A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Jesus, após a multiplicação dos pães (9,10-17), retira-se para orar com os discípulos e pergunta: Quem dizem as multidões que eu sou? Os discípulos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Jesus, após a multiplicação dos pães (9,10-17), retira-se para orar com os discípulos e pergunta: Quem dizem as multidões que eu sou? Os discípulos."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 Jesus, após a multiplicação dos pães (9,10-17), retira-se para orar com os discípulos e pergunta: Quem dizem as multidões que eu sou? Os discípulos são chamados a dar uma resposta pessoal, pois compartilham a vida e a missão do Mestre. A profissão de fé que Pedro faz, em nome do grupo, focaliza o ministério de Jesus, que veio salvar as pessoas necessitadas, cumprindo as profecias antigas.

6 A ordem de silêncio indica que a identidade do verdadeiro Messias está associada à cruz. Os discípulos só compreenderão plenamente a missão do Messias à luz de sua páscoa. A fidelidade de Jesus ao Reino de Deus aumentará a rejeição dos adversários.

7 O caminho da cruz revela que Jesus não é um Messias triunfalista, mas solidário com a vida e o sofrimento do povo. O Filho do Homem será crucificado, pois liberta os excluídos (5,24), coloca o sábado a serviço da vida (6,5). A cruz aparece no centro do convite de Jesus aos seus seguidores. É preciso renunciar a si mesmo e tomar a cruz cada dia. O compromisso profundo com o Mestre é a razão para entregar a vida a serviço do Reino.

8 Na 1ª leitura a figura do trespassado faz- nos pensar em todos os profetas que lutam pela justiça e pela verdade e que são torturados, vilipendiados, massacrados por causa do seu testemunho incómodo.

9 A identificação do trespassado com o próprio Deus diz-nos que o profeta nunca está só e perdido face ao ódio do mundo, mas que Deus está sempre do seu lado; diz- nos, também, que é de Deus que brota a missão profética, mesmo quando ela incomoda e questiona os homens

10 Fomos constituídos profetas no momento da nossa opção por Cristo (Batismo). Como se tem cumprido a nossa missão profética? Na fidelidade e no empenho, ou na preguiça e no comodismo? No medo que paralisa, ou na inquebrantável confiança no Deus que está ao nosso lado?

11 O SALMISTA expressa a busca de Deus através da imagem do deserto, que necessita de chuva para encher-se de vida.

12 A 2ª LEITURA ressalta que somos filhos de Deus, chamados a viver a vida nova em Cristo, superando assim as barreiras de raça, gênero e classe social. O cristão é, fundamentalmente, aquele que se revestiu de Cristo. Que significa isto, em concreto? Que assinamos um documento no qual nos comprometemos a viver como batizados?

13 Que respeitamos apenas as leis e orientações da hierarquia? Que nos comprometemos somente a ir à missa ao domingo, a ir a Aparecida, uma vez por ano e a rezar o terço de vez em quando?

14 Ou significa que assumimos o compromisso de viver como Cristo, de assumir os seus valores, de fazer da nossa vida um dom de amor, de nos entregarmos até à morte para construir um mundo de justiça e de paz para todos?

15 . ATUALIZANDO Jesus, embora rejeitado, permaneceu fiel até a doação total da vida. Seu exemplo nos ilumina a trilhar o caminho da cruz, no serviço ao Reino. Sua presença nos proporciona viver a vida nova, pois não há mais judeu ou grego, escravo ou livre, homem ou mulher. ¨

16 O Evangelho de hoje define a existência cristã como um tomar a cruz do amor, da doação, da entrega aos irmãos.

17 Supõe uma existência vivida na simplicidade, no serviço humilde, na generosidade, no esquecimento de si para se fazer dom aos outros. É esse o caminho que eu procuro percorrer?

18 A PALAVRA DE DEUS NA CELEBRAÇÃO Na celebração atualizamos no aqui e agora da nossa vida, o mistério de Cristo, que passa pela cruz, pela morte e conduz à vida. Jesus Cristo nos salva perdendo-se a si mesmo. Em comunidade de fé celebramos a nossa páscoa dominical renovando a nossa adesão a Cristo e sempre mais nos revestindo dele.

19 TEXTOS EXTRAIDOS DA: REVISTA DE LITURGIA Ir. Veronice Fernandes Ir. Helena Ghiggi PORTAL DEHONIANOS Província Portuguesa dos Sacerdotes do Coração de Jesus (Dehonianos)

20


Carregar ppt "Jesus, após a multiplicação dos pães (9,10-17), retira-se para orar com os discípulos e pergunta: Quem dizem as multidões que eu sou? Os discípulos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google