A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Neste Advento, o profeta João Batista pode dar-nos algo de sua coragem, para que, ao mesmo tempo em que celebramos com alegria o Novo que vem, não recuemos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Neste Advento, o profeta João Batista pode dar-nos algo de sua coragem, para que, ao mesmo tempo em que celebramos com alegria o Novo que vem, não recuemos."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Neste Advento, o profeta João Batista pode dar-nos algo de sua coragem, para que, ao mesmo tempo em que celebramos com alegria o Novo que vem, não recuemos diante do compromisso de abrir a boca e dizer a verdade, aplainando os ásperos caminhos da mentira e da corrupção, da injustiça e da violência, do terror e da iniquidade. Em suma, das velhas coisas que se recusam a deixar o campo livre para a celebração da verdade e da luz do Natal. Maria Clara Lucchetti Bingener - teóloga Caríssimos

4 Estamos iniciando o novo Ano Litúrgico, com a celebração do primeiro domingo do Advento. A Igreja nos ensina que o tempo do Advento possui dupla característica: sendo um tempo de preparação para a solenidade do Natal, em que se comemora a primeira vinda do Filho de Deus entre os homens, é também um tempo em que, por meio desta lembrança, voltam-se os corações para a expectativa da segunda vinda do Cristo no fim dos tempos. Por este duplo motivo, o tempo do Advento se apresenta como um tempo de piedosa e alegre expectativa (Normas sobre o Ano Litúrgico, n.39).

5 A cor litúrgica roxa, utilizada neste tempo litúrgico, nos convida à penitência e à conversão, em vista do advento de Cristo. O modo como iremos celebrar e viver o Natal dependerá muito de como nos dispomos a viver este tempo do Advento. Um Natal feliz, tal como sempre desejamos a todos, dependerá de um Advento vivido de modo frutuoso e, por isso, feliz. Além disso, de acordo com o espírito deste tempo litúrgico, precisamos também nos preparar, ao longo de toda a vida, para o encontro definitivo com o Senhor, no dia do juízo.

6 A Liturgia da Palavra nos mostra como deve ser a nossa preparação para o Advento do Senhor. No Evangelho, Jesus Cristo nos diz: ficai atentos e orai a todo o momento (Lc 21, 34). Ao invés do medo, as nossas atitudes devem ser: a vigilância sobre a própria conduta e a oração, assim como, a prontidão e a confiança em Deus, segundo a palavra proclamada: levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima (Lc 21,28). A Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses nos exorta a viver na santidade, sem defeito aos olhos de Deus, através do amor entre nós e para com todos (1Ts 3,12).

7 Ninguém deverá jamais se acomodar em seu itinerário de vida cristã, mas deverá crescer sempre em santidade, fazendo progressos ainda maiores. Para tanto, suplicamos com o salmista: mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos e fazei-me conhecer a vossa estrada! (Sl 24). Necessitamos da sabedoria e da graça de Deus para viver bem este Advento e, assim, preparar bem o nosso encontro com o Senhor. Seja este Advento, tempo de reconciliação e de paz, a começar da nossa vida em família.

8 Texto - I Domingo do Advento (02/12/2012) Ficai atentos e orai! + Sergio da Rocha - Arcebispo de Brasília Imagem – Google Música – Pai Clemente – Banda Romanos Formatação - Graziela


Carregar ppt "Neste Advento, o profeta João Batista pode dar-nos algo de sua coragem, para que, ao mesmo tempo em que celebramos com alegria o Novo que vem, não recuemos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google