A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

WORKSHOP O MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA JOVENS OSVALDO DO NASCIMENTO - 02/10/2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "WORKSHOP O MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA JOVENS OSVALDO DO NASCIMENTO - 02/10/2007."— Transcrição da apresentação:

1 WORKSHOP O MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA JOVENS OSVALDO DO NASCIMENTO - 02/10/2007

2 Osvaldo do Nascimento - 53 anos Diretor Executivo, atuando no Banco Itaú há mais de 34 anos e atualmente responsável pelas operações de Seguros, Previdência e Capitalização. Engenheiro Eletrônico formado em 1977 pela Politécnica e Mestrado pela Universidade de Michigan nos Estados Unidos. Vice Presidente da Confederação de Seguros Previdência e Capitalização Representante no Brasil da IIS – International Insurance Society com sede nos Estados Unidos Membro da Geneve Association, sede na Europa Acadêmico da ANSP – Academia Nacional de Seguros e Previdência

3 Agenda: O que é Previdência Estrutura Atual do Sistema Brasileiro Previdência Social Previdência Complementar: Cenário Atual Como funciona PGBL: Plano Gerador de Benefícios Livre VGBL: Vida Gerador de Benefícios Livre Planos para Jovens Cenário e Mercado Planos Empresariais

4 Segundo o dicionário: Previdência 1. Previsão do futuro 2. Ato ou qualidade do que é previdente 3. Faculdade de ver antecipadamente O que é Previdência?

5 Há 2 tipos de Previdência: 1. Previdência Social: de caráter obrigatório para cidadãos assalariados a fim de amparar o trabalhador por meio de aposentadoria ou assistência médico- hospitar. 2. Previdência Complementar: de caráter opcional, serve de complemento à aposentadoria paga pelo governo ou como forma de investimento. Estimula a poupança de longo prazo o que é essencial para financiar o desenvolvimento econômico do país. Previdência

6 VGBL PGBL FAPI Planos Empresariais Vínculo Associativo Instituidores Vínculo Empregatício Patrocinadores Previdência no Brasil Entidades Fechadas Regime Próprio para Servidores Regime Próprio para Servidores Previdência Complementar Previdência Complementar Regime Geral (Previdência Social ) Regime Geral (Previdência Social ) Entidades Abertas MPASMF Estrutura Atual do Sistema Brasileiro

7 Destina-se a proporcionar aposentadorias, pensões, auxílios diversos e assistência médico-hospitalar os trabalhadores. Previdência Social Objetivos: Garantir a reposição de renda dos segurados contribuintes quando não puderem mais trabalhar; Evitar a pobreza no país.

8 Regime de Repartição HOJE Eu pago HOJE Alguém recebe Como Funciona a Previdência Social Previdência Social

9 Quais os problemas que afetam o sistema de Previdência Social no Brasil ? Previdência Social Três grandes fenômenos atingem diretamente a previdência, vindo a alterar o equilíbrio dela: Diminuição da taxa de fecundidade (2,3 filhos); Aumento da expectativa de vida (71,7 anos); Complexidade do mercado de trabalho brasileiro.

10 Previdência Complementar Aberta

11 Previdência Complementar – visão geral Regime de capitalização - todos os recursos são individualizados; Investimento de longo prazo - excelente para a diversificação dos investimentos; Você define quanto quer investir podendo fazer aportes mensais ou extras a qualquer momento. No longo prazo é mais vantajoso do que os fundos de investimentos - não tem efeitocome-cotas Ao término do período de contribuição, permite converter o montante acumulado (reserva) em aposentadoria mensal ou recebimento integral da reserva para administrá-lo como desejar; Atende a várias necessidades dependendo do que se quer priorizar: tributário, educação dos filhos, sucessão patrimonial e reserva para despesas médicas na terceira idade.

12 CENÁRIO ATUAL

13 Crescimento do Mercado em Milhões Fonte: Fenaprevi – balanço – julho/ ,69% 19,45 22,9 Previdência Complementar Novo Recorde R$ 1,8 R$ 2,4 Volume de Captação Acumulado Volume de Captação em Julho 31,41% Dez/

14 Crescimento do Mercado – Evolução das Reservas 3,13 4,65 6,97 10,3914,18 20,96 29,15 44,18 61,37 77,20 96,66 108,3 4 Crescimento de aproximadamente 660% Fonte: Fenaprevi 26% Últimos 12 meses Previdência Complementar

15 Distribuição das Reservas por produto Fonte: Fenaprevi Previdência Complementar

16 Formação do fundo Contribuições mensais; Contribuições Extras (aporte). Repasse de 100% dos rendimentos Permite resgates; Permite portabilidade; Escolha de beneficiários. Dedução do valor aplicado até 12% da renda bruta anual (PGBL); Opções na idade saída: Poderá escolher a idade de saída Manter o Plano de Previdência fazendo resgates planejados; Retirar o valor acumulado de uma única vez (autogestão); Receber renda complementar que pode ser escolhida entre diversas modalidades 50 ANOS 99 ANOS Investimento (acumulação) Momento de decisão Idade de saída Previdência Complementar - Como funciona ?

17 Formação do fundo 50 ANOS Investimento Previdência Complementar - Como funciona ? Recebimento da Renda (desacumulação) Renda Mensal Vitalícia; Renda Mensal Temporária por 5, 10 ou 15 anos; Renda Mensal Vitalícia com prazo mínimo garantido; Renda Mensal Vitalícia reversível ao Beneficiário Indicado; Renda Mensal Vitalícia Reversível ao Cônjuge com continuidade aos menores. Contribuições mensais; Contribuições Extras (aporte). Repasse de 100% dos rendimentos Permite resgates; Permite portabilidade; Escolha de beneficiários. Dedução do valor aplicado até 12% da renda bruta anual (PGBL);

18 Para quem é Indicado Vantagens Período de Acumulação Para quem faz Declaração Completa de Imposto de Renda. Apresenta Declaração Simplificada, é isento do pagamento do IR ou quem já aplicou até 12% em um plano PGBL. Ocorre incidência de IR sobre os valores Totais. Ocorre incidência de IR sobre os Rendimentos. Tributação Progressiva Compensável no resgate (independente do valor) passa a ter antecipação de 15% a ser ajustada na Declaração de Ajuste Anual de IR. Tributação Regressiva Definitiva no resgate ou recebimento de renda a tributação começa com alíquota de 35% com redução de 5% a cada 2 anos ao longo do tempo. PGBL VGBL Pode deduzir as contribuições da base de cálculo do IR até 12% da renda bruta tributável anual. Não é dedutível do IR. Não há tributação sobre os ganhos durante todo o período do Investimento. Vantagens Período de Desacumulação Planejamento Tributário - Vantagens

19 - No resgate ou no recebimento de renda: começa com alíquota de 35% com redução de 5% a cada 2 anos. Veja a Tabela: Neste caso a tributação passa a ser definitiva. - No resgate: agora a incidência de IR na fonte é feita com base na alíquota única de 15%. - No recebimento de renda: continua conforme a Tabela Progressiva do IR. Tributação Progressiva Compensável Tributação Regressiva Definitiva Opção para longo prazo Acima de 10 anos 8 à 10 anos 6 à 8 anos 4 à 6 anos 2 à 4 anos Até 2 anos Prazo de acumulação/ Aposentadoria 10%15%20%25%30%35% Alíquota sobre o valor de resgate/ Aposentadoria Acima de 10 anos 8 à 10 anos 6 à 8 anos 4 à 6 anos 2 à 4 anos Até 2 anos Prazo de acumulação/ Aposentadoria Planejamento Tributário: Formas de Tributação

20 VANTAGENS DA PREVIDÊNCIA -Tributária -Rentabilidade a longo prazo -Renda no futuro – qualidade de vida -Planejamento tributário no futuro – menos IR -Poupança para Saúde -Proteção Patrimonial

21 Que decisões são importantes quanto à previdência?

22 Depende da fase da vida em que você se encontra. Início carreira, casamento Amadurecimento carreira, filhos, dívida imóvel aposentadoria

23 Planos para Jovens - Cenário

24 Prev TotalMenoresPrev. TotalMenores ,52% 4,36% CAPTAÇÃO Arrecadação RESERVAS Recursos acumulados Fonte: Fenaprev Previdência complementar - Comparativo Previdência Total x Mercado para Menores – Posição jan/julho/2007 – valores em R$ milhões

25 Jul/06Jul/07 459,6 818, ,98% CAPTAÇÃO Arrecadação Acumulada Jan a Jul RESERVAS Recursos acumulados Planos para Menores 2007 x 2006 – valores em R$ milhões 39% Previdência complementar Fonte: Fenaprev

26 Previdência complementar Planos para Menores – Captação – em Milhões Julho/2007 Melhor desempenho do período Jul/06Jul/07 79,62 131,5 65,2% Fonte: Fenaprev

27 MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA MENORES População bancarizada e com menores de 14 anos no domicílio, representa 16% da População Economicamente Ativa 51% Homens 61% são Casados 11% com Nível Superior Completo 47% com Nível Médio 42% com Ensino Fundamental ou Sem Escolaridade POTENCIAL DE MERCADO PERFIL DO COMPRADOR Fonte –Pesquisa – 1º trimestre 2007

28 MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA MENORES DISTRIBUIÇÃO POR CIDADE Fonte –Pesquisa – 1º trimestre 2007

29 MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA JOVENS $$ 37% com Caderneta de Poupança $$ 5 % Possui Previdência Privada $$ 7% Possui Capitalização $$ Posse de Seguros: 25% Seguro de Vida 13% Seguro de Automóvel (exclui Obrigatório) 5% Seguro Residencial TIPOS DE INVESTIMENTOS QUE FAZEM Fonte – Pesquisa – 1º trimestre 2007

30 Mercado de Trabalho para Jovens Quantidade de Jovens Desempregados ,1 mi 4,4 mi ,6% Fonte: Unicamp/ IBGE 106,9% Quantidade de Jovens Dentre os desempregados

31 Quais são as preocupações quanto ao futuro? Foco: Futuro dos filhos. Estudos – garantir a completa educação dos filhos como: intercâmbio, pós graduação, MBA etc. Início das atividades profissionais: garantir a subsistência no período pós formatura, enquanto não arruma emprego ou para montar um consultório. Recursos para manutenção do padrão de vida: iniciar logo cedo o plano de aposentadoria do filho

32 Previdência Complementar O grande segredo da previdência não é guardar dinheiro: Planejamento é a chave. Só economizar não é suficiente para garantir um futuro sem problemas financeiros. É preciso: Fazer um bom planejamento; Tomar decisões certas; Escolher uma instituição sólida para administrar seu futuro. O que é necessário para preparar-se para o futuro?

33 Preocupação com o futuro requer atenção desde a infância; O ciclo de vida determina as necessidades de investimento; O tempo é fator determinante, é um projeto de longo prazo e quem começa antes leva vantagens porque consegue formar uma reserva maior; Dependendo da fase da vida, poderemos direcionar a aplicação dos recursos para trazerem as soluções esperadas no futuro. Quando começar e quando definir o valor do investimento? MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA JOVENS

34 Previdência Complementar 18 anos – anos – anos – anos – Exige Disciplina – exemplo de Plano com contribuições mensais de R$100,00 Valor do fundo acumulado Rentabilidade: 0,8 a.m. Carregamento: Até – 5% – – 3,5% – – 2,5% – – 1,5% > – 0,75%

35 VALORES LÍQUIDOS PARA RESGATE Rentabilidade Fundo: 0,80% ao mês Poupança: 0,60% ao mês Valor Investido: R$ ,00 Tabela de Imposto para Previdência PGBL – Compensável – 15% VGBL – Regressiva conforme tempo decorrido

36 Quais as vantagens que os pais têm com a previdência ?

37 Os ganhos nos planos de previdência são maiores que a poupança e se aproximam mais da rentabilidade dos fundos de investimento. Além disso, esse investimento para o futuro é formado com vantagens tributárias no presente. É mais uma opção para diversificação dos investimentos e traz vantagens exclusivas, como veremos a seguir: 1.Planejamento Tributário; 2.Proteção Familiar (pensão aos menores). MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA JOVENS

38 2. Planejamento Tributário Posterga os efeitos do IR; Maior eficiência fiscal quanto mais longo for o prazo de aplicação; Não há IR na fase de investimento, aumentando o valor acumulado no longo prazo, pela ausência do efeito come-cotas, comum nos investimentos em fundos.

39 2. Proteção Familiar Por um pequeno valor adicional, o pai/mãe ou responsável poderá acoplar aos planos de previdência PGBL ou VGBL coberturas semelhantes a de um seguro de vida para garantir o futuro do filho caso ocorra a morte no período de investimento: Cobertura AcionalIndenização PECÚLIO A indenização à vista, no valor contratado, poderá ser paga ao filho, bastando indicá- lo como beneficiário. PENSÃO AOS MENORES A indenização é paga na forma de renda mensal para filhos/dependentes econômicos até 21 anos.

40 Planos Empresariais

41 Condições contratuais especiais para empresa INSTITUÍDOAVERBADO PLANO PARA MENORES FUNCIONÁRIO CONTRIBUI EMPRESA CONTRIBUI FUNCIONÁRIO CONTRIBUI PÚBLICO ALVO FUNCIONARIOS DA EMPRESA FILHOS DOS FUNCIONÁRIOS

42 Planos Empresariais PGBL RF, RV 10% 20% 40% DEPENDENTE: Deduz até 12% R.B.T.A. se você contribuir para o INSS ou Regime próprio. Caso o dependente seja maior de 16 anos, a dedução fica condicionada ao recolhimento de contribuição em nome do menor para o INSS ou regime próprio VGBL RF, RV 10% 20% 40% Sem Come cotas Tributação somente sobre o rendimento Contribuições feitas via folha : Isenção de CPMF


Carregar ppt "WORKSHOP O MERCADO DE PREVIDÊNCIA PARA JOVENS OSVALDO DO NASCIMENTO - 02/10/2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google