES VIVOS NÃO ERAM CAPAZES DE PRODUZIR SEU PRÓPRIO ALIMENTO. ACREDITA-SE QUE, COM A ESCASSEZ DO ALIMENTO PASSARAM A PRODUZIR SEU PRÓPRIO ALIMENTO (PRIMEIROS AUTÓTROFOS)

33 HIPÓTESE AUTOTRÓFICA MAIS ACEITA ATUALMENTE. PRODUZIAM SEU PRÓPRIO ALIMENTO ATRAVÉS DE SUBST. ORG. (ARQUEOBACTÉRIAS)

34 PROVÁVEL SEQUÊNCIA EVOLUTIVA SERES QUIMIOLITOAUTOTRÓFICOS SERES FERMENTADORES SERES FOTOSSINTETIZANTES SERES AERÓBIOS

35 ORIGEM DA CÉLULA EUCARIOTICA ORIGEM: 2 BILHÕES DE ANOS ATRÁS (MAIS CLOMPLEXA DO QUE PROCARIÓTICA) COMPARTIMENTOS CELULARES MEMBRANOSOS SWURGIRAM POR INVAGINAÇÕES DA M.P. COM O TEMPO SE ESPECIALIZARAM

36 HIPÓTESE ENDOSSIMBIÓTICA OU SIMBIOGÊNICA MITOCÔNDRIAS - RESPIRAÇÃO CELULAR (EUCARIONTES) PLASTOS - FOTOSSÍNTESE (ALGAS E PLANTAS)

37 DESCENDENTES DE BACTÉRIAS PRIMITIVAS QUE SE ASSOCIARAM COM EUCARIONTES PRIMITIVOS APÓS ESTA ASSOCIAÇÃO, AS CÉLULAS EUCARIÓTICAS PASSARAM A RESPIRAR OXIGÊNIO EUCARIONTES FORNECIAM ALIMENTO PARA OS PROCARIONTES E OS MESMOS FORNECIAM ENERGIA

38

39

40 GRANDES EXTINÇÕES 440 MILHÕES DE ANOS MORTE 85% ESPÉCIES 365 MILHÕES DE ANOS MAIORIA ESPÉCIES MARINHAS 251 MILHÕES DE ANOS MORTE 96% ESPÉCIES (+GRAVE) 205 MILHÕES DE ANOS MAIORIA ESPÉCIES MARINHAS

41 HÁ 65 MILHÕES DE ANOS (METEORO NO MÉXICO - CRATERA DE 180 KM EXTINÇÃO DOS DINOSSAUROS ESTUDOS BASEADOS EM FÓSSEIS

42 TEMPOS GEOLÓGICOS ERAS GEOLÓGICAS PRÉ-CAMBRIANA PALEOZÓICA MESOZÓICA CENOZÓICA

43 DIVISÕES DO TEMPO GEOLÓGICO ERAS GEOLÓGICAS DIVIDIDAS EM PERÍODOS GEOLÓGICOS DIVIDIDOS EM ÉPOCAS GEOLÓGICAS (VER TABELA PAG. 41)

44 PLACAS TECTÔNICAS MOVIMENTOS DAS PLACAS ROCHOSAS DO PLANETA PLACAS ROCHOSAS SE APOIAM NO MAGMA (PLACAS TECTÔNICAS) PLACAS CRESCEM PELA AGREGAÇÃO DO MAGMA INTERNO (EXTRAVASAM POR FENDAS) OCORRE DESLOCAMENTO DAS PLACAS MOVIMENTANDO O CONTINENTE

45

46 MOVIMENTAÇÃO DOS CONTINENTES DECORRENTE DO DESLOCAMENTO DE PLACAS TECTÔNICAS. DERIVA CONTINENTAL EXISTE UMA FENDA NO OCEANO ATLÂNTICO, ONDE OCORRE EXTRAVASAMENTO DE MAGMA, AFASTANDO AS PLACAS DA AMÉRICA DO SUL E ÁFRICA EM 2 CM/ANO.

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63


Carregar ppt "Albert Einstein – Teoria da Relatividade. Georges Lemaitre e George Gamow- minúsculo ponto de matéria densa - 13,7 bilhões de anos. Temperatura alta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google