A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANÁLISE DA APLICAÇÃO DO AQUECIMENTO GERAL INDIRETO COMO MÉTODO DE RECUPERAÇÃO COM DIFERENTES VISCOSIDADES Co-orientador: Prof. Dra. Jennys Lourdes Meneses.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANÁLISE DA APLICAÇÃO DO AQUECIMENTO GERAL INDIRETO COMO MÉTODO DE RECUPERAÇÃO COM DIFERENTES VISCOSIDADES Co-orientador: Prof. Dra. Jennys Lourdes Meneses."— Transcrição da apresentação:

1 ANÁLISE DA APLICAÇÃO DO AQUECIMENTO GERAL INDIRETO COMO MÉTODO DE RECUPERAÇÃO COM DIFERENTES VISCOSIDADES Co-orientador: Prof. Dra. Jennys Lourdes Meneses Barillas 1 Aluna: MS. Janusa Soares de Araújo 1 Orientador: Prof. Dr. Wilson da Mata 1 Colaboradores: Prof. Ph.D. Tarcilio Viana Dutra Junior 1 Prof. MS. Elthon John Rodrigues de Medeiros 1,2 Motivação 1 Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Petróleo – PPGCEP, Campus Universitário, Lagoa Nova, Natal-RN, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN, Campus João Câmara, João Câmara-RN, Avaliar a aplicabilidade do Aquecimento Geral Indireto (AGI) em reservatórios rasos com diferentes características, analisando sua eficiência e comparando o método com a injeção contínua de vapor. Os objetivos específicos foram: Verificar a eficiência do aquecimento geral indireto em reservatórios de baixa pressão e alta viscosidade; Comparar o aquecimento geral indireto com os métodos térmicos já utilizados (Injeção de Vapor); Avaliar os pontos críticos em cada um dos métodos e quantificar os resultados. Resultados Comparativo de viscosidades para o método AGI: Benefícios Aplicação na indústria Desafios intrínsecos Diminuição nos indícios de jazidas produtivas a baixos custos; Necessidade de avaliar e adaptar as tecnologias atuais à realidade dos reservatórios brasileiros; A maior parte das reservas de petróleo do mundo corresponde a hidrocarbonetos viscosos e pesados; O petróleo viscoso e os baixos níveis de pressão nos reservatórios rasos pode determinar dificuldades para recuperação; Inconvenientes provocados pela injeção de vapor convencional em reservatórios rasos. Utilização de um novo método de recuperação de petróleo; Sua aplicação necessita de perfuração direcional, tendo em vista a direção horizontal de inserção das canalizações; Esse tipo de perfuração implica em elevados custos, o que sugere uma análise econômica detalhada. Metodologia Integração dos Resultados Representação do sistema no processo AGI (a) Produção acumulada de óleo versus tempo; (b) Vazão de óleo versus tempo. Reservatórios Rasos Óleos pesados Baixas pressões Altas viscosidades Métodos Térmicos de Recuperação Injeção de grandes volumes de fluidos Sem injeção direta de fluidos AGI Outros Evita o inconveniente de inserir grandes quantidades de fluidos diretamente no reservatório; Facilita a manutenção da temperatura por meio do controle de vapor injetado e da pressão nas tubulações; Aumento do fator de recuperação de óleo e redução do volume de água produzida; Manutenção da produção de óleo com prejuízos mínimos ao meio ambiente. Viscosidade (cP) NP (m 3 ) VOIP (m 3 ) FR (%) Rec. Natural FR (%) AGI ΔFR (%) , ,8762,9322, , ,2359,1838, , ,9555,6246, , ,8953,6947, , ,3050,7347,43 Esquema representativo do método AGI Viscosidade do óleo (cP) (3º ano de projeto) Comparativo de viscosidades em 10 anos de projeto.Diferença entre AGI e recuperação primária (ΔFR), por viscosidades, para cada tipo de reservatório. Esquema de perfuração para o método AGI Objetivos


Carregar ppt "ANÁLISE DA APLICAÇÃO DO AQUECIMENTO GERAL INDIRETO COMO MÉTODO DE RECUPERAÇÃO COM DIFERENTES VISCOSIDADES Co-orientador: Prof. Dra. Jennys Lourdes Meneses."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google