A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conhecimento das técnica de inspeção e palpação Conhecimento da anatomia e fisiologia das mamas e axilas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conhecimento das técnica de inspeção e palpação Conhecimento da anatomia e fisiologia das mamas e axilas."— Transcrição da apresentação:

1

2 Conhecimento das técnica de inspeção e palpação Conhecimento da anatomia e fisiologia das mamas e axilas

3

4 Mamas Nódulos, Mastalgia (Dor nas Mamas), alteração de tamanho, secreção e/ou sangramento pelos mamilos, alterações de pele, conhecimento da técnica de auto- exame da mama Axilas Nódulos, alterações de pele

5 Inspeção estática Paciente em posição sentada ou em pé, com os braços ao longo do corpo Observar: tamanho, simetria, contorno, textura e características( vascularização, manchas, integridade, cor) Mamilos e aréolas:tamanho e forma, drenagens, pigmentação,simetria, lesões

6 Inspeção dinâmica Paciente em posição sentada ou em pé, com os braços erguidos, comprimir mãos na nuca e depois quadril Observar: tamanho, simetria, contorno, textura e características( vascularização, manchas, integridade, cor) Mamilos e aréolas:tamanho e forma, drenagens, pigmentação,simetria, lesões Atenção para surgimento de retrações, depressões ou abaulamentos.

7 Palpação Paciente em decúbito dorsal, braços erguidos, mãos na nuca Usam-se as polpas digitais em movimentos circulares, pressionando delicadamente o tecido mamário contra a parede torácica. Espreme-se as aréolas. Investigar elasticidade, consistência, sensibilidade dolorosa e presença de massas

8

9

10

11

12 Normalidade: tamanhos variados, relativamente simétricas. Forma arrendondada, textura macia, lisa sem depressões ou abaulamentos. Consistência e elasticidade variam conforme a idade. Sensação lobular do parênquima mámario. Problemas de enfermagem Sinais inflamatórios Retração de pele Assimetria Nódulos (localização, forma,consistência, sensibilidade e mobilidade) Edema Lesões e ulcerações Hipersensibilidade e dor

13 Normalidade: Simétricos no tamanho, formas arrendondadas ou ovaladas e superfície contínua. Em geral, evertidos, sem drenagens, apontam em direção simétricas e possuem capacidade erétil. Problemas de enfermagem: Assimetria Retração da aréola ou mamilo Inversão mamilar(investigar se é congênita ou recente e fixa Drenagem de secreção(purulenta. Hemorrágica,serosa, uniductal, unimamilar) Edema, fissuras, ulcerações Hipersensibilidade Ausência de ereção

14

15

16

17

18 Normalidade: Não se observa tecido glandular A mama pode estar aumentada devido ao tecido gorduroso de obesidade Problemas de enfermagem: Nódulos Edema Ulcerações Aumento glandular (ginecomastia )

19

20 Inspeção Paciente sentada ou em pé, inspecionar a pele das axilas Palpação Palpar linfonodos axilares e adjacentes, paciente sentado ou em pé com braços relaxados

21

22 Normalidade Gânglios axilares normalmente não são palpáveis Problemas de enfermagem Nódulos sensíveis e sem mobilidade Sinais inflamatórios Erupções na pele Pigmentação incomum

23 Nódulos dolorosos sugerem inflamação. Nódulos fixos e duros sugerem neoplasias.

24

25 Técnicas inspeção, palpação, e percussão Anatomia e fisiologia da genitália

26 Genitais femininos externos:ciclo menstrual,menopausa, sangramentos, secreções, pruridos, lesões, dor(cólica - dismenorréia), edema Genitais masculinos externos:secreções, lesões, dor, edema escrotal, prurido

27 1 - Pênis Inspeção e palpação: condições de higiene, lesões, drenagens, sinais de inflamação, posição e tamanho do meato urinário Palpar entre o polegar e os dois primeiros dedos em pinça

28 1 - Pênis Prepúcio Glande Meato urinário uretra

29 Prepúcio Normalidade: pele tracionada permite a exposição completa da glande, em indivíduos circuncisados, a glande e o meato são visíveis diretamente Problemas: fimose(orifício prepucial reduzido); parafimose (dificuldade ou impossibilidade de reduzir o prepúcio); lesões e ulcerações.

30

31 sifilis

32 Glande e sulco bálano-prepucial Normal: entra a borda da glande e a dobra do prepúcio há um sulco fino mole, que secreta uma substância gordurosa. Esta associada à descamação epitelial forma o esmegma. Problemas: acúmulo de espegma(falta de higiene) propicia a balanite; lesões decorrentes de DST ou de CA; endurecimento fibroso do pênis.

33 Meato urinário Normal: localizado na ponta da glande Problemas: abertura insuficiente (estenose) dificulta a micção e facilita a retenção urinária; hipospadia (meato ao longo da face ventral peniana ou no períneo); epispadia(meato na face dorsal peniana)

34

35 Uretra normal: à palpação não é dolorido, percebe- se tecidos moles. Não há drenagem de secreção. Problemas: palpação dolorosa (uretrite); drenagem, áreas endurecidas

36 2 - Escroto Inspeção e palpação: paciente em pé ou deitado. Observar simentria, úlceras, presença de dois testículos e de massas escrotais. Levante o escroto e examine a face posterior

37 Escroto Normal: a pele de ambos os lados é simétrica, o conteúdo é livre não aderido à pele. Problemas: escoriações na pele (procurar parasitas); lesões; dor. Massas, assimetrias; edemas, varicoceles (varizes)

38

39 3 - Períneo Inspeção e palpação: paciente em posição litotômica, erguer o escroto. Observe o aspecto da pele e simetria. Normal: simetria, resistência muscular Problemas: lesões(DST), abcessos uretrais, extravasamento urinário (fístulas de bexiga ou uretra)

40 1 – Monte pubiano Inspeção: posição litotômica. Inspecionar quantidade e distribuição de pêlos, presença de parasitas, aspecto e alterações da pele da vulva, períneo e ânus.

41 Monte pubiano Normal: distribuição de pêlos no formato de triângulo invertido cuja base é a base da sínfise púbica. Quantidade variável. Pele levemente mais pigmentada em relação ao corpo. Mucosa rosada, aparência úmida.

42

43 Monte pubiano Problemas: parasitas, quantidade de pêlos aumentada (hirsutismo), quantidade de pêlos diminuída (endocrinopatias). Lesões(DST); leucoplasias (placas esbranquiçadas com espessamento do tecido cutaneomucoso – lesões pré-cancerosas). Edema; varicosidades; prurido; eritema (inflamações, alergias).

44 2 – Grandes e pequenos lábios Inspeção e palpação: simetria, aspecto da pele, desenvolvimento compatível com a idade, consistência dos tecidos

45 Grandes e pequenos lábios Normal: simétricos, textura homogênea, consistência macia, planos na infância, cheios e curvos na fase adulta; na menopausa, mais finos. Problemas: assimetrias; leucoplasias; atrofias (antes da menopausa); exsudações; edema, lesões; parasitas; nódulos

46 HPV – Human Papilloma Virus sifilis

47 3 – Vestíbulo Inspeção e palpação

48 4 – Clitóris Normal: tecido erétil. Coloração normal é rosada. Porção visível não excede 1 cm. Problemas: inflamações(coloração vermelho- cereja); lesões (DST ou neoplasias)

49 5 – Meato uretral/ uretra Normal: localizado posteriormente ao clítoris, mesma coloração rosada, sem drenagem de secreções. Problemas: eritemas(inflamação); drenagem de secreções; dor à palpação

50 6 – Glândulas de Bartholin Normal: perto da extremidade posterior do orifício vaginal. Estruturas pares que em geral não são palpáveis. Problemas: edema, drenagem de secreções. Dor(inflamações)

51 7 – Orifício vaginal Normal: imediatamente posterior ao meato uretral. Apresenta-se como abertura fina vertical ou orifício grande com bordas irregulares, depende do início da vida sexual. Problemas: cistocele(prolapso da parede anterior da vagina e bexiga para dentro da vagina); retocele (prolapso da parede posterior da vagina e reto para dentro da vagina); corrimento; prolapso uterino

52 Prolapso uterino 1º grau – colo uterino aparece no orifício vaginal aos esforços da paciente 2º grau – colo uterino sai do orifício 3º grau – exteriorização do útero

53

54

55 8 – Períneo Normal: localizado entre o intróito vaginal e o ânus. Consistência firme integridade tecidual. Problemas: roturas(causadas por parto vaginal sem episiotomia prévia); fístulas.

56

57 w.drcarlos.med.br/artigo_034.html foxbrazil.blogspot.com/2009/09/novos-sintomas... wwwacsrobertocom.blogspot.com/2009_07_01_arch em: frame em: frame apcancrodamama.blogspot.com/2009_04_01_archiv... viviansbrussi.blogspot.com/2008/12/aprenda-se... www2.hu-berlin.de/.../ECP4/html/syphilis_ii.html acupuntura.blogas-pt.com/.../ em: em: frame ] frame parir.blogspot.com/2006_10_01_archive.html

58

59

60


Carregar ppt "Conhecimento das técnica de inspeção e palpação Conhecimento da anatomia e fisiologia das mamas e axilas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google