A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Lisboa, Outubro de 2012 Ficheiro Nacional de Autoridades Arquivísticas Sébastien.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Lisboa, Outubro de 2012 Ficheiro Nacional de Autoridades Arquivísticas Sébastien."— Transcrição da apresentação:

1 11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Lisboa, Outubro de 2012 Ficheiro Nacional de Autoridades Arquivísticas Sébastien Leroux, Rui Castro, Luís Faria, Miguel Ferreira Interoperabilidade e operação colaborativa

2 A equipa...

3 Ficheiro Nacional de Autoridades Arquivísticas

4 Entidades Produtores (ISAAR) Detentores (ISDIAH) Aderentes (à Rede Portuguesa de Arquivos) Funções (ISDF) Registos patrimoniais de classificação Recursos externos Produtores (ISAAR) Detentores (ISDIAH) Aderentes (à Rede Portuguesa de Arquivos) Funções (ISDF) Registos patrimoniais de classificação Recursos externos

5 Relações Tipo de relação Nome da relação/nome da relação inversa Entidade de origem Entidade de destino Atributos Tipo de relação Nome da relação/nome da relação inversa Entidade de origem Entidade de destino Atributos

6 Relações

7 Funcionalidades do portal Consulta Pesquisar e consultar de entidades e relações Edição Criar, editar, remover, publicar e relacionar entidades Edição colaborativa Propor novas entidades e alterações a entidades existentes Rever, aceitar/rejeitar propostas (Revisores) Gestão Utilizadores, permissões, tipos de relações, relatórios Consulta Pesquisar e consultar de entidades e relações Edição Criar, editar, remover, publicar e relacionar entidades Edição colaborativa Propor novas entidades e alterações a entidades existentes Rever, aceitar/rejeitar propostas (Revisores) Gestão Utilizadores, permissões, tipos de relações, relatórios

8 Interoperabilidade O que é? Conjunto de funcionalidades que permitem que aplicações externas possam interagir com a informação existente no FNAA. Para quê? Contribuir para que o FNAA se torne realmente um Ficheiro Nacional de Autoridades Arquivísticas. Fomentar a colaboração entre sistemas e os respectivos utilizadores destas no processo de normalização da informação. O que é? Conjunto de funcionalidades que permitem que aplicações externas possam interagir com a informação existente no FNAA. Para quê? Contribuir para que o FNAA se torne realmente um Ficheiro Nacional de Autoridades Arquivísticas. Fomentar a colaboração entre sistemas e os respectivos utilizadores destas no processo de normalização da informação.

9 Funcionalidades de interoperabilidade Consulta Pesquisar e consultar de entidades e relações Edição Criar, editar, remover, publicar e relacionar entidades Edição colaborativa Propor novas entidades Propor alterações a entidades existentes Consulta Pesquisar e consultar de entidades e relações Edição Criar, editar, remover, publicar e relacionar entidades Edição colaborativa Propor novas entidades Propor alterações a entidades existentes

10 Caso de estudo - PPA

11 Como usar? Registar um utilizador no FNAA através do portal. Criar ou adaptar uma aplicação para interagir com o FNAA. Para aceder a funcionalidades de gestão, contactar a Rede Portuguesa de Arquivos para obter permissões para editar conteúdos. Registar um utilizador no FNAA através do portal. Criar ou adaptar uma aplicação para interagir com o FNAA. Para aceder a funcionalidades de gestão, contactar a Rede Portuguesa de Arquivos para obter permissões para editar conteúdos.

12 KEEP SOLUTIONS, LDA. Rua Rosalvo de Almeida, nº Braga, Portugal T F


Carregar ppt "11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Lisboa, Outubro de 2012 Ficheiro Nacional de Autoridades Arquivísticas Sébastien."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google