A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro 2006 AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro 2006 AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro."— Transcrição da apresentação:

1 AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro 2006 AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro 2006 REMATO

2 INTRODUÇÃO Há cerca de dez anos são discutidas propostas para certificação de implantes A qualidade dos implantes ortopédicos é o principal fator nos eventos adversos (cirurgias de revisão) SUS responsável pela aquisição de 80% dos implantes fabricados no País De realizadas cirurgias de revisão, sendo de quadril Enorme gama de ensaios específicos para cobrir o universo de implantes (famílias de produtos e diferentes geometrias) INTRODUÇÃO Há cerca de dez anos são discutidas propostas para certificação de implantes A qualidade dos implantes ortopédicos é o principal fator nos eventos adversos (cirurgias de revisão) SUS responsável pela aquisição de 80% dos implantes fabricados no País De realizadas cirurgias de revisão, sendo de quadril Enorme gama de ensaios específicos para cobrir o universo de implantes (famílias de produtos e diferentes geometrias) REMATO

3

4 TIPOS DE MATERIAIS Metálico – aço inoxidável, Ti e suas ligas e ligas à base de cobalto Polimérico – polietilieno de ultra-alto-peso molecular Cerâmico – alumina ou zircônia TIPOS DE MATERIAIS Metálico – aço inoxidável, Ti e suas ligas e ligas à base de cobalto Polimérico – polietilieno de ultra-alto-peso molecular Cerâmico – alumina ou zircônia

5 REMATO ENSAIOS HORIZONTAIS MATÉRIA PRIMA ENSAIOS HORIZONTAIS MATÉRIA PRIMA

6 REMATO ANÁLISES QUÍMICAS Aços Titânio e suas ligas Ligas à base de cobalto ANÁLISES QUÍMICAS Aços Titânio e suas ligas Ligas à base de cobalto

7 REMATO Análise química de aços NBR ISO 5832 – 1 NBR ISO 5832 – 9 ou ASTM equivalentes Análise química de aços NBR ISO 5832 – 1 NBR ISO 5832 – 9 ou ASTM equivalentes Análise química de titânio e suas ligas NBR ISO 5832 – 2 e NBR ISO 5832 – 3 ou ASTM equivalentes Análise química de titânio e suas ligas NBR ISO 5832 – 2 e NBR ISO 5832 – 3 ou ASTM equivalentes

8 REMATO ENSAIOS METALOGRÁFICOS Aços Titânio e suas ligas Ligas à base de cobalto ENSAIOS METALOGRÁFICOS Aços Titânio e suas ligas Ligas à base de cobalto

9 REMATO Determinação do tamanho de grão ISO 643 e ASTM E 112 Determinação do teor de inclusões ISO 4967 e ASTM E 45 Análise de fases ASTM E 3 e ASTM E 407 Determinação do tamanho de grão ISO 643 e ASTM E 112 Determinação do teor de inclusões ISO 4967 e ASTM E 45 Análise de fases ASTM E 3 e ASTM E 407

10 REMATO ENSAIOS VERTICAIS PRODUTO ENSAIOS VERTICAIS PRODUTO

11 ENSAIOS MECÂNICOS REMATO Fadiga de hastes femorais de prótese de quadril sem torção NBR ISO ou ASTM F 1440 Fadiga de hastes femorais de prótese de quadril sem torção NBR ISO ou ASTM F 1440 Fadiga da região colo/cabeça de hastes femorais de prótese de quadril sem torção NBR ISO Fadiga da região colo/cabeça de hastes femorais de prótese de quadril sem torção NBR ISO Fadiga associada à corrosão por atrito da região colo/cabeça de hastes femorais de prótese de quadril sem torção ASTM F 1875 Fadiga associada à corrosão por atrito da região colo/cabeça de hastes femorais de prótese de quadril sem torção ASTM F 1875 Fadiga de hastes femorais de prótese de quadril com torção NBR ISO ou ASTM F 1612 Fadiga de hastes femorais de prótese de quadril com torção NBR ISO ou ASTM F 1612

12 REMATO Fadiga por flexão de placas ósseas retas ASTM F 382 Fadiga por flexão de placas ósseas retas ASTM F 382 Fadiga por flexão de haste intramedular ASTM F 1264 Fadiga por flexão de haste intramedular ASTM F 1264 Fadiga por flexão de placas ósseas anguladas ASTM F 384 Fadiga por flexão de placas ósseas anguladas ASTM F 384 Fadiga por flexão em 3 ou 4 pontos de parafusos de travamento de haste intramedular ASTM F 1264 Fadiga por flexão em 3 ou 4 pontos de parafusos de travamento de haste intramedular ASTM F 1264

13 REMATO Resistência à abrasão de revestimentos metálicos por aspersão térmica ASTM F 1978 Resistência à abrasão de revestimentos metálicos por aspersão térmica ASTM F 1978 Resistência à corrosão por atrito de sistemas placa/parafuso ASTM F 897 Análises Dimensionais Avaliação Do Acabamento Superficial Resistência à corrosão por atrito de sistemas placa/parafuso ASTM F 897 Análises Dimensionais Avaliação Do Acabamento Superficial OUTROS ENSAIOS

14 REMATO Determinação de espessura média de revestimento porosos ASTM F 1854 Determinação de espessura média de revestimento porosos ASTM F 1854 Determinação do teor de vazios de revestimento porosos ASTM F 1854 Determinação do teor de vazios de revestimento porosos ASTM F 1854 Determinação do comprimento médio de intercepto de revestimento porosos ASTM F 1854 Determinação do comprimento médio de intercepto de revestimento porosos ASTM F 1854

15 REMATO REDE MULTICÊNTRICA DE AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS – REMATO Chamada Pública MCT/MS/DECIT/FINEP- Implantes Ortopédicos – 01/2005 (Jul.2005) REDE MULTICÊNTRICA DE AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS – REMATO Chamada Pública MCT/MS/DECIT/FINEP- Implantes Ortopédicos – 01/2005 (Jul.2005)

16 REMATO TEMA 1 – Ensaios/análises para avaliação de implantes ortopédicos INT, ITUC/PUC-Rio, UFRGS, CCDM/UFScar, UNICAMP, SENAI/Ba (1ª. Etapa) INMETRO, IPT, Fundação Certi e USP/Ribeirão Preto (2ª. Etapa) TEMA 1 – Ensaios/análises para avaliação de implantes ortopédicos INT, ITUC/PUC-Rio, UFRGS, CCDM/UFScar, UNICAMP, SENAI/Ba (1ª. Etapa) INMETRO, IPT, Fundação Certi e USP/Ribeirão Preto (2ª. Etapa) INSTITUIÇÕES

17 REMATO TEMA 2 – Desenvolvimento de metodologias e dispositivos de ensaio UFCS UFVJ UFRGS IME TEMA 2 – Desenvolvimento de metodologias e dispositivos de ensaio UFCS UFVJ UFRGS IME INSTITUIÇÕES


Carregar ppt "AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro 2006 AVALIAÇÃO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS Palestrante: Iêda M. V. Caminha Outubro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google