A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Alunos: Henrique EloiRA: A32JAB-1 Weverton de Almeida RA: A35377-1 Diego Felipe da SilvaRA:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Alunos: Henrique EloiRA: A32JAB-1 Weverton de Almeida RA: A35377-1 Diego Felipe da SilvaRA:"— Transcrição da apresentação:

1 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Alunos: Henrique EloiRA: A32JAB-1 Weverton de Almeida RA: A Diego Felipe da SilvaRA: A974FD-0 Jacob FredRA: A Ricardo SouzaRA: A956TI-8 Wanks RicardoRA:

2 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco -RAID -Disk Storage -SAN -Cluster -Replicação

3 RAID

4 Basicamente seria dois ou mais discos (por exemplo, HD) trabalhando simultaneamente para um mesmo fim, podendo servir como um espelhamento simples, rápido e confiável entre dois discos, para fazer o backup de um disco em outro. Apesar do RAID oferecer segurança e confiabilidade na adição de redundância e evitar falhas dos discos, o RAID não protege contra falhas de energia ou erros de operação. Oque é o raid

5 Redundant Array of Independent Drives, ou mais conhecido como simplesmente RAID ou em portugues Conjunto Redundante de Discos Independentes ou também Conjunto Redundante de Discos Econômicos, é um meio de se criar um sub-sistema de armazenamento composto por vários discos individuais, com a finalidade de ganhar segurança e desempenho. Raid 1

6 Podendo ser implementado via software, assim sera gerenciado via S.O. oque lhe fara sair mais barato pois não sera necessario de um controlador de raids. Implementaçao via hardware:necessita de uma controladora, por este acesso tem uma integraçao maior com o driver de dispositivo oferecendo um melhor tratamenmto de erros implementaçao

7 Niveis de raid são as varias maneiras de combinar discos para um fim Raid-0 Raid-1 Raid-3 Raid-5 Etc... Niveis de raid

8 Segurança no tratamento das informaçoes Agilidade no acesso as informaçoes E outros... Beneficios do raid

9 RAID

10

11 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Disk Storages

12 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Controladoras SCSI SAS

13 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco 1- Controladora 2- Cabo SCSI 3- Traseira do server 4- Frente do server Discos Conexão no Servidor

14 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Conexão no Servidor Controladora Cabo SAS Discos SAS

15 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Storages Pequeno Porte

16 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Storages Pequeno Porte

17 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Storages Médio Porte

18 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Storages Grande Porte

19 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco SAN Storage Area Network

20 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Definição (Wiki) Na computação, um Storage Area Network (área de armazenamento em rede) ou SAN é uma rede projetada para agrupar dispositivos de armazenamento de computador. Os SANs são mais comuns nos armazenamentos de grande porte.

21 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco

22 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco

23 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Cluster

24 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Cluster Ou aglomerado de computadores

25 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Cluster Cluster no SQL Server

26 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Replicação

27 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Replicação de dados se refere ao armazenamento de dados e a estratégia de backups entre computadores em locais distintos. A replicação sob uma rede de computadores pode ser feita inteiramente independente do armazenamento central de dados. Replicação é mais popularmente dito como Sistema de gerenciamento de banco de dados relacionaisSistema de gerenciamento de banco de dados relacionais onde pode ser feita a redundância ou balanço de dados entre vários servidores de banco de dados.

28 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco

29 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco É cada vez mais freqüente a necessidade que os dados estejam sendo replicados em um outro lugar. A replicação de arquivos consiste em copiar os arquivos existentes em um disco (ou servidor) para outro. A replicação é feita um arquivo de cada vez, ou então em lotes. Modificações incrementais (ou deltas) também podem ser anexadas a um arquivo já existente.

30 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Esta tecnologia apresenta alguns desafios. Em primeiro lugar, é preciso selecionar quais arquivos ou diretórios deverão ser replicados. Quanto maior o número de arquivos replicados para outra localização, maior o impacto na largura de banda e na velocidade da rede; desse modo, é preciso optar entre uma atualização mais freqüente dos dados ou um melhor desempenho da rede.

31 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Além disso, muitas tecnologias de replicação copiam somente as modificações incrementais dos arquivos. Isto faz com que dois sistemas de arquivos sejam manipulados em cada transação, o que contribui para a instabilidade do sistema e produz dois conjuntos de dados potencialmente diferentes - o que pode ser especialmente problemático para a recuperação dos dados em circunstâncias que exijam um grande número de transações. O failoverO failover geralmente não é automático, e o failback para o estado original e estável é difícil de sero failback conseguido.

32 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Principais Benefícios da Solução O principal benefício de uma solução de replicação de dados está associado ao problema administrativo que ele vem resolver. Abaixo listamos alguns dos benefícios mais comuns: Desafios Administrativos Benefícios Proteger informação de missão crítica contra falhas locais Manter a disponibilidade das informações para que os usuários possam continuar produzindo

33 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Proteger informação de missão crítica contra desastres maiores Manter uma cópia remota num site replicado para garantir a disponibilidade da informação, não importa o que aconteça Manter uma cópia fiel e atualizada de seus dados de missão crítica em tempo real sem afetar a performance da aplicação Backups atualizados com menos restrições Eliminar o risco de uma brecha de segurança quando alguém acessa os dados replicados Informações protegidas através de criptografia garantem a segurança necessária

34 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD) - do inglês DBMS (Data Base Management System) - é o conjunto de programas de computador responsáveis pelo gerenciamento de um(a) base de dados. Seu principal objetivo é retirar da aplicação cliente a responsabilidade de gerenciar o acesso, manipulação e organização dos dados. O SGBD disponibiliza uma interface para que seus clientes possam incluir, alterar ou consultar dados previamente armazenados. Em bancos de dados relacionais a interface é constituída pelas APIs (Application Programming Interface) ou drivers do SGBD, que executam comandos na linguagem SQL(Structured Query Language).base de dadosbancos de dados relacionaisAPIsdriversSQL

35 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Failover O failover é a capacidade de determinado sistema/serviço migrar automaticamente para um outro servidor, sistema ou rede redundante ou que está em standby quando da ocorrência de falha ou término anormal do servidor, do sistema ou da rede que estava ativo até aquele instante. O Failover acontece sem intervenção humana e geralmente sem aviso prévio, diferente de switchover.

36 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Ao ser percebida a falha de um servidor, além do failover é obviamente necessário que se faça manutenção no servidor falho. Ao ser recuperado de uma falha, este servidor será recolocado em serviço, e então se tem a opção de realizar o processo inverso do failover, que se chama failback. O failback é portanto o processo de retorno de um determinado serviço de uma outra máquina para sua máquina de origem. Também pode ser automático, manual ou até mesmo indesejado. Em alguns casos, em função da possível nova interrupção na prestação de serviços, o failback pode não ser atraente.

37 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Replicação de dados se refere ao armazenamento de dados e a estratégia de backups entre computadores em locais distintos. A replicação sob uma rede de computadores pode ser feita inteiramente independente do armazenamento central de dados. Replicação é mais popularmente dito como Sistema de gerenciamento de banco de dados relacionaisSistema de gerenciamento de banco de dados relacionais onde pode ser feita a redundância ou balanço de dados entre vários servidores de banco de dados.

38 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco

39 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco É cada vez mais freqüente a necessidade que os dados estejam sendo replicados em um outro lugar. A replicação de arquivos consiste em copiar os arquivos existentes em um disco (ou servidor) para outro. A replicação é feita um arquivo de cada vez, ou então em lotes. Modificações incrementais (ou deltas) também podem ser anexadas a um arquivo já existente.

40 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Esta tecnologia apresenta alguns desafios. Em primeiro lugar, é preciso selecionar quais arquivos ou diretórios deverão ser replicados. Quanto maior o número de arquivos replicados para outra localização, maior o impacto na largura de banda e na velocidade da rede; desse modo, é preciso optar entre uma atualização mais freqüente dos dados ou um melhor desempenho da rede.

41 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Além disso, muitas tecnologias de replicação copiam somente as modificações incrementais dos arquivos. Isto faz com que dois sistemas de arquivos sejam manipulados em cada transação, o que contribui para a instabilidade do sistema e produz dois conjuntos de dados potencialmente diferentes - o que pode ser especialmente problemático para a recuperação dos dados em circunstâncias que exijam um grande número de transações. O failoverO failover geralmente não é automático, e o failback para o estado original e estável é difícil de sero failback conseguido.

42 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Principais Benefícios da Solução O principal benefício de uma solução de replicação de dados está associado ao problema administrativo que ele vem resolver. Abaixo listamos alguns dos benefícios mais comuns: Desafios Administrativos Benefícios Proteger informação de missão crítica contra falhas locais Manter a disponibilidade das informações para que os usuários possam continuar produzindo

43 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Proteger informação de missão crítica contra desastres maiores Manter uma cópia remota num site replicado para garantir a disponibilidade da informação, não importa o que aconteça Manter uma cópia fiel e atualizada de seus dados de missão crítica em tempo real sem afetar a performance da aplicação Backups atualizados com menos restrições Eliminar o risco de uma brecha de segurança quando alguém acessa os dados replicados Informações protegidas através de criptografia garantem a segurança necessária

44 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD) - do inglês DBMS (Data Base Management System) - é o conjunto de programas de computador responsáveis pelo gerenciamento de um(a) base de dados. Seu principal objetivo é retirar da aplicação cliente a responsabilidade de gerenciar o acesso, manipulação e organização dos dados. O SGBD disponibiliza uma interface para que seus clientes possam incluir, alterar ou consultar dados previamente armazenados. Em bancos de dados relacionais a interface é constituída pelas APIs (Application Programming Interface) ou drivers do SGBD, que executam comandos na linguagem SQL(Structured Query Language).base de dadosbancos de dados relacionaisAPIsdriversSQL

45 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Failover O failover é a capacidade de determinado sistema/serviço migrar automaticamente para um outro servidor, sistema ou rede redundante ou que está em standby quando da ocorrência de falha ou término anormal do servidor, do sistema ou da rede que estava ativo até aquele instante. O Failover acontece sem intervenção humana e geralmente sem aviso prévio, diferente de switchover.

46 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Ao ser percebida a falha de um servidor, além do failover é obviamente necessário que se faça manutenção no servidor falho. Ao ser recuperado de uma falha, este servidor será recolocado em serviço, e então se tem a opção de realizar o processo inverso do failover, que se chama failback. O failback é portanto o processo de retorno de um determinado serviço de uma outra máquina para sua máquina de origem. Também pode ser automático, manual ou até mesmo indesejado. Em alguns casos, em função da possível nova interrupção na prestação de serviços, o failback pode não ser atraente.

47 Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Dúvidas??? Follow us on


Carregar ppt "Organização de Computadores – Prof. Marino Contingência de Disco Alunos: Henrique EloiRA: A32JAB-1 Weverton de Almeida RA: A35377-1 Diego Felipe da SilvaRA:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google