A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Goiás Escola de Engenharia Elétrica e de Computação Disciplina:Elementos de Máquinas 1 Prof.: Ricardo Humberto de Oliveira Filho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Goiás Escola de Engenharia Elétrica e de Computação Disciplina:Elementos de Máquinas 1 Prof.: Ricardo Humberto de Oliveira Filho."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Goiás Escola de Engenharia Elétrica e de Computação Disciplina:Elementos de Máquinas 1 Prof.: Ricardo Humberto de Oliveira Filho PARAFUSOS

2

3

4

5

6 INTRODUÇÃO O que é: O parafuso é um elemento de ligação formada por um corpo cilíndrico, sendo cabeça (há parafusos sem) e rosca (há alguns com parte da haste sem rosca). Emprego: É empregado para fixação de peças variadas, de forma não permanente e que podem ser facilmente montadas e desmontadas. Classificação: Existem quatro grandes grupos de parafusos - passantes, não passantes, de pressão e prisioneiros.

7 TIPOS - Parafuso de cabeça hexagonal (sextavada): Em geral, esse tipo de parafuso e utilizado em uniões que necessitam de um forte aperto, sendo este realizado com auxílio de chave de boca ou de estria. Este parafuso pode ser usado com ou sem porca. Quando usado sem porca, a rosca é feita na peça.

8 - Parafusos com fenda: Cabeça tronco-cônica(escareada): Muito empregado em montagens que não sofrem grandes esforços e onde a cabeça do parafuso não pode exceder a superfície da peça. São fabricados em aço, aço inoxidável, cobre, latão, etc. Cabeça redonda: Também muito empregado em montagens que não sofrem grandes esforços. Possibilita melhor acabamento na superfície. São fabricados em aço, cobre e ligas como latão. TIPOS

9 Cabeça escareada abaulada: São utilizadas na união de elementos cujas espessuras sejam abauladas finas e quando e necessário que a cabeça do parafuso fique embutida no elemento. Permitem um bom acabamento na superfície. Sã fabricados em aço, cobre e ligas como latão. Cabeça cilíndrica: TIPOS

10 - Parafuso prisioneiro: São parafusos roscados, em ambas as extremidades, utilizados quando necessita-se montar e desmontar frequentemente. Em tais situações, o uso de outros tipos de parafusos acaba danificando a rosca dos furos. TIPOS

11 - Cabeça cilíndrica com sextavado interno (Allen): Utilizado em uniões que exigem bom aperto, em locais onde o manuseio de ferramentas e difícil devido a falta de espaço. São normalmente fabricados em aço e tratados termicamente para aumentar sua resistência torção. TIPOS

12

13 MONTAGEM Montagens de parafusos: Parafusos passantes: Esses parafusos atravessam, de lado a lado, as peças a serem unidas, passando livremente nos furos. Dependendo do serviço, esses parafusos, além das porcas, utilizam arruelas e contra porcas como acessórios. Os parafusos passantes apresentam-se com cabeça ou sem cabeça.

14 Parafusos não passantes: São parafusos que não utilizam porcas. O papel de porca é desempenhado pelo furo roscado, feito numa das peças a serem unidas. MONTAGEM

15 Parafuso prisioneiro: As roscas dos parafusos prisioneiros podem ter passos diferentes ou sentidos opostos, isto é, um horário e o outro anti-horário. O parafuso prisioneiro permanece no lugar quando as peças são desmontadas. Parafusos de travamento: São usados para evitar o movimento relativo entre duas peças que tendem a deslizar entre si. MONTAGEM

16 MATERIAIS Materiais para parafusos: Os parafusos são fabricados em aço, aço inoxidável ou ligas de cobre e, mais raramente, de outros metais. O material, além de satisfazer às condições de resistência, deve também apresentar propriedades compatíveis com o processo de fabricação, que pode ser a usinagem em tornos e roscadeiras ou por conformação como forjamento ou laminação (roscas roladas).

17 ACESSÓRIOS Porca: é uma peça de forma prismática ou cilíndrica geralmente metálica, com um furo roscado no qual se encaixa um parafuso, ou uma barra roscada. A porca está sempre ligada a um parafuso. A parte externa tem vários formatos para atender a diversos tipos de aplicação.

18 ACESSÓRIOS

19

20 Arruelas: Elemento de fixação responsável pela distribuição uniforme da força de aperto de parafusos e, em alguns casos, garantir que o mesmo não se solte devido ao efeito de vibrações, agindo desta forma, como elemento de trava. ACESSÓRIOS

21

22

23 UNIÃO Para união de peças com parafuso, deve-se considerar quatro fatores: profundidade do furo broqueado; profundidade do furo roscado; comprimento útil de penetração do parafuso; diâmetro do furo passante.

24 TIPOS DE ROSCAS Roscas: O tipo de rosca usada num parafuso irá determinar a sua aplicação.

25 SENTIDO DA ROSCA Sentido de direção do filete Os parafusos apresentam duas classificações quanto ao sentido do filete de rosca. À direita Quando, ao avançar, gira no sentido dos ponteiros do relógio (sentido de aperto a direita).

26 SENTIDO DA ROSCA À esquerda Quando, ao avançar, gira em sentido contrario ao dos ponteiros do relógio (sentido de aperto a esquerda).

27 NOMENCLATURAS

28 CLASSIFICAÇÃO Classificação as roscas pela forma do perfil: – Americana ou unificada; – Quadrada; – Acme;

29 PRÓXIMA AULA Ler ítens 6.4 e 6.5 e fazer o exemplo 6.2, páginas 220 a 226


Carregar ppt "Universidade Federal de Goiás Escola de Engenharia Elétrica e de Computação Disciplina:Elementos de Máquinas 1 Prof.: Ricardo Humberto de Oliveira Filho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google