A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

METALÚRGICA DEBONA CÉU AZUL IND.E COM. DE EQUIP.AGROPECUÁRIOS LTDA. IMPORTÂNCIA DA AMBIÊNCIA E DO MANEJO NA AVICULTURA MANEJO DO AQUECEDOR CÉU AZUL 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "METALÚRGICA DEBONA CÉU AZUL IND.E COM. DE EQUIP.AGROPECUÁRIOS LTDA. IMPORTÂNCIA DA AMBIÊNCIA E DO MANEJO NA AVICULTURA MANEJO DO AQUECEDOR CÉU AZUL 2011."— Transcrição da apresentação:

1 METALÚRGICA DEBONA CÉU AZUL IND.E COM. DE EQUIP.AGROPECUÁRIOS LTDA. IMPORTÂNCIA DA AMBIÊNCIA E DO MANEJO NA AVICULTURA MANEJO DO AQUECEDOR CÉU AZUL 2011

2 AVICULTURA DE PRECISÃO AVICULTURA DE PRECISÃO CONTROLE DA QUALIDADE NÃO PERMITE FALHAS GANHO DE PESO POR HORA

3

4 ANTES DO ALOJAMENTO VERIFICAR AS CORTINAS E FORRAÇÃO (AVIÁRIO BLINDADO)

5

6

7

8

9

10 . PARÂMETROS NO ALOJAMENTO PARÂMETROS NO ALOJAMENTO

11 PERCENTUAL DE CRESCIMENTO DAS AVES IDADE PESO MÉDIO CRESCIMENTO ( %) 01 DIA = 40 GRS. 4 X OU 400% 4 X OU 400% 07 DIAS = 200 GRS. 1 X OU 100% 1 X OU 100% 14 DIAS = 400 GRS. -1 X OU 95 % -1 X OU 95 % 21 DIAS = 780 GRS. -1 X OU 66% -1 X OU 66% 28 DIAS = GRS. - 1X OU 50% - 1X OU 50% 35 DIAS = GRS. -1X OU 35 % -1X OU 35 % 42 DIAS = GRS

12 TEMPERATURA PARA CONFORTO TÉRMICO IDADE TEMPERATURA IDADE TEMPERATURA 01 – a 32 ºC 01 – a 32 ºC 04 – a 31 ºC 04 – a 31 ºC 08 – a 29 ºC 08 – a 29 ºC 15 – a 27 ºC 15 – a 27 ºC 22 – a 26 ºC 22 – a 26 ºC 29 – a 24 ºC 29 – a 24 ºC Após 35 d. 20 a 21 ºC Fonte facta

13 . ALOJAMENTO

14 .

15

16

17 VENTILAÇÃO MÍNIMA COM AQUECEDOR PRINCIPALMENTE A NOITE ONDE NÃO HÁ MANEJO DE CORTINAS A MAQUINA FICA FAZENDO A TROCA DE AR PRINCIPALMENTE A NOITE ONDE NÃO HÁ MANEJO DE CORTINAS A MAQUINA FICA FAZENDO A TROCA DE AR DURANTE O DIA A CADA ACIONAMENTO DA MAQUINA OCORRE INJEÇÃO DE AR (TEMPORIZADOR) DURANTE O DIA A CADA ACIONAMENTO DA MAQUINA OCORRE INJEÇÃO DE AR (TEMPORIZADOR) A TAXA DE OXIGÊNIO É MANTIDA EM 20% A TAXA DE OXIGÊNIO É MANTIDA EM 20%

18

19 . AOS 07 DIAS

20

21

22

23 . AOS 14 DIAS

24

25 PRIORIDADES A SEREM CONSIDERADAS - Manter a temperatura adequada para a idade - Nível de oxigênio em 20% - Nível de CO2 entre 800 a 1000 ppm`s - Monitorar a umidade relativa do ar (45% a 65% ) - Promover ventilação mínima

26 . LAY OUT DO AVIÁRIO COM 01 AQUECEDOR TEMPERATURA EXTERNA 05 GRAUS 80% UR. EXAUSTOR 15 GRAUS 78% UR 40 MTS CAMARA DE AR 20 GRAUS 65 % UR 10 MTS AREA DO ALOJAMENTO AREA DO ALOJAMENTO 30 GRAUS 31 GRAUS 30 GRAUS 31 GRAUS 41 % UR 43 % UR 41 % UR 43 % UR 50 MTS 50 MTS AQUECEDOR 08 LIGADO 08 DESLIGADO D-1100 / D-1500 CAMARA DE AR 24GRAUS 65 % UR 10 MTS CAMARA DE AR 20GRAUS 73 % UR 10 MTS ENTRADA DE AR 13GRAUS 78 % UR 30 MTS

27 . LAY OUT DO AVIÁRIO COM 02 AQUECEDORES TEMPERATURA EXTERNA 07 GRAUS 80% UR. EXAUSTOR 15 GRAUS 78% UR 40 MTS CAMARA DE AR 21 GRAUS 65 % UR 10 MTS AREA DO ALOJAMENTO AREA DO ALOJAMENTO 32 GRAUS 33 GRAUS 32 GRAUS 33 GRAUS 45 % UR 45 % UR 45 % UR 45 % UR 50 MTS 50 MTS AQUECEDOR 05 LIGADO 15 DESLIGADO D-1100 / D-1500 D-1100 / D-1500CAMARA DE AR 28 GRAUS 60 % UR 10 MTS CAMARA DE AR 32GRAUS 40 % UR 20 MTS AQUECEDOR D-70 / D-90 ENTRADA DE AR 13GRAUS 78 % UR 30 MTS

28 COM A AMBIÊNCIA RUIM ATÉ A PESSOA QUE CUIDA DO AVIÁRIO SENTE... lembre-se... lembre-se...

29 . AQUECIMENTO

30 . FORMAS DE INSTALAÇÕES ADEQUADAS DOS AQUECEDORES FORMAS DE INSTALAÇÕES ADEQUADAS DOS AQUECEDORESINTERNAEXTERNAEMBUTIDA

31

32

33

34 INSTRUÇÕES PARA SE OBTER UM MELHOR FUNCIONAMENTO DO AQUECEDOR PINTEIRO: VEDAÇÃO DO PINTEIRO A perfeita vedação proporciona um melhor funcionamento do aquecedor Uniformidade na temperatura Economia de lenha Mais autonomia PROCURAR ELIMINAR PEQUENAS FRESTAS

35 . INSTALAÇÕES COM BOA VEDAÇÃO

36

37

38

39

40

41 INÍCIO DO AQUECIMENTO Iniciar o aquecimento pelo menos 12 hs antes do alojamento,

42 MANEJO DO AQUECEDOR ANTES DE FAZER FOGO: Certificar que as cinzas do cinzeiro e da grelha foram retiradas Verificar se a chaminé não está obstruida Conferir se a tampa do cinzeiro está bem vedada

43

44 MANEJO DE LIMPEZA Limpar as cinzas do cinzeiro diariamente Limpar a fuligem 03 vezes ao dia Limpar o chaminé a cada lote

45 . AQUECEDORES COM CINZAS AQUECEDORES COM CINZAS

46

47

48

49

50

51

52

53 ..

54

55

56 INICIAR O FOGO: Inicialmente usar lenhas secas e finas,até formar brasas Após adicionar lenhas mais grossas Não usar borracha ou diesel para acender o fogo

57

58 MANEJO DO FOGO ASSOPRO Iniciar o fogo com a regulagem entre o verde e o vermelho Quando o fogo estiver bem acesso e o motor começar a desligar,diminuir o assopro ( verde) Quando o fogo estiver bem acesso e o motor começar a desligar,diminuir o assopro ( verde) Caso o aquecedor não desligar,fornecer mais assopro, ou seja avançar no vermelho Caso o aquecedor não desligar,fornecer mais assopro, ou seja avançar no vermelho. TAIS PROCEDIMENTOS TRAZEM ECONÔMIA DE LENHA E AUMENTAM A VIDA ÚTIL DO AQUECEDOR TAIS PROCEDIMENTOS TRAZEM ECONÔMIA DE LENHA E AUMENTAM A VIDA ÚTIL DO AQUECEDOR

59

60

61

62

63 N

64 SISTEMA FOGUISTA AUTOMÁTICO SISTEMA FOGUISTA AUTOMÁTICO Quando a temperatura diminui de 120 graus, é acionado automaticamente a turbina é desligada Quando a temperatura diminui de 120 graus, é acionado automaticamente a turbina é desligada Quando a temperatura aumenta de 120 graus a turbina é desligada Quando a temperatura aumenta de 120 graus a turbina é desligada ITEM DE SÉRIE D-400 D-400 D-600 D-600 D-800 D-800 D-900 D-900 D-1100 D-1100 D-1500 D-1500 D-1800 D-1800 D-2200 D-2200

65

66 MANEJO DO FOGO A FAIXA DE TEMPERATURA DO AR AQUECIDO IDEAL PARA O BOM FUNCIONAMENTO DA MÁQUINA É 100 A 130 GRAUS CELSIUS.

67

68

69 MANEJO DO FOGO : MANEJO DO FOGO ABASTECIMENTO COLOCAR LENHA NO AQUECEDOR QUANDO A TEMPERATURA COMEÇAR A DIMINUIR DE 100 GRAUS, OU QUANDO A BRASA ESTÁ PERDENDO O BRILHO, POIS A MÁQUINA TEM BOM DESEMPENHO TAMBEM A PARTIR DAS BRASAS*

70 MANEJO DO FOGO MEXER A BRASA A CADA REABASTECIDA MEXER A BRASA A CADA REABASTECIDA

71

72

73

74

75

76

77

78 MANEJO DO FOGO NÃO ENCHER A MAQUINA DE LENHA O IDEAL É MEIA CARGA ( MEIA PORTA)

79 MANEJO DA MAQUINA EM HIPÓTESE ALGUMA DEIXAR A PORTA DO AQUECEDOR OU DO EM HIPÓTESE ALGUMA DEIXAR A PORTA DO AQUECEDOR OU DO CINZEIRO ABERTA OU SEMI ABERTA, POIS PODE DANIFICAR A CINZEIRO ABERTA OU SEMI ABERTA, POIS PODE DANIFICAR A FORNALHA EM POUCAS HORAS

80

81

82 MANEJO DO FOGO ABRIR O AQUECEDOR SOMENTE COM O MOTOR LIGADO ABRIR O AQUECEDOR SOMENTE COM O MOTOR LIGADO AFASTAR O ROSTO E O CORPO DA PORTA AFASTAR O ROSTO E O CORPO DA PORTA

83

84 . NÃO USAR LENHA VERDE OU DE BAIXA QUALIDADE NÃO USAR LENHA VERDE OU DE BAIXA QUALIDADE

85

86

87 MANEJO DO FOGO CONFORME A TEMP. EXTERNA AUMENTA BUSCAR DIMINUIR A QUANTIDADE DE LENHA E BRASA NO INTERIOR DO AQUECEDOR.

88 MANEJO DO FOGO NÃO OBSTRUIR SAÍDAS DE AR O FINAL DA TUBULAÇÃO DEVE FICAR NO MÍNIMO 15 A 20 MTS DISTANTE DA CORTINA DIVISÓRIA

89

90 . TIPO DE LENHA IDEAL EUCALIPTO SECO MÍNIMO = 5 CM DE DIÂMETRO MÁXIMO = 25 CM DE DIÂMETRO

91

92 PORTANTO SÃO 03 OS PROCEDIMENTOS QUE DEVEMOS TER ATENÇÃO = Cinzeiro, câmara de queima, fuligem e chaminé LIMPEZA = Cinzeiro, câmara de queima, fuligem e chaminé = Necessidade de menor temperatura. (Verde) ASSOPRO = Necessidade de menor temperatura. (Verde) = Necessidade de maior temperatura. (Vermelho) = Necessidade de maior temperatura. (Vermelho) = Com foguista automático, regular em 120 graus = Com foguista automático, regular em 120 graus = Lenha seca, espessura maxima 25 cm ABASTECIMENTO = Lenha seca, espessura maxima 25 cm = Quando a temperatura,diminuir de 100 graus = Quando a temperatura,diminuir de 100 graus

93 RESPONSABILIDADE SÓCIO – AMBIENTAL PARTICIPAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA CULTIVANDO AGUA BOA QUE TRATA DA RECUPERAÇÃO DA MICRO BACIA DO RIO TREZE, EM CÉU AZUL – PR PARTICIPAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA CULTIVANDO AGUA BOA QUE TRATA DA RECUPERAÇÃO DA MICRO BACIA DO RIO TREZE, EM CÉU AZUL – PR SITE ENALTECENDO O HOMEM E A MÁQUINA SITE ENALTECENDO O HOMEM E A MÁQUINA PROJETO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA VALE – MUDA PROJETO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA VALE – MUDA

94

95 . POSSUIMOS REPRESENTANTES,PARA ATENDER AS EMPRESAS E SEUS PRODUTORES INTEGRADOS, POSSUIMOS REPRESENTANTES,PARA ATENDER AS EMPRESAS E SEUS PRODUTORES INTEGRADOS, NOSSOS PARCEIROS POSSUEM FUNCIONÁRIOS CAPACITADOS E TREINADOS PARA EXECUTAR ASSISTENCIAS E PRESTAR ORIENTAÇÕES CASO HOUVER NECESSIDADE. NOSSOS PARCEIROS POSSUEM FUNCIONÁRIOS CAPACITADOS E TREINADOS PARA EXECUTAR ASSISTENCIAS E PRESTAR ORIENTAÇÕES CASO HOUVER NECESSIDADE. OFERECEMOS AINDA 02 UNIDADES VOLANTES COM FUNCIONÁRIOS CAPACITADOS PARA PRESTAR ASSISTÊNCIAS NAS MÁQUINAS NO AVIÁRIO. OFERECEMOS AINDA 02 UNIDADES VOLANTES COM FUNCIONÁRIOS CAPACITADOS PARA PRESTAR ASSISTÊNCIAS NAS MÁQUINAS NO AVIÁRIO.. ASSISTÊNCIA TÉCNICA E PÓS VENDA ASSISTÊNCIA TÉCNICA E PÓS VENDA

96

97

98

99

100

101

102 ASSISTENCIA TECNICA E PÓS VENDA DISPOMOS DE DPTO TECNICO PARA CAPACITAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS,PRODUTORES E MONTADORES E PARA PRESTAR CONSULTORIA NA ÁREA DE AMBIÊNCIA. DISPOMOS DE DPTO TECNICO PARA CAPACITAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS,PRODUTORES E MONTADORES E PARA PRESTAR CONSULTORIA NA ÁREA DE AMBIÊNCIA. ATUAMOS EM 06 PAISES E 24 ESTADOS ATUAMOS EM 06 PAISES E 24 ESTADOS MAQUINAS EM FUNCIONAMENTO MAQUINAS EM FUNCIONAMENTO

103

104

105

106

107

108 OBRIGADO Clayton Murilo Cantu


Carregar ppt "METALÚRGICA DEBONA CÉU AZUL IND.E COM. DE EQUIP.AGROPECUÁRIOS LTDA. IMPORTÂNCIA DA AMBIÊNCIA E DO MANEJO NA AVICULTURA MANEJO DO AQUECEDOR CÉU AZUL 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google