A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A diversidade da vida Profª Emanuelle Grace Biologia 2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A diversidade da vida Profª Emanuelle Grace Biologia 2."— Transcrição da apresentação:

1 A diversidade da vida Profª Emanuelle Grace Biologia 2

2 BREVE HISTÓRICO Aristóteles ( a.C.) dividia as plantas e os animais em: aqüícolas - habitantes das águas; terrícolas - habitantes da terra; aerícolas - habitantes do ar. Teofrasto ( a.C.), voltado para a Botânica, dividia as plantas em: Teofrasto ( a.C.), voltado para a Botânica, dividia as plantas em: ervas - com caules pequenos e moles; ervas - com caules pequenos e moles; arbustos - com vários caules lenhosos e porte mediano; arbustos - com vários caules lenhosos e porte mediano; árvores - com um único tronco lenhoso. árvores - com um único tronco lenhoso. Santo Agostinho ( ) propôs uma classificação mais detalhada para os animais: úteis; nocivos; indiferentes.

3 SISTEMÁTICA Área da ciencias biológicas que realiza o estudo científico dos organismos em sua diversidade, de sua evolução no tempo e no espaço e classificações, traduzindo sua relação mútua. SISTEMÁTICA = TAXONOMIA + FILOGENIA TAXONOMIA: ocupa-se das regras e dos princípios. FILOGENIA: Responde pelo estudas das relações evolutivas entre os seres.

4 Taxonomia Animal Introdução: Taxonomia Grego= taxis= ordem, arranjo Nomos= lei Trata da classificação dos seres vivos, procurando tornar mais fácil a sua compreensão e manipulação.

5 Carlos Linneu, ( ) Dedicado à botânica e à física, tem como grande contribuição a criação da taxonomia, ciência que trata da classificação dos seres vivos. Systema Naturae; Fixista ( número de espécies existentes são os mesmos desde a sua criação ); Geração espontânea;

6 No séc. XVIII em 1735, o médico e botânico sueco Lineu (Carl Von Linné ( )) publicou um livro chamado Systema Naturae, no qual propôs um sistema de classificação baseado em alguns princípios: 1- uso de palavras latinas ou latinizadas para denominar os seres vivos. 2- nomenclatura binominal; 3-uso de categorias de classificação (reino, classe, ordem, gênero, espécie), constituindo uma hierarquia.

7 Classificações Naturais Embora Lineu não acreditasse na evolução dos seres vivos (fixismo), elaborou um sistema de classificação natural, isto é, tentou agrupar os seres vivos de acordo com o grau de parentesco. Assim, começaram as classificações naturais e que atualmente contam com o auxílio da Anatomia e da Fisiologia Comparada, da Embriologia, da Paleontologia, da Genética de da Bioquímica.

8 A Classificação Atual A classificação atual é uma adaptação dos sistema de Lineu. O sistema proposto por Lineu continua sendo usado, acrescido de mais duas categorias: filo e família. São 7,as unidades básicas de classificação. ESPÉCIE GÊNERO FAMÍLIA ORDEM CLASSE FILO REINO Obs.: para as plantas no lugar de Filo, usa-se o termo Divisão.

9 O Sistema de Classificação

10 ReinoAnimalia FiloChordata ClasseMammalia OrdemPrimata FamíliaHominidae GêneroHomo EspécieHomo sapiens sapiens CategoriaClassificação taxonômicaHomem Exemplo da classificação científica do homem Continente País Estado Cidade Bairro Rua Nº Unidade de classificação

11 1ª- Todo nome científico deve ser latino ou latinizado. Exemplos: Canis familiaris Canis familiaris ( cão doméstico) Canis lupus Canis lupus (lobo) Bufo marinus (sapo) Pongo pygmaeus (orangotango) Bos taurus (boi) Bubalus bubalis (búfalo) Felis tigris (tigre) Felis leo (leão) Regras Internacionais de Nomenclatura

12 Canis familiaris Canis familiaris ( cão doméstico) Canis lupus Canis lupus (lobo) Canis latrans Canis latrans (coiote) Canis familiaris gênero epíteto específico Bothrops alternatus Bothrops alternatus (jararaca) Grafia itálica grifados (quando se usa a escrita manual) Canis spp. 2ª -Todo indivíduo deve possuir no mínimo 2 nomes (nomenclatura binominal). A abreviatura de espécie é sp. e a de espécies (plural) é spp. Plasmodium sp. (referente a uma espécie) Plasmodium spp (referente ás várias espécies existentes) Canis spp

13 Nome da espécie (primeiro o nome do gênero e depois o da espécie) Oriza sativa (arroz) Gênero espécie Canabis sativa (maconha) Gênero espécie

14 3ª- Entre o gênero e a espécie O animal pode ter um terceiro nome, que é o subgênero, escrito com inicial maiúscula e entre parênteses. Exemplos: Anopheles (Nyssorhynchus) darlingi gênero subgênero espécie Aedes (Stegomya) aegypti Anopheles (Kertesia) bellator

15 Depois da espécie, o animal pode ter um terceiro nome (nomenclatura trinominal), é a subespécie. Este nome deve ser escrito com inicial minúscula e sem pontuação intermediária. Exemplos: Homo sapiens sapiens - Homo sapiens neanderthalensis gênero sp subespécie g sp sbsp Rhea americana alba (ema branca) Rhea americana grisea (ema cinza) Gorilla gorilla (tautonomia) 4ª Regra

16 Apis IDAE Família Gênero + sufixo apidae 5ª Regra para família

17 6ª Regra Quando se dá o nome de uma espécie a uma pessoa do sexo masculino, deve ser acrescido a letra i ao sobrenome do homenageado. EXEMPLO: Trypanosoma cruzi ( Oswaldo Cruz) Quando o homenageado for do sexo feminino, deve ser acrescentado ae ao epíteto específico.

18 Adota-se para cada gênero e cada espécie, o nome mais antigo pelo qual foi designado. Desejando citar o nome do autor, colocá-lo logo após o nome científico sem qualquer pontuação intermediária. Em seguida coloca-se a data, separada do nome do autor por uma vírgula. O nome e a data não são grifados. Exemplos: Entamoeba histolytica Shaudinn, 1903 Lei da prioridade-

19 ESPÉCIE TIPOLÓGICA Uma espécie consiste em indivíduos que compartilham a mesma essência Cada espécie é separada de todas as outras por uma descontinuidade marcada, ou seja, apresentam características próprias. Cada espécie é constante através do espaço e do tempo ( conceito fixista defendido por muitos naturalistas até o inícios do século XIX) A variação possível dentro de qualquer espécie é bastante limitada ( pensamento fixista)

20 ESPÉCIE BIOLÓGICA Grupo de populações naturais que cruzam entre si e que é reprodutivamente isolada de outros grupos semelhantes por causa de barreiras fisiológicas ou comportamentais Esnest Mayr (1942) Espécie é um grupo de indivíduos capazes de cruzar e produzir descendentes férteis, em condições naturais, estando reprodutivamente isolados. * tigres e leões

21 Espécies gênerofamílias ordensclasses.filos classes filosReinos. Espécies muito parecidas podem ser reunidas no grupo de gênero; gêneros afins formam famílias e estas compõem ordens, que se reúnem em classes. Os filos são compostos por classes semelhantes.Os diversos filos são reunidos em Reinos.

22 Híbridos Cruzamento do jumento (Equus asinus) X égua (Equus caballus) = mula ou o burro(híbridos). Cruzamento entre um cavalo X jumenta, nasce um animal conhecido como bardoto, que apresenta mais semelhança com a jumenta do que com o cavalo (isolamento reprodutivo). O burro não consegue produzir espermatozóides por isso é estéril. A mula também é estéril porque não pode produzir óvulos. Outra explicação é que tanto o macho quanto a fêmea não têm os órgãos genitais bem desenvolvidos, o que dificulta o acasalamento.

23 LIGER= LEÃO X TIGRE Liger é o maior felino do mundo= leão e tigre (ele é 30% maior que o pai e a mãe, chegando a 3,5m de comprimento e meia toneladade peso).

24 Liger Ele é o maior de todos os felinos. Num dia normal ele devora quilos de carne, normalmente de vaca ou frango. Com somente três anos já pesa meia tonelada. Ligre = Leão + Tigre Esse animal é um híbrido esteril, pois o número de cromossomos do leão e do tigre são pares, mas diferentes. Assim o liger tem um número ímpar de cromossomos graças ao processo da meiose que ocorre na formação dos gametas femininos e masculinos (óvulos e espermatozóides, respectivamente), não podendo se acasalar com nenhum outro animal com características parecidas, como o próprio tigre ou leão, só com o tigon, o híbrido inverso, mas seus filhotes tem a saúde delicada. cromossomosmeiosegametas femininosmasculinosóvulosespermatozóidesacasalar animal

25 Tigon filho de tigre com leoa.

26 Reino: Animalia Filo: Chordata Classe: Mammalia Infra-classe: Placentalia Ordem: Primata Família: Hominidae Subfamília: Homininae Gênero: Homo Espécie: Homo sapiens sapiens


Carregar ppt "A diversidade da vida Profª Emanuelle Grace Biologia 2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google