A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Será Que Pode Confiar Na Bíblia? Cinco Motivos. 1 – Exactidão Histórica; 2 – Candura e honestidade; 3 – Harmonia Interna; 4 – Exactidão Científica; 5.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Será Que Pode Confiar Na Bíblia? Cinco Motivos. 1 – Exactidão Histórica; 2 – Candura e honestidade; 3 – Harmonia Interna; 4 – Exactidão Científica; 5."— Transcrição da apresentação:

1 Será Que Pode Confiar Na Bíblia? Cinco Motivos

2 1 – Exactidão Histórica; 2 – Candura e honestidade; 3 – Harmonia Interna; 4 – Exactidão Científica; 5 – Profecias Cumpridas.

3 1 - Exactidão Histórica Pessoas Os críticos da Bíblia questionavam a existência de Pôncio Pilatos, o governador da Judeia que entregou Jesus para ser pregado numa estaca. (Mateus 27:1-26) A evidencia de que houve um governador da Judeia chamado Pilatos está gravada numa pedra descoberta em 1961, na cidade portuária de Cesareia, no Mediterrâneo. Antes de 1993, não havia evidencia histórica fora da Bíblia de que David, o jovem e corajoso pastor que depois se tornou rei de Israel, realmente existiu. Mas, nesse ano, os arqueólogos descobriram no norte de Israel uma pedra de basalto, datada do nono século AEC, que, segundo peritos contém as expressões Casa de David e rei de Israel.

4 1 - Exactidão Histórica Acontecimentos Até pouco tempo atrás, muitos eruditos duvidavam da exactidão do relato bíblico que fala da batalha entre a nação de Edom e Israel nos dias de David. (2 Samuel 8:,14) Eles afirmavam que na época Edom era uma sociedade simples e pastoril, que só teve a organização e o poder necessários para constituir ameaça a Israel muito tempo depois. No entanto, escavações recentes indicam que Edom era uma sociedade complexa séculos antes [do que se costumava pensar], conforme revela a Bíblia, declara um artigo na revista Biblical Archaelogy Review.

5 1 - Exactidão Histórica Títulos Correctos Muitos governantes surgiram no cenário mundial durante os 16 séculos em que a Bíblia foi escrita. Quando menciona um governante, ela usa sempre o titulo correcto. Por exemplo, ela refere-se correctamente a Herodes Ântipas como governante distrital e a Gálio como procônsul. (Lucas 3:1; Atos 18:12). Esdras 5:6 faz referência a Tatenai, governador da província persa Além do Rio – o rio Eufrates. Uma moeda cunhada no quarto século AEC contém uma descrição parecida, que identifica o governador persa Mazaeus como governante da província Além do Rio.

6 2 – Candura e Honestidade Erros e Falhas Os escritores da Bíblia admitiram de modo franco seus erros e suas fraquezas. Moisés escreveu sobre um erro que cometeu e que lhe custou muito caro (Números 20:7- 13) Asafe explicou que, por certo tempo, invejou a prosperidade das pessoas más. (Salmos 73:1-14) Jonas falou de sua desobediência e da atitude errada que teve de inicio quando Deus foi misericordioso com pecadores arrependidos. (Jonas 1:1-3; 3:10; 4:1-3) Mateus foi franco ao relatar que havia abandonado Jesus na noite em que este foi preso. – Mateus 26:56. Os escritores das Escrituras hebraicas registaram abertamente a rebeldia e os constantes resmungos de seu próprio povo. (2 Crónicas 36:15,16) Os escritores não pouparam a ninguém, nem mesmo os governantes da sua nação. (Ezequiel 34:1-10) Com semelhante candura, as cartas dos apóstolos relataram os problemas graves pelos quais, no primeiro século EC, certas congregações e alguns cristãos passaram – incluindo cristãos que ocupavam posições de responsabilidade – 1 Coríntios 1:10 – 13; 2Timoteo 2:16-18; 4:10.

7 2 – Candura e Honestidade A Verdade Sem Disfarce Os escritores da Bíblia não tentaram encobrir o que alguns poderiam encarar como verdade embaraçosa. Os cristãos do primeiro século reconheciam de modo franco que não tinham a admiração do mundo à sua volta, mas que eram considerados como tolos e ignorantes. (1Corintios 1:26-29) A bíblia declara que os apóstolos de Jesus eram vistos como indoutos e comuns. – Atos 4:13. Os escritores dos Evangelhos não enfeitaram os factos para que outros vissem Jesus com bons olhos. Em vez disso, foram honestos em relatar que ele nasceu em circunstancias humildes, numa família de classe trabalhadora; que ele não estudou nas escolas de prestigio da época e que a maioria dos seus ouvintes rejeitou a mensagem. – Mateus 27:25; Lucas 2:4-7; João 7:15.

8 3 – Harmonia Interna IMAGINE PEDIR A 40 HOMENS DE FORMAÇÕES DIFERENTES PARA ESCREVER UM LIVRO, CADA QUAL ESCREVERIA UMA SECÇÃO. ELES MORAM EM DIVERSOS PAÍSES E NEM TODOS SE CONHECEM. ALGUNS NÃO SABEM O QUE OS OUTROS ESCREVERAM. SERIA RAZOÁVEL ESPERAR QUE UM LIVRO ESCRITO DESSA FORMA FOSSE COERENTE? Circunstancias incomparáveis A Bíblia foi escrita num período de uns 1600 anos, de 1513 AEC a cerca de 98 EC. Portanto, muitos dos aproximadamente 40 escritores viveram em séculos bem distantes um do outro; tinham também ocupações diferente. Alguns eram pescadores, outros pastores ou reis, e um era médico.

9 3 – Harmonia Interna Uma mensagem Harmoniosa Os escritores da Bíblia desenvolveram um tema central: a vindicação do direito de Deus governar a humanidade e o cumprimento do seu propósito por meio de um reino celestial, um governo mundial. Esse tema é introduzido em Génesis, desenvolvido com detalhes nos livros que se seguem e levado a um ponto culminante em Revelação (Apocalipse). Concordância nos detalhes Os escritores da Bíblia concordaram até mesmo nos detalhes insignificantes, embora seja evidente que muitas vezes isso não era intencional. Veja um exemplo. O escritor Bíblico João conta-nos que, quando uma grande multidão se reuniu para ouvir Jesus, ele perguntou especificamente a Filipe sobre onde comprar pão para alimentar as pessoas. (João 6:1-5) Num relato paralelo, Lucas diz que isso aconteceu perto da cidade de Betsaida. João por acaso havia dito antes em seu livro que Filipe era de Betsaida. Lucas 9:10; João 1:44) Portanto seria natural que Jesus dirigisse a pergunta a alguém da região. Embora os detalhes se harmonizem, é evidente que não houve essa intenção.

10 3 – Harmonia Interna Diferenças Razoáveis Existem algumas diferenças entre certos relatos, mas isso não seria de esperar? Suponha que um grupo de pessoas testemunhasse um crime. Se todas mencionassem os mesmos detalhes, usando as mesmas palavras, não suspeitaria do concluo? Seria razoável haver algumas diferenças de um testemunho para outro, pois cada pessoa relataria o crime de acordo com o seu ângulo de visão. Foi isso que aconteceu no caso dos escritores da Bíblia. por exemplo, no dia em que Jesus morreu, será que ele vestia uma roupa de cor púrpura, conforme relatam Marcos e João? (Marcos 15:17; João 19:2) ou a roupa era escarlate, como diz Mateus? (Mateus 27:28) Na verdade, as duas descrições podem estar certas. Púrpura é uma cor que tem componentes de vermelho. Dependendo do ângulo que a pessoa olhasse, o reflexo da luz e o fundo poderiam ofuscar algumas nuances e dar á roupa diferentes tonalidades.

11 4 – Exactidão Científica A BIBLIA NÃO É UM LIVRO DE CIÊNCIAS. MAS NO QUE DIZ RESPEITO A ASSUNTOS CIENTÍFICOS, A BIBLIA É NOTÁVEL NÃO SÓ PELO QUE DIZ, MAS TAMBÉM PELO QUE NÃO DIZ. Não Contém conceitos Anticientificos Muitas crenças equivocadas tinham ampla aceitação nos tempos antigos. Com respeito à terra, os conceitos iam desde a ideia de que ela era plana até a de que alguma coisa material a mantinha suspensa. Muito antes da Ciência aprender sobre disseminação e prevenção de doenças, médicos adoptavam certas práticas que eram simplesmente ineficazes e, em alguns casos, até fatais. Mas, em seus mais de 1100 capítulos, a bíblia nunca apoiou nenhum conceito anti científico ou práticas prejudiciais

12 4 – Exactidão Científica Declarações Cientificamente Correctas Cerca de 3500 anos, a bíblia declarou que a terra estava suspensa sobre o nada. (Jó 26:7) No oitavo século AEC, Isaías fez clara referência ao circulo [ou esfera] da terra. (Isaías 40:22) Uma Terra esférica posicionada no espaço vazio sem nenhum tipo de sustentação visível ou física – não acha essa descrição extraordinariamente moderna? Muito à frente do seu tempo, a bíblia declarou correctamente que a Terra é esférica e que está suspensa sobre o nada

13 4 – Exactidão Científica Escrita por volta de 1500 AEC, a Lei mosaica (encontrada nos primeiros cinco livros da Bíblia) continha leis abalizadas sobre quarentena de doentes, manipulação de cadáveres e eliminação de excremento. – Levitico 13:1-5; Números 19:1-13,14. O uso de poderosos telescópios contribuiu para que os cientistas concluíssem que o Universo teve um nascimento repentino. Nem todos eles gostam das implicações dessa explicação. Um professor universitário declarou: Um Universo que teve um começo parece exigir uma causa primária; pois quem poderia imaginar tamanho efeito sem uma causa a altura? No entanto, muito antes dos telescópios, o primeiro versículo da Bíblia declarou claramente: No principio Deus criou os céus e a terra. – Génesis 1:1.

14 5 – Profecias Cumpridas Um Exemplo Notável Construída estrategicamente nas margens do rio Eufrates, a antiga Babilónia tem sido chamada o centro politico, religioso e cultural do Oriente antigo. Por volta de 732 AEC, o profeta Isaías escreveu uma profecia funesta: Babilónia cairia. Isaías deu detalhes específicos: ela seria conquistada por um líder chamado Ciro, as águas protectoras do Eufrates `secariam` e os portões da cidade ´não seriam fechados`. (Isaías 44:27 – 45:3) Uns 200 anos mais tarde, em 5 de Outubro de 539 AEC, a profecia cumpriu-se em todos os detalhes. O historiador grego Heródoto (quinto século AEC) confirmou o modo em que Babilónia caiu. AS PROFECIAS BÍBLICAS SÃO GERALMENTE ESPECIFICAS E CUMPREM-SE NOS MÍNIMOS DETALHES. COSTUMAM ENVOLVER ASSUNTOS DE GRANDE IMPORTÂNCIA E PREDIZER O OPOSTO AO QUE AS PESSOAS DA ÉPOCA EM QUE FORAM ESCRITAS TALVEZ ESTIVESSEM À ESPERA. A Bíblia predisse com exactidão que um líder chamado Ciro conquistaria a poderosa Babilónia

15 5 – Profecias Cumpridas Um detalhe Audacioso Isaías fez mais uma previsão surpreendente a respeito de Babilónia: Nunca mais será habitada. (Isaías 13:19, 20) Não se pode negar que exigiu coragem predizer a desolação permanente de uma cidade enorme situada num lugar estratégico. Se uma cidade assim fosse destruída, seria normal esperar que fosse reconstruída. Embora Babilónia tenha durado ainda algum tempo após sua conquista, as palavras de Isaías por fim tiveram cumprimento. Hoje em dia, o local em que ficava a antiga Babilónia é plano, quente, desabitado e poeirento, relata a revista Smithsonian. Ficamos impressionados ao reflectir na magnitude da profecia de Isaías. O que ele predisse equivale a prever o modo exacto em que uma cidade moderna, como nova York ou Londres, seria destruída daqui a 200 anos e depois afirmar enfaticamente que ela nunca mais seria habitada. È claro que o mais notável de tudo isso é que a profecia de Isaías se cumpriu.

16 Toda a Escritura é inspirada por Deus… 2Timoteo 3:16


Carregar ppt "Será Que Pode Confiar Na Bíblia? Cinco Motivos. 1 – Exactidão Histórica; 2 – Candura e honestidade; 3 – Harmonia Interna; 4 – Exactidão Científica; 5."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google